Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Portugal

Situado no oeste da Europa, Portugal é banhado pelo oceano Atlântico e faz fronteira apenas com a Espanha. Lisboa, sua capital, reúne quase um terço de toda a sua população.

Bandeira de Portugal.
Bandeira de Portugal.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Portugal é um país europeu situado na Península Ibérica, onde faz fronteira com a Espanha e é banhado pelas águas do Atlântico. É considerado um dos países mais antigos do continente. Sua capital é Lisboa, também a sua cidade mais populosa. No total, Portugal possui 10 milhões de habitantes, os quais vivem principalmente na zona costeira.

Esse país apresenta clima temperado e relevo variando de montanhoso, no norte, a terrenos suaves, ao sul. O turismo e as atividades financeiras e comerciais compõem boa parte da economia e concentram a maior parcela da mão de obra. Além disso, Portugal possui um parque industrial diversificado.

Veja também: Hungria — um país europeu ainda mais antigo que Portugal

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Portugal

  • Portugal é um país europeu localizado na Península Ibérica.

  • É banhado pelo oceano Atlântico e faz fronteira com a Espanha.

  • Sua capital é a cidade de Lisboa.

  • Apresenta clima temperado e relevo que se divide entre montanhoso ao norte e suave ao sul, onde se encontram colinas e planícies.

  • O país conta com mais de 10 milhões de habitantes.

  • Trata-se de um território urbanizado, e quase 30% da população portuguesa se concentra na sua capital.

  • A economia de Portugal é liderada pelo setor terciário. Conta com uma indústria diversificada. O país é muito conhecido pela sua produção de vinhos e azeites.

  • Apresenta uma matriz energética limpa, majoritariamente.

  • É uma das nações mais antigas da Europa. Tornou-se um reinado em 1143. Hoje, Portugal consiste em uma república democrática parlamentarista.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Portugal

  • Nome oficial: República Portuguesa.

  • Gentílico: português.

  • Extensão territorial: 92.226 km².

  • Localização: Europa Ocidental.

  • Capital: Lisboa.

  • Clima: mediterrâneo.

  • Governo: república semipresidencialista.

  • Divisão administrativa: 18 distritos e duas regiões autônomas.

  • Idioma: português.

  • Religiões:

    • católica romana: 81%;

    • outras religiões cristãs: 3%;

    • outras religiões: 0,6%;

    • nenhuma ou não especificada: 15,1%.

  • População: 10.197.000 habitantes.

  • Densidade demográfica: 111,3 hab./km².

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,864.

  • Moeda: euro.

  • Produto Interno Bruto (PIB): US$ 251,71 bilhões.

  • PIB per capita: US$ 24.460.

  • Gini: 0,338.

  • Fuso horário: GMT; GMT+1.

  • Relações exteriores:

    • União Europeia;

    • Organização Mundial do Comércio (OMC);

    • Organização das Nações Unidas (ONU);

    • Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan);

    • Fundo Monetário Internacional (FMI);

    • Banco Mundial;

    • Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Mapa de Portugal

Mapa de Portugal.

Geografia de Portugal

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país do sudoeste da Europa localizado na região denominada de Península Ibérica. Tem como capital a cidade de Lisboa. O território português faz fronteira com um único país, a Espanha, a leste e ao norte. As águas do oceano Atlântico banham Portugal a oeste e ao sul, onde fica o Golfo de Cádis.

  • Clima de Portugal

Dois climas são predominantes em Portugal: o mediterrâneo e o temperado continental. O primeiro ocorre nas terras ao norte e ao sul principalmente, marcado por verões quentes e secos e invernos frios e úmidos, com registro de precipitação na forma de neve em algumas áreas.

No sul, os índices pluviométricos são menores que no norte, sendo os volumes respectivamente de 2000 mm e 1000 mm. Nas demais áreas, o clima é ameno e úmido, marcado por invernos muito frios, com média de 10 °C, e precipitação bem distribuída durante o ano.

  • Relevo de Portugal

O relevo de Portugal se divide entre os terrenos montanhosos, ao norte do país, e as colinas e planícies, predominantes a partir do centro-sul até as terras mais meridionais. Essa separação entre duas regiões geomorfológicas distintas é feita pelo rio Tejo, que atravessa o país de oeste a leste pelo centro. A média altimétrica do relevo português é de 372 metros.

  • Vegetação de Portugal

Assim como o relevo e o clima, a vegetação de Portugal se divide entre as áreas recobertas por formações conhecidas como atlânticas ou europeias ao norte, composta por carvalhos, pinheiros, oliveiras e eucalipto, e a vegetação mediterrânea, que é predominante no sul, formada por espécies arbustivas e gramíneas.

  • Hidrografia de Portugal

O rio Mondego é o maior rio que percorre unicamente o território português, estendendo-se por 220 km desde a Serra da Estrela, no leste, até sua foz, no oceano Atlântico. Boa parte dos importantes rios portugueses são originários da Espanha, como os rios Tejo, Douro e Guardiana.

Barco no rio Tejo com o horizonte da cidade Lisboa, capital de Portugal, ao fundo.
O rio Tejo é um dos mais importantes de Portugal.

Demografia de Portugal

A população de Portugal é atualmente de 10.197.000 habitantes, de acordo com dados das Nações Unidas. As regiões mais próximas da costa atlântica são aquelas que possuem maior concentração populacional, o que caracteriza uma má distribuição da população pelo território. Em termos quantitativos, temos que a densidade demográfica de Portugal é de 111,3 hab./km².

Cerca de 67% da população portuguesa vive nas cidades, o que faz de Portugal um país urbanizado. Somente a capital, Lisboa, concentra 29,1% de todos os habitantes do país, o que equivale a um total de 2,97 milhões de pessoas. A segunda cidade mais populosa de Portugal é Porto, que fica também no litoral, a aproximadamente 300 km da capital, e abriga 1,31 milhão de habitantes.

Portugal possui taxas negativas de crescimento populacional, o que indica o encolhimento de sua população. Esse fenômeno tem sido comum em países da Europa e nações desenvolvidas de outros continentes e se deve à desaceleração do número de nascimentos e aumento do número de mortes. Outra característica da população portuguesa é a sua idade mediana elevada (44,6 anos), a 13ª em escala mundial, denotando um processo de envelhecimento populacional. Destaca-se ainda a elevada expectativa de vida, atualmente de 81,29 anos.

Paisagem de Lisboa, capital e cidade mais populosa de Portugal.
Paisagem de Lisboa, capital e cidade mais populosa de Portugal.

Economia de Portugal

Portugal tem um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 251,71 bilhões, conforme os dados do Fundo Monetário Internacional (FMI). O país era um dos membros da Comunidade Europeia, tendo se juntado ao grupo no ano de 1986. Dessa forma, a nação integra a União Europeia desde a sua formação. Além disso, Portugal foi um dos primeiros países a adentrar a Zona do Euro, sendo essa a sua moeda oficial.

A economia portuguesa se concentra hoje no setor terciário ou de serviços, responsável por 75,7% do valor do PIB e 67,5% da mão de obra empregada. Destacam-se as atividades do ramo financeiro e o turismo. A indústria de Portugal, que responde por 22,1% da economia, passou por um intenso processo de transformação e modernização industrial e hoje se volta para o setor tecnológico, para a produção de peças e automóveis — que têm forte presença nas exportações do país —, de navios, de combustíveis e outros produtos químicos, têxtil e de alimentos.

A atividade primária representa 2,2% da economia portuguesa. Dentre os produtos da agropecuária estão azeitona, uva e seus derivados, como azeite e vinhos, batata, maçã, laranja, leite e derivados, como queijos e iogurtes, e carnes.

Acesse também: Áustria — outro país europeu que se destaca no setor terciário

Cultura de Portugal

Galo de Barcelos, um dos principais símbolos de Portugal.
Galo de Barcelos, um dos principais símbolos de Portugal.

Portugal apresenta uma cultura rica, cujos elementos e costumes estão fortemente presentes no Brasil. A população do país é majoritariamente originária de Portugal ou da Península Ibérica, embora haja grandes contingentes de migrantes oriundos de outros países falantes de português, língua oficial do país.

Muitas das tradições portuguesas estão associadas à religião predominante no país, que é a católica romana, em especial quando se trata de datas comemorativas que fazem referência a santos, como o dia de São João, de Santo Antônio e de Nossa Senhora dos Remédios.

No que diz respeito às manifestações culturais, Portugal tem um estilo musical único que é característico do país: o fado. Outro elemento muito conhecido da cultura portuguesa está na arquitetura. Se trata dos tradicionais azulejos portugueses, fabricados em cerâmica, tendo uma face decorada com desenhos repletos de detalhes e bastante coloridos.

A culinária portuguesa é composta por diversos preparos e pratos tradicionais que levam frutos do mar, como o bacalhau. Há também o azeite de oliva, azeitonas, ovos e vinho. Uma das sobremesas portuguesas mais consumidas dentro e fora do país é o pastel de Belém, feito com nata e gemas de ovos.

Infraestrutura de Portugal

Portugal oferece uma boa qualidade de vida aos seus habitantes, destacando-se em alguns quesitos como a habitação e a segurança pessoal. Em comparação com outros países da OCDE, a qualidade do meio ambiente também se sobressai, o que compreende principalmente a arborização urbana. Em relação ao acesso a serviços básicos, 92,7% da população urbana de Portugal tem acesso às redes de saneamento e água potável, segundo a ONU, e a eletrificação chega a quase 100%.

A matriz energética de Portugal é composta majoritariamente por fontes renováveis. Somando as hidrelétricas com outras formas de geração de energia, tem-se um percentual de quase 60%. O restante é representado pelos combustíveis fósseis.

Os transportes são feitos principalmente pelas rodovias, que cruzam quase 83 mil km do país, enquanto a malha ferroviária é de 3 mil km. Os rios Douro e Tejo compõem as principais hidrovias, que contam com 210 km de trechos navegáveis. O maior porto de Portugal fica na cidade de Leixões, ao passo que os principais aeroportos estão instalados em Lisboa e na região metropolitana da Grande Porto.

Governo de Portugal

Portugal é uma república democrática semipresidencialista. O presidente da república, principal autoridade do poder Executivo e chefe de Estado, é eleito através do voto popular para exercer um mandato de cinco anos, com possibilidade de reeleição. O chefe de governo é o primeiro-ministro, nomeado pelo presidente. O poder Legislativo é unicameral, representado pela Assembleia da República. A sede do governo português está localizada na cidade de Lisboa.

Leia também: Regimes de governo — os modos como um governo pode se comportar no poder

Etimologia de Portugal

Portugal é um nome derivado do latim Portus Cale ou Portucale que, por sua vez, correspondia à denominação da cidade hoje conhecida como cidade do Porto por volta do século V. Ela representava o principal centro econômico e cultural do Condado Portucalense, parte do território histórico da Galécia, que abrangia parte de Portugal e Espanha. A palavra Portucale foi posteriormente grafada como Portugale, e mais tarde, entre os séculos X e XI, tornou-se Portugal.

História de Portugal

A ocupação das terras que hoje conhecemos como o país Portugal data de pelo menos cinco milênios antes do presente, o que se deve principalmente à sua posição estratégica e de fácil acesso por meio de rotas marítimas. Entre os povos que habitaram aquela região estão os celtas, os fenícios e os cartagineses, esses dois últimos ocupando principalmente o sul do país.

Com o avanço dos romanos sobre a Península Ibérica, Portugal foi submetido ao domínio de Roma a partir do século II a.C., enfrentando forte resistência dos celtas. Ainda assim, a então Lusitânia esteve sob o controle dos romanos até aproximadamente o século V da era atual, passando então para o domínio dos visigodos e posteriormente dos muçulmanos em 711, que deixaram o país em meados do século XIII.

Nesse intervalo, Portugal se tornou um reino independente. Tal fato ocorreu no ano de 1143 mediante a assinatura do Tratado de Zamora, tendo D. Afonso Henriques como seu primeiro monarca. O novo reino foi se desenvolvendo internamente e ganhando os contornos que possui atualmente, incorporando o território de Algarve, na porção mais meridional do país, aos seus domínios.

Portugal se tornou um dos principais reinos da Europa e se lançou em busca de novas áreas para anexar e ampliar seu território, o que ficou conhecido como o período das Grandes Navegações entre os séculos XV e XVI. Entre essas novas terras estão localidades da África e da América do Sul, incluindo o Brasil como colônia.

O período de 1580 a 1640 é caracterizado pela União Ibérica, que consistiu na união entre os reinos de Portugal e Espanha. Alguns séculos mais tarde, o território português foi alvo da França, e a invasão de Napoleão ocasionou a transferência da sede do reino de Portugal para o Brasil, estabelecendo-se no Rio de Janeiro a partir de 1808.

O século XX é marcado pelo fim do regime monárquico em Portugal e pela implantação do Estado Novo, um regime ditatorial que foi iniciado com um golpe de Estado em 1926 e se consolidou a partir de 1933, estendendo-se até 1974.

O salazarismo, como ficou conhecido, foi derrotado com a chamada Revolução dos Cravos, e eleições foram convocadas no ano seguinte. Mesmo com algumas instabilidades políticas e econômicas, notadamente com a crise de 2008, Portugal é atualmente um dos principais países da Europa e resguarda importantes relações econômicas e culturais com o Brasil.

Confira nosso podcast: Geopolítica das passagens marítimas estratégicas

Curiosidades sobre Portugal

  • Fica em Lisboa a livraria mais antiga do mundo: Bertrand, aberta em 1732.

  • Um terremoto atingiu Portugal em 1755, com intensidade 9 na escala Richter, e praticamente destruiu a sua capital, que foi também acometida por um tsunami resultante dos tremores.

  • O tempura é um preparo português que foi levado ao Japão por padres jesuítas.

  • Portugal é uma das nações mais antigas da Europa, e a cidade de Lisboa é mais velha do que Roma.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Portugal"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/portugal.htm. Acesso em 06 de julho de 2022.

PUBLICIDADE

Estude agora


Quem foi Nelson Mandela?

Assista a nossa videoaula para conhecer a história de Nelson Mandela (1918-2013). Confira também, no nosso...

A condição pós-moderna de Jean-François Lyotard

Jean-François Lyotard é um dos pensadores que se dedicam a entender a complexa condição pós-moderna. Entender a...