close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Ortografia

Uma das partes inerentes à gramática se constitui da chamada ortografia, cuja incumbência se destina à representação escrita das palavras.

A ortografia constitui a parte da gramática que se ocupa da representação escrita das palavras
A ortografia constitui a parte da gramática que se ocupa da representação escrita das palavras
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Pensamos em algumas palavras e depois, repentinamente, sentimo-nos questionados acerca de algumas questões ortográficas: será esse vocábulo escrito com x, ch, s, z, c, ç, l, u, ss?  Sim, trata-se de algo corriqueiro no cotidiano de qualquer usuário que, vez ou outra, encontra-se permeado nesse contexto.

Assim, pautados nessa premissa, gostaríamos que você soubesse que tais dúvidas remetem a um fato linguístico do qual a gramática se ocupa de estudar: a chamada ortografia.  Ela, por sua vez, origina-se dos radicais gregos – orto = certo, correto, justo, exato e grafia = escrita, constituindo, como antes dito, os prescritos gramaticais responsáveis pela grafia correta das palavras.

Importante também é ressaltar que a ortografia é concebida como fruto de acordos ortográficos envolvendo países em que a língua portuguesa representa o idioma oficial. Assim, o primeiro desses acordos foi aprovado em 1931, contudo considerado sem êxito, haja vista que o objetivo era promover a unificação dos dois sistemas ortográficos. Subsequentes a este houve o de 1943, 1945, 1971 no Brasil e 1973 em Portugal, e o de 1975, embora não tenha sido oficialmente aprovado por razões de ordem política. Em meio a tantas incoerências, aconteceu em 1986, no Rio de Janeiro, um encontro de todos os representantes dos países lusófonos, ficando estabelecido o Novo Acordo Ortográfico de 1986, também inviabilizado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O último deles, em vigor desde o dia 1º de janeiro de 2009, legitimou outra reforma ortográfica, estabelecendo mudanças em diferentes aspectos, que será estudada na seção que, criteriosamente, preparamos para você. Mas... para não deixá-lo (a) assim tão curioso (a), uma delas foi a junção das letras “K”, “W” e “Y” ao alfabeto português oficial.

Tendo em vista, portanto, que grafar corretamente uma dada palavra é se tornar consciente de que tal competência se destina a um padrão convencional, ou seja, um padrão previamente instituído e que se apresenta comum a todos nós usuários deste riquíssimo e belo idioma. Nesse sentido, algumas orientações farão com que você se familiarize melhor com algumas particularidades inerentes a esse assunto, ainda que o dicionário também represente uma das fontes nas quais poderá encontrar o suporte necessário às suas dúvidas.

Inicie, então, seus estudos conferindo as novidades!!!


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "Ortografia"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/ortografia.htm. Acesso em 18 de maio de 2022.

Artigos Ortografia


Gramática

A ortografia e suas formas variantes

Interaja-se mais com as características pertinentes a esta ocorrência!

As expressões a gente, agente e há gente são homófonas e possuem significados distintos
Gramática

Agente, a gente ou há gente?

Neste artigo você vai sanar suas dúvidas a respeito das diferenças entre as expressões homófonas: a gente, agente e há gente. Vamos lá?

Gramática

As terminologias “-izar” ou “-isar”- Empregando-as corretamente

Interaja-se com alguns aspectos de relevante importância!

Gramática

As vogais “o” e “u” – particularidades ortográficas

Atenha-se a esse fato linguístico!

A cedilha apresenta a sonoridades de SS e apresenta a seguinte forma: Ç.
Gramática

Cedilha

Saiba tudo acerca da cedilha (Ç): suas regras e casos de uso, origem etimológica, inserção no português e como diferenciá-la de letras com sonoridades semelhantes.

Alguns erros gramaticais podem comprometer a clareza de seu texto
Gramática

Cinco erros gramaticais que ninguém deveria cometer!

Dicas de português: Cinco erros gramaticais que ninguém deveria cometer!

Dedetizar ou detetizar? Acerte as contas com os insetos e com a língua portuguesa!
Gramática

Dedetizar ou detetizar?

Dedetizar ou detetizar? Acabe de vez com essa dúvida e entenda por que esse tipo de desvio ortográfico é tão comum.

Desmitificar ou desmistificar? Essas palavras exigem que os olhos estejam bem abertos para não confundir o significado
Gramática

Desmitificar ou desmistificar?

A grafia correta é desmitificar ou desmistificar? Descubra com as nossas dicas ortográficas!

Dicas são sempre bem-vindas, sobretudo em se tratando dos pressupostos ortográficos inerentes aos fatos da língua
Gramática

Dicas da língua: pressupostos ortográficos

Nada melhor que usufruir de algumas dicas da língua, mesmo porque pressupostos ortográficos são alvo de questionamentos. Clique e confira acerca de algumas delas!

Dicas ortográficas são recursos dos quais todo usuário deve usufruir
Gramática

Dicas ortográficas

Dicas ortográficas são recursos acessíveis ao usuário no sentido de aperfeiçoar cada vez mais a competência linguística, sobretudo na escrita.

Não deixe que alguns “micos” comprometam sua imagem
Gramática

Discutindo acerca da relação entre linguagem X imagem pessoal

Atenha-se a alguns importantes pressupostos!

Mediante a prática, os possíveis entraves são, aos poucos, sanados
Gramática

Discutindo algumas estratégias referentes à ortografia

Constate acerca de alguns pressupostos que lhe serão bastante úteis!

O português rompeu os mares e foi parar no Japão! Nosso idioma emprestou vários vocábulos para o inglês, para o espanhol e até mesmo para o japonês
Gramática

Em outras línguas: palavras de origem portuguesa

A língua portuguesa pelo mundo: conheça algumas palavras de origem portuguesa “infiltradas” em outros idiomas.

Gramática

Emprego das letras G e J

Veja algumas dicas para entender quando usar a letra G ou J antes das vogais E e I. Leia algumas palavras escritas com G e com J. Resolva os exercícios propostos.

O Novo Acordo estabeleceu inúmeras mudanças em relação ao uso do hífen.
Gramática

Emprego do hífen

Clique para aprender todas as regras e exceções sobre o uso ou não do hífen depois do Novo Acordo Ortográfico.

A ortografia e a semântica são fatores relacionados às escolhas lexicais de que fazemos uso
Gramática

Escolhas lexicais: uma relação entre ortografia e semântica

As escolhas lexicais que fazemos mantêm uma estreita relação entre ortografia e semântica. Clique, analise e entenda tal pressuposto!

Brasil e Portugal são os principais representantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, a CPLP
Gramática

História da língua portuguesa no mundo

Língua portuguesa: Conheça a história de nosso idioma e quais países compõem essa interessante comunidade linguística.

Investigando a etimologia dos vocábulos, podemos descobrir a grafia correta das palavras, especialmente quando essas são homófonas
Gramática

Jeito com j ou geito com g?

Jeito com j ou geito com g? Acabe de vez com essa dúvida!

Tal ocorrência integra um dos requisitos concernentes à modalidade escrita da linguagem
Gramática

Letras maiúsculas e minúsculas – circunstâncias em que se manifestam

Aprimore seus conhecimentos no que tange a esse assunto!

É preciso investigar se o que a zebra possui é um conjunto de listra ou lista
Gramática

Lista ou listra?

A zebra tem lista ou listra? Veja as diferenças entre os vocábulos lista e listra.

Gramática

Mecher ou mexer?

Descubra a grafia que se deve utilizar: “mexer” ou “mecher”. Veja também como se dá o uso desse verbo e aprenda a fazer sua conjugação adequadamente.

As noções linguísticas são recursos dos quais todo usuário deve dispor
Gramática

Noções linguísticas

Noções linguísticas se referem ao conhecimento do qual todo usuário precisa dispor, em se tratando das particularidades linguísticas.

Gramática

O emprego das vogais “o” e “u”

Atenha-se às particularidades relacionadas a este fato!

Uma das mudanças advindas da nova reforma ortográfica diz respeito ao hífen, mais precisamente quanto ao uso do “não-” como prefixo
Gramática

O não como prefixo: com hífen ou sem hífen?

Você já se perguntou acerca do não como prefixo, no sentido de descobrir se ele se escreve com hífen ou sem hífen? Descubra em um só clique se houve alguma mudança!

Gramática

O recorrente uso de alguns termos – Uma análise minuciosa

Inteire-se de algumas peculiaridades relacionadas a esta ocorrência!

Gramática

O termo “alerta” – alerte-se sobre os pontos que o demarcam

Esse pode ou não receber flexões. Para tanto, confira alguns pressupostos!

Gramática

Ortoépia e Prosódia

Você sabe o que é Ortoépia e Prosódia? Confira aqui alguns exemplos

Gramática

Ortografia. Emprego das letras h, s, z, x, ch, g, j, ss, sc

Regras de ortografia e orientações quanto ao emprego das letras: h, s, z, e, i, x, c, g, j, s, c, ç.

Gramática

Para, pra e para com

Descubra os contextos adequados para usar a forma “para” e a forma “pra”. Entenda quando usar a locução prepositiva “para com”, e pratique com exercícios.

Gramática

Parônimos e Homônimos

Definição e exemplos de termos parônimos e homônimos.

Gramática

Particularidades relacionadas às letras “E” e “I”

Constate algumas ocorrências!

Em se tratando de algumas circunstâncias comunicativas, o uso plural se torna indevido
Gramática

Plural indevido

Em se tratando das particularidades da nossa língua, há casos em que o plural se torna indevido. Deseja conhecê-los? Simples, pois apenas um clique é o bastante!

A ortografia do verbo que nos transmite a ideia de 'precaver-se' é prevenir, com a vogal 'e' na segunda sílaba
Gramática

Prevenir ou previnir?

Prevenir ou previnir? Leia este artigo e tire suas dúvidas a respeito da ortografia desse verbo. Vamos lá?

A palavra <em>que</em> pode ser, ou n&atilde;o, acentuada. Isso depender&aacute; da sua classe gramatical
Gramática

Que ou quê?

Que ou quê? Entenda em quais situações o “que” recebe acento!

Gramática

Quis ou quiz?

Já teve dúvidas sobre a grafia de “quis” e de “quiz”? Aprenda a diferença entre essas duas palavras, e descubra quando usar cada uma delas com os exemplos listados.

Quando usar X e CH?
Gramática

Relações homófonas estabelecidas entre as letras “X” e “CH”

Confira as características relacionadas a esse fato linguístico!

As duas formas, saudade e saudades, estão corretas. Além desse, outros substantivos abstratos admitem o plural
Gramática

Saudade ou saudades?

Afinal de contas, qual é a forma correta: Saudade ou saudades? Clique e descubra a resposta!

Tropeços linguísticos revelados pela paronímia acometem muitos usuários da língua, até mesmo os mais estudiosos
Gramática

Tropeços linguísticos revelados pela paronímia

Tropeços linguísticos revelados pela paronímia ocorrem como resultado de algumas semelhanças gráficas e sonoras entre as palavras.

Gramática

Uso dos porquês: por que, por quê, porque ou porquê?

Saiba quando usar por que, por quê, porque e porquê. Descubra como substituir cada uma dessas expressões. Veja alguns exemplos de frases com os porquês.

PUBLICIDADE