Topo
pesquisar

Química Inorgânica

Química

A Química Inorgânica estuda as substâncias que apresentam como origem principal o reino mineral.
PUBLICIDADE

A Química Inorgânica foi definida pela primeira vez pelo químico sueco Torbern Olof Bergman, no ano de 1777, como sendo a parte da Química que estuda os compostos originados no reino mineral. Essa definição foi proposta juntamente à definição de Química Orgânica (química que estuda as sustâncias originadas nos seres vivos) com o objetivo de distinguir os compostos orgânicos dos inorgânicos.

A definição atual de Química inorgânica é:

“Ramo da Química que estuda os compostos inorgânicos, os quais não apresentam na sua constituição obrigatoriamente os elementos químicos carbono (formando encadeamentos) e hidrogênio.”

Os compostos inorgânicos apresentam, em sua maioria, algumas importantes características, como o fato de serem iônicos (com exceção dos ácidos inorgânicos que são covalentes), sólidos em temperatura ambiente (com exceção dos ácidos inorgânicos que são líquidos e de alguns óxidos que são gasosos) e apresentarem metais em sua composição (com exceção da maioria dos ácidos inorgânicos).

As características dos compostos inorgânicos estão relacionadas com a classe funcional à qual eles pertencem. Já a obtenção deles está associada às reações químicas necessárias para a sua formação. Por isso, o estudo da Química Inorgânica é subdivido em diversas partes:

  • Ácidos: substâncias inorgânicas que se ionizam em água e formam o cátion hidrônio;

    O ácido presente no limão é um exemplo de substância estudada pela Química Inorgânica
    O ácido presente no limão é um exemplo de substância estudada pela Química Inorgânica

  • Bases: substâncias inorgânicas que se dissociam em água e liberam o ânion hidroxila;

  • Sais: substâncias inorgânicas que se dissociam em água e liberam um cátion diferente do hidrônio e um ânion diferente da hidroxila;

  • Óxidos: compostos binários que apresentam o elemento oxigênio como o mais eletronegativo;

  • Carbetos: compostos binários que apresentam o elemento carbono, associado a metais ou a semimetais, como o mais eletronegativo;

  • Hidretos: compostos binários que apresentam o elemento hidrogênio como o mais eletronegativo;

  • Reações de neutralização: reações químicas que originam sais a partir da interação entre um ácido e uma base;

  • Reações de dupla troca: reações químicas que produzem sal e ácido, sal e base ou dois sais, sempre a partir da interação dessas mesmas substâncias;

  • Reações de deslocamento: reações químicas que produzem substâncias simples e compostas a partir de outras substâncias simples e compostas;

  • Reações de ustulação (reações químicas que envolvem a combustão de sulfetos)

Os textos que estão dispostos mais abaixo abordam com mais detalhes as características das mais diversas substâncias inorgânicas e também as reações químicas que envolvem as suas formas de obtenção.


Por Me. Diogo Lopes Dias

PUBLICIDADE
artigos Química Inorgânica

Ácidos mais comuns na química do cotidiano

Qual é o ácido dos explosivos?

Classificação dos óxidos

Grau de ionização de ácidos

Como um ácido se classifica em forte ou fraco?

Mármore: reação química na natureza

Mármore na forma natural

Nomenclatura dos ácidos

Precipitação de sais insolúveis

Cálculos renais: sais cristalizados.
PUBLICIDADE

Química ácido-base em ação

Antiácidos agem como bases.

Reações de neutralização mais comuns

Odores são eliminados por Hidróxido de magnésio
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA