Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Fibras alimentares

Biologia

O consumo de fibras é importante para o funcionamento do intestino
O consumo de fibras é importante para o funcionamento do intestino
PUBLICIDADE

As fibras alimentares podem ser definidas como resíduos de células vegetais que são resistentes à ação das enzimas digestivas humanas. Por não serem digeridas, elas não fornecem calorias, entretanto, desempenham importante papel no funcionamento do corpo humano.

→ Características das fibras alimentares

As fibras alimentares pertencem ao grupo dos carboidratos, com exceção da lignina. Diante disso, é comum ouvirmos a definição de que as fibras são polissacarídeos não amiláceos formados por moléculas de açúcares. No caso da lignina, podemos classificá-la como um composto fenólico.

O consumo de fibras possibilita a melhora na saúde de uma pessoa, visto que reduz o risco de problemas como acidente vascular encefálico, diabetes, hipertensão, doença arterial coronariana e câncer intestinal. Entretanto, deve-se ficar atento à quantidade dessas fibras ingeridas, pois a recomendação varia com idade, sexo e consumo energético. Porém, de uma maneira geral, a Organização Mundial de Saúde recomenda a ingestão de 25 gramas de fibras todos os dias.

→ Classificação das fibras alimentares

As fibras alimentares podem ser classificadas em insolúveis e solúveis:

  • Fibras insolúveis: são fermentadas lentamente e de maneira incompleta, ou seja, sua fermentação é limitada. Essas fibras não são solúveis em água e não formam géis. Elas atuam principalmente no nosso intestino, já que são capazes de reter grande quantidade de água, causando uma distensão da parede do cólon e auxiliando, assim, na eliminação das fezes. Com isso, ocorre uma melhora no funcionamento do intestino e uma prevenção de casos de constipação.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

    Como exemplo de fibras insolúveis, podemos citar a lignina, a celulose e algumas hemiceluloses. Elas podem ser encontradas em verduras, cerais integrais e farelo de trigo, por exemplo.

  • Fibras solúveis: são facilmente fermentadas por bactérias no cólon, o que contribui para abaixar o pH desse meio. Quando misturadas com água, as fibras solúveis formam um gel.

    Elas proporcionam um tempo maior dos nutrientes no estômago, melhorando, assim, o processo de digestão. Essas fibras garantem que a transformação de carboidratos complexos torne-se mais lenta, o que faz a absorção de açúcar também ficar mais lenta, levando à diminuição dos níveis de glicose no sangue. Além disso, elas produzem uma maior saciedade (fator que ajuda no controle do peso) e diminuem os índices de colesterol sanguíneo. Elas não aumentam a absorção de água como as fibras insolúveis, no entanto, também agem na velocidade do trânsito intestinal.

    Como exemplo de fibras solúveis, podemos citar as pectinas, gomas, mucilagens e algumas hemiceluloses. Elas são encontradas, por exemplo, nas frutas, verduras, aveia e leguminosas.

 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Fibras alimentares"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/fibras.htm. Acesso em 20 de setembro de 2021.

Lista de Exercícios
Questão 1

Os alimentos vegetais são ricos em fibras, substâncias resistentes às enzimas digestivas, que são constituídas por polímeros de:

a) lípidos.

b) proteínas.

c) carboidratos.

d) sais minerais.

e) vitaminas.

Questão 2

As fibras alimentares são encontradas nos alimentos de origem vegetal e podem ser divididas em dois grupos: fibras solúveis e fibras insolúveis. A respeito das fibras, marque a alternativa incorreta:

a) As fibras solúveis são amplamente fermentadas por bactérias da flora intestinal.

b) As pectinas e mucilagens são exemplos de fibras solúveis.

c) As fibras insolúveis estão diretamente relacionadas com a diminuição do volume das fezes.

d) As fibras insolúveis também sofrem fermentação no intestino. Entretanto, esse processo é mais limitado quando comparado à fermentação das fibras solúveis.

e) As fibras insolúveis podem ser encontradas em farelos de cereais.

Mais Questões
Artigos Relacionados
Aprenda mais sobre abobrinha, suas características, tipos e modos de preparo. Ela é muito comercializada no Brasil e apresenta uma série de nutrientes.
Aprenda mais sobre o araçá conhecendo algumas das características do araçazeiro, bem como os benefícios do consumo dos seus frutos.
Aprenda um pouco mais sobre os carboidratos, uma importante biomolécula. Neste texto, traremos um resumo sobre o tema, principais características e classificação.
Conheça a classificação dos carboidratos em oses ou monossacarídeos e em osídeos (oligossacarídeos e polissacarídeos).
Conheça mais a respeito do kiwi clicando aqui. Veja as características do kiwizeiro, bem como as propriedades nutricionais desse fruto.
Aprenda mais sobre a mandioca clicando aqui! Neste texto exploraremos mais sobre as características dessa planta, seus nutrientes e sua importância.
Saiba mais sobre a glicose, ribose, sacarose, lactose, amido, glicogênio e celulose.
Entenda o que é a pirâmide alimentar, como os alimentos estão dispostos nessa representação e como ela pode ajudar na escolha dos alimentos.
Você conhece a pitaia? Clique aqui e saiba mais sobre essa fruta, suas utilizações e os benefícios que seu consumo pode trazer à saúde.
Saiba mais sobre a prisão de ventre, também chamada de constipação intestinal, que é um problema que atinge frequentemente mulheres, crianças e idosos.