Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Fatores climáticos

Os fatores do clima, como latitude, altitude, relevo, maritimidade e massas de ar, interferem na dinâmica atmosférica e atuam sobre as características climáticas de uma área.

Paisagem natural, com montanhas ao fundo e rio à frente, em referência aos fatores climáticos.
Os fatores climáticos são aspectos do meio ambiente e da atmosfera que determinam a dinâmica dos elementos do clima.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Fatores climáticos são os aspectos do meio natural que determinam as características de um clima e influenciam no comportamento dos diferentes elementos climáticos. Os principais fatores climáticos, de grande importância na dinâmica do clima em diferentes escalas espaciais, são os seguintes:

  • latitude;

  • altitude;

  • relevo;

  • continentalidade e maritimidade;

  • massas de ar;

  • correntes marítimas;

  • vegetação.

Leia também: Clima e tempo — conceitos que se referem a aspectos distintos

Tópicos deste artigo

Resumo sobre fatores climáticos

  • Fatores climáticos são componentes do meio ambiente e da atmosfera que atuam na definição dos elementos do clima.

  • São fatores climáticos: latitude, altitude, relevo, maritimidade e continentalidade, massas de ar, correntes marinhas e vegetação.

  • Os fatores do clima são fundamentais para a dinâmica climática, tendo em vista que determinam as características do clima, chamadas também de elementos do clima.

  • Os elementos do clima são influenciados pelos fatores climáticos. Dentre os principais elementos estão: temperatura, pressão e umidade.

O que é clima?

O clima pode ser definido como a síntese das condições atmosféricas em uma determinada localidade, observadas diariamente por um longo período de tempo.

A determinação de um tipo de clima é feita mediante uma análise diária do tempo atmosférico em uma área por um período de pelo menos 30 anos. São observados os principais aspectos da atmosfera, como as temperaturas máxima e mínima diárias, a umidade do ar, a pressão atmosférica e a pluviosidade. Junto da análise dos principais fatores atuantes na área, essa sucessão de tempos é utilizada na definição do clima. Para entender melhor a definição de clima e quais são os tipos de clima existentes, clique aqui.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que são fatores climáticos?

Fatores climáticos são os aspectos do meio natural, o que engloba os componentes do meio ambiente e dinâmicas da atmosfera, que atuam na determinação e na transformação dos elementos definidores de um clima, isto é, de suas principais características.

Quais são os fatores climáticos?

Existem inúmeros fatores do meio ambiente que interagem com os elementos climáticos e interferem direta ou indiretamente na dinâmica do clima. A seguir, veja quais são os principais fatores climáticos naturais e como eles atuam sobre os determinantes do clima.

  • Latitude: esse fator climático influencia na distribuição da luz e do calor emanado do Sol sobre a superfície terrestre, sendo uma medida utilizada na delimitação das zonas térmicas do nosso planeta. Em função do formato da Terra, os raios solares não incidem da mesma maneira e com a mesma intensidade sobre todas as regiões. Quanto mais próximo do Equador terrestre, isto é, quanto mais baixa a latitude, maior é a quantidade de calor recebida. Essa relação é inversa nas regiões de alta latitude, onde ficam os climas mais frios.

  • Altitude: exerce influência sobre a pressão atmosférica, que é menor nas áreas mais elevadas. A relação que existe entre altitude e pressão, por sua vez, afeta diretamente a temperatura do local. Quanto maior a elevação, menor é a pressão atmosférica e menor é a temperatura, o que se deve ao estado rarefeito das moléculas presentes no ar. Estima-se que a cada 100 metros de altitude, a temperatura diminua 0,6 °C.

Vista de áreas montanhosas, que apresentam elevada altitude.
A altitude interfere na pressão atmosférica e nas temperaturas.

É importante notar que a altitude é um fator climático que se sobrepõe à influência da latitude. Mesmo na zona tropical, que abrange as áreas de menor latitude do planeta Terra e que recebem maior quantidade de calor emanado do Sol, os locais de maior altitude são mais frios do que aqueles de menor altitude.

  • Maritimidade e continentalidade: a água apresenta grande capacidade de retenção do calor, razão pela qual a sua presença pode influenciar nas temperaturas e na amplitude térmica de uma localidade. Áreas mais próximas do mar (maritimidade) dispõem de climas mais amenos e com menor variabilidade térmica do que as áreas mais distantes do mar (continentalidade).

    No litoral existem, ainda, ventos que sopram do oceano em direção ao continente (brisa marítima) e no sentido inverso (brisa terrestre), o que auxilia no controle da temperatura.

  • Relevo: esse fator climático influencia na umidade do ar e na incidência de ventos sobre uma área. Formas de relevo como as montanhas podem atuar como barreiras que impedem a passagem de massas de ar e de umidade, criando assim uma zona de sombra de chuvas do lado oposto. O choque de massas de ar úmidas com essas barreiras provoca a sua ascensão e condensação, causando chuvas que são classificadas como chuvas orográficas (ou chuvas de relevo).

Vista aérea de formas de relevo.
Formas de relevo podem atuar como barreira aos ventos e à umidade.
  • Massas de ar: as massas de ar são grandes porções da atmosfera que carregam os principais aspectos do clima de onde se formaram, afetando a temperatura e a umidade das áreas sobre as quais se deslocam. Elas podem ser quentes, frias, úmidas ou secas, tendo origem sobre os continentes ou sobre os oceanos.

  • Correntes marítimas: as correntes marítimas são formadas a partir do deslocamento de grandes volumes de água nos oceanos. Elas influenciam na temperatura e na umidade relativa do ar das regiões costeiras por onde passam, sendo essas correntes quentes ou frias. As correntes marítimas quentes tendem a provocar chuvas e tempestades tropicais na zona costeira, enquanto as correntes frias não transferem umidade para a atmosfera.

Vista interna de área do mar, em referência às correntes marítimas.
As correntes marítimas podem transferir calor e afetar o regime de chuvas na zona costeira.
  • Vegetação: a presença de vegetação influencia na temperatura e no teor de umidade atmosférica de uma área. Isso se deve aos processos biológicos das plantas, mais precisamente a evaporação e a transpiração. Além do mais, a ocorrência de uma cobertura vegetal densa, como florestas, impedem ou dificultam a passagem de raios solares, o que interfere nas temperaturas.

Confira no nosso podcast: O que eu preciso saber sobre os fatores climáticos

Importância dos fatores climáticos

São os fatores climáticos que determinam como e quais serão as principais características de um clima. Dito de outra forma, os aspectos do meio ambiente, a localização geográfica e os componentes da atmosfera influenciam na composição dos elementos do clima, isto é, na temperatura, na pressão, na umidade, no índice de chuvas e na radiação solar recebida.

Os fatores climáticos são, por essa razão, importantes na dinâmica climática em escala global, regional e, principalmente, local. Além disso, os fatores do clima são fundamentais para a diferenciação entre as ocorrências climáticas, resultando na existência de vários tipos de clima ao redor do planeta.

Diferenças entre fatores climáticos e elementos climáticos

  • Fatores climáticos: são os aspectos do meio natural que determinam as características do clima, sendo de fundamental importância para a dinâmica do clima. Como vimos, podem ser classificados como fatores do clima: altitude, latitude, vegetação, continentalidade e maritimidade e relevo.

  • Elementos climáticos: são as características do clima. Os elementos climáticos são as grandezas atmosféricas que definem um tipo de clima e são usadas na descrição e diferenciação desse clima. Os principais elementos climáticos são temperatura, umidade e pressão atmosférica.

Para saber mais sobre os elementos climáticos, clique aqui.

Exercícios resolvidos sobre fatores climáticos

Questão 1

(Unesp 2021 - adaptada) Dentre os vários fatores que afetam o clima de determinada região estão a maritimidade e a continentalidade. Esses fatores estão associados à distância dessa região aos mares e oceanos. Do ponto de vista da Física, os efeitos da maritimidade e da continentalidade estão relacionados ao alto calor específico da água quando comparado com o do solo terrestre. Dessa forma, esses fatores afetam a amplitude térmica e a umidade da atmosfera de certo território.

As propriedades físicas da água e os fatores climáticos citados fazem com que:

a) áreas banhadas por oceanos enfrentem invernos mais moderados, enquanto que em áreas distantes de oceanos, essa estação é mais bem percebida.

b) ocorra uma maior amplitude térmica diária em regiões litorâneas do que a verificada em regiões desérticas, devido ao efeito da maritimidade.

c) áreas sob maior influência da continentalidade tendam a apresentar mais umidade, caso não haja interferência de outros fatores climáticos.

d) poucas nuvens se formem em áreas costeiras porque a água absorve e perde calor rapidamente, o que explica o baixo índice pluviométrico dessas regiões.

e) regiões sob grande efeito da continentalidade tendam a apresentar altos índices pluviométricos, devido à grande quantidade de vapor de água na atmosfera.

Resolução: Alternativa A.

A elevada capacidade térmica da água faz com que os oceanos retenham calor por mais tempo, condicionando menor gradiente térmico no litoral. Com isso, os invernos são moderados e os verões são amenos, diferentemente das áreas mais afastadas, onde as estações são mais pronunciadas.

Questão 2

(UFRGS 2020) Cerca de 600 alpinistas escalaram o Monte Everest na temporada deste ano de 2019 — de 14 a 28 de maio. Houve até mesmo filas de espera para alcançar o pico. E houve quem morresse à espera.

Adaptado de: . Acesso em: 31 mai. 2019.

Sobre as regiões de montanhas, pode-se afirmar que, quanto maior for a altitude, ocorre

a) a diminuição de 6,5 °C/km na temperatura média superficial do ar.

b) a rarefação do oxigênio, pois o argônio passa a predominar na composição do ar.

c) o aumento dos raios cósmicos, e as temperaturas médias do ar aumentam 0,5 °C a cada 100 m.

d) o aumento do efeito estufa, devido à maior quantidade de gases como o ozônio troposférico, CO2 e vapor d’água.

e) o aumento da precipitação líquida, se a montanha estiver localizada na região tropical, pois as temperaturas são altas, independentemente da elevação topográfica.

Resolução: Alternativa A.

A altitude é um importante fator climático que interfere diretamente nas temperaturas e é atuante nas áreas montanhosas, como o Monte Everest. Estima-se que a temperatura diminua cerca de 6,5 °C a cada quilômetro de subida, o que é equivalente ao valor de 0,6 °C a cada 100 metros.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Fatores climáticos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/fatores-elementos-climaticos.htm. Acesso em 24 de junho de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

Os fatores climáticos auxiliam na caracterização de um clima. Em razão da sua complexidade, o prazo para a definição de um clima leva, no mínimo,

a) 1 ano.

b) 2 anos.

c) 5 anos.

d) 10 anos.

e) 30 anos.

Exercício 2

A latitude é um importante fator climático que auxilia na definição das zonas climáticas. A zona que recebe maior volume de calor no planeta é a

a) polar.

b) subpolar.

c) temperada.

d) subtropical.

e) tropical.