Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Cinco dicas sobre o uso da crase

A crase é a união da preposição “a” com o artigo definido “a(s)” ou com o “a” inicial de alguns pronomes demonstrativos e relativos.

Cinco dicas sobre o uso da crase.
O uso da crase gera muitas dúvidas na escrita.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Neste texto, você vai conferir cinco dicas sobre o uso da crase. Assunto que gera muitas dúvidas na escrita, a crase é a união da preposição “a” com o artigo definido “a(s)” ou com o “a” inicial de alguns pronomes demonstrativos e relativos. Seu acento indicador é o acento grave (`).

Leia também: 5 dicas para melhorar sua interpretação de texto

Tópicos deste artigo

5 dicas importantes sobre o uso da crase

Dica 1: A crase deve ser empregada apenas diante de palavras femininas

Por se tratar da fusão da preposição “a” com o artigo definido “a”, a crase somente deverá aparecer antes de palavras femininas. Se ainda assim você ficar em dúvida, basta substituir a palavra feminina por uma masculina. Se o “a” em questão virar “ao”, ele deverá receber o acento grave (`):

Fui à feira comprar frutas e verduras.

Substitua a palavra “feira” pela palavra “supermercado”:

Fui ao supermercado comprar frutas e verduras.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dica 2: A crase deve ser utilizada em expressões que indicam hora

A crase ocorre nas locuções indicativas de horas, pois a preposição “a” ocorre antes do artigo que determina as horas. Veja:

Seu dia começou às três horas.

A aula iniciará às 7h.

Esteve na escola às treze horas.

Contudo, é preciso ficar atento às construções em que as horas são antecedidas de preposições diferentes do “a”, mas que são equivalentes. Nesses casos, naturalmente, não haverá o emprego do acento grave. Observe os exemplos:

Ela estava aguardando na fila do banco desde as 14h.

A consulta ficou marcada para as 15h.

Chegarei em casa até as 21h.

Dica 3: A crase deve ser empregada nas expressões “à moda de” e “à medida que”

Algumas vezes a expressão “à moda de” não está explícita na frase, mas ainda assim a crase deverá ser utilizada, mesmo que o termo subsequente seja uma palavra masculina. Observe os exemplos:

Ele comprou sapatos à Luís XV. = Ele comprou sapatos à moda de Luís XV.

O jogador fez um lance à Garrincha. = O jogador fez um lance à moda de Garrincha.

À medida que o tempo passa, vamos envelhecendo.

Dica 4: A crase nunca vem diante de palavras masculinas

O acento indicador de crase nunca vem diante de substantivo masculino. Observe os exemplos:

Ele veio a pé até a zona sul.

O réu foi a júri popular.

Nós fomos a bordo de uma aeronave antiga.

Ela fez um tratamento a laser.

Dica 5: A crase pode ser usada em alguns pronomes demonstrativos e relativos

Para melhor entender o uso da crase com pronomes demonstrativos, vamos dividi-los em dois diferentes grupos. Observe:

a) Este, esta, isto, estes, estas, esse, essa, isso, esses, essas: antes desses pronomes demonstrativos, jamais empregue o acento grave indicador de crase, mesmo porque esses pronomes não admitem artigo. Observe:

Não sei o que levou a isso.

b) Aquele, aquela, aquilo, aqueles, aquelas: esses sim admitem crase, até porque aceitam o emprego do artigo quando regidos por um verbo que exija a preposição “a”. Observe:

Estou referindo-me àquelas moças.

Para melhor entender o uso da crase com pronomes relativos, vamos dividi-los em dois diferentes grupos. Observe:

a) Que, quem, cujo, cuja, cujos, cujas: antes desses pronomes relativos, jamais empregue o acento grave indicador de crase, mesmo porque esses pronomes não admitem artigo. Observe:

A criança, a quem ajudamos, voltou para casa sã e salva.

b) A qual, as quais: esses sim admitem crase, até porque aceitam o emprego do artigo quando regidos por um verbo que exija a preposição “a”. Observe:

São orientações às quais alunos e professores devem seguir.

Veja também: Quando não utilizar crase?

O que é a crase?

A crase (à) é a união da preposição “a” com o artigo definido “a(s)” ou com o “a” inicial de alguns pronomes demonstrativos e relativos. Seu acento indicador é o acento grave (`). No caso dos pronomes demonstrativos, pode ser usada com os seguintes pronomes: “aquele(s)”, “aquela(s)” e “aquilo”. No caso dos pronome relativos, pode ser usada com os seguintes pronomes: “a qual” e “as quais”.


Por Luana Castro
Graduada em Letras

Escritor do artigo
Escrito por: Luana Castro Alves Perez Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PEREZ, Luana Castro Alves. "Cinco dicas sobre o uso da crase"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/cinco-dicas-sobre-uso-crase.htm. Acesso em 25 de fevereiro de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

Sobre o uso facultativo da crase, estão corretas as proposições:

I. A crase será facultativa nas expressões à moda de e à medida que.

II. A crase será facultativa antes dos pronomes possessivos femininos minha, tua, nossa etc.

III. A crase será facultativa antes de verbos.

IV. A crase será facultativa antes de nomes de mulheres.

V. A crase será facultativa antes de locuções prepositivas.

a) II e IV.

b) I, III e V.

c) II, III e V.

d) II e V.

e) I e IV.

Exercício 2

(Universidade do ABC - MED.)

A alternativa em que o acento indicativo de crase não procede é:

a) Tais informações são iguais às que recebi ontem.

b) Perdi uma caneta semelhante à sua.

c) A construção da casa obedece às especificações da Prefeitura.

d) O remédio devia ser ingerido gota à gota, e não de uma só vez.

e) Não assistiu a essa operação, mas à de seu irmão.