Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

O que é agricultura?

A agricultura pode ser definida como a prática de cultivar a terra. Trata-se de uma importante atividade econômica responsável pela produção de alimentos e de matérias-primas.

Quadro com o conceito de agricultura.
Conceito de agricultura.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Agricultura é a prática do cultivo do solo com o objetivo de produzir alimentos e matérias-primas, sendo uma atividade econômica integrante do setor primário. Pode ser classificada de acordo com o conjunto de técnicas para cultivar a terra e os objetivos da produção, além de se dividir em sistemas extensivos ou intensivos com base no emprego de mão de obra, no volume de capital investido e nas práticas desenvolvidas na lavoura. A produção agrícola constitui a base econômica de muitos países, como é o caso do Brasil.

Com a modernização da agricultura que aconteceu a partir da segunda metade do século XX, observou-se um incremento na produtividade e a expansão das áreas plantadas em escala mundial, seguindo o aumento da demanda por alimentos e por matérias-primas no mesmo período. Entretanto, apesar da importância dessa atividade, o manejo inadequado dos insumos e da terra pode resultar em problemas ambientais como o desmatamento, a poluição dos solos e dos corpos hídricos e o esgotamento dos nutrientes do substrato.

Leia também: O que é agronegócio?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre agricultura

  • Agricultura é a prática de cultivo do solo para a produção de alimentos e de matérias-primas. Consiste, ainda, em uma atividade econômica pertencente ao setor primário.

  • Os diferentes tipos de agricultura são: tradicional, moderna, familiar, patronal e orgânica.

  • Os sistemas agrícolas são classificados em extensivo ou intensivo com base no conjunto técnico e de práticas, no grau de capitalização da produção e na mão de obra empregada.

  • A agricultura foi muito importante para o ordenamento espacial do Brasil, constituindo até hoje uma das principais atividades econômicas do país.

  • Essa atividade é a principal responsável pela produção de alimentos e matérias-primas no mundo. Movimenta importantes cadeias produtivas globais e aloca um terço da mão de obra mundial.

  • O manejo inadequado do solo e práticas agrícolas não sustentáveis podem provocar impactos negativos no meio ambiente, como desmatamento, poluição das águas e esgotamento dos solos.

Videoaula sobre agricultura

Quais são os tipos de agricultura?

Os tipos de agricultura são definidos através das diferentes práticas e técnicas empregadas para a realização do plantio e da colheita do solo, levando em consideração os aspectos da área em que a produção agrícola é realizada e o conjunto de insumos e recursos disponíveis para tal. Diante disso, podemos estabelecer pelo menos cinco diferentes tipos de agricultura, cada qual com características e objetivos particulares:

  • Agricultura tradicional: as práticas agrícolas são realizadas com instrumentos e técnicas tradicionais, muitas vezes descritos como rudimentares. Não há o uso intensivo de equipamentos e maquinários modernos. É realizada comumente em pequenas propriedades de terra e tem a produção voltada para a subsistência ou para a comercialização no circuito inferior da economia. É menos produtiva do que a agricultura moderna.

  • Agricultura moderna: faz uso intensivo das tecnologias modernas oriundas da Revolução Verde, que contemplam desde o processo de seleção das sementes, técnicas de correção do solo e o processo de plantio e cuidados com a lavoura até a colheita mecanizada. É realizada em grandes propriedades, onde os monocultivos são predominantes. A produção é destinada para a comercialização e, principalmente, para a exportação. É altamente produtiva.

  • Agricultura familiar: modalidade em que os trabalhadores agrícolas são membros de uma mesma família que atuam em uma propriedade que é gerida por um ou mais indivíduos desse mesmo grupo familiar. É mais comumente praticada em pequenos estabelecimentos rurais e marcada pelo desenvolvimento de cultivos diversos para consumo próprio ou para a comercialização no circuito inferior da economia. Para saber mais sobre esse tópico, clique aqui.

  • Agricultura patronal (ou comercial): praticada com o principal objetivo de comercialização da produção agrícola. É feita com o investimento intensivo de capitais e mediante o emprego de técnicas modernas da produção. Cultivam-se principalmente commodities agrícolas, como a soja, que possuem elevado valor comercial e são destinadas ao mercado exterior.

  • Agricultura orgânica: não faz uso de insumos sintéticos e preza pelo manejo sustentável do solo e dos recursos utilizados para o desenvolvimento da produção agrícola. É praticada com a finalidade de produzir alimentos para o consumo.

Veja também: Agrotóxicos — vantagens e desvantagens da utilização desses produtos

Sistemas agrícolas e suas características

Homem arrancando um vegetal da terra, uma técnica da agricultura.
Os sistemas agrícolas extensivo e intensivo se diferem pelas técnicas utilizadas e pela finalidade da produção.

Os sistemas agrícolas são dois diferentes modelos de prática agrícola classificados de acordo com o conjunto de técnicas, o tipo de mão de obra, a produtividade do cultivo e o modo de produção predominante.

  • Sistema agrícola extensivo: utiliza técnicas tradicionais de manejo do solo, de plantio e de colheita, com grande emprego de trabalho manual. O uso de defensivos agrícolas sintéticos, quando feito, é em pequena escala. Nesse sistema, o investimento de capitais é baixo, razão pela qual a mão de obra é predominantemente familiar e a produtividade das lavouras é limitada. É característico de pequenas propriedades rurais. A produção dos sistemas extensivos é destinada ao consumo próprio ou é comercializada em estabelecimentos locais.

  • Sistema agrícola intensivo: faz o uso intensivo das tecnologias modernas de produção agrícola e de maquinários que, muitas vezes, substituem o trabalho humano. É intensivo também em capitais, com elevados investimentos em lavouras rentáveis, como de oleaginosas e outras commodities agrícolas. Assim, insere-se nos circuitos globais de produção, mediante a exportação de seus produtos. O sistema intensivo é praticado nas grandes propriedades de terra com o emprego de um corpo de mão de obra pequeno, mas com alta qualificação.

Mapa mental: agricultura

Mapa Mental: Agricultura

*Para baixar o mapa mental em PDF, clique aqui!

Como é a agricultura no Brasil?

A agricultura é uma das principais atividades econômicas desenvolvidas no Brasil e está intimamente ligada ao processo de transformação do espaço produtivo brasileiro e de formação do território nacional. A agricultura representa, atualmente, quase um quarto do Produto Interno Bruto (PIB) nacional e coloca o Brasil entre os maiores exportadores de grãos do mundo. Não somente isso, mas também é a agricultura o setor que tem sido responsável pelo crescimento recente da economia nacional.

O país é, historicamente, um grande produtor de itens como cana-de-açúcar, café e algodão, destacando-se em um período mais recente no desenvolvimento de commodities agrícolas destinadas à exportação, como a soja e o milho. Esses produtos são oriundos da agricultura moderna que é praticada nas áreas para onde a fronteira agrícola se expandiu a partir das décadas de 1970 e 1980, sendo a base da economia de estados da região Centro-Oeste e daqueles que integram a região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

A modalidade da agricultura familiar é de extrema importância na agricultura brasileira. Hoje, ela é a principal responsável pela produção dos alimentos que são consumidos no mercado doméstico, como arroz, feijão e mandioca, por exemplo, além de fornecer matérias-primas para a indústria nacional. Segundo dados do IBGE, mais de 70% da mão de obra do campo atua na agricultura familiar. Para saber mais sobre a agricultura brasileira, clique aqui.

Qual a importância da agricultura?

Antes mesmo de se tornar uma atividade econômica, o cultivo da terra já tinha importância para garantir a alimentação dos seres humanos e para fornecer matérias-primas utilizadas na confecção de utensílios e equipamentos diversos. Mesmo com todos os processos evolutivos pelos quais a agricultura passou e com o surgimento de novas práticas econômicas, essa atividade permanece sendo a principal produtora dos alimentos que chegam até nós diariamente, como os grãos, os vegetais, as hortaliças e as frutas.

A agricultura fornece também as matérias-primas e os insumos que são essenciais para a produção em diversos setores industriais, como de bebidas, alimentício, cosmético, de vestuário e de combustíveis, para citarmos alguns exemplos, além da produção de energia. Ela movimenta importantes cadeias econômicas globais, sendo fundamental para a economia dos territórios e para o ordenamento do espaço econômico mundial.

Outro aspecto importante da agricultura é o fato de essa atividade econômica garantir o sustento de milhões de pessoas em todo o mundo, empregando aproximadamente um terço da mão de obra global.

Agricultura e os impactos ambientais

Desmatamento e queimadas em uma região rural, consequências da agricultura.
O desmatamento e as queimadas são alguns dos impactos ambientais da agricultura.

O manejo inadequado dos insumos utilizados na produção agrícola, a superexploração dos solos e a abertura de novas áreas para o plantio, além de outros fatores relacionados com a prática não sustentável da agricultura, produzem impactos negativos ao meio ambiente. Os principais problemas ambientais observados no meio rural como resultado da agricultura desenvolvida nessas condições são os seguintes:

  • desmatamento, caracterizado pela remoção da vegetação nativa;

  • queimadas, muitas vezes incitadas como recurso para limpeza de áreas;

  • degradação dos solos, resultando na fragilização de sua estrutura e no processo de erosão;

  • assoreamento dos rios em decorrência da erosão;

  • empobrecimento dos solos, que, quando agravado, leva à desertificação;

  • poluição química dos solos e dos corpos hídricos;

  • uso excessivo de água no caso de sistemas de irrigação de baixa eficácia, que gera desperdício.

Como foi o processo de evolução da agricultura?

A agricultura surgiu no mundo há aproximadamente 12.000 anos, durante o período histórico conhecido como Neolítico. O início desse período foi marcado pela Revolução Agrícola, que determinou a maior compreensão pelos seres humanos dos processos de preparo e cultivo dos solos, a domesticação das plantas e a sua correlação com os diferentes fenômenos da natureza. O maior domínio da natureza proporcionou, ainda, o abandono gradativo do nomadismo e a adoção do sedentarismo, processo esse que foi fundamental na organização do espaço mundial.

Essa atividade se desenvolveu inicialmente nas margens de grandes cursos d’água em regiões do Oriente Médio, como na Mesopotâmia, no Leste da Ásia, em partes do continente africano e na região da Mesoamérica, no Hemisfério Ocidental. No decorrer dos anos, fatores biológicos e as viagens marítimas promovidas foram importantes para a maior difusão das espécies agrícolas e dos diferentes tipos de cultivos em outras partes do mundo. A cana-de-açúcar, por exemplo, foi trazida ao Brasil pelos navegadores portugueses.

Com o advento da Revolução Industrial, a agricultura se tornou uma atividade complementar nos países industrializados e importante para a produção de alimentos destinados às cidades e para o fornecimento de matérias-primas, como o algodão, à indústria.

Em meados do século XX, mais precisamente no pós-Segunda Guerra Mundial, a atividade agrícola experimentou uma nova metamorfose que foi resultado direto da modernização da indústria e dos avanços nos campos da ciência e da tecnologia. Trata-se da Revolução Verde, caracterizada pela modernização do campo e pelo desenvolvimento de pacotes tecnológicos que garantiram maior produtividade das lavouras e o avanço da produção para áreas até então consideradas impróprias para o cultivo.

As transformações foram mais bem observadas nos países desenvolvidos e alguns países emergentes, como foi o caso do Brasil, e provocaram uma reestruturação do espaço econômico mundial.

Agropecuária

Bovinos em um estábulo, representando a agropecuária.
A agropecuária é a prática combinada de cultivo do solo e criação de animais.

A agropecuária é a atividade econômica que compreende o cultivo do solo e a criação de animais (gado bovino, suíno e caprino e aves) para a produção de alimentos e de matérias-primas. Trata-se, portanto, da combinação entre a agricultura e a pecuária. A agropecuária é de fundamental importância para a economia mundial e para o abastecimento dos mercados com alimentos, como arroz, leite, ovos, carne e trigo, além de insumos destinados para a produção industrial, como couro, lã, soja, algodão e outros. Para saber mais sobre esse tópico, clique aqui.

Saiba mais: Impactos ambientais causados pelo agronegócio no território brasileiro

Curiosidades sobre a agricultura

  • A palavra agricultura é derivada do latim e significa “cultivo da terra”.

  • A agricultura responde por uma parcela de 6,4% do PIB mundial.

  • Os cinco países com as maiores áreas destinadas à agricultura são: Índia, Estados Unidos, China, Rússia e Brasil.

  • A principal cultura agrícola do mundo é o arroz, cereal que constitui a base da alimentação de mais da metade da população mundial.

  • A China é o principal importador de produtos agrícolas do mundo. É, ainda, o maior parceiro comercial do Brasil nesse segmento econômico.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exercícios resolvidos sobre agricultura

Questão 1

(Uece) Atente para as seguintes afirmações sobre a organização da produção agropecuária contemporânea:

I. Os sistemas agrícolas e a produção pecuária podem ser classificados como intensivos e extensivos, de acordo com o grau de capitalização, a maquinaria e o índice de produtividade neles apresentados.

II. Na agricultura familiar, os circuitos produtivos estão envolvidos com setores industriais e de serviços nos quais é imprescindível o uso de agrotóxicos, colheitadeiras, sistemas de irrigação e estruturas complexas de armazenagem e transporte.

III. O cultivo de espécies vegetais únicas em grandes extensões de terra, tais como soja, trigo e milho, favorecem a biodiversidade e impedem a proliferação de pragas na agricultura.

Está correto somente o que se afirma em:

a) I.

b) I e II.

c) III.

d) II e III.

Resolução: Alternativa A. Somente a primeira afirmação é correta. Na afirmação II, a descrição corresponde à agricultura moderna e comercial, e não ao modelo da agricultura familiar. Já a afirmação III está incorreta porque os cultivos citados tendem a ser plantados em extensas propriedades de monocultura que impactam a biodiversidade local e podem promover o desenvolvimento de pragas resistentes aos defensivos agrícolas.

Questão 2

(Unicamp) Assinale a alternativa correta sobre a presença de agrotóxicos e de sementes transgênicas na agricultura brasileira.

a) O uso de agrotóxicos e sementes transgênicas associa-se à busca de maior produtividade, sobretudo em áreas de fronteira agrícola.

b) As sementes transgênicas e o uso de agrotóxicos adequados ampliaram o interesse de países da União Europeia pelos produtos agrícolas brasileiros.

c) O uso de agrotóxicos no Brasil reduziu a necessidade de aproveitamento das sementes transgênicas nos cultivos agrícolas de grãos no país.

d) Por ser signatário de acordos internacionais, o Brasil reduziu o uso de agrotóxicos e sementes transgênicas em áreas próximas a mananciais.

Resolução: Alternativa A. O uso de agrotóxicos e transgênicos aumentou no Brasil com a introdução dos elementos da Revolução Verde no campo. A modernização aconteceu nas áreas de agricultura moderna e empresarial desenvolvida na fronteira agrícola.

Fontes

CEPEA. PIB do agronegócio brasileiro. CEPEA-ESALQ, 2022. Disponível em: https://www.cepea.esalq.usp.br/br/pib-do-agronegocio-brasileiro.aspx.

CIA. Countries: World. The World Factbook. Disponível em: https://www.cia.gov/the-world-factbook/countries/world/.

HANCOCK, J. Origins of World Agriculture. World History Encyclopedia 30 nov. 2021. Disponível em: https://www.worldhistory.org/article/1886/origins-of-world-agriculture/.

IBGE. Censo Agropecuário 2017. Disponível em: https://censoagro2017.ibge.gov.br/.

LUCCI, E. A. Território e sociedade no mundo globalizado: ensino médio, 2. São Paulo, SP: Saraiva, 2016, 3 ed.

AGRICULTURA. Michaelis. Agricultura. Disponível em: https://michaelis.uol.com.br/moderno-portugues/busca/portugues-brasileiro/agricultura/.

OLIVEIRA, A. U. de. A mundialização da agricultura brasileira. São Paulo: Iandé Editorial, 2016.

ROSS, J. L. S. (Org.). Geografia do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2019. 6 ed. 3 reimp. (Didática; 3).

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "O que é agricultura?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/geografia/o-que-e-agricultura.htm. Acesso em 21 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


O que é laterização?

Clique aqui e entenda o que é laterização, fenômeno que ocorre nos solos tropicais e é agravado pelas queimadas e desmatamento.
O que é Geografia?

O que é lixiviação?

Acesse o link e saiba o que é o processo de lixiviação. Entenda como ele acontece e quais são as suas consequências. Veja formas de evitar a lixiviação dos solos.
O que é Geografia?

Agrotóxicos

Saiba o que são os agrotóxicos, quais os tipos, quais as principais vantagens e desvantagens associadas a esses defensivos agrícolas e seu uso no Brasil.
Geografia

Agronegócio

Saiba o que é o agronegócio. Entenda sobre essa prática econômica no Brasil. Conheça as vantagens e desvantagens desse tipo de atividade.
Geografia

Revolução Verde

Entenda a Revolução Verde e suas consequências. Conheça suas características assim como sua origem e objetivos iniciais. Veja quando ela chegou ao Brasil.
Geografia

Agropecuária

Leia nosso texto e saiba o que é agropecuária. Conheça as características dessa atividade produtiva e compreenda a sua importância para o Brasil e para o mundo.
Geografia

Evolução da agricultura e suas técnicas

Entenda os principais aspectos da evolução da agricultura ao longo da história e seus impactos sobre a produção do espaço geográfico.
Geografia

Sistemas agrícolas

Clique aqui para entender o que são sistemas agrícolas e como eles são classificados. Conheça os principais sistemas agrícolas usados no campo brasileiro.
Geografia

Agricultura brasileira

Clique aqui e entenda a história e a importância da agricultura brasileira. Saiba quais são os principais produtos agrícolas do Brasil.
Geografia do Brasil

Agricultura familiar

Conheça as principais características da agricultura familiar e descubra como ela funciona e qual é a sua importância socioeconômica.
Geografia

Agricultura Sustentável, o Homem e o Meio Ambiente

Clique e veja o quanto a agricultura sustentável é benéfica ao meio ambiente e à sociedade!
Geografia

PUBLICIDADE