Topo
pesquisar

Javali (Sus scrofa)

Animais

PUBLICIDADE

Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Artiodactyla
Família Suidae
Gênero Sus
Espécie
Sus scrofa

Os javalis são animais bastante antigos, e de distribuição significativa. São originários do norte da África e sudoeste da Ásia, mas foram introduzidos em diversas regiões do mundo. Na atualidade, em alguns países, se encontram extintos e em outros, como no Brasil, são considerados espécies exóticas invasoras.

O corpo desses animais é robusto, assim como seus membros; sendo cobertos por pelos longos e rígidos, de tonalidade que varia entre o ruivo e o castanho, apresentando-se com listras longitudinais no caso de indivíduos mais jovens. O focinho é longo, e as orelhas são orelhas ovais e repletas de pelos. Além disso, possuem dois pares de presas.

Javalis vivem em bandos, liderados por um macho dominante. No entanto, machos mais velhos tendem a viver solitários, aproximando-se de outros indivíduos somente para se reproduzir. Em tais situações, pode haver combates entre o macho residente e o “intruso” que pretende se acasalar com as fêmeas que ali se encontram. Geralmente os mais velhos são os que ganham a disputa.

O período do cio dura cerca de cinco semanas e, nessa época, tais machos afastam os restantes (que procurarão outros bandos para dominar e se reproduzir), e permanecem na companhia das fêmeas. Cada gestação dura cerca de três meses e meio, dando origem a aproximadamente cinco filhotes que, com um ano e meio, já estarão aptos à reprodução. Geralmente, fêmeas têm somente uma gestação ao ano. A expectativa de vida dos javalis é de aproximadamente vinte anos.

Pela manhã, costumam dormir e, ao fim da tarde, procuram alimentos e água para se refrescarem. Sua dieta é onívora, sem muitas restrições. Por esse motivo, ao invadirem propriedades rurais, por exemplo, na falta de alimentos em seu habitat, podem provocar prejuízos significativos para o agricultor, ao devorarem plantações, filhotes de carneiro, galinhas, patos e cachorros; e destruírem tais locais.

Além disso, podem ser perigosos, caso sejam desafiados sem o devido cuidado, uma vez que suas garras são extremamente cortantes. Em razão de tal atributo, e de sua força, poucos são os animais que se submetem a enfrentar um javali selvagem. Lobos, em matilhas, e seres humanos, armados; parecem ser os únicos. No entanto, se domesticados, podem ser extremamente dóceis.

Competição com espécies nativas, como caititus e queixadas; alterações no ambiente em razão dos seus hábitos de fuçar o solo, atrapalhando processos da sucessão de regeneração de matas; e a capacidade de transmitir doenças, como raiva, leptospirose e febre aftosa; fazem com que se apresentem como um problema, em casos de superpopulação.

Por isso, a União Internacional de Conservação da Natureza (IUCN) considera os javalis como uma das espécies invasoras com maior potencialidade de causar danos ao meio ambiente. Algumas estratégias têm sido adotadas, e também estudadas, para controlar tais populações. A principal tem sido a caça controlada, com direcionamento de sua carne para fins alimentícios.

Sobre tal item alimentar, sua carne é bem menos calórica que a bovina, mais proteica, e sua taxa de colesterol é quase nula.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Bióloga, especialista em Educação Ambiental

Javali (Sus scrofa)
Javali (Sus scrofa)

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Javali (Sus scrofa)"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/animais/javali.htm. Acesso em 18 de outubro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola