Topo
pesquisar

Trópicos da Terra

Geografia

Os trópicos são importantes demarcadores cartográficos, sendo úteis na localização e na demarcação dos climas e das estações do ano.
Mapa de localização dos trópicos da Terra
Mapa de localização dos trópicos da Terra
PUBLICIDADE

Ao observarmos um mapa-múndi, notamos a existência de algumas “linhas imaginárias” traçadas no sentido horizontal. Duas delas são conhecidas como trópico de câncer e trópico de capricórnio, respectivamente. Mas o que são essas linhas?

Os trópicos da Terra são paralelos, ou seja, linhas traçadas cartograficamente no sentido leste-oeste, paralelas à Linha do Equador. Sendo assim, eles possuem latitudes específicas. No caso do Trópico de Câncer, a latitude é de 23º27' N (23 graus e 27 minutos norte), enquanto no Trópico de Capricórnio as latitudes são de 23º27' S (23 graus e 27 minutos sul).

O fato de ambos os trópicos possuírem a mesma latitude, porém em hemisférios diferentes, significa que ambos estão a uma mesma distância da Linha do Equador, que demarca a metade da Terra, isto é, a área que possui uma igual distância entre o extremo norte e o extremo sul do nosso planeta.

Dessa forma, tudo o que se encontra entre os trópicos é chamado de intertropical, ao passo que as localidades posicionadas ao norte ou ao sul deles são chamadas de subtropicais.

Mas para que servem os trópicos de Câncer e Capricórnio?

Graças aos solstícios e equinócios, o sol incide sua radiação de formas diferentes ao longo do ano. Em alguns períodos, ele está mais inclinado para o norte, em outros, para o sul, havendo também as épocas em que os dois hemisférios são igualmente iluminados.

Os trópicos servem para demarcar o limite dessa diferença, ou seja, o Trópico de Câncer é a zona mais ao norte possível em que o sol incide perpendicularmente. Da mesma forma, o Trópico de Capricórnio é a faixo no hemisfério sul onde a iluminação perpendicular atinge o seu ponto máximo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quando essa zona de iluminação alcança um dos trópicos, nele se observa o posicionamento do sol sobre o zênite, que é o ponto mais acima no céu em uma observação vertical.

Portanto, essa é a função dos trópicos, marcar as zonas da Terra que recebem a máxima radiação solar durante o ano. Dessa forma, é possível dizer que as faixas intertropicais são mais iluminadas pelo sol do que as subtropicais, o que as torna, em geral, mais quentes.

Monumento dedicado ao Trópico de Câncer em Taiwan
Monumento dedicado ao Trópico de Câncer em Taiwan

Além dessa função, os trópicos também auxiliam na demarcação das estações do ano. Quando o eixo vertical do sol atinge um trópico, as estações mudam. Quando ocorre no Trópico de Câncer, há o verão no hemisfério norte e o inverno no hemisfério sul, acontecendo o inverso quando o sol alcança o Trópico de Capricórnio.

Placa indicando que ali passa o Trópico de Capricórnio, na Austrália
Placa indicando que ali passa o Trópico de Capricórnio, na Austrália

O trópico de Câncer “corta” no sentido imaginário os seguintes países: Arábia Saudita, Argélia, Bahamas, Bangladesh, Chade, China, Egito, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, Índia, Líbia, Mali, Mauritânia, México, Myanmar, Níger, Omã e Taiwan.

Já o trópico de Capricórnio passa por África do Sul, Argentina, Austrália, Brasil, Botswana, Chile, Moçambique, Madagascar, Namíbia e Paraguai.


Por Rodolfo Alves Pena
Graduado em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PENA, Rodolfo F. Alves. "Trópicos da Terra"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/geografia/tropicos-terra.htm>. Acesso em 15 de novembro de 2018.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola