Topo
pesquisar

Dengue

Doenças e patologias

A dengue é uma doença que se caracteriza por febre alta que se inicia de maneira abrupta, dores no corpo, dor de cabeça e surgimento de manchas vermelhas pelo corpo.
PUBLICIDADE

A dengue é uma doença viral causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti. Entre seus principais sintomas, destacam-se a febre, dores no corpo e manchas vermelhas. A seguir, falaremos mais a respeito dessa importante doença que, infelizmente, leva várias pessoas à morte todos os anos em nosso país e é considerada uma das doenças infecciosas mais frequentes no Brasil.

A dengue é considerada um grave problema de saúde pública.

Vírus da dengue

A dengue é causada por um arbovírus, que é um vírus transmitido por meio de picada de insetos, sendo esse o caso do vírus causador da dengue e também do vírus causador da zika e da chikungunya.

O vírus da dengue apresenta quatro sorotipos: 1, 2, 3 e 4. Vale destacar que, de acordo com o Ministério da Saúde, “cada pessoa pode ter os 4 sorotipos da doença, mas a infecção por um sorotipo gera imunidade permanente para ele”.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Transmissão da dengue

A dengue é uma doença transmitida, nas Américas, pela picada do mosquito chamado Aedes aegypti. Vale salientar que o mosquito Aedes albopictus é um vetor importante na Ásia, porém no Brasil, apesar de presente, não está comprovadamente relacionado com a transmissão da dengue.

A dengue não é transmitida por meio do contato com pessoa doente, nem por meio de água ou alimentos contaminados.


A fêmea do mosquito necessita de sangue para conseguir produzir seus ovos, portanto, é ela a responsável por picar os seres humanos. Para transmitir o vírus, o Aedes aegypti deve alimentar-se do sangue de uma pessoa doente. Após se alimentar desse sangue, o vírus, depois de alguns dias, invade a glândula salivar do mosquito e o torna infectante de maneira permanente. Quando a fêmea do mosquito pica uma pessoa, o vírus é transmitido por meio da saliva.

Leia também: Aedes aegypti - O mosquito da dengue

O mosquito transmissor da dengue apresenta hábito diurno, sendo encontrado com frequência em ambientes urbanos e dentro dos domicílios. Ele necessita de água parada para sua reprodução, uma vez que após a eclosão dos ovos, as larvas do mosquito desenvolvem-se no meio aquático. Em média, o tempo entre a eclosão do ovo e o mosquito tornar-se adulto é de 10 dias.

O lixo descartado de maneira inadequada pode ajudar na proliferação do mosquito da dengue.
O lixo descartado de maneira inadequada pode ajudar na proliferação do mosquito da dengue.

Por necessitar da água para seu ciclo de vida, o número de mosquito aumenta nos meses chuvosos, o que também aumenta os casos da doença. Para evitar a transmissão da dengue, portanto, é importante cuidar para evitar a proliferação do mosquito. Veja a seguir algumas formas de combater o Aedes aegypti:

  • Não deixar água parada em garrafas, vasos de planta e pneus;

  • Manter lixeiras tampadas e protegidas da chuva;

  • Limpar os vasinhos de planta e vasilhas usadas para colocar água para animais;

  • Retirar água de plantas que acumulam água, como as bromélias;

  • Manter as piscinas sempre limpas;

  • Limpar as calhas;

  • Manter caixas de água e cisternas tampadas;

  • Descartar adequadamente objetos que acumulam água.

Em 1958, o Brasil foi considerado livre do mosquito da dengue pela OMS. Entretanto, não foi erradicado em todo o continente americano, o que facilitou sua reintrodução.


Leia também: Mosquito-da-dengue transgênico

Sintomas da dengue

A dengue é uma doença que pode ser assintomática, ou seja, não apresentar sintomas, ou ainda ter sintomas leves e até mesmo graves. A dengue grave pode ser responsável pela morte do indivíduo, portanto, é uma doença que não deve ser negligenciada.

Veja a seguir um quadro mostrando alguns dos sintomas mais comuns da dengue:

Principais sintomas da dengue

Febre alta (39 °C a 40°C) de início abrupto

Dor de cabeça

Dores no corpo e articulações

Dor atrás dos olhos

Falta de apetite e perda do paladar

Náusea e vômitos

Mal estar

Manchas vermelhas no corpo


Vale destacar que algumas vezes outros sintomas aparecem e podem indicar uma maior gravidade da doença. Dores abdominais intensas e que ocorrem de forma contínua, dor ao tocar o abdome, sangramentos, vômitos que não param, confusão mental, sede excessiva, boca seca, dificuldade respiratória e acúmulos de líquidos são sinais considerados de alerta.

Os sintomas descritos nesse texto podem ocorrer em caso de dengue, porém, somente um profissional capacitado pode diagnosticar a doença. Desse modo, caso apresente alguma das manifestações clínicas citadas, procure um médico rapidamente.

Formas clínicas da dengue

A dengue pode ser classificada em duas formas clínicas principais:

  • Dengue clássica: caracteriza-se pela presença de sintomas clássicos da doença, como febre alta, dor no corpo, mal estar, dor de cabeça, manchas na pele e coceira. Geralmente, a doença tem duração de uma semana.

  • Febre hemorrágica da dengue: nessa forma clínica, observa-se os sintomas semelhantes àqueles apresentados na dengue clássica, entretanto, há uma evolução rápida para quadros mais graves. Na febre hemorrágica da dengue, verifica-se a presença de fenômenos hemorrágicos e aumento do tamanho do fígado. Essa forma da doença é grave.

Diagnóstico da dengue

O diagnóstico da dengue é feito mediante análise dos sintomas do paciente e realização de exames laboratoriais de biologia molecular, de sorologia e de isolamento viral. Há também a realização de um teste rápido que é utilizado para triagem.

A dengue é uma doença que é diagnosticada por meio da análise dos sintomas e exames laboratoriais.
A dengue é uma doença que é diagnosticada por meio da análise dos sintomas e exames laboratoriais.

Segundo o Ministério da Saúde, considera-se um caso como suspeito de dengue quando o paciente apresenta febre (com duração máxima de sete dias) acompanhada de pelo menos dois sinais ou sintomas da dengue, como manchas no corpo e dor de cabeça, e se esteve em área de possível transmissão da doença nos últimos 15 dias.

Leia também: Vacina contra a dengue

Tratamento da dengue

A dengue é uma doença que possui cura, sendo o nosso corpo responsável por combater o problema. Geralmente, a cura ocorre de maneira espontânea após 10 dias. Não existe um tratamento específico para dengue, sendo medicamentos utilizados apenas para tratar sintomas, como febre e dor no corpo. Algumas medidas, no entanto, são recomendadas para pacientes que apresentam a doença. Entre as principais recomendações estão hidratar-se bem e repousar.

Nunca utilize medicamentos sem orientação médica.


 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

A dengue é uma doença transmitida pela picada do mosquito do gênero Aedes.
A dengue é uma doença transmitida pela picada do mosquito do gênero Aedes.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Dengue"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/doencas/dengue.htm. Acesso em 20 de setembro de 2019.

Lista de Exercícios
Questão 1

A dengue é um grave problema de saúde pública em nosso país. Seu agente etiológico é

a) por uma bactéria.

b) por um protozoário.

c) um vírus.

d) um mosquito.

e) um verme.

Questão 2

A dengue é uma doença comum em épocas quentes e chuvosas do ano, portanto, é importante que algumas medidas sejam tomadas durante esse período. Todas as alternativas abaixo indicam medidas que ajudam a barrar a reprodução do mosquito transmissor, exceto:

a) Limpar sempre as caixas d'água.

b) Manter sempre as caixas d'água cobertas.

c) Trocar a água dos vasos de planta.

d) Secar os pratos de vasos de planta.

e) Colocar telas nas janelas.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola