Topo
pesquisar

Pepino

Saúde e Bem-estar

PUBLICIDADE

O pepino é o fruto do pepineiro (espécie Cucumis sativus, família Cucurbitáceas). Embora a maioria das espécies pertencentes ao gênero seja originária da África, o pepino se originou nas regiões montanhosas da Índia. O fruto se difundiu por todo o mundo, principalmente nas regiões de clima tropical. Na América, o mesmo foi introduzido por Cristóvão Colombo.

Os pepinos são longos frutos que apresentam uma casca verde-clara, polpa de cor clara e sabor suave, além de muitas sementes, semelhante ao melão. A manipulação genética do fruto permitiu o aumento de sua produtividade. Existem cinco tipos de pepino: japonês, holandês, caipira, aodai (comum) e indústria (conserva).

O fruto contém pouca quantidade de vitamina A, C, B1, B2 e sais minerais, entretanto, é uma boa fonte de fibras, possui um baixo teor calórico (é composto por 95% de água), constitui-se como um ótimo alimento para o fígado, rins e vesícula, possui efeito diurético e ação calmante descongestionante. Além disso, dá força aos cabelos e unhas e possui propriedades que eliminam a gordura da pele. O pepino é uma hortaliça refrescante, ideal para os dias quentes.

A hortaliça é geralmente consumida crua, em saladas. No entanto, o pepino também pode ser empregado cozido ou recheado, no preparo de sopas e outros pratos. Seu suco é usado em máscaras faciais, cremes, loções, xampus e outros cosméticos. Na hora da compra, é recomendável optar por frutos firmes e com casca brilhante.

No Brasil, os maiores produtores de pepino são as regiões Sul e Sudeste, com destaque para o estado de Santa Catarina.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DANTAS, Tiago. "Pepino"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/saude/pepino.htm>. Acesso em 31 de agosto de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA