Topo
pesquisar

Língua italiana

Língua italiana

A língua italiana surgiu de um dialeto falado na Toscana, em particular, da forma falada em Florença, e tornou-se o idioma oficial da região após a Unificação no século XIX.
A forma moderna do italiano surgiu do dialeto falado na Toscana e foi oficializada como idioma da Itália durante o século XIX.
A forma moderna do italiano surgiu do dialeto falado na Toscana e foi oficializada como idioma da Itália durante o século XIX.
PUBLICIDADE

O italiano é um idioma de origem latina, mais precisamente originada do dialeto falado na Toscana (região central da Itália). O italiano é, naturalmente, o idioma oficial da Itália e é falado também em diversas partes do mundo, como Suíça, Vaticano, San Marino, Estados Unidos e, até mesmo, no Brasil. Aqui há um considerável número de pessoas que falam italiano como segunda língua em decorrência do grande fluxo de migrantes italianos que veio ao Brasil no passado.

Origem do italiano

O idioma italiano tem suas origens diretamente ligadas ao latim – o idioma oficial do Império Romano. O italiano moderno, no entanto, só começou a desenvolver-se durante a Idade Média. Esse idioma popularizou-se em toda a Península Itálica com o processo de unificação da Itália, conduzido pelo Reino de Piemonte-Sardenha no século XIX.

Acesse também: Leia sobre a queda do Império Romano e conheça um pouco da história italiana

Durante a Idade Média, cada região da Península Itálica possuía também um dialeto local como língua vernácula. Essa particularidade não era restrita à região da Itália, mas era comum a toda a Europa Medieval. O italiano moderno começou a desenvolver-se e a ser difundido pela península a partir do dialeto falado na Toscana, localizada na região central da Itália.

Essa popularização da forma toscana de falar (a fala toscana em Florença é chamada de fiorentino) aconteceu por volta do século XIII e está diretamente relacionada com o crescimento e enriquecimento da cidade de Florença, um dos importantes centros comerciais da Itália no final da Idade Média e durante o Período Renascentista. Essa linguagem toscana transformou-se na língua italiana.

Especialistas apontam algumas obras clássicas que foram importantes na padronização do idioma. O grande destaque vai para a obra do escritor italiano Dante Alighieri, responsável por escrever o clássico “A Divina Comédia” (Divina Commedia, no original). A busca pela padronização do italiano é atribuída a Alighieri em virtude de sua obra “Sobre a eloquência vernácula” (De Vulgare Eloquentia, no italiano). Nesse livro, o autor identifica diferentes dialetos falados na península e estipula um desses dialetos como símbolo para a região.Outra obra escrita em toscano na época foi “Decamerão” (Decameron, no original), escrita por Giovanni Boccaccio.

No caso do dialeto falado em Florença (a forma fiorentina do toscano), o êxito da língua é explicado pelo sucesso econômico da cidade e pelo fato de ser um dos dialetos da península mais próximos do latim.

Popularização do italiano

A popularização do italiano moderno na península só foi acontecer durante a Unificação da Itália. Esse processo, que deu surgimento ao Estado moderno italiano, acompanhou o fortalecimento dos movimentos nacionalistas em toda a Europa e foi conduzido pelo Reino de Piemonte-Sardenha, governado por Vítor Emanuel II.

Com a formação do Reino da Itália, foi criada uma série de leis pelo governo italiano que incentivavam o ensino do idioma nas escolas em suas séries iniciais. Políticas que reforçavam o ensino do italiano como idioma principal também foram realizadas durante o período fascista (1922-1944). Os dialetos locais não foram ignorados, no entanto, ocupavam um posto secundário em relação ao italiano, que foi popularizado e estendido a toda península.

Acesse também: Veja como foi organizada a Copa do Mundo de 1934 pela Itália Fascista

Países que falam italiano como língua oficial

Naturalmente, o italiano é o idioma oficial da Itália, local onde esse idioma surgiu. O italiano também é o idioma oficial dos seguintes países: Suíça, Vaticano e San Marino. Além disso, esse idioma é considerado oficial em províncias da Croácia e da Eslovênia, ambas localizadas em uma região conhecida como Ístria.

No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, o Talian, dialeto oriundo da região norte da Itália, também tem status de língua oficial. No Brasil, o italiano é ensinado em escolas públicas de determinadas cidades de São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo e Paraná. A influência do italiano em determinadas partes do Brasil tem relação com o fato de que, entre 1872 e 1909, cerca de 45% dos imigrantes que vieram ao país eram italianos|1|.

O italiano tem o reconhecimento governamental como língua minoritária em diversos locais do mundo, como Argentina, Estados Unidos, Malta, Albânia. Até mesmo na Somália, o italiano tem status de idioma oficial. No caso deste país, isso é decorrente do fato de a região ter sido colonizada por italianos entre 1890 e 1941.

|1| SKIDMORE, Thomas E. Uma História do Brasil. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998, p. 130.

Por Daniel Neves
Graduado em História

Listagem de Artigos

artigos Língua italiana

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola