Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon
Carbetos dão origem às lâmpadas usadas nas cavernas
Carbetos dão origem às lâmpadas usadas nas cavernas
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Também chamados carbonetos, são sais binários contendo carbono e características inorgânicas. Quando expostos à pressão e temperatura, os carbetos reagem com a água e originam os óxidos metálicos ou hidróxidos. Os óxidos metálicos dão origem aos Carbetos Covalentes e os hidróxidos aos Carbetos Iônicos. Vejamos as diferenças:

Carbetos iônicos

Conhecidos como carbetos salinos por apresentarem um forte caráter iônico, são compostos sólidos formados pelos elementos altamente positivos dos grupos 1 e 2 da tabela periódica e o alumínio, e por um com carga negativa, que no caso é o carbono.

Dentre os principais carbetos iônicos está o carbeto de cálcio (CaC2), que é usado em maçaricos oxi-acetilênicos. Este composto juntamente com a água, produz acetileno conforme a reação:

CaC2 + 2 H2O C2H2 + Ca(OH)2

O acetileno entra em combustão e produz uma chama de 3.300ºC liberando energia de 11.800J/g. Essa energia da chama é utilizada para soldar e cortar metais.
Pelo mesmo processo, é possível a produção de lâmpadas portáteis à base de carbeto de cálcio para a utilização em minas e cavernas.

Carbetos covalentes

Os carbetos covalentes são formados entre o carbono e elementos com a eletronegatividade aproximada à do carbono.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os exemplos mais importantes deste grupo são o carbeto de silício (SiC) e o carbeto de boro (B4C).

Carbeto de silício (SiC): resiste à ação dos ácidos e das bases, pois é duro e abrasivo. É utilizado na produção de rebolos, discos de corte, para o polimento de pedras (como ardósia, mármore, granito e outras) e para o polimento de lentes. Como material abrasivo ou como recobrimento de peças que necessitam resistir a abrasões mecânicas.

Usado também como suporte para catalisadores devido a sua elevada resistência e boa condutividade térmica. É um ótimo condutor de eletricidade por não perder muita energia. É um semicondutor, conduz a eletricidade com menos perda de energia que o silício puro - daí o seu emprego futuro para eliminar a refrigeração dos processadores, atualmente necessária. É empregado na blindagem de sistemas aeronáuticos e aeroespaciais. Também empregado para a produção de cerâmicas sintéticas.

Carbeto de boro (B4C): usado em barras de controle de reatores nucleares com a finalidade de capturar nêutrons e moderar a reação radiativa. Também usado como abrasivo. 


Por Líria Alves
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Carbetos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/carbetos-carbonetos.htm. Acesso em 05 de julho de 2022.

De estudante para estudante


Como fazer balanceamento de equações?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

O que é camada de valência?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

Qual das substâncias a seguir é um carbeto molecular?

a) CO

b) CO2

c) B4C

d) SrC2

e) MgC2

Exercício 2

A substância química acetileno (C2H2) é um gás em temperatura ambiente que, graças à sua combinação com o oxigênio, desenvolve chamas que ultrapassam 3300ºC (6000ºF), sendo utilizado para corte e solda em indústrias. Esse gás está presente nos maçaricos, mas não é adicionado a esse aparelho, e sim produzido no interior dele pela reação química do carbureto de cálcio com a água. A fórmula química do carbureto de cálcio é:

a) CaC

b) CaC3

c) CaC4

d) CaC2

e) CaS

PUBLICIDADE

Estude agora


Quem foi Nelson Mandela?

Assista a nossa videoaula para conhecer a história de Nelson Mandela (1918-2013). Confira também, no nosso...

A condição pós-moderna de Jean-François Lyotard

Jean-François Lyotard é um dos pensadores que se dedicam a entender a complexa condição pós-moderna. Entender a...