Topo
pesquisar

Psicologia

Psicologia

A Psicologia é uma ciência que se preocupa em estudar os comportamentos e os pensamentos humanos. É uma área de conhecimento complexa que apresenta diferentes abordagens.
O psicólogo atua no estudo dos comportamentos e pensamentos humanos.
O psicólogo atua no estudo dos comportamentos e pensamentos humanos.
PUBLICIDADE

A Psicologia é a ciência que se preocupa em estudar a subjetividade humana. Atua tanto nas expressões humanas visíveis (comportamentos) como naquelas que não podem ser vistas, como nossos pensamentos. O termo “psicologia” tem origem grega e é formado a partir da junção de duas palavras:

Psique (mente) + logia (estudo)

Leia também: Os sonhos

Escolas da Psicologia

Assim como muitas áreas do conhecimento, a Psicologia apresenta diferentes abordagens de estudo. Como exemplo de escolas da Psicologia, temos o Behaviorismo e a Psicanálise.

Entender a mente humana é um dos papéis do psicólogo.
Entender a mente humana é um dos papéis do psicólogo.

  • Behaviorismo: está voltado para o estudo do comportamento humano. Para os psicólogos que utilizam essa escola, existem dois tipos de comportamentos: o respondente e o operante. No comportamento respondente, o indivíduo comporta-se involuntariamente. Já no operante, o indivíduo apresenta consciência de seu comportamento.

  • Psicanálise: tem como pilares as ideias de Sigmund Freud. Essa escola visa ao estudo da mente e tem como foco o inconsciente do indivíduo. De acordo com essa abordagem, o inconsciente expressa-se de modo velado no consciente. Assim, o inconsciente pode, por exemplo, manifestar-se nos atos falhos e sonhos. A cura de certos problemas, portanto, seria possível por meio da conscientização do inconsciente. De acordo com Freud,

sofremos de reminiscências que se curam lembrando”.

Leia também: Consciente e Inconsciente

Curso de Psicologia

O curso de Psicologia possui duração média de cinco anos e integra a área de conhecimento das ciências humanas. Esse curso é oferecido em várias faculdades públicas e também na rede privada. Dependendo da instituição de ensino escolhida, além da formar psicólogos, podem também ser oferecidas as opções de cursar as habilitações em bacharelado e licenciatura.

As universidades oferecem formação de psicólogo e também habilitações em bacharelado e licenciatura.
As universidades oferecem formação de psicólogo e também habilitações em bacharelado e licenciatura.

A lei nº 4.119, de 27 de agosto de 1962, dispõe sobre os cursos de formação em Psicologia e regulamenta a profissão do psicólogo. De acordo com essa legislação, “a formação em Psicologia far-se-á nas Faculdades de Filosofia, em cursos de bacharelado, licenciado e Psicólogo”. Ainda segundo essa lei, temos:

  • “Art. 11. Ao portador do diploma de Bacharel em Psicologia, é conferido o direito de ensinar Psicologia em cursos de grau médio, nos termos da legislação em vigor.

  • Art. 12. Ao portador do diploma de Licenciado em Psicologia é conferido o direito de lecionar Psicologia, atendidas as exigências legais devidas.

  • Art. 13. Ao portador do diploma de Psicólogo, é conferido o direito de ensinar Psicologia nos vários cursos de que trata esta lei, observadas as exigências legais específicas, e a exercer a profissão de Psicólogo.”

O que se estuda em Psicologia?

A Psicologia estuda a subjetividade humana e, portanto, atua na análise dos comportamentos e dos pensamentos humanos. No curso de Psicologia, o estudante terá disciplinas como:

  • História da Psicologia

  • Fisiologia do Sistema Nervoso

  • Anatomia do Sistema Nervoso

  • Gênero

  • Corpo e Sexualidade

  • Neuropsicologia

  • Direitos Humanos

  • Teoria e Técnicas Psicoterápicas

  • Psicologia Geral

  • Genética

  • Psicopatologia

  • Psicofarmacologia

  • Teoria Psicanalítica

  • Psicologia Social

  • Psicologia Genética

  • Ética

Vale salientar que as disciplinas variam de uma instituição de ensino para outra. Além disso, em muitas instituições, é possível cursar matérias optativas.

Leia também: Um estudo psicológico sobre o perfil dos jogadores estratégicos

Símbolos da Psicologia

Lápis-lazúli é a pedra do curso de Psicologia.
Lápis-lazúli é a pedra do curso de Psicologia.

De acordo com o Conselho Federal de Psicologia,

  • A faixa da beca dos formandos do curso de graduação em Psicologia é da cor azul;

  • A pedra para o anel de formatura é a pedra lápis-lazúli;

  • O símbolo da Psicologia é a letra grega “psi”.

A letra grega “psi” é o símbolo da Psicologia.
A letra grega “psi” é o símbolo da Psicologia.

Juramento do psicólogo

O Conselho Regional de Psicologia de São Paulo, por meio da Resolução CFP nº 002/2006, estabelece o seguinte texto para juramento:

"Como psicólogo, eu me comprometo a colocar minha profissão a serviço da sociedade brasileira, pautando meu trabalho nos princípios da qualidade técnica e do rigor ético. Por meio do meu exercício profissional, contribuirei para o desenvolvimento da Psicologia como ciência e profissão na direção das demandas da sociedade, promovendo saúde e qualidade de vida de cada sujeito e de todos os cidadãos e instituições."

Áreas da psicologia

De acordo com a Resolução CFP nº 013/2007, que institui a consolidação das resoluções relativas ao título Profissional de Especialista em Psicologia e dispõe sobre normas e procedimentos para seu registro, as especialidades da Psicologia são:

I. Psicologia Escolar/Educacional

II. Psicologia Organizacional e do Trabalho

III. Psicologia de Trânsito

IV. Psicologia Jurídica

V. Psicologia do Esporte

VI. Psicologia Clínica

VII. Psicologia Hospitalar

VIII. Psicopedagogia

IX. Psicomotricidade

X. Psicologia Social

XI. Neuropsicologia

Código de Ética Profissional do Psicólogo

O Código de Ética Profissional do Psicólogo visa a determinar os padrões esperados em relação à atividade prática desse profissional. Trata, portanto, dos padrões de conduta esperados para a categoria. De acordo com esse código, os princípios fundamentais são:

O psicólogo trabalhará a fim de promover a saúde e a qualidade de vida das pessoas.
O psicólogo trabalhará a fim de promover a saúde e a qualidade de vida das pessoas.

I - O psicólogo baseará seu trabalho no respeito e na promoção da liberdade, da dignidade, da igualdade e da integridade do ser humano, apoiado nos valores que embasam a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

II - O psicólogo trabalhará visando a promover a saúde e a qualidade de vida das pessoas e das coletividades e contribuirá para a eliminação de quaisquer formas de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

III - O psicólogo atuará com responsabilidade social, analisando crítica e historicamente as realidades política, econômica, social e cultural.

IV - O psicólogo atuará com responsabilidade por meio do contínuo aprimoramento profissional, contribuindo para o desenvolvimento da Psicologia como campo científico de conhecimento e de prática.

V - O psicólogo contribuirá para promover a universalização do acesso da população às informações, ao conhecimento da ciência psicológica, aos serviços e aos padrões éticos da profissão.

VI - O psicólogo zelará para que o exercício profissional seja efetuado com dignidade, rejeitando situações em que a Psicologia seja aviltada.

VII - O psicólogo considerará as relações de poder nos contextos em que atua e os impactos dessas relações sobre suas atividades profissionais, posicionando-se de forma crítica e em consonância com os demais princípios deste código.

Ainda de acordo com o Código de Ética Profissional do Psicólogo, é importante frisar que “é dever do psicólogo respeitar o sigilo profissional a fim de proteger, por meio da confidencialidade, a intimidade das pessoas, grupos ou organizações a que tenha acesso no exercício profissional”. Além disso, “o psicólogo não divulgará, ensinará, cederá, emprestará ou venderá a leigos instrumentos e técnicas psicológicas que permitam ou facilitem o exercício ilegal da profissão”.

 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Listagem de Artigos

artigos Psicologia

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola