Paronímia

Gramática

A paronímia pode ser apontada como um dos fatores que mais provocam desvios linguísticos entre os falantes, tanto na oralidade quanto na escrita.
PUBLICIDADE

Você sabia que alguns deslizes gramaticais podem ser absolutamente compreensíveis e justificáveis? Isso acontece porque nosso idioma é complexo, cheio de regras e também algumas exceções que podem confundir os falantes, principalmente na hora de transferir as ideias para o papel. Estamos acostumados a julgar nossos próprios erros (e os erros dos outros), mas não estamos habituados a analisar a língua e seus meandros.

A gramática da língua portuguesa é riquíssima, e estudá-la nem sempre é tarefa fácil. Nosso idioma não está entre os mais fáceis do mundo, nossa sintaxe e semântica são complexas, e existe um universo de palavras a ser desvendado. Entre alguns dos fenômenos mais curiosos do português está a paronímia, aspecto estudado pela Lexemática, disciplina que se volta para a estruturação das relações de significação dos vocábulos. Pode parecer algo complicado, mas as palavras parônimas marcam presença no discurso da maioria dos falantes.

Mas o que é paronímia? A paronímia é um tipo de alteração semântica que ocorre quando há palavras parecidas em sua estrutura fonológica, ou seja, em sua pronúncia e escrita, mas diferentes quanto à significação. Muitos erros linguísticos são cometidos em virtude do desconhecimento desse fenômeno, erros que podem, inclusive, afetar a compreensão textual. Observe alguns exemplos de palavras parônimas

Docente (relativo a professor)

Discente (relativo a aluno)

Ratificar (confirmar, validar)

Retificar (corrigir, alinhar)

Descrição (ato de descrever)

Discrição (o que é discreto)

Tráfego (trânsito)

Tráfico (comércio)

Iminente (pendente, próximo a acontecer)

Eminente (ilustre)

Intimorato (destemido, intrépido)

Intemerato (puro, imaculado)

Proscrever (condenar, abolir)

Prescrever (indicar, ordenar)

Despercebido (não notado, não observado)

Desapercebido (desprovido, desprevenido)

Aferir (comparar, apreciar)

Auferir (levar, roubar)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Matilha (grupo de cães)

Mantilha (pequena manta)

Diferido (adiar, procrastinar)

Deferido (conceder, ceder)

Infringir (transgredir, desrespeitar)

Infligir (penalizar, impor)

Descriminar (absolver)

Discriminar (distinguir, diferenciar)

Precursor (pioneiro, prógono)

Percursor (o que percorre)

Cumprimento (saudação)

Comprimento (tamanho, grandeza)

Fluvial (relativo a rio)

Pluvial (relativo à chuva)

Imergir (mergulhar)

Emergir (vir à tona)

Delatar (denunciar)

Dilatar (alargar, estender)

Absorver (sorver)

Absolver (inocentar)

Dirigente (que dirige, gere)

Diligente (aplicado, eficiente)

Em geral, as palavras parônimas diferem na base de prefixos ao mesmo radical, como em proscrever e prescrever, ou a radicais diferentes, como em matilha e mantilha. Além das vinte palavras que listamos acima, existem muitas outras palavras parônimas, por isso, é correto afirmar que esse é um dos fenômenos que mais geram dúvidas nos usuários da língua portuguesa. Portanto, fique atento para não errar, especialmente na modalidade escrita. Bons estudos!


Por Luana Castro
Graduada em Letras

A paronímia é um fato linguístico estudado pela Lexemática, disciplina que se volta para a estruturação das relações de significação dos vocábulos
A paronímia é um fato linguístico estudado pela Lexemática, disciplina que se volta para a estruturação das relações de significação dos vocábulos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PEREZ, Luana Castro Alves. "Paronímia"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/paronimia.htm. Acesso em 15 de julho de 2020.

Lista de Exercícios
Questão 1

Estão corretamente empregadas as palavras na frase:

a) Os noivos receberam os cumprimentos no salão de festas.

b) O detetive que investigava o caso agiu com descrição.

c) O motorista foi autuado porque infligiu a velocidade permitida.

d) As denúncias contra o deputado imergiram durante a eleição.

e) Os erros foram prontamente ratificados pela professora.

Questão 2

Sobre o fenômeno da paronímia, é correto afirmar:

a) As palavras parônimas dão ideia de um todo do qual se originam várias partes ou ramificações. Por exemplo, a palavra religião é um todo ao qual estão ligados todos os tipos de religião.

b) Chamamos de paronímia a propriedade de uma palavra ou expressão que apresenta vários sentidos além do seu sentido original. As palavras parônimas guardam uma relação de sentido entre si, o que as diferencia das palavras homônimas.

c) Chamamos de parônimas as palavras que apresentam a mesma estrutura fonológica, os mesmos fonemas, a mesma acentuação e ainda assim apresentam significados completamente divergentes.

d) A paronímia é um tipo de alteração semântica que ocorre quando há palavras parecidas em sua estrutura fonológica, ou seja, em sua pronúncia e escrita, mas diferentes quanto à significação.

Mais Questões