Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Dubai

Dubai é um país dos Emirados Árabes Unidos. Sua capital, também Dubai, é um famoso destino turístico internacional reconhecido principalmente pelo luxo e modernidade.

Bandeira de Dubai
Bandeira de Dubai
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Dubai é um dos emirados que compõem o país chamado Emirados Árabes Unidos, no Oriente Médio. A capital de Dubai é a cidade de mesmo nome, que concentra quase 90% dos 3,41 milhões de pessoas que vivem no país. Dubai apresenta um clima desértico, com temperaturas altas e elevada amplitude térmica. Na capital, entretanto, o calor acontece em conjunto de umidade do ar elevada.

Dubai foi um importante entreposto comercial no passado e se desenvolveu a partir da comercialização de pérolas. Sua capital se tornou uma das cidades mais modernas e luxuosas do mundo a partir das divisas derivadas da comercialização do petróleo encontrado na região.

Confira nosso podcast: Geopolítica do petróleo

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Dubai

  • Dubai é um emirado que forma os Emirados Árabes Unidos.

  • Sua capital é a cidade de Dubai, famosa pelo comércio de luxo, pelas construções grandiosas e pela intensa atividade turística.

  • A cidade se formou a partir do comércio de pérolas. Mais recentemente, sua modernização e crescimento foram possíveis em decorrência do desenvolvimento da exploração petrolífera na região.

  • O clima em Dubai é desértico, visto que o país está localizado no deserto da Arábia. Na capital, ele é quente e úmido.

  • A cidade de Dubai concentra quase 90% dos habitantes do emirado, que reúne hoje uma população de 3,41 milhões de pessoas.

  • O comércio, as finanças, os transportes e serviços turísticos são suas principais atividades econômicas.

  • A cidade de Dubai possui uma infraestrutura moderna, que estabelece uma paisagem contrastante com o deserto.

  • As ilhas artificiais e a Enseada de Dubai são alguns dos principais pontos turísticos da capital.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Dubai

  • Nome oficial: Dubayy (Dubai).

  • Gentílico: emiradense, emiratense.

  • Extensão territorial: 4.114 km².

  • Localização: Emirados Árabes Unidos.

  • Capital: Dubai.

  • Clima: árido.

  • Governo: monarquia centralizada na autoridade do emir (título do governante).

  • Divisão administrativa: distritos e uma municipalidade (Dubai).

  • Idioma: árabe.

  • Religiões: islamismo (principal), hinduísmo, budismo, cristianismo.

  • População: 3.411.200 habitantes.

  • Densidade demográfica: 828 hab./km².

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,890 (Emirados Árabes Unidos).

  • Moeda: dirham.

  • Produto Interno Bruto (PIB): US$ 108,4 bilhões (2018).

  • PIB per capita: US$ 31.876.

  • Gini: 0,260 (Emirados Árabes Unidos).

  • Fuso horário: GMT +4.

  • Relações exteriores:

    • ONU;

    • Organização dos Países Árabes Exportadores de Petróleo (Oapec);

    • Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep);

    • Unesco;

    • Banco Mundial;

    • FMI.

História de Dubai

A história de Dubai começa por volta do ano 3000 a.C., quando a região representava uma rota comercial que interligava diferentes cidades do Oriente Médio. À época, a economia de Dubai girava em torno da produção e comercialização de pérolas, da construção de barcos e da atividade pesqueira. Com o tempo, Dubai foi ganhando destaque no cenário internacional, ampliando o escopo de países que utilizavam aquele território como rota comercial.

Dubai era povoado, então, por diversas tribos formadas por etnias distintas. Durante os séculos XVIII e parte do século XIX, muitas disputas internas foram travadas a fim de determinar quem estaria à frente do governo daquele território. Com o avanço do Império Otomano sobre países que hoje formam o Oriente Médio, foi feito um acordo com a Grã-Bretanha, em 1891, para manter Dubai longe do domínio otomano.

Até então, a extração e o comércio de pérolas se mantinha como principal atividade comercial de Dubai. Uma profunda transformação ocorreu no início do século XX, quando a chegada de grandes correntes migratórias de outras regiões do país e de nações vizinhas produziram uma ascensão do comércio. Durante os anos 1930, entretanto, o mercado de pérolas entrou em decadência.

Dubai conseguiu retomar a sua economia mediante a descoberta de dois poços de petróleo em territórios próximos (portanto offshore) entre 1950 e 1966. Em 1971, Dubai se tornou um emirado e formou, junto de outras regiões, os Emirados Árabes Unidos.

A cidade de Dubai prosperou com o mercado petrolífero, e a década de 1970 foi marcada pelo ingresso maciço de imigrantes na região. O contrário ocorreu durante a Guerra do Golfo, no início dos anos 1990, o que provocou a retirada de investidores da capital. Dubai conseguiu se reerguer no início do século XXI e se tornou uma das economias mais modernas do Oriente Médio e do mundo, voltada ao comércio de luxo, às grandiosas construções, às finanças e à indústria petrolífera.

Veja também: Exploração e extração do petróleo — saiba como esse importante combustível fóssil é extraído do fundo do mar

Mapa de Dubai

Em destaque no mapa está o emirado de Dubai, um dos sete estados que formam os Emirados Árabes Unidos.
Em destaque no mapa está o emirado de Dubai, um dos sete estados que formam os Emirados Árabes Unidos.

Geografia de Dubai

Dubai (ou Dubayy) é um dos sete emirados que conformam o país chamado Emirados Árabes Unidos, situado no Oriente Médio e banhado pelo Golfo Pérsico. É o segundo maior em área, com pouco mais de 4 mil km², e o mais populoso do país. Sua capital é a cidade de mesmo nome, Dubai, conhecida pela opulência, pelo contraste entre o adensamento urbano com a paisagem desértica e também pelas inúmeras ilhas artificiais construídas nas águas do mar da Arábia.

O emirado de Dubai faz fronteira com Abu Dhabi a oeste e sul e Sharjah a nordeste e leste. Dubai possui ainda um enclave denominado Hatta na região leste do país e que faz divisa com outros dois emirados, Ajman e Roas al-Kaimah, além do sultanato de Omã, também um país pertencente ao Oriente Médio.

  • Clima de Dubai

O deserto da Arábia abrange grande parte dos Emirados Árabes Unidos, incluindo Dubai. Por conta disso, o emirado é caracterizado pelo clima desértico, com temperaturas elevadas durante todo o ano, alta amplitude térmica diária e baixos índices pluviométricos. Na cidade de Dubai, o calor é predominante, mas a umidade relativa do ar é alta, girando em torno de 60%.

Os invernos na capital são relativamente amenos e úmidos. As menores temperaturas são registradas em janeiro, com variação de 24 °C durante o dia a 14,5 °C durante a noite. É comum ocorrerem chuvas intensas nessa estação. Anualmente, no entanto, Dubai registra volumes baixos típicos do seu clima. Julho, agosto e setembro são os meses mais quentes, em que as temperaturas podem chegar a 48,8 °C. Embora a umidade do ar seja menor do que no inverno, ela permanece acima da média para climas áridos.

Dunas do deserto da Arábia.
O emirado e a cidade de Dubai ficam no deserto da Arábia, caracterizado por extensas dunas e calor intenso.
  • Relevo de Dubai

O relevo do emirado de Dubai é composto por planícies, com destaque para a planície costeira, e planaltos, que se restringem a algumas das áreas a leste do território. O grande deserto que ficou conhecido como deserto de Dubai se constitui de trechos com numerosas dunas e outros trechos de solo pedregoso. O enclave de Hatta compartilha com Omã uma cadeia montanhosa denominada Al Hajar, onde as elevações chegam a 3 mil metros.

  • Vegetação de Dubai

Em decorrência do clima, a vegetação em Dubai é rarefeita. As plantas e árvores encontradas no emirado são de pequeno e médio porte, como acácias, jacintos e nim. Algumas regiões sustentam, ainda, espécies de palmeiras, como as tamareiras.

  • Hidrografia de Dubai

Dubai é banhado pelo mar da Arábia, na região em que se formou o Golfo Pérsico. Na capital fica localizada a Enseada de Dubai, canal natural de água salgada que serve ao transporte diário, ao comércio internacional e às atividades turísticas, tornando-se um dos principais pontos de visitação da cidade. Além disso, o litoral de Dubai conta com um arquipélago artificial formado por três ilhas até o momento, com previsão de novas adições.

Saiba mais: Principais biomas do mundo — os conjuntos de vida vegetal e animal presentes em um ambiente com condições semelhantes

Demografia de Dubai

O emirado de Dubai é o mais populoso do país, reunindo, atualmente, 3.411.200 habitantes, de acordo com informações oficiais. A maioria dessa população, cerca de 90%, se concentra na cidade de Dubai, que é também a cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos. A estimativa da ONU é que a capital chegue a 3,8 milhões de habitantes até a próxima década, mantendo o ritmo de crescimento atual, que é mais acelerado do que a média mundial.

Em Dubai, a população masculina é significativamente maior do que a feminina. O primeiro grupo corresponde a 69,2% de todos os seus moradores, ao passo que o segundo representa somente 30,75%. Levando em consideração a faixa etária, Dubai apresenta uma vasta parcela de sua população entre as idades de 25 a 39 anos, sendo o grupo de 30 a 34 anos o mais numeroso, com 602.962 habitantes.

Outro aspecto da população de Dubai que chama a atenção é a sua composição por nacionalidade. Aproximadamente 92% das pessoas que vivem no emirado, e principalmente na sua capital, são derivadas de outros países que não os Emirados Árabes Unidos. A maior parte vem de nações asiáticas, com destaque para a Índia e Paquistão.

Avenidas e prédios de Dubai
Dubai é a cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos.

Economia de Dubai

A economia de Dubai passou por transformações significativas ao longo do tempo, centrada inicialmente na comercialização de pérolas e outras pedras preciosas, posteriormente na exploração de petróleo offshore e, mais recentemente, nas atividades do setor terciário. Seu Produto Interno Bruto (PIB) cresceu continuamente entre 2018 e 2020, e o valor chega a quase 400 bilhões de dólares. Como dito anteriormente, o setor terciário responde, hoje, pela maior parcela da economia, com destaque para o comércio de luxo, serviços financeiros e seguradoras, e transportes e logística.

Ainda no setor terciário, tem destaque o turismo, tanto de lazer quanto de negócios. A cidade de Dubai é um dos principais destinos turísticos no Golfo Pérsico e no mundo, atraindo pessoas de diversos países. Entre os meses de janeiro e agosto de 2021, ano em que ocorreu o início da pandemia de covid-19, passaram por Dubai 3.760.000 turistas. No ano de 2019, portanto antes da pandemia, que afetou as viagens em todo o mundo, o número de visitantes em Dubai foi de 16.730.000, oriundos principalmente da Índia, Arábia Saudita, Reino Unido, Oman e China.

Dentro do setor turístico, há grande geração de receitas derivadas de hospedagem e alimentação. Outra atividade de extrema importância para Dubai é a construção civil, que representou 6,4% do PIB do emirado em 2018. Muitos dos trabalhadores desse setor são imigrantes de outras nações asiáticas.

Saiba mais: Setores da economia — entenda com o que se relaciona cada um desses setores

Cultura de Dubai

Embora Dubai possua uma população majoritariamente estrangeira, de origens diversas, elas têm um aspecto em comum, que é a sua religiosidade. De maioria islâmica, a cultura do emirado e de sua capital é diretamente influenciada pela religião, especialmente quando se trata de protocolos a serem seguidos, costumes do dia a dia e feriados e datas especiais, como o Ramadã.

Em Dubai, a língua oficial é o árabe, mas outros idiomas são falados, principalmente na capital. Dentre eles, está o inglês.

A cultura árabe se vê refletida na paisagem, através da arquitetura, e também nas artes e na culinária. A capital do emirado é uma cidade conhecida pela sua modernidade arquitetônica, pelos monumentos grandiosos e pela sua riqueza e opulência. É um destino turístico internacional, contando com atrações turísticas únicas e que acabaram se tornando cartão-postal da cidade. Dentre eles está o Dubai Creek, ou Enseada de Dubai, e o arquipélago artificial que recebe o nome de Palm Islands.

Palm Islands Jumeirah, na cidade de Dubai
Palm Islands Jumeirah, na cidade de Dubai

Infraestrutura de Dubai

Dubai é conhecido pela infraestrutura moderna, que estabeleceu uma paisagem única em um dos maiores desertos do mundo. Anualmente, milhares de novos edifícios são construídos no emirado, principalmente em sua capital, os quais são destinados à habitação e aos serviços financeiros, em sua maioria. Já o abastecimento de água potável é amplo, sendo a cidade de Dubai uma das maiores consumidoras de água do mundo. O recurso potável é derivado dos processos de dessalinização a partir das águas do Golfo Pérsico.

A principal fonte de geração de energia elétrica em Dubai é o gás natural, seguido do vapor d’água das termelétricas e, em menor quantidade, de fontes renováveis como a energia solar.

Na cidade de Dubai, os metrôs são o meio de transporte mais utilizado, seguido de ônibus e dos transportes utilizados nas hidrovias, notadamente na Enseada de Dubai. O porto da cidade registra um intenso movimento de cargas, em especial commodities, e passageiros. Já o Aeroporto Internacional de Dubai, em 2020, registrou entradas e saídas de mais de 25,8 milhões de passageiros. No ano anterior, o número chegou a 86,3 milhões.

Governo de Dubai

O emirado de Dubai é governado por uma monarquia absolutista. Seu governante, assim como os das outras seis territorialidades que compõem os Emirados Árabes Unidos, recebe o título de emir.

Curiosidades sobre Dubai

  • O Burj Khalifa é hoje o prédio mais alto do mundo, com 828 metros. Já está em construção, desde 2016, a City Tower de Dubai, que promete desbancar esse recorde.

  • Em Dubai há o Museu do Café.

  • Um quarto dos guindastes do mundo está na cidade de Dubai.

  • A corrida de camelos é um esporte popular nesse emirado. Atualmente, pequenos robôs têm sido utilizados para guiar os animais, substituindo as crianças que exerciam essa função.

  • Um quarto do ouro de todo o mundo passa por Dubai.

  • O fim de semana em Dubai corresponde à sexta-feira e ao sábado.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Dubai"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/dubai.htm. Acesso em 14 de agosto de 2022.

De estudante para estudante


Qual o menor país do mundo?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

O que é tectonismo?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

PUBLICIDADE

Estude agora


Murilo Mendes

Nesta videoaula, você conhecerá um pouco mais sobre a vida e a obra de Murilo Mendes, um importante poeta do...

Continente Americano: aspectos gerais e divisão territorial

Assista à nossa aula sobre o continente americano e conheça os aspectos marcantes da geografia desse território....