Topo
pesquisar

Bário

Química

O bário é um metal alcalino terroso que possui propriedades tóxicas. Os compostos de bário são usados em pequenas quantidades para a produção de tintas, vidros e também foguetes.
PUBLICIDADE

Metal alcalino terroso pertencente à família 2A de símbolo Ba, massa atômica 137 u, número atômico 56 e à temperatura ambiente encontra-se no estado sólido. O bário é um elemento químico tóxico, de aspecto prateado, com alto ponto de fusão, que pode ser encontrado no mineral barita, não sendo encontrado livre na natureza, devido à sua elevada reatividade.

Todos os compostos de Bário que são solúveis em água ou em ácidos são venenosos. O sulfato de bário é usado como contraste em radiografias de estômago e intestino. Este procedimento não apresenta perigo, já que este sulfeto é insolúvel, ou seja, não vai ser absorvido pelo estômago. Os sinais e sintomas de intoxicação por bário são:

• tremores, fibrilação muscular, hipertonia dos músculos da face e pescoço;
• náuseas, vômitos, diarréia, dor abdominal;
• agitação, ansiedade;
• crises convulsivas e coma.

O sulfato de bário tem a capacidade de absorver radiação e por isso é útil como carreador de rádio (Rd) em usinas nucleares, ele é facilmente oxidável pelo ar. Os compostos de bário são usados em pequenas quantidades para a produção de tintas e vidros, e também em foguetes pirotécnicos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Líria Alves
Graduada em Química

Veja mais!

Arsênio - Malefícios causados pela contaminação por este metal.
 

Foguetes pirotécnicos contêm Bário
Foguetes pirotécnicos contêm Bário

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Bário"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/bario.htm. Acesso em 11 de dezembro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola