Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Clima temperado

Os climas temperados são amenos, marcados por chuvas recorrentes de volume anual variável, e podem ser continentais ou oceânicos. No Brasil, correspondem ao clima subtropical.

O clima temperado está presente entre os trópicos e os círculos polares e é caracterizado por precipitação bem distribuída durante o ano.
O clima temperado está presente entre os trópicos e os círculos polares e é caracterizado por precipitação bem distribuída durante o ano.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O clima temperado está presente nas zonas temperadas do planeta, situadas entre os trópicos e os polos em ambos os hemisférios. Esse tipo climático é caracterizado pela distinção entre as quatro estações do ano, amplitude térmica anual que pode ser acentuada, chuvas bem distribuídas durante o ano e temperaturas médias amenas. Ele é classificado em temperado continental, temperado oceânico, mediterrâneo e subtropical. O último tipo está presente nos estados da região Sul do Brasil.

Leia também: A relação entre a latitude e o clima

Tópicos deste artigo

Resumo sobre clima temperado

  • Os climas temperados ocorrem entre os trópicos e os círculos polares, portanto nas zonas temperadas do planeta Terra.

  • São caracterizados por temperaturas amenas, amplitude térmica anual que varia de moderada a acentuada e chuvas bem distribuídas durante o ano. Nele, é possível identificar as quatro estações do ano.

  • A vegetação típica são as florestas decídua temperada e pluvial temperada.

  • Esse clima é subdividido em temperado continental, temperado oceânico, mediterrâneo e subtropical.

  • No Brasil, é equivalente ao clima subtropical, predominante na região Sul.

Características do clima temperado

O clima temperado é um tipo de clima característico de regiões de latitude média, situadas nas zonas temperadas do planeta, localizadas entre os trópicos e os círculos polares tanto no hemisfério norte quanto no hemisfério sul. Nessas áreas, os raios solares chegam de forma inclinada à superfície, condicionando, assim, uma menor incidência de calor e a ocorrência de temperaturas anuais mais amenas do que em baixas latitudes.

Uma das principais características dos climas temperados é a distinção entre as quatro estações do ano: verão, outono, inverno e primavera. Além disso, as chuvas variam de moderadas a intensas e ocorrem durante todo o ano, sendo assim bem distribuídas. A amplitude térmica anual e diária, e consequentemente as temperaturas médias, variam de acordo com a localidade (interior ou litoral) e a influência dos fatores climáticos.

Em geral, os climas temperados podem apresentar verões relativamente quentes e chuvosos e invernos frios e com baixo índice pluviométrico, ou ainda verões amenos e invernos rigorosos, com elevada precipitação durante todo o ano. Em algumas áreas, principalmente na variação do clima temperado continental, há na estação mais fria do ano o registro de geadas ou mesmo incidência de neve.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Vegetação do clima temperado

Floresta temperada na Romênia, Europa.
A floresta temperada é o bioma predominante nas regiões de clima temperado.

A floresta temperada é o tipo de vegetação característico das regiões de clima temperado. Elas são formadas por uma grande variedade de espécies vegetais, que compreende árvores de grande, pequeno e médio porte, arbustos, gramíneas e vegetação rasteira.

Esse tipo de vegetação é classificado como floresta decídua, composta por árvores que perdem as suas folhas em uma das estações do ano (outono ou inverno), e também como pluvial, que ocorre nas regiões de clima oceânico, onde a pluviosidade é elevada durante todo o ano e há grande disponibilidade de umidade, proporcionando a existência de plantas perenes, que não alteram sua estrutura em nenhum período, e de grande porte, com dezenas de metros de altura.

Algumas das plantas presentes nas florestas de clima temperado são:

  • carvalho;

  • faia;

  • sequoia;

  • olmo;

  • nogueira;

  • salgueiro;

  • bétula;

  • amoreira silvestre;

  • magnólia;

  • castanheira;

  • abeto;

  • cedro;

  • bordo;

  • capim;

  • musgo.

  • Fauna do clima temperado

Esquilo-vermelho europeu em floresta temperada.
As florestas temperadas abrigam uma grande variedade de animais. Dentre os espécimes estão os esquilos, pertencentes à família dos roedores.

Assim como a flora, a fauna do clima temperado é muito diversificada e varia de forma significativa conforme a sua área de ocorrência. Encontra-se nesse domínio climático desde grandes mamíferos até pequenos roedores e insetos.

Alguns dos animais presentes nas terras de clima temperado são:

Veja também: Biodiversidade — o termo usado para indicar a diversidade biológica

Classificações do clima temperado

Existem no clima temperado algumas subdivisões decorrentes da maior ou menor interferência de determinados fatores climáticos, o que condiciona diferenças regionais importantes.

As duas principais classes de climas temperados são:

  • Temperado continental

O clima temperado continental recebe esse nome pois acontece no interior dos continentes das regiões temperadas. É caracterizado por verões um pouco mais quentes do que nas regiões costeiras, com média de 20 °C, e invernos muito frios, registrando temperaturas abaixo de 0 °C, geadas e até mesmo precipitação na forma de neve.

A amplitude térmica anual é muito acentuada, e a diferença pode variar em 20 °C e 30 °C entre o período mais quente e o mais frio. A pluviosidade é menor do que no temperado continental e oscila entre 500 e 1000 mm ao ano. Os meses de verão são relativamente mais chuvosos do que os meses de inverno.

  • Temperado oceânico

O clima temperado oceânico ocorre nas áreas costeiras ou próximas da costa. Esse tipo climático é caracterizado por verões mais amenos do que o temperado continental, com temperaturas médias de 18 °C e invernos frios. As temperaturas dos meses mais frios ficam em torno de 7 °C, e a amplitude térmica anual é baixa.

Os verões concentram menor volume de chuvas do que os invernos, que são mais úmidos. Anualmente, o acumulado de chuvas pode chegar a 1500 mm e até mesmo superar os 2000 mm em determinadas localidades.

Os climas mediterrâneo e subtropical são também algumas variações do clima temperado. O primeiro é predominante nas cidades e regiões banhadas pelo mar Mediterrâneo e se assemelha ao temperado oceânico em termos de temperatura, mas os índices pluviométricos anuais são muito mais baixos (350 mm a 600 mm), especialmente no verão. O segundo acontece principalmente no hemisfério sul e dispõe de elevado teor de umidade.

Localização do clima temperado

Mapa destacando as zonas temperadas do planeta.
O mapa acima traz em destaque as zonas temperadas do planeta, onde predominam climas temperados.

O clima temperado é característico das zonas temperadas do planeta. Ele ocorre em regiões localizadas entre o Círculo Polar Ártico (66° N) e o Trópico de Câncer (23°27’ N) e entre o Trópico de Capricórnio (23°27’ S) e o Círculo Polar Antártico (66° S). Sendo assim, observa-se a presença desse tipo climático nos seguintes territórios:

Saiba mais: Diferença entre tempo e clima — entenda esses conceitos

Clima temperado no Brasil

No Brasil, o clima temperado é identificado como sendo o clima subtropical. Acontece nas áreas abaixo do Trópico de Capricórnio, compreendendo o extremo sul do estado de São Paulo, a maior parte do Paraná e os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O clima subtropical brasileiro é caracterizado pela distinção entre as quatro estações do ano e chuvas bem distribuídas durante o ano. A amplitude térmica anual é elevada, com a ocorrência de verões quentes, que podem chegar a máximas de 30 °C, e invernos frios, que marcam temperaturas inferiores a 18 °C. Em algumas áreas, os termômetros registram mínimas negativas.

Além das chuvas, os meses mais frios do clima temperado são marcados pela ocorrência de geada e precipitação na forma de neve em determinadas cidades. Predominantemente, a vegetação é formada pelos pampas ou campos gerais e pela mata de araucárias.

Exercícios resolvidos sobre clima temperado

Questão 1

(Unesp) Analise os climogramas das figuras A e B.

Climogramas

(J. O. Ayoade, 2003)

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta dos dois tipos climáticos representados.

a) Clima tropical e clima temperado oceânico ou marítimo.

b) Clima tropical e clima temperado continental.

c) Clima subtropical e clima temperado oceânico ou marítimo.

d) Clima subtropical e clima temperado continental.

e) Clima semiúmido mediterrâneo e clima temperado oceânico ou marítimo.

Resolução:

Alternativa A

Antes de mais nada, lembremos que a linha contínua indica a temperatura, lida no eixo vertical da esquerda, e as colunas representam o volume mensal de chuvas, dispostos no eixo da direita. O climograma A apresenta verões úmidos e quentes e invernos amenos e secos, caracterizando assim um clima tropical. Já o climograma B indica uma amplitude térmica elevada, com invernos frios e úmidos e verões quentes e relativamente secos, como nos climas temperados oceânicos.

Questão 2

(Unicamp) O mapa abaixo destaca a área de ocorrência dos Pampas, no Brasil. Além de apresentarem solos suscetíveis à erosão, os Pampas se caracterizam:

Área de ocorrência dos Pampas, com o Sul do Brasil em destaque.

a) pela vegetação arbórea, em área de clima temperado, sujeita a processos de voçorocamento decorrente da eliminação da cobertura vegetal.

b) pela vegetação arbórea, em área de clima subtropical, sujeita a processos de arenização decorrente da eliminação da cobertura vegetal.

c) pela vegetação de gramíneas, em área de clima subtropical, sujeita a processos de arenização decorrente da eliminação da cobertura vegetal.

d) pela vegetação de gramíneas, em área de clima temperado, sujeita a processos de voçorocamento decorrente da eliminação da cobertura vegetal.

Resolução:

Alternativa C

A vegetação dos Pampas é formada predominantemente por gramíneas e ocorre sob o clima subtropical. Devido à utilização intensiva dos solos nessas áreas, que se dá sobretudo pelo avanço das atividades agropecuárias, eles se tornaram mais suscetíveis ao processo de arenização. Esse é um problema ambiental recorrente no bioma dos Pampas, que apresenta solos rasos de textura arenosa.

Desse modo, com a retirada da cobertura vegetal para a constituição de pastagens e monocultivos (apenas de soja e eucalipto, por exemplo), o solo fica desprotegido e mais propenso à degradação pela atuação ação de agentes erosivos, como ventos e chuva, resultando no aparecimento de depósitos ou manchas de areia.

O voçorocamento consiste na erosão ocasionada pela água das chuvas em áreas desmatadas, dando origem às voçorocas, grandes buracos no solo que, devido à sua profundidade, podem atingir o lençol freático. Embora esse fenômeno ocorra também nos Pampas, a arenização é mais comum por causa da predisposição natural do solo dessa região.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Clima temperado"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/clima-temperado.htm. Acesso em 25 de julho de 2024.

De estudante para estudante