Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

História da América

A história da América é marcada por eventos fundamentais que moldaram o destino do continente, como as conquistas europeias e os movimentos de colonização e de independência.

Quadro “A Batalha de Long Island”, no contexto da independência dos EUA, um dos acontecimentos da história da América.
Quadro A Batalha de Long Island, no contexto da independência dos Estados Unidos, um dos principais acontecimentos da história da América.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A história da América é marcada por eventos fundamentais que moldaram o destino do continente. A descoberta da América, liderada por Cristóvão Colombo em 1492, abriu as portas para uma nova era de exploração e intercâmbio cultural, desencadeando o grande intercâmbio colombiano. Na Era Pré-Colombiana, civilizações avançadas — como os maias, astecas e incas — floresceram, destacando-se pela diversidade cultural e pelas conquistas tecnológicas.

A colonização da América, com suas nuances regionais, trouxe consigo desafios éticos e intercâmbio cultural, enquanto a descolonização, ao longo dos séculos, testemunhou movimentos independentistas e guerras, reconfigurando o mapa geopolítico do continente. A independência da América, ocorrida em diferentes momentos e regiões, foi evidenciada pela Guerra da Independência dos Estados Unidos no século XVIII, liderada por Simón Bolívar na América do Sul, e pelos movimentos na América Central e Caribe, consolidando o surgimento de nações soberanas e autônomas. Esses eventos históricos formam a tapeçaria complexa que define a trajetória das Américas ao longo dos séculos.

Leia também: América — principais características do segundo maior continente do mundo

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a história da América

  • A história da América é marcada por eventos fundamentais que moldaram o destino do continente.
  • Ela envolve as culturas originárias, as conquistas europeias, os movimentos de colonização e independência e a formação dos Estados nacionais.
  • Cristóvão Colombo liderou a jornada que resultou na descoberta da América em 1492, abrindo caminho para o grande intercâmbio colombiano e transformando o curso da história mundial.
  • A Era Pré-Colombiana, que antecedeu à chegada de Colombo, testemunhou o florescimento de civilizações avançadas, como os maias, astecas e incas.
  • A colonização da América abrangeu diversas regiões e épocas, desde as Treze Colônias inglesas, na América do Norte, até as explorações e conquistas lideradas pelos espanhóis, na América Central e do Sul.
  • Ao longo dos séculos, as Américas testemunharam processos de descolonização em diferentes regiões, marcados por movimentos independentistas, guerras e busca por autonomia política, moldando o mapa geopolítico e cultural do continente.
  • A independência da América ocorreu em diferentes épocas e regiões, destacando-se a Guerra da Independência dos Estados Unidos, no século XVIII; os movimentos liderados por Simón Bolívar, na América do Sul; e as lutas pela autonomia na América Central e Caribe.

Descoberta da América

A descoberta da América ocorreu no final do século XV e representou um marco fundamental na história mundial. Foi um episódio que não apenas alterou o curso da exploração geográfica como também teve implicações profundas nas culturas, economias e relações internacionais. Cristóvão Colombo, um navegador genovês a serviço dos Reis Católicos da Espanha, foi o protagonista dessa viagem que abriu as portas para a interação entre o Velho e o Novo Mundo.

No contexto do final do século XV, as rotas comerciais tradicionais, que ligavam a Europa ao Oriente através da Ásia, estavam sob o controle de intermediários árabes e venezianos, tornando-se cada vez mais onerosas e inseguras. Em busca de uma rota marítima mais direta para as riquezas do Oriente, o navegador Cristóvão Colombo propôs uma expedição que envolvesse navegar para o oeste, contornando a Terra. Essa ideia desafiadora encontrou resistência inicial, mas, eventualmente, recebeu o apoio dos monarcas espanhóis Isabel I de Castela e Fernando II de Aragão.

Isabel I de Castela e de Fernando II de Aragão, que apoiaram a ideia de Cristóvão Colombo, ligada à história da América.
Isabel I de Castela e Fernando II de Aragão apoiaram a ideia de Cristóvão Colombo.

Em 1492, Colombo partiu com três embarcações — a Santa Maria, a Pinta e a Niña — em uma jornada que mudaria o curso da história e que levou à descoberta da América. Em 12 de outubro de 1492, chegou à ilha que ele chamou de San Salvador, marcando o primeiro contato registrado entre europeus e as populações nativas do continente americano. Esse encontro inicial não apenas inaugurou uma nova era de exploração e expansão como também estabeleceu as bases para uma troca cultural, econômica e biológica que ficaria conhecida como o grande intercâmbio colombiano.

O grande intercâmbio colombiano foi um processo de intercâmbio de plantas, animais, tecnologias e culturas entre o Velho e o Novo Mundo. Se, por um lado, as Américas foram introduzidas a produtos como trigo, uvas e cavalos; por outro, a Europa recebeu alimentos como batatas, tomates e milho. Essa troca teve implicações profundas na dieta e na agricultura de ambos os hemisférios, contribuindo para mudanças demográficas e econômicas significativas.

Pintura de Cristóvão Colombo, navegante genovês que teve grande importância para a história da América.
Cristóvão Colombo foi o navegante genovês que liderou a expedição que levou à chegada dos europeus à América, em 1492.

No entanto, a chegada dos europeus às Américas não foi apenas marcada pela troca de mercadorias. Foi também o início de um processo complexo de interação entre diferentes culturas. Infelizmente, essa interação muitas vezes resultou em conflitos e desequilíbrios de poder, com as populações nativas frequentemente enfrentando a colonização europeia de maneiras adversas. A exploração e a conquista trouxeram consigo questões éticas e morais que ecoam ao longo dos séculos, sendo objeto de debates e reflexões sobre os impactos no longo prazo na sociedade global.

Além disso, a descoberta da América desencadeou um intenso período de colonização e expansão territorial. As potências europeias competiram pela posse e controle das vastas terras recém-descobertas, levando a conflitos que moldariam as fronteiras e as relações geopolíticas nas Américas. O estabelecimento de colônias e o início do comércio atlântico de escravizados também fazem parte dessa narrativa complexa, deixando um legado histórico que ressoa nos desafios sociais contemporâneos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Era Pré-Colombiana

A Era Pré-Colombiana foi o período na história das Américas que antecedeu à chegada de Cristóvão Colombo em 1492. Esse período abrangeu milênios e foi caracterizado pelas diversidades cultural, social e econômica das civilizações indígenas que habitavam as Américas antes do contato com os europeus. As principais regiões envolvidas incluíram a América do Norte, América Central, América do Sul e as várias ilhas do Caribe.

  • Cronologia:
    • Paleoíndio (até 8000 a.C.): marcado pelos primeiros habitantes das Américas, que migraram da Ásia através do estreito de Bering durante a última era glacial.
    • Arcaico (8000 a.C.-2000 a.C.): desenvolvimento de práticas agrícolas, domesticação de animais, e formação de sociedades mais complexas.
    • Formativo (2000 a.C.-200 d.C.): crescimento de comunidades agrícolas, surgimento de aldeias e início do desenvolvimento de civilizações mais avançadas.
    • Clássico (200 d.C.-900 d.C.): apogeu das grandes civilizações, como os maias, teotihuacanos e mochicas, com avanços em arquitetura, ciência e arte.
    • Pós-Clássico (900 d.C.-1492): declínio de algumas civilizações clássicas e ascensão de outras, como os astecas e incas.
  • Civilizações avançadas:
    • Maias: localizados na região que é hoje o sul do México, Guatemala, Belize e partes de Honduras e El Salvador, os maias desenvolveram uma civilização avançada com realizações notáveis na matemática, astronomia, escrita hieroglífica e arquitetura monumental.
    • Astecas: estabeleceram-se no México Central, com a cidade de Tenochtitlán como sua capital. Desenvolveram uma sociedade complexa, com práticas religiosas, sistema agrícola eficiente e notável engenharia.
    • Incas: dominaram a região dos Andes, no que é hoje o Peru, Equador, Bolívia e partes da Colômbia, Chile e Argentina. Conhecidos por suas habilidades agrícolas em terraços, construíram um vasto império, conectado por uma elaborada rede de estradas.
  • Sociedades complexas:
    • Anasazis: construíram impressionantes habitações em penhascos no sudoeste dos Estados Unidos, conhecidas como Pueblos.
    • Mississipianos: desenvolveram sociedades agrícolas complexas ao longo do rio Mississippi, com centros cerimoniais e urbanos como Cahokia.
  • Economia e tecnologia:
    • Muitas sociedades pré-colombianas eram agrícolas, cultivando milho, feijão, abóbora e outras culturas importantes.
    • Desenvolveram técnicas avançadas, como irrigação, sistemas de escrita (como os hieróglifos maias) e métodos de construção de pirâmides e templos.
  • Crenças e cultura:
    • A espiritualidade desempenhou um papel central nas sociedades pré-colombianas, com práticas religiosas, rituais e mitologia integradas em suas vidas cotidianas.
    • Artefatos arqueológicos, esculturas, cerâmicas e pinturas murais revelam a riqueza e a diversidade das expressões culturais.

Colonização da América

A colonização da América foi um capítulo crucial na história mundial e moldou o destino do continente de maneiras profundas e duradouras. No início do século XVI, as potências europeias Espanha e Portugal embarcaram em expedições ambiciosas em busca de novas rotas comerciais, riquezas e expansão de seus impérios. Cristóvão Colombo, navegando sob as bandeiras espanholas, chegou ao Novo Mundo em 1492, inaugurando uma era de interação entre o Velho e o Novo Mundo.

→ Colonização da América do Norte

Mapa da colônia de Jamestown, colônia inglesa de grande importância para a história da América.
Mapa da colônia de Jamestown, a primeira colônia permanente estabelecida pelos ingleses na América do Norte.

A colonização da América do Norte teve início com as tentativas de estabelecimento de colônias por parte de diferentes potências europeias.

  • Ingleses: estabeleceram colônias ao longo da costa leste, com destaque para Jamestown (1607), a primeira colônia permanente. Ao longo do século XVII, surgiram as Treze Colônias inglesas, que se desenvolveram economicamente com base na agricultura, no comércio e na pesca.
  • Franceses: exploraram áreas ao norte, como o Quebec, e estabeleceram relações comerciais com as populações indígenas. A Nova França (New France) focou-se principalmente no comércio de peles.
  • Holandeses: embora não tenham estabelecido uma presença tão duradoura, tiveram colônias na região de Nova Amsterdã (atual Nova Iorque).

→ Colonização da América Central e do Caribe

A colonização na América Central e no Caribe foi marcada pela chegada dos europeus em busca de riquezas e rotas comerciais.

  • Espanhóis: lideraram a conquista das civilizações indígenas nas áreas que hoje compreendem México, América Central e Caribe. Hernán Cortés conquistou o Império Asteca, e Francisco Pizarro fez o mesmo com o Império Inca. Ao Caribe, Cristóvão Colombo chegou em sua primeira viagem em 1492.

→ Colonização da América do Sul

Embarcação utilizada pelo português Pedro Álvares Cabral, no contexto da colonização do Brasil, parte da história da América.
Embarcação utilizada pelo português Pedro Álvares Cabral, no contexto da colonização do Brasil.

A colonização na América do Sul também foi dominada pelos espanhóis e portugueses.

  • Espanhóis: assim como na América Central, os espanhóis lideraram expedições para explorar e conquistar terras na América do Sul. A região que hoje é o Peru, Bolívia, Equador e partes da Colômbia e Chile foi incorporada ao vasto Império Inca.
  • Portugueses: no Brasil, os portugueses começaram a colonização a partir de 1500, com Pedro Álvares Cabral. Inicialmente, o Brasil foi explorado principalmente para a extração de pau-brasil, mas, posteriormente, tornou-se uma importante colônia de produção de açúcar.

→ Impactos e consequências da colonização da América

  • Intercâmbio colombiano: a chegada dos europeus às Américas desencadeou o grande intercâmbio colombiano, um processo de troca de plantas, animais, culturas e tecnologias entre o Velho e o Novo Mundo.
  • Consequências para populações nativas: a colonização teve impactos significativos nas populações indígenas, incluindo disseminação de doenças, conflitos violentos e imposição de sistemas sociais e econômicos estrangeiros.
  • Formação de sociedades coloniais: ao longo do tempo, as colônias na América desenvolveram sociedades distintas com base nas influências culturais, econômicas e políticas das potências colonizadoras.

Veja também: Como foi o processo de colonização do Brasil?

Descolonização da América

A descolonização da América refere-se ao processo pelo qual as nações americanas buscaram e alcançaram a independência política em relação às potências colonizadoras europeias. Esse movimento abrangeu diferentes regiões e ocorreu em várias épocas ao longo dos séculos. Pode-se organizar os movimentos da seguinte forma:

→ Descolonização da América do Norte

  • O processo de descolonização na América do Norte começou no século XVIII, com as Treze Colônias britânicas buscando autonomia política e econômica.
  • A Guerra da Independência dos Estados Unidos (1775-1783) foi o marco decisivo, resultando na independência das Treze Colônias em 1783.

→ Descolonização da América Central e do Caribe

  • No início do século XIX, várias nações na América Central e no Caribe buscaram independência das potências colonizadoras, principalmente da Espanha.
  • A independência da América Central ocorreu no século XIX, principalmente entre 1821 e 1823, culminando com a formação da Federação Centro-Americana, que posteriormente se desintegrou em nações independentes.
  • O processo de descolonização no Caribe também ocorreu no século XIX, com nações como Haiti (1804) e República Dominicana (1844) conquistando a autonomia.

→ Descolonização da América do Sul

  • O movimento de descolonização na América do Sul começou a ganhar força no início do século XIX, inspirado pelas ideias iluministas e pelos eventos ocorridos na Europa.
  • Simón Bolívar, conhecido como o Libertador, liderou movimentos de independência na região no século XIX, contribuindo para a formação de várias nações sul-americanas.
  • O processo de descolonização na América do Sul resultou na independência de países como Venezuela (1811), Colômbia (1819), Equador (1830), Bolívia (1825) e Peru (1821).

→ Consequências e legados da descolonização da América

  • A descolonização da América teve um impacto duradouro na configuração geopolítica da região, dando origem a uma miríade de nações independentes.
  • No entanto, o processo nem sempre foi pacífico, com conflitos e instabilidades marcando muitos episódios de descolonização.

Independência da América

Pintura de Simon Bolívar, uma importante figura na história da América.
O venezuelano Simon Bolívar ficou conhecido como um dos libertadores da América.

A independência da América, um capítulo crucial na história do continente, foi um processo complexo que ocorreu ao longo de diferentes épocas e em várias regiões. Pode-se explicar esse processo da seguinte maneira:

→ Independência da América do Norte

  • No século XVIII, as Treze Colônias britânicas na América do Norte começaram a buscar maior autonomia e resistir às políticas opressivas impostas pela Coroa britânica.
  • A Guerra da Independência dos Estados Unidos (1775-1783) foi o ápice desse movimento. Lideradas por figuras como George Washington, as colônias declararam independência em 1776.
  • O Tratado de Paris (1783) reconheceu a independência dos Estados Unidos, estabelecendo os limites territoriais e marcando o nascimento de uma nação soberana.

→ Independência da América Central e do Caribe

  • No início do século XIX, os movimentos de independência na América Central e no Caribe ganharam impulso, inspirados pelas ideias iluministas e pelos acontecimentos em outras partes do continente.
  • As nações da América Central, incluindo Guatemala, Honduras, El Salvador, Nicarágua e Costa Rica, proclamaram sua independência em 1821.
  • O Caribe também testemunhou movimentos de independência, com o Haiti declarando-se independente da França em 1804.

→ Independência da América do Sul

  • No início do século XIX, a América do Sul experimentou um fervor patriótico, impulsionado por líderes visionários como Simón Bolívar e José de San Martín.
  • Simón Bolívar liderou as lutas pela independência em várias regiões sul-americanas, contribuindo para a formação de países como Venezuela (1811), Colômbia (1819), Equador (1830), Bolívia (1825) e Peru (1821).
  • José de San Martín desempenhou um papel crucial na independência da Argentina (1816) e do Chile (1818).

→ Consequências e legados da independência da América

  • A independência da América teve um impacto duradouro na configuração geopolítica da região, levando à criação de uma miríade de nações independentes.
  • O processo de independência não foi uniforme e, em muitos casos, envolveu conflitos prolongados, resultando em diversas formas de governo e instituições políticas.

Acesse também:  Quais são os países da América?

Exercícios resolvidos sobre história da América

Questão 1

(Fatec) No ano de 1492, Cristóvão Colombo, a serviço dos Reis Católicos da Espanha, liderou uma expedição que resultou na descoberta de novas terras, marcando um ponto crucial na história mundial. Qual foi o principal impacto desse evento?

A) A introdução de novas práticas agrícolas na Europa.

B) O estabelecimento de rotas comerciais mais seguras com o Oriente.

C) O início do Grande Intercâmbio Columbiano entre o Velho e o Novo Mundo.

D) A expansão das rotas comerciais na África.

E) O declínio das atividades de exploração marítima na época.

Resolução:

Alternativa C

A descoberta da América por Colombo desencadeou o grande intercâmbio colombiano, uma troca de plantas, animais e culturas entre o Velho e o Novo Mundo, impactando significativamente ambos os hemisférios.

Questão 2

O processo de independência das nações americanas, ao longo dos séculos XVIII e XIX, foi marcado por uma série de movimentos e conflitos. Qual líder sul-americano desempenhou um papel fundamental na luta pela independência de múltiplos países na região?

A) George Washington

B) Hernán Cortés

C) José de San Martín

D) Simón Bolívar

E) Cristóvão Colombo

Resolução:

Alternativa D

Simón Bolívar, conhecido como o Libertador, foi uma figura-chave nos movimentos de independência na América do Sul, desempenhando um papel crucial na emancipação de várias nações sul-americanas do domínio colonial espanhol.

Fontes

PRADO, Maria Ligia; PELEGRINO, Gabriela. História da América Latina. São Paulo: Contexto, 2014.

BETHEL, Leslie. América Latina Colonial. São Paulo: EDUSP, 2009.

Escritor do artigo
Escrito por: Tiago Soares Campos Bacharel, licenciado e doutorando em História pela USP. Bacharel em Direito e pós-graduado em Direito pela PUC. É professor de História e autor de materiais didáticos há mais de 15 anos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

CAMPOS, Tiago Soares. "História da América"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historia-da-america. Acesso em 05 de março de 2024.

Videoaulas


Artigos História da América


A Constituição dos Estados Unidos

O conjunto de leis e a história do documento que organiza a nação estadunidense.
História da América

Augusto Pinochet e a ditadura chilena

Conheça a vida de Augusto Pinochet, militar chileno que liderou o golpe contra Allende e chefiou uma das mais cruéis ditaduras.
História da América

Casa Branca

Clique aqui e saiba tudo sobre a Casa Branca, a residência oficial do presidente dos Estados Unidos e a principal sede do Poder Executivo estadunidense.
História da América

Crise na Venezuela

Clique no link e saiba mais sobre a crise que afeta a Venezuela desde 2013 e que tem se agravado cada vez mais, levando o país a uma forte crise humanitária.
História da América

Cristóvão Colombo

Clique aqui e conheça a vida de Cristóvão Colombo, conhecido por chegar à América em 1492. Saiba como foram as quatro viagens realizadas por ele.
História da América

Daniel Ortega

Você sabe quem é Daniel Ortega? Entenda como ele chegou à presidência e confira detalhes sobre a ditadura que estabeleceu na Nicarágua.
História da América

Descobrimento da América

Clique aqui e entenda como se deu o descobrimento da América. Veja quais foram os primeiros europeus a chegarem à América e o contexto da expedição espanhola.
História da América

Destino Manifesto

Acesse o site e conheça mais sobre o Destino Manifesto. Acompanhe como essa crença motivou os americanos a expandirem o seu território para o oeste.
História da América

Ditadura militar chilena

Entenda como se organizou o golpe militar que destituiu o governo de Allende e iniciou uma ditadura no Chile.
História da América

Doutrina Monroe

Saiba quais motivos levaram os norte-americanos a anunciarem a Doutrina Monroe e compreenda as origens da política imperialista dos Estados Unidos.
História da América

Era Kennedy

O governo que prometeu uma nova resolução aos problemas dos EUA na década de 1960.
História da América

George Washington

Clique no link e acesse o texto para saber detalhes sobre a vida de George Washington. Entenda o papel dele na independência e como foi o seu governo.
História da América

Guerrilhas na América Latina

Saiba mais sobre as guerrilhas presentes na América Latina no século XX, veja casos nos quais os guerrilheiros lograram êxito e conheça os vários fracassos das guerrilhas latino-americanas.
História da América

Harriet Tubman

Acesse este texto para detalhes da vida de Harriet Tubman, uma mulher que fugiu da escravidão e dedicou a sua vida a ajudar outros escravizados.
História da América

História dos partidos republicano e democrata dos EUA

Conheça a História dos partidos republicano e democrata dos EUA, bem como sua evolução ao longo de mais de 200 anos.
História da América

Incas

Aprenda mais sobre os incas, que constituíram uma civilização pré-colombiana e formaram um grande império na região andina.
História da América

Independência Cubana

O processo de emancipação que acabou com a dominação colonial em Cuba.
História da América

Independência do Haiti

A rebelião de escravos que marcou os processos de independência na América.
História da América

Kamala Harris

Clique para conhecer a trajetória pessoal, profissional e política de Kamala Harris, a primeira mulher negra a ser eleita vice-presidente dos Estados Unidos.
História da América

Lei do Povoamento e os povos indígenas

Saiba mais sobre a política implantada no século XIX pelo governo norte-americano: a expansão territorial efetivada pela Lei do Povoamento de 1862 e o consequente massacre indígena.
História da América

Macartismo

Clique aqui, saiba o que foi o macartismo, conheça seus objetivos e suas características e descubra qual é a sua relação com a Guerra Fria.
História da América

Malcolm X

Neste link você terá acesso a detalhes sobre a vida de Malcolm X, um dos principais ativistas pelos direitos dos afro-americanos nos EUA.
História da América

Marcha para o Oeste nos EUA

Saiba mais sobre a formação da América do Norte compreendendo alguns aspectos da Marcha para o Oeste nos Estados Unidos.
História da América

Mochicas - Economia e Sociedade

As atividades econômicas e a organização social da civilização mochica.
História da América

Mochicas - Introdução

Pontos gerais de uma instigante civilização pré-colombiana.
História da América

Mochicas - Legado e declínio

A decadência e as contribuições provenientes da civilização mochica.
História da América

Mochicas - Política e Religião

As instituições e crenças desse povo pré-colombiano.
História da América

Movimento Zapatista

O movimento revolucionário que tenta dominar o território mexicano.
História da América

Negligência salutar

Clique aqui e saiba o que foi a negligência salutar. Veja como essa ação inglesa favoreceu as Treze Colônias durante a presença inglesa na América.
História da América

O Iluminismo nas Américas

Uma experiência cercada de problemas e particularidades.
História da América

Operação Condor

Acesse o site e conheça mais sobre a Operação Condor. Veja como essa operação foi formada, sua articulação e de que maneira foi descoberta e encerrada.
História da América

Os Estados Unidos no século XIX

Conheça os principais eventos históricos que ajudaram a definir, ao longo do século XIX, o mapa dos Estados Unidos.
História da América

Os vikings na América

O processo de ocupação que aconteceu muito antes da expedição de Colombo.
História da América

Pais fundadores dos Estados Unidos

Fique sabendo o que fizeram e que importância tiveram os pais fundadores dos Estados Unidos, que atuaram na segunda metade do século XVIII.
História da América

Peregrinos do Mayflower

Fique sabendo quem foram e que importância tiveram os peregrinos do Mayflower, considerados hoje como “pais peregrinos”, os primeiros colonos dos EUA.
História da América

Peronismo

Clique no link para saber mais sobre os principais acontecimentos do primeiro governo de Juan Domingo Perón, na Argentina, e entenda as características do peronismo.
História da América

Populismo

A experiência política que se desenvolveu em diferentes pontos da América Latina.
História da América

Povoamento da América

Venha conhecer as principais teorias a respeito do povoamento da América
História da América

Povos pré-colombianos

Clique aqui e saiba quais foram os povos pré-colombianos. Conheça sua história, suas características e sua localização.
História da América

Revolução Haitiana

Clique para saber o que foi a Revolução Haitiana e descobrir quais foram suas causas e suas consequências.
História da América

Revolução Sandinista

Os levantes de esquerda tomaram a Nicarágua durante o século XX.
História da América