Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Poluição da água

A poluição da água é uma prática que limita a utilização desse recurso, que afeta a população e que prejudica a fauna e flora.

Lixo nas águas do oceano, um exemplo de poluição da água (poluição hídrica).
A poluição da água é um grave problema ambiental ocasionado pelas atividades antrópicas.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A poluição da água é um problema ambiental caracterizado pela alteração das propriedades físicas e químicas desse recurso. Ela se torna perceptível por meio da alteração da cor, do cheiro ou mesmo do gosto da água, que pode estar também contaminada e causar doenças aos seres humanos. A poluição hídrica afeta tanto as águas superficiais quanto de subsuperfície e é causada principalmente pela ação antrópica.

A água é fundamental para a vida no planeta Terra, e medidas como a ampliação do acesso ao saneamento básico para a população, por parte do poder público, e a adoção de práticas sustentáveis no cotidiano podem auxiliar na preservação desse importante recurso.

Leia também: Água potável — a água apropriada para o consumo humano

Tópicos deste artigo

Resumo sobre poluição da água

  • A poluição da água é a alteração das suas propriedades químicas e/ou físicas, detectadas por meio da alteração da cor, do cheiro ou do sabor.

  • A poluição hídrica é causada principalmente por atividades antrópicas, como descarte irregular de resíduos industriais, lixo e outros dejetos urbanos, resíduos decorrentes da atividade agrícola, industrial ou da mineração; vazamento de combustíveis de embarcações; e o desmatamento.

  • A poluição da água pode ser térmica, biológica, sedimentar, química ou radioativa.

  • Eutrofização das águas, perda da biodiversidade, contaminação e impossibilidade de uso são algumas das consequências da poluição hídrica.

  • Ações para evitar a poluição da água podem ser tomadas tanto pelo poder público quanto pela população em geral.

  • Recomendam-se medidas como o descarte correto do lixo, não descartar óleo de cozinha no ralo, não jogar dejetos em corpos hídricos e a utilização de materiais biodegradáveis no cotidiano.

  • Poluição e contaminação da água são conceitos distintos. No caso da contaminação, há a presença de micro-organismos causadores de doenças.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é poluição da água?

Também chamada de poluição hídrica, a poluição da água é o nome dado à introdução de elementos estranhos a um determinado corpo hídrico e que causam alterações nas suas propriedades físicas e químicas, tornando a água imprópria para o consumo.

Esse é um grave problema ambiental, que acomete tanto as águas superficiais do planeta Terra, como rios, lagos e oceanos, quanto as águas de subsuperfície, que compreendem o lençol freático e as reservas subterrâneas ou aquíferos.

As águas poluídas podem apresentar um mau cheiro característico, alteração na coloração e também no gosto, o que nos permite identificá-las como tal.

Quais são as causas da poluição da água?

Grande Ilha de Lixo do Pacífico, um dos principais exemplos de poluição da água (poluição hídrica).
Grande Ilha de Lixo do Pacífico, um dos principais exemplos de poluição da água.

A poluição da água é causada principalmente por atividades antrópicas, ou seja, é derivada das ações dos seres humanos. Listamos a seguir algumas das principais causas da poluição hídrica.

  • Desmatamento de áreas, tornando o solo exposto e mais suscetível à erosão. No período chuvoso, os sedimentos são carregados para corpos d’água, o que pode resultar no que chamamos de assoreamento.

  • Resíduos da atividade agrícola, como fertilizantes e pesticidas, que se infiltram no solo e poluem o lençol freático ou são carregados para rios e lagos por meio da água das chuvas.

  • Descarte irregular de lixo, que pode levar à poluição tanto das águas subterrâneas (por meio do chorume) quanto das águas superficiais, inclusive dos mares e oceanos. O principal exemplo da poluição causada pelo lixo é a Grande Ilha de Lixo do Pacífico, um grande amontoado de materiais descartados, principalmente plásticos, que flutua entre os estados do Havaí e da Califórnia (Estados Unidos).

  • Despejo de esgoto e outros resíduos urbanos e industriais diretamente nos corpos hídricos.

  • Aquecimento das águas por meio do descarte da água utilizada na geração de eletricidade em usinas, no processo industrial, em metalúrgicas ou siderúrgicas, entre outras razões.

  • Vazamento de combustíveis de embarcações, descarte da água de lastro dos navios, derrame de cargas e outras questões associadas ao transporte marítimo.

  • Derramamento de petróleo.

Veja também: Ações antrópicas no meio ambiente

Quais são os tipos de poluição da água?

Os tipos de poluição da água são classificados de acordo com a natureza dos poluentes.

Poluição térmica da água

A poluição térmica da água é o aquecimento das águas de um determinado reservatório natural quando há o despejo de água utilizada na geração de energia (como em termelétricas e usinas nucleares) ou na atividade industrial (no aquecimento de caldeiras, por exemplo). Afeta de maneira direta a fauna e a flora aquáticas.

Poluição biológica da água

Poluição biológica da água é a alta concentração de micro-organismos capazes de causar doenças, como vermes, bactérias e vírus.

Poluição sedimentar da água

Poluição sedimentar da água é a presença de um grande volume de partículas em suspensão na água, proveniente tanto de processos erosivos quanto do despejo de materiais industriais e urbanos no curso d’água. Impede a passagem da luz solar e dificulta processos biológicos como a fotossíntese.

Poluição química da água

Exemplo de poluição da água (poluição hídrica) resultante do despejo de resíduos da mineração.
Exemplo de poluição resultante do despejo de resíduos da mineração, tornando a água lamacenta e avermelhada.

Poluição química da água é a existência de produtos químicos indesejados na água e que podem ser prejudiciais para a saúde humana em curto, médio ou longo prazo. Faz-se presente de diversas maneiras, como, por exemplo, por meio do despejo de esgoto e resíduos decorrentes de atividades econômicas (indústria, mineração, agricultura).

Poluição radioativa da água

Poluição radioativa da água é a presença de elementos radioativos em níveis superiores ao que seria considerado natural nos corpos hídricos, decorrente do descarte irregular do lixo atômico produzido por usinas ou hospitais ou por acidentes nucleares.

Acesse também: Impactos ambientais do acidente em Mariana (MG)

Quais são as consequências da poluição da água?

Ave nadando em um ambiente de ocorrência de poluição da água (poluição hídrica).
Os animais que vivem em ambientes aquáticos são diretamente afetados pela poluição.

A poluição da água é um problema ambiental grave que afeta os ciclos biogeoquímicos, a flora e a fauna que vivem em ambientes aquáticos e os seres humanos de modo geral, tendo em vista que dependem desse recurso para a sua sobrevivência. Os efeitos produzidos pela poluição hídrica são capazes de afetar o meio ambiente em maior escala.

A presença de poluentes nas águas dificulta ou impede o seu uso das mais diversas formas, como na navegação, em especial em cursos d’água, na irrigação e até mesmo no consumo direto, pela perda da qualidade da água ou contaminação.

A água contaminada pode provocar uma série de problemas de saúde e doenças decorrentes da presença de patógenos, a exemplo da esquistossomose, a cólera, a leptospirose e a dengue, para citarmos alguns exemplos.

Os animais e as plantas também enfrentam a poluição da água, de modo que sofrem com os obstáculos e armadilhas da poluição física, ao mesmo tempo que podem ser afetados pela restrição do oxigênio na água, pela falta de luz solar e pela contaminação.

A eutrofização é outra consequência da poluição das águas. Esse processo é ocasionado pelo aumento da carga de nutrientes em um determinado corpo hídrico, o que resulta no aparecimento de algas e cianobactérias e pode levar à morte da fauna e da flora que viviam naquele ambiente.

Já com o desaparecimento de algas e outros organismos aquáticos responsáveis pela absorção de dióxido de carbono da atmosfera, a poluição das águas pode também contribuir para a maior concentração desse gás poluente na atmosfera a longo prazo e, por conseguinte, para o agravamento do efeito estufa.

Possíveis soluções para a poluição da água

A água é indispensável para a vida no planeta Terra e, por essa razão, é importante que algumas ações sejam realizadas a fim de manter a sua potabilidade e ampliar o acesso a esse recurso.

Na esfera pública, algumas das medidas que podem ser tomadas para, se não cessar, ao menos diminuir o problema são:

  • garantir saneamento para toda a população;

  • realizar coleta do lixo;

  • tratar os resíduos urbanos e descartá-los de forma adequada;

  • desenvolver campanhas de conscientização e políticas de fiscalização ambiental.

Quanto às atitudes pessoais que podemos adotar para conter a poluição dos recursos hídricos, destacam-se:

  • descartar o lixo em seu local apropriado, de preferência mediante a realização da coleta seletiva;

  • não jogar lixo em corpos hídricos (lagos, rios, mares);

  • evitar o uso de objetos plásticos que serão facilmente descartados (como sacolas, canudos, copos, garrafas);

  • não descartar o óleo utilizado na cozinha no ralo da pia — uma alternativa é a entrega em postos de coleta ou cooperativas;

  • evitar o uso de produtos como agrotóxicos e herbicidas que poluem solos e águas;

  • não remover a cobertura vegetal dos solos;

  • utilizar produtos biodegradáveis no dia a dia, adotando formas de consumo mais sustentáveis.

Diferença entre poluição da água e contaminação da água

Poluição da água e contaminação da água são expressões que possuem significados diferentes.

  • Poluição da água: ocorre quando são introduzidos elementos estranhos em um corpo hídrico, o que gera alterações físicas e químicas na água, tornando-a imprópria para o consumo.

  • Contaminação da água: acontece quando há a alteração nas suas propriedades biológicas mediante a presença de agentes patogênicos, causadores de doença, que prejudicam a qualidade dessa água e podem torná-la imprópria para o consumo. Podemos dizer que a contaminação é resultado da poluição das águas, no entanto nem toda água poluída está, necessariamente, contaminada.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Poluição da água"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/poluicao-agua.htm. Acesso em 25 de fevereiro de 2024.

De estudante para estudante