Topo
pesquisar

Ações antrópicas no meio ambiente

Geografia

Ação antrópica diz respeito a uma ação realizada pelo homem. Essa expressão ficou conhecida em virtude dos impactos causados no meio ambiente pelas alterações humanas.
A ação antrópica no meio ambiente apresenta impactos positivos e negativos.
A ação antrópica no meio ambiente apresenta impactos positivos e negativos.
PUBLICIDADE

Ações antrópicas são as ações exercidas pelo homem. Essa expressão ficou conhecida quando se viu a necessidade de se falar sobre as alterações provocadas pelo ser humano no meio ambiente e quais eram os impactos causados. O espaço geográfico é produzido pela relação entre a sociedade e a natureza, portanto, a ação humana tem gerado mudanças no meio ambiente.

Quando nos referimos à palavra impacto, é comum associarmos a algo negativo. Porém, é importante dizer que o termo “impacto” refere-se às consequências das alterações provocadas no meio ambiente, sejam elas positivas, sejam negativas.

As ações antrópicas têm impactado negativamente o planeta, prejudicando as gerações futuras.
As ações antrópicas têm impactado negativamente o planeta, prejudicando as gerações futuras.


Ações antrópicas negativas para o meio ambiente

Atualmente, a sociedade apresenta um modo de produção e ação sobre o meio ambiente cada vez mais insustentável. Muitos recursos da natureza têm sido usados pelo homem de maneira desregrada, demonstrando certa despreocupação com a sua disponibilidade. A industrialização associada à mentalidade capitalista de produção e consumo exagerado desencadeou ações que visam apenas à obtenção de lucro, aumentando então os problemas socioambientais, visto que produzir mais requer explorar mais os recursos naturais.

A ação do homem tem acelerado a degradação da natureza. Desmatamentos, poluição de rios, mares e florestas, e o uso indevido da água e de energia, por exemplo, vêm provocando alterações diversas. O que antes parecia distante da nossa realidade agora já faz parte do cotidiano de muitas pessoas, como o racionamento de água, o horário de verão em alguns países como alternativa para diminuir o consumo de energia, inundações recorrentes, secas devastadoras e mudanças climáticas.

São exemplos de impactos ambientais agravados pela ação antrópica:

→ Agravamento do aquecimento global

O meio ambiente passou a ser alvo de discussões frequentes a partir do século XX, quando o aquecimento global, a extinção de diversas espécies em todo o mundo e o esgotamento dos recursos naturais tornaram-se pauta dos principais estudos relacionados às ações antrópicas. A maior parte dos estudiosos relaciona o aquecimento global ao excesso de gases poluentes (gases do efeito estufa) emitidos para a atmosfera. A camada de gases que se forma acaba impedindo que a radiação solar disperse-se, o que provoca um aquecimento anormal do planeta. As causas do aquecimento global também estão associadas ao desmatamento e à queima de combustíveis fósseis.

→ Maré Negra

O derramamento de petróleo provocado pela extração falha tem prejudicado a vida marinha. As algas não conseguem fazer fotossíntese e, consequentemente, não há produção de oxigênio, colocando em risco toda a vida marinha.

→ Desflorestamento

Uma das ações antrópicas mais vistas refere-se à retirada da vegetação para a agropecuária ou para a indústria madeireira. As consequências do desflorestamento são a perda de habitat de muitas espécies de animais, empobrecimento dos solos nas regiões em que a vegetação é retirada, alteração das condições climáticas da região afetada, entre outros problemas ambientais.

→ Uso inadequado dos recursos hídricos

A falta de água já é uma realidade em várias partes do mundo em virtude do uso indevido dos recursos hídricos pelo homem. São exemplos de ações antrópicas quem podem afetar a água:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

1. Uso irregular da água para irrigação de monoculturas por meio do desvio das águas de mananciais por parte de agricultores e fazendeiros;

2. Uso intenso de agrotóxicos nas lavouras, que acabam atingindo o solo e, com as águas das chuvas, podem chegar aos lençóis freáticos, contaminando-os e prejudicando a qualidade da água;

3. Poluição de rios e mares com derramamento de esgoto.

Processo de urbanização

A multiplicação das cidades em razão do crescimento populacional tem causado alterações no meio ambiente. Muitas cidades não foram planejadas e acabam ocupando áreas de preservação, alterando o curso dos rios e diminuindo a área verde, que é essencial à manutenção da vida humana.

É uma necessidade mundial buscar iniciativas que diminuam os impactos negativos causados ao meio ambiente pela ação do homem. Atualmente, há inclinações para ações que visem ao desenvolvimento sustentável, ou seja, que haja um desenvolvimento que utilize os recursos naturais de maneira adequada e sem comprometer a sua disponibilidade para as gerações futuras, com o objetivo de se discutir o que é possível fazer para preservar o meio ambiente.

Hoje em dia, há tendências de desenvolvimento sustentável para minimizar os impactos negativos causados ao meio ambiente.


Ações antrópicas positivas para o meio ambiente

Ações antrópicas que visam a preservar o meio ambiente são consideradas positivas. Já é realidade em muitos discursos a preocupação em recuperar o que foi degradado na natureza. Termos como revitalizar e replantar estão presentes em vários estudos que pretendem minimizar os efeitos provocados pelo homem no meio ambiente. A proposta acerca do desenvolvimento sustentável iniciou-se nos anos 1980. No ano de 1972, na Suécia, aconteceu a primeira conferência mundial sobre o meio ambiente, organizada pela ONU. A segunda conferência foi realizada no Brasil e ficou conhecida como ECO-92.

São exemplos de ações antrópicas positivas:

1. Reflorestamento: essa ação antrópica visa a recuperar áreas que foram degradadas. O replantio traz benefícios ao solo, à biodiversidade da área e às condições climáticas.

2. Uso de filtros nas indústrias: usar filtros que diminuam a emissão de gases poluentes é uma importante ação que pode ser adotada pelas indústrias.

3. Utilização de produtos biodegradáveis: os produtos biodegradáveis possuem menor tempo de decomposição e não geram resíduos poluentes.

4. Incentivo de políticas para a educação ambiental: mudar a mentalidade da população é um grande passo para o desenvolvimento e ao mesmo tempo um grande desafio.

5. Recuperação de matas ciliares: recuperar as matas ciliares evita inundações nas grandes cidades e possíveis deslizamentos de terra. As matas ciliares são coberturas vegetais que desempenham uma função essencial no meio ambiente: estabilizam os solos, evitando erosões e, consequentemente, ajudam na manutenção da qualidade da água e da biodiversidade da região.

Outras ações de impactos positivos no meio ambiente não tão distantes da nossa realidade são:

  • Poupar energia;

  • Usar os recursos hídricos de forma consciente;

  • Criar o hábito da coleta seletiva do lixo;

  • Não descartar lixo nas ruas e rios, evitando assim inundações e problemas ecológicos;

  • Evitar o uso de produtos descartáveis e de material plástico.

Veja também: Fim da sacola plástica em nome do meio ambiente

Por Rafaela Sousa
Graduada em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUSA, Rafaela. "Ações antrópicas no meio ambiente"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/geografia/acoes-antropicas-no-meio-ambiente.htm>. Acesso em 15 de novembro de 2018.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola