close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Agropecuária

Agropecuária é uma atividade essencial da economia, sendo responsável pela produção de alimentos e também pelo fornecimento de matérias-primas para a indústria.

Ceifeira-debulhadora colhe trigo no campo.
A agropecuária consiste em um conjunto de atividades econômicas pertencentes ao setor primário.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Agropecuária consiste no conjunto de atividades associadas ao cultivo do solo e à criação de animais que tem como objetivo a produção de alimentos e o fornecimento de matérias-primas para a indústria de transformação. Ela está inserida no setor primário da economia, e se desenvolve no meio rural por meio de sistemas extensivos ou intensivos. A produção agropecuária desempenha um papel importante na economia internacional e na conjuntura brasileira, sendo o setor de maior crescimento no país.

Leia também: Evolução da agricultura e suas técnicas ao longo da história

Tópicos deste artigo

Resumo sobre agropecuária

  • A agropecuária é a atividade econômica que compreende o plantio e cultivo da terra e a criação de animais, isto é, a agricultura e a pecuária.

  • Ela é praticada no campo e depende diretamente da disponibilidade de terras.

  • Pode ser desenvolvida em pequenas, médias e grandes propriedades.

  • Sua prática tem como objetivo a subsistência e/ou a comercialização.

  • Atende tanto ao mercado doméstico quanto à demanda internacional por produtos primários.

  • É classificada, de acordo com o modo de produção e a intensidade tecnológica, em intensiva ou extensiva.

  • É importante porque é dela a origem dos alimentos que consumimos e de parte das matérias-primas utilizadas na indústria.

  • Quando o manejo dos cultivos e das pastagens é feito de maneira inadequada, pode gerar problemas ambientais, como desmatamento, poluição de mananciais e compactação do solo.

  • É uma das principais atividades econômicas do Brasil. A soja é o carro-chefe da sua produção no país e também um dos principais produtos de exportação, junto da carne.

O que é agropecuária?

A agropecuária é uma atividade econômica que reúne as técnicas de plantio e cultivo do solo e também de criação de animais, as quais correspondem, respectivamente, à agricultura e à pecuária.

Trata-se de um conjunto de práticas pertencentes ao setor primário da economia e que desempenham um papel fundamental na produção de alimentos e no fornecimento de matérias-primas para a indústria, como celulose, couro, madeira, fibra e outros elementos destinados à transformação e confecção de um produto final.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características da agropecuária

A produção agropecuária é uma das mais importantes e antigas atividades econômicas desenvolvidas em todo o mundo. O principal recurso natural de que ela se utiliza é a terra, que serve tanto como substrato para o plantio de espécies vegetais quanto de pastagem para a criação de animais. Por esse motivo, a prática da agropecuária acontece no campo, ou seja, no meio rural.

A agricultura e a pecuária podem ser desenvolvidas em pequenas, médias e grandes propriedades rurais, as quais são categorizadas em minifúndios e latifúndios.

Elas são praticadas em conjunto tanto para a subsistência do produtor agrícola e de sua família quanto para a comercialização em pequena ou larga escala, atendendo à demanda por alimentos e matérias-primas do mercado nacional (ou doméstico) e também do mercado internacional. Em muitos dos casos, entretanto, ambas as modalidades são combinadas, e pequenos e médios produtores destinam o seu excedente produtivo aos circuitos comerciais locais (feiras, mercearias, hortifrútis, mercados).

Plantação de milho
A terra é o principal recurso natural utilizado pela agropecuária.

O aperfeiçoamento técnico e científico que caracteriza o atual estágio da globalização foi introduzido no campo a partir da segunda metade do século XX, processo que ficou conhecido como Revolução Verde. Com isso, surgiram novos modos de produção, insumos químicos, instrumentos técnicos e pacotes de tecnologia, que passaram a ser empregados na agropecuária.

Quando a produção faz uso desses meios, chama-se de agricultura moderna e pecuária moderna. Elas se encontram hoje incorporadas ao modelo do agronegócio. Quando o sistema produtivo agropecuário não faz uso desse conjunto moderno de tecnologias, ele recebe a alcunha de tradicional.

  • Videoaula sobre a Revolução Verde

Quais os tipos de agropecuária?

A atividade agropecuária pode ser classificada de acordo com o modelo de produção adotado e as técnicas utilizadas tanto para o cultivo agrícola quanto para a criação de animais. Identifica-se, nesse sentido, três tipos distintos de agropecuária:

  • Agropecuária extensiva: trata-se da agricultura e da pecuária tradicionais. Nesse sistema produtivo, é muito baixo ou inexistente o emprego das técnicas mais modernas de produção. As lavouras são desenvolvidas em áreas extensas, devido à baixa produtividade do solo, e com a adoção de mão de obra geralmente de origem familiar. Os animais são criados soltos e em pastos amplos, substrato do qual se alimentam.

  • Agropecuária intensiva: trata-se da agricultura e da pecuária modernas, intensivas tanto em capitais quanto em tecnologia. Outro ponto importante é o de que ambas as atividades apresentam elevados índices de produtividade, além de empregarem mão de obra em menor quantidade, mas com maior qualificação.

  • Agropecuária intensiva em mão de obra: assemelha-se à modalidade extensiva no que diz respeito aos baixos índices de investimento e emprego de tecnologia. Em contrapartida, esse modelo concentra um grande contingente de trabalhadores.

Leia também: Agricultura intensiva e meio ambiente — por que é difícil conciliá-los?

Qual a importância da agropecuária?

A produção agropecuária é parte fundamental da economia de um país. Ela é responsável pelo abastecimento do mercado interno com alimentos, como frutas, verduras, legumes, carnes, ovos e leites, e pela remessa desses produtos em direção ao mercado exterior, tornando-se importante também para o suprimento da demanda de outros países e territórios.

Muitas matérias-primas utilizadas pelas indústrias de transformação são derivadas das atividades que compõem o setor agropecuário, que é, portanto, um fornecedor de recursos naturais que serão transformados em outros produtos de grande utilidade para a sociedade. Entre essas matérias-primas, estão:

  • a celulose, utilizada na produção de papel e pasta de celulose;

  • a soja, da qual se produz óleo e ração animal;

  • a cana-de-açúcar, que, além do alimento, é utilizada para a produção de combustíveis;

  • o algodão, empregado na indústria têxtil e farmacêutica;

  • a madeira, muito utilizada em diversos segmentos, como o de móveis;

  • o couro, destinado à produção de roupas, calçados e acessórios;

  • a borracha, que apresenta também diversas utilidades.

O setor agropecuário é o responsável direto e indireto pela geração de empregos temporários e permanentes, movimentando tanto as cadeias produtivas diretamente inseridas no setor primário quanto aquelas que fazem parte de outros setores da economia, especialmente o terciário, que concentra o comércio e os serviços.

Alimentos orgânicos sendo vendidos em feira
Os alimentos que consumimos e muitas matérias-primas utilizadas na indústria são derivados da atividade agropecuária.

Agropecuária e meio ambiente

A produção agropecuária é realizada diretamente no meio natural e depende da disponibilidade de recursos como a terra e a água. A intensificação dessa atividade e a busca por novas áreas produtivas bem como o manejo inadequado da produção e dos resíduos dela resultantes podem acarretar problemas para o meio ambiente, como:

  • desmatamento e queimadas;

  • compactação do solo pelo pisoteio do gado;

  • maior suscetibilidade dos solos à erosão;

  • poluição dos mananciais e dos solos devido ao uso excessivo de defensivos agrícolas;

  • esgotamento dos recursos naturais.

Transformações no meio ambiente que são decorrentes de outros fatores podem ainda impactar de maneira direta a produção agropecuária de uma localidade, como é o caso das mudanças climáticas. A variação das temperaturas e a irregularidade do regime hídrico afetam a produtividade no campo e se refletem em outras etapas das cadeias produtivas.

Por essa razão, práticas sustentáveis que visem à harmonia da produção agropecuária com o tempo de recuperação da natureza são fundamentais para a preservação do meio ambiente e a garantia da disponibilidade de recursos para as gerações futuras.

Confira no nosso podcast: Sustentabilidade, degradação ambiental e responsabilidade humana

Diferença entre agropecuária e pecuária

A principal diferença entre a agropecuária e a pecuária diz respeito à abrangência da atividade produtiva. Pecuária se refere unicamente à criação de animais que tem como objetivo o fornecimento de alimentos (carnes, leites, ovos) e matérias-primas para a indústria. A pecuária está inserida no escopo da agropecuária, sendo uma das duas atividades econômicas que esse segmento compreende. Como vimos até aqui, o termo agropecuária é utilizado para descrever tanto a agricultura quanto a criação de animais.

Vacas em pasto
A agropecuária compreende tanto a agricultura quanto a criação de animais.

Agropecuária no Brasil

A agropecuária é a atividade econômica mais antiga a ser desenvolvida no Brasil, e teve grande importância no processo de formação do território nacional. Ela representa atualmente o setor de maior crescimento da economia brasileira, sendo responsável por uma parcela de 27,4% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.|1|

Além da sua relevância para o mercado interno, é a agropecuária que lidera as exportações brasileiras, com grande destaque para a soja in natura, comercializada com a China, os Estados Unidos, a Argentina e países da União Europeia.

Em termos espaciais, observa-se a maior concentração da agropecuária moderna e intensiva nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil. Com um movimento que teve início a partir do final da década de 1970, no entanto, o modelo produtivo do agronegócio avançou, em primeiro lugar, para as regiões de Cerrado do Nordeste e Norte do país, onde está a região produtiva conhecida como Matopiba (junção das siglas dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia). Mais recentemente, ele tem se expandido para áreas do Norte, aproximando-se do bioma amazônico.

A agropecuária tradicional é muito praticada no interior das regiões Norte e Nordeste do país, sendo encontrada ainda em algumas parcelas da região Sul.

Voltando-nos agora para a produção, o último Censo Agropecuário realizado pelo IBGE (2017) indicou que os principais cultivos agrícolas do Brasil são os seguintes:

  • soja, que tem como maior produtor o estado do Mato Grosso;

  • cana-de-açúcar, com destaque para a lavoura do estado de São Paulo;

  • milho, com produção concentrada no estado do Mato Grosso;

  • café, produzido em larga escala no estado de Minas Gerais.

Na atividade pecuária, os três maiores rebanhos são os seguintes, por ordem de tamanho:

  • galináceos;

  • bovinos;

  • suínos.

Saco com soja
A soja lidera a produção e as exportações do setor agropecuário brasileiro.

Agropecuária no mundo

A atividade agropecuária exerce um papel central na economia mundial, uma vez que é dela que advêm os alimentos e boa parte das matérias-primas utilizadas na indústria. Além disso, esse setor emprega aproximadamente 27% de toda a mão de obra do planeta, segundo dados das Nações Unidas, o equivalente a 870 milhões de pessoas. As receitas geradas pelo setor agropecuário em escala global foram de 3,9 trilhões de dólares, de acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO, em inglês).

Em nações menos industrializadas, consideradas subdesenvolvidas, a agropecuária consiste no setor de maior peso na economia nacional, sendo desenvolvida da maneira tradicional. Entre os países mais dependentes desse setor, estão Libéria, Somália e Guiné-Bissau, todos localizados no continente africano.

Os países desenvolvidos, em contrapartida, concentram boa parte da agropecuária moderna e mecanizada, além das sedes das principais agroindústrias do mundo. São também nações com elevado índice de desenvolvimento ou que exercem papel de centralidade no cenário econômico internacional, como é o caso dos Estados Unidos e da China, as maiores compradoras de produtos primários de outros países, com o objetivo de complementar a elevada demanda doméstica e destinar parte dessas aquisições para a indústria de transformação.

Os maiores produtores mundiais de grãos e cereais são:

Desses países, a China se apresenta como um dos maiores produtores de carne suína do mundo e também de arroz. A Índia apresenta um dos maiores rebanhos bovinos do mundo, e é uma grande produtora de leite, ao lado dos Estados Unidos.

Leia também: Problemas ambientais rurais — os impactos gerados no espaço do campo

Exercícios resolvidos sobre agropecuária

Questão 1

(Enem) No século XIX, para alimentar um habitante urbano, eram necessárias cerca de 60 pessoas trabalhando no campo. Essa proporção foi se modificando ao longo destes dois séculos. Em certos países, hoje, há um habitante rural para cada dez urbanos.

SANTOS, M. Metamorfoses do espaço habitado. São Paulo: Edusp, 2008.

O autor expõe uma tendência de aumento de produtividade agrícola por trabalhador rural, na qual menos pessoas produzem mais alimentos, que pode ser explicada

a) pela exigência de abastecimento das populações urbanas, que trabalham majoritariamente no setor primário da economia.

b) pela imposição de governos que criam políticas econômicas para o favorecimento do crédito agrícola.

c) pela incorporação homogênea dos agricultores às técnicas de modernização, sobretudo na relação latifúndio-minifúndio.

d) pela dinamização econômica desse setor e utilização de novas técnicas e equipamentos de produção pelos agricultores.

e) pelo acesso às novas tecnologias, o que fez com que áreas em altas latitudes, acima de 66º, passassem a ser grandes produtoras agrícolas.

Resolução: Alternativa D. O processo de modernização do campo, a partir da segunda metade do século XIX, introduziu uma série de transformações no processo produtivo, entre as quais estavam a mecanização de etapas da produção e a redução da mão de obra empregada. Embora tenha havido a maior dinamização do setor, nem todos os produtores agrícolas foram incorporados a esse novo modelo.

Questão 2

(Fuvest) Observe o mapa.

 Mapa do Brasil com áreas específicas demarcadas

(Ross, Ecogeografia do Brasil, 2006.)

As áreas assinaladas representam conjuntos de municípios brasileiros, que são os maiores:

a) criadores de gado bovino, pois respondem às áreas precárias em infraestrutura viária, em geral associadas ao sistema de pecuária extensiva.

b) criadores de gado bovino, pois apresentam terrenos com altas declividades, habitualmente rentáveis no sistema de pecuária extensiva.

c) produtores de soja, pois correspondem a áreas de chapadões e colinas, em geral procuradas por atividades que exigem mecanização.

d) produtores de soja, pois essa cultura exige solos de alta fertilidade, devido ao fato de ser sazonal.

e) produtores de arroz, fato evidenciado pela grande presença de planícies de inundação nestas áreas.

Resolução: Alternativa C. As áreas destacadas no mapa correspondem às regiões produtoras de soja no Brasil, como no interior de São Paulo; em extensas áreas do Centro-Oeste do país, especialmente na região centro-norte do Mato Grosso; bem como em Roraima; no sul do Maranhão; no sudoeste do Piauí; no noroeste do Tocantins; e no oeste da Bahia. Elas são caracterizadas, entre outros, pelo relevo menos acidentado e propício ao emprego de maquinários agrícolas, adotando o modelo da agricultura intensiva e do agronegócio.

Notas

|1| CEPEA; CNA. PIB do agronegócio cresceu abaixo das projeções. CEPEA, CNA, 15 mar. 2022. Disponível aqui.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia 

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Agropecuária"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/as-caracteristicas-agropecuaria.htm. Acesso em 17 de maio de 2022.

Tire suas dúvidas


Por que se chama Mar Tenebroso

Por FELIPE ZINGEREVITZ DE MOURA sc159891
Responder
Ver respostas

quais são os fatores de identidade populacionais e oq são cada um deles?

Por (a1653) Mafalda Melo
Responder
Ver respostas

Lista de exercícios


Exercício 1

A agropecuária é um termo utilizado no âmbito econômico para designar um conjunto de atividades que contemplam

A) a produção de bens agrícolas e pecuários tradicionalmente usados como matéria-prima.

B) a cultivação de espécies de animais e vegetais utilizadas somente para a exportação.

C) a criação de técnicas de manejo voltadas para a produção apenas de bens alimentícios.

D) o processo de transformação de diversas matérias-primas em um produto acabado.

E) o fenômeno de produção de espécies animais empregadas para alimento da população.

Exercício 2

Qual setor econômico enquadra as atividades agropecuárias?

A) Setor primário

B) Setor secundário

C) Setor terciário

D) Setor de serviços

E) Setor de comércio

Estude agora


Albert Camus

Albert Camus, um filósofo ainda pouco reconhecido dentro da história da filosofia contemporânea, mas detentor de uma...

Pré-Enem | Dicas de leitura e interpretação para Espanhol e Inglês

O Pré-Enem é o intensivo preparatório do Brasil Escola para o Enem. Nele nós separamos os principais temas que...