Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Recursos minerais

Recursos minerais, como ferro e alumínio, são importantes para a indústria e para o desenvolvimento econômico, embora sua exploração possa resultar em danos ambientais.

Recursos minerais sobre uma mesa: ouro, bauxita, carvão-preto e carvão-marrom.
Recursos minerais são minerais ou rochas com valor econômico que podem ser encontrados na superfície terrestre ou nos chamados depósitos minerais.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Recursos minerais são minerais ou rochas encontrados na natureza que apresentam valor econômico. Eles podem ser encontrados tanto na superfície terrestre quanto em subsuperfície, originando-se por meio dos processos endógenos e exógenos que formam e transformam as rochas.

Os recursos minerais são importantes para a indústria, uma vez que são utilizados como matérias-primas, e também para o comércio internacional, sendo vendidos no mercado externo como uma commoditie. Apesar disso, a sua exploração pode acarretar danos ao meio ambiente, como a degradação dos solos, a poluição e o desmatamento.

Leia também: Impactos ambientais causados pela mineração

Tópicos deste artigo

Resumo sobre recursos minerais

  • Recursos minerais são minerais e rochas encontrados na natureza que apresentam valor econômico.

  • São classificados em metálicos, não metálicos e energéticos.

  • Recursos metálicos são aqueles que apresentam características como condutividade elétrica e calorífica. São exemplos o ferro, o alumínio e o ouro.

  • Recursos não metálicos são os demais, isto é, aqueles que não dispõem das propriedades típicas dos elementos metálicos. São exemplos o calcário, o basalto e sais.

  • Recursos energéticos não necessariamente são minerais sólidos. No entanto, são classificados como recursos minerais pelo seu processo de formação e por serem encontrados na natureza, como o gás natural e o petróleo.

  • Os recursos minerais se encontram em escudos cristalinos e bacias sedimentares.

  • Sua origem está associada aos processos de formação e transformação das rochas.

  • Distribuem-se de maneira desigual pelo planeta Terra. Entre os maiores produtores de minérios estão Rússia, China, Austrália, Estados Unidos e Brasil.

  • O Brasil se destaca na produção de minério de ferro, alumínio, manganês e nióbio.

  • Recursos minerais são importantes para as economias nacionais e para a dinâmica econômica global, servindo de matéria-prima para a indústria e sendo comercializados como commodities no mercado internacional.

  • Apesar disso, sua exploração irrestrita pode ocasionar problemas ambientais, como degradação do solo, poluição, desmatamento e até mesmo graves acidentes ambientais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que são recursos minerais?

Os recursos minerais são minerais ou rochas encontrados na natureza e que apresentam potencialidade econômica, isto é, podem ser extraídos para a obtenção de lucro de maneira direta ou indireta. No segundo caso, estamos nos referindo à sua importante aplicação na indústria. Os recursos minerais podem ser também chamados de minérios.

A atividade que consiste na retirada de recursos minerais de seu local de origem com a finalidade econômica é chamada de extrativismo mineral, que está inserida no setor primário da economia.

Quais são os recursos minerais?

Os recursos minerais conhecidos e catalogados são divididos em dois tipos, seguindo a classificação geral dos minerais: metálicos e não metálicos.

Minerais metálicos

Pedaços de prata, um exemplo de recurso mineral metálico, sobre um piso de pedra.
A prata é um tipo de recurso mineral metálico.

Minerais metálicos são aqueles elementos caracterizados por aspectos como ductilidade, condutividade de calor e eletricidade, além de sua aparência ser marcada por um brilho típico desse tipo de mineral, o que torna possível identificá-los com facilidade. São exemplos de recursos minerais metálicos:

Minerais não metálicos

Pedras de calcário, um exemplo de recurso mineral não metálico, umas sobre as outras.
O calcário é um exemplo de recurso mineral não metálico.

Minerais não metálicos são aqueles elementos que não possuem propriedades metálicas, como aquelas que mencionamos acima. Apesar disso, podem apresentar pequenas quantidades de metal em sua composição. Os recursos minerais não metálicos são muito utilizados na construção civil e na produção industrial de combustíveis e fertilizantes, por exemplo. São recursos minerais não metálicos:

Observação: Existem ainda elementos que são inclusos na categoria de recursos minerais, embora não apresentem as mesmas propriedades químicas e físicas dos minerais metálicos e não metálicos. São esses recursos a água, o petróleo e o carvão mineral. Eles são classificados como recursos minerais pelo fato de serem extraídos da natureza e utilizados com finalidade econômica. No caso do carvão mineral, do petróleo e do gás natural, eles podem ser classificados também como recursos minerais energéticos, uma vez que são muito utilizados para a geração de energia direta ou para a produção de combustíveis.

Pá enterrada em um monte de carvão mineral, que é considerado um recurso mineral.
O carvão mineral é considerado um recurso mineral.

Como são distribuídos os recursos minerais na natureza?

Os minerais são encontrados na natureza nos chamados depósitos minerais, que são definidos como áreas em que ocorre grande acúmulo desses elementos. Quando se trata de recursos minerais, ou seja, aqueles compostos que apresentam importância econômica, os depósitos recebem a denominação de jazidas minerais.

Os recursos minerais se distribuem pela superfície terrestre e também pelo interior da litosfera, encontrando-se, assim, tanto nos solos quanto nas diferentes formações rochosas. São os processos que constituem o chamado ciclo das rochas que dão origem aos diferentes recursos minerais, sejam eles processos endógenos (metamorfismo, vulcanismo, plutonismo, circulação hidrotermal), sejam eles exógenos (intemperismo, sedimentação).

Sendo assim, os recursos minerais se distribuem na natureza por meio das estruturas geológicas, em especial nos escudos cristalinos e nas bacias sedimentares.

  • Escudos cristalinos: principal estrutura onde se encontram recursos minerais. Chamados também de crátons, os escudos são formados por rochas basálticas e metamórficas e são onde está armazenada a maioria dos minerais metálicos e não metálicos, como ferro, manganês, cobre, ouro, granito, quartzo e outros.

  • Bacias sedimentares: são formações mais recentes do que os escudos cristalinos e se formam por meio da deposição de fragmentos de rochas obtidos a partir do intemperismo. Em decorrência do seu processo de formação, os recursos minerais encontrados nessa estrutura são principalmente os energéticos, como carvão mineral, petróleo e gás natural. Outros tipos de recursos minerais podem também ser extraídos em áreas de bacias, como o calcário.

Recursos minerais no mundo

Os recursos minerais, assim como a maioria dos recursos naturais, não se encontram distribuídos de forma homogênea pelo planeta Terra. Tal afirmação é válida tanto para a quantidade de minerais disponíveis nos solos e subsolos dos países quanto para os tipos de minerais que são neles encontrados.

Ao longo da história, de uma maneira geral, essa discrepância na concentração de recursos minerais e primários levou ao fato de que muitas nações exploraram áreas em territórios alheios como forma de obter matéria-prima para a sua produção manufatureira e, mais tarde, industrial, como foi o caso do colonialismo nas Américas.

No período atual, a prática da exploração de reservas minerais é realizada pelas empresas transnacionais, que se instalam com maior facilidade em países onde encontram vantagens locacionais.

Os países do continente africano concentram parte significativa dos recursos minerais do mundo. Devido ao histórico de exploração colonialista, no entanto, é nesse continente que ficam também os países com os maiores índices de pobreza do mundo. Nações como África do Sul, Gana, Gabão, Zâmbia, República Democrática do Congo e Botsuana, por exemplo, apresentam altas concentrações de minérios como ferro, cobre, manganês, bauxita, prata e ouro.

Reunimos na tabela a seguir os principais produtores de recursos minerais, países que concentram grandes reservas minerais, que se tornaram importantes tanto para a sua economia interna quanto para os fluxos internacionais de capital e mercadoria.

Principais produtores de recursos minerais

País

Recursos minerais

Rússia

Carvão mineral, minério de ferro, cobre, ouro, prata, gás natural, petróleo.

China

Carvão mineral, minério de ferro, alumínio, chumbo, zinco, manganês, gás natural, ouro, grafite, magnesita.

Estados Unidos

Carvão mineral, gás natural, petróleo, ouro, cobre, minério de ferro, areia, cascalho.

Austrália

Minério de ferro, bauxita, ouro, lítio, manganês, chumbo, zinco, urânio.

Arábia Saudita

Gás natural, petróleo, ouro, alumínio, fosfato, chumbo, prata, estanho.

Canadá

Petróleo, carvão mineral, minério de ferro, urânio, potássio.

Irã

Petróleo, gás natural, cromo, carvão mineral, chumbo, manganês, enxofre, zinco.

Iraque

Gás natural, fosfato, enxofre.

Venezuela

Petróleo, gás natural, ouro, bauxita, minério de ferro.


Destacam-se ainda as reservas minerais de recursos diversos que incluem minério de ferro, manganês, cobre, alumínio, ouro e prata de nações da Europa, Oriente Médio, leste da Ásia e da América, como:

Veja também: Quem são os maiores produtores de petróleo do mundo?

Recursos minerais do Brasil

O Brasil integra a lista de países com as maiores concentrações de reservas minerais do mundo. Os recursos minerais, aliás, sempre foram importantes para a economia brasileira e desempenharam papel fundamental em momentos distintos da história de formação do país, entre os quais está o do Ciclo do Ouro, que aconteceu durante o século XVIII.

As principais reservas de recursos minerais brasileiras estão nas áreas de crátons ou escudos cristalinos, que são as áreas mais antigas do substrato sobre o qual se forma o relevo do país.

Antes de conhecermos os principais recursos encontrados nos solos e subsolos brasileiros, cabe destacar que a mineração é hoje uma das atividades econômicas de maior destaque nacionalmente, sendo responsável por parte das exportações do Brasil para territórios como China, Japão, Malásia e Países Baixos. Entre as maiores áreas produtoras de minérios do país estão:

O minério de ferro é o principal recurso mineral comercializado pelo Brasil no exterior, além de alimentar a indústria siderúrgica nacional. Além dele, encontra-se outras importantes reservas minerais no território nacional, conforme descrito na tabela a seguir.

Alumínio

Cobre

Calcário

Manganês

Nióbio

Carvão mineral

Petróleo

Estanho

Grafita


Qual a importância dos recursos minerais?

Os recursos minerais são elementos naturais de grande importância para o desenvolvimento das economias nacionais e para a dinâmica do mercado internacional, além de estarem presentes de diversas formas no nosso cotidiano.

Os minérios, sejam eles metálicos, sejam não metálicos, são empregados no setor industrial como matéria-prima. No interior das metalúrgicas e siderúrgicas, eles são transformados em bens intermediários, que serão destinados a outras indústrias, ao passo que em outros ramos produtivos do setor secundário esses recursos minerais se tornam a base para a fabricação de itens básicos, que vão desde pequenas peças e ferramentas, passando por cosméticos, fertilizantes e chegando até a infraestrutura urbana.

Como mercadorias, os recursos minerais são considerados importantes commodities no mercado internacional, sendo, em muitos casos, motivo de disputas geopolíticas que se estendem por décadas. Isso acontece principalmente no caso dos recursos energéticos, como o petróleo. Nos países dependentes do setor primário da economia, que compreende a extração mineral, os recursos minerais se tornam fontes de receita e são importantes para o desenvolvimento socioeconômico local.

Recursos minerais e os problemas ambientais

Água de um rio poluída devido à exploração do cobre, um dos recursos minerais.
A exploração de recursos minerais pode ocasionar diversos problemas ambientais, como a poluição de corpos hídricos.

Apesar da grande importância econômica dos recursos minerais, a sua exploração irrestrita acarreta danos aos ecossistemas e compromete o equilíbrio do meio ambiente. Muitas vezes esses problemas ambientais são resultantes de lacunas na legislação a respeito da exploração dos solos e subsolos dos territórios nacionais ou ainda da falta de fiscalização em áreas onde há concentração de minérios.

Abaixo listamos os principais problemas ambientais ocasionados pela exploração intensiva dos recursos minerais.

  • Degradação dos solos e erosão: a extração causa impactos diretos no solo de onde são retirados, podendo compactá-lo e também enfraquecer a sua estrutura física, o que o torna mais suscetível à erosão.

  • Poluição: a obtenção de recursos minerais pode gerar resíduos poluentes do ar, do solo e das águas, além do uso de substâncias como mercúrio na mineração de determinados elementos, o que eleva o risco de contaminação. Há também a poluição visual e sonora decorrentes dos processos de mineração, que ocasionam mudanças drásticas nas paisagens naturais dos terrenos.

  • Desmatamento: a remoção da cobertura vegetal é muitas vezes realizada para a instalação de infraestrutura para a exploração mineral. Além da perda da biodiversidade vegetal, o desmatamento resulta na destruição do habitat de animais e na perda também da biodiversidade animal da área em questão.

  • Esgotamento de recursos: a exploração intensiva pode exaurir as reservas minerais, ocasionando redução na sua disponibilidade até chegar a uma situação extrema de esgotamento.

  • Acidentes ambientais: existe o risco de acidentes ambientais em áreas onde há barragens de mineração. Essas barragens acumulam barro e dejetos da atividade mineradora em enormes volumes e, no caso da ausência de manutenção adequada ou fiscalização dessas barragens, tal material pode se espalhar nas áreas a jusante e ocasionar severos danos ao meio ambiente e à população local, como aconteceu no caso do acidente de Mariana (MG), em 2015, e do acidente de Brumadinho (MG), em 2019.

Acesse também: Ações antrópicas no meio ambiente

Exercícios resolvidos sobre recursos minerais

Questão 1

(Enem)

Escudos antigos ou maciços cristalinos são blocos imensos de rochas antigas. Estes escudos são constituídos por rochas cristalinas (magmático-plutônicas), formadas em eras pré-cambrianas, ou por rochas metamórficas (material sedimentar) do Paleozoico. São resistentes, estáveis, porém bastante desgastadas. Correspondem a 36% da área territorial e dividem-se em duas grandes porções: o Escudo das Guianas (norte da Planície Amazônica) e o Escudo Brasileiro (porção centro-oriental brasileira).

Disponível em: http://ambientes.ambientebrasil.com.br. Acesso em: 25 jun. 2015.

As estruturas geológicas indicadas no texto são importantes economicamente para o Brasil por concentrarem:

A) fontes de águas termais.

B) afloramentos de sal-gema.

C) jazidas de minerais metálicos.

D) depósitos de calcário agrícola.

E) reservas de combustível fóssil.

Resolução:

Alternativa C.

As reservas de minerais metálicos brasileiras, como alumínio e ferro, se formaram nas estruturas denominadas de escudos cristalinos (ou maciços ou crátons), que correspondem ao substrato rochoso mais antigo encontrado em território nacional.

Questão 2

(Udesc) A extração de minérios pesa na economia de vários países da América do Sul. Assinale a alternativa que apresenta os maiores produtores de ferro da América Latina.

A) Bolívia e Argentina

B) Colômbia e Equador

C) Brasil e Venezuela

D) Argentina e Peru

E) Brasil e Uruguai

Resolução:

Alternativa C.

Assim como o Brasil, a Venezuela se destaca como um importante produtor de minério de ferro na América Latina, ficando na 30ª posição dntre os maiores exportadores dessa commoditie. O Brasil, por sua vez, é o segundo maior exportador mundial de minério de ferro.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Recursos minerais"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/recursos-minerais.htm. Acesso em 13 de julho de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

“Os recursos minerais são minerais ou rochas encontrados na natureza e que apresentam potencialidade econômica, isto é, podem ser extraídos para a obtenção de lucro de maneira direta ou indireta. No segundo caso, estamos nos referindo à sua importante aplicação na indústria. Os recursos minerais podem ser também chamados de minérios.”

GUITARRARA, Paloma. “Recursos minerais”. Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/recursos-minerais.htm.

A exploração de recursos minerais é uma atividade econômica fundamental no mundo e, muitas vezes, a maior fonte de renda para muitos países. Em qual setor econômico a exploração mineral é enquadrada?

a) Setor primário

b) Setor secundário

c) Setor terciário

d) Setor quaternário

Exercício 2

Minerais _________ são aqueles elementos caracterizados por aspectos como ductilidade, condutividade de calor e eletricidade, além de sua aparência ser marcada por um brilho típico, o que torna possível identificá-los com facilidade. São exemplos de recursos minerais:

a) rochosos

b) argilosos

c) metálicos

d) arenosos

e) nucleares