close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Fuso horário

Os fusos horários foram criados para padronizar a contagem das horas no mundo, tendo Greenwich como referência. O planeta foi dividido em 24 zonas de 15° de longitude cada.

O mundo se divide em 24 fusos horários, tendo como referência o Meridiano de Greenwich.
O mundo se divide em 24 fusos horários, tendo como referência o Meridiano de Greenwich.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Fuso horário é uma faixa longitudinal delimitada por dois meridianos dentro da qual todas as localidades inseridas possuem o mesmo horário. A Terra se divide em 24 fusos horários, e cada um deles corresponde a um intervalo de 15°. Para chegar a esses valores, levou-se em conta o movimento de rotação do planeta.

O sistema de fusos horários surgiu com o objetivo de padronizar a contagem das horas no mundo, facilitando assim as comunicações, o comércio internacional e as viagens. O marco zero para essa contagem é o Meridiano de Greenwich (0°), que fica no centro do fuso horário inicial.

Veja também:  Coordenadas geográficas — sistema de localização estruturado por linhas imaginárias 

Tópicos deste artigo

Resumo sobre fuso horário

  • Fusos horários são faixas delimitadas por dois meridianos dentro das quais todas as localidades possuem a mesma hora.
  • Cada fuso horário corresponde a um intervalo de 15°.
  • O planeta se divide em 24 fusos horários, e cada um deles representa uma hora.
  • A metodologia para o estabelecimento de fusos horários levou em conta as 24 horas que a Terra demora para completar uma volta em torno do seu próprio eixo (360°).
  • As zonas foram criadas para padronizar a contagem do tempo no mundo.
  • O Meridiano de Greenwich fica no centro do fuso horário inicial ou de referência, que é o de Londres. Ele é representado pela sigla GMT (Greenwich Mean Time).
  • Para calcularmos a diferença de horários entre dois pontos distintos, é preciso considerar que à medida que caminhamos para leste, as horas aumentam, ou seja, os horários estão adiantados. A oeste, os horários estão atrasados, portanto, as horas diminuem.
  • O território brasileiro se divide em quatro fusos horários (de GMT -2 a GMT -5).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é fuso horário?

Um fuso horário é uma faixa dentro da qual os relógios marcam o mesmo horário em todas as localidades. Essa faixa, ou intervalo, é delimitada por dois meridianos (linha imaginária vertical). Os fusos horários são chamados também de zonas horárias. O mundo está dividido em 24 fusos horários, e cada um deles corresponde a um intervalo longitudinal de 15°.

A metodologia empregada para o cálculo e determinação dos fusos horários é bem simples e leva em consideração o movimento de rotação do nosso planeta. O tempo que a Terra demora para dar uma volta completa em torno do seu próprio eixo, realizando portanto um movimento de 360°, é de aproximadamente 24 horas (23 horas, 56 minutos e 4 segundos), totalizando um dia.

Tendo isso em vista, dividindo a circunferência terrestre (360°) pelo número de horas do dia (24), chegamos ao valor de 15°. Isso significa que a Terra leva uma hora para percorrer 15°. Sendo assim, convencionou-se seccionar o planeta em 24 fusos horários, cada um com 15°.

Leia também: Quais são todos os movimentos que a Terra realiza?

Para que serve o fuso horário?

Os fusos horários foram estabelecidos com o objetivo de padronizar a contagem das horas no mundo. Antes do seu surgimento, cada país ou território adotava o seu método próprio de determinar as horas e a passagem do tempo. A maior parte deles utilizava um mesmo referencial, que era o Sol.

No entanto, alguns fatores demonstraram a necessidade de se adotar um sistema padrão que pudesse facilitar estes e outros aspectos do cotidiano:

  • o avanço das comunicações;
  • o crescimento das viagens de longa distância;
  • a intensificação do comércio internacional.

Ao final do século XIX, no ano de 1884, representantes de 25 países se reuniram na cidade de Washington, capital dos Estados Unidos, e estabeleceram o Meridiano de Greenwich como o marco zero para a contagem das longitudes. O meridiano de 0° passou a indicar também o centro do fuso horário referencial para a contagem das horas, que ficou conhecido como horário de Greenwich, representado pela sigla GMT (Greenwich Mean Time, em inglês).

A leste e a oeste do Meridiano de Greenwich foram definidos 12 fusos horários, totalizando 24 intervalos longitudinais de 15° cada. A adoção desse novo sistema de contagem das horas ocorreu de forma gradual pelos países e hoje é empregado em todo o mundo.

É importante pontuar ainda que as linhas imaginárias, no caso os meridianos, não levam em consideração os limites territoriais das áreas que atravessam. Em função disso, separa-se os horários em:

  • Hora legal: demarcação dos fusos horários levando em conta os limites teóricos estabelecidos pelos meridianos, representando-os em linha reta.
  • Hora oficial: demarcação dos fusos horários levando em conta as fronteiras estabelecidas pelos países e territórios, utilizada na prática.

Saiba mais: Paralelos e meridianos — linhas imaginárias que definem os diferentes pontos da Terra

Como calcular o fuso horário?

Como vimos, o cálculo do fuso horário tem como base a zona horária de Londres, que é a inicial, tendo como centro o Meridiano de Greenwich. Todas as localidades situadas a leste desse marco estão com o horário adiantado e têm o seu fuso horário indicado com um sinal positivo.

A cidade de Tóquio, por exemplo, está situada na zona GMT +9, o que significa que ela tem horário nove horas adiantado em relação a Greenwich. Quando os relógios marcam meio-dia em Londres, por exemplo, são nove horas da noite na capital japonesa.

Já as localidades que ficam a oeste de Greenwich têm o seu horário atrasado, e o seu fuso horário é indicado com um sinal negativo. Tomemos como exemplo a já referida capital dos Estados Unidos, Washington. Essa cidade fica na zona GMT -8 horas, o que significa que ela está oito horas atrasada em relação ao fuso central. Assim, enquanto os relógios marcam 12 horas em Londres, são quatro horas da manhã na capital americana.

Tendo isso em vista, todo cálculo de fuso horário deve levar em conta três informações básicas:

  • Cada zona horária representa uma hora;
  • Um fuso horário é equivalente a 15° de intervalo longitudinal (entre um meridiano e outro);
  • À medida que caminhamos para leste de um referencial, o horário é adiantado (soma). Quando caminhamos no sentido contrário, para oeste, o horário é atrasado (subtração).
  • Exemplos de cálculo de fuso horário

Levando em conta o que estudamos até aqui, veremos a seguir dois exemplos de como calcular o fuso horário.

Exemplo 1:

Suponhamos que uma pessoa que vive em Brasília precise fazer uma ligação para seu familiar que vive em Pequim (China) às seis horas da manhã, no horário local de Brasília. Sabe-se que o meridiano central do fuso horário onde a capital brasileira se encontra é o meridiano de -45° (oeste), enquanto Pequim se encontra no fuso do meridiano de 120° (leste). Que horas serão em Pequim no momento da ligação?

Resolução:

Precisamos, inicialmente, identificar o fuso horário em que essas cidades se encontram, já que o enunciado não trouxe essa informação de maneira direta. Para isso, basta dividirmos o valor do meridiano central por 15°. Temos, assim:

  • Brasília: -45° / 15° = -3. Portanto, a cidade está na zona horária GMT -3 horas.
  • Pequim: 120° / 15° = 8. Portanto, a cidade está na zona horária GMT +8 horas.

O próximo passo é identificar a diferença de horário entre ambas as cidades. Para isso, utilizamos o fuso horário que encontramos na etapa anterior. Sendo assim:

8 - (-3) = 11 horas

A diferença de horários entre Brasília e Pequim é de 11 horas.

Como Pequim está a leste de Brasília, sabemos que o horário da cidade está 11 horas à frente do horário da capital brasileira. Assim, soma-se 11 horas ao horário da ligação:

6h (horário de Brasília) + 11h (diferença de fusos horários) = 17h

Dessa forma, serão 17 horas em Pequim no momento da ligação.

Exemplo 2:

Uma pessoa pega um voo direto da cidade de São Paulo (GMT -3) para Chicago (GMT -6), nos Estados Unidos, às 21 horas. Sabendo que a viagem dura em média 11 horas, qual será a hora na cidade de destino quando o avião pousar?

Resolução:

Inicialmente, calculamos a diferença de horário entre as cidades com base na zona horária:

 -6 - (-3) = -6 + 3 = -3 horas

O horário em Chicago está atrasado três horas em relação a São Paulo, visto que a cidade americana se encontra a oeste.

Para sabermos o horário da chegada em Chicago, devemos subtrair a diferença de horários entre as cidades e somar o tempo de viagem. É importante notar que o tempo de viagem é sempre uma soma. Assim, temos:

21 horas (horário de São Paulo) - 3 horas (diferença de fusos) + 11 horas (tempo de viagem) =5h

Portanto, serão cinco horas da manhã em Chicago quando o avião pousar.

Quais são os fusos horários do Brasil?

O Brasil está dividido oficialmente em quatro fusos horários. Os fusos horários no Brasil são:

Exercícios resolvidos sobre fuso horário

Questão 1

(Fuvest) A Terra gira sobre ela mesma de oeste para leste. Assim, teoricamente, todos os pontos, no mesmo fuso horário, têm a mesma hora. Com base nessas informações e no mapa, podemos afirmar que:

Mapa indicando Londres, Amsterdã, Berlim, Varsóvia, Kiev, Novosibirsk e Astana em relação à divisão de fuso horário.

a) há três horários diferentes, aumentando para leste, sendo o primeiro fuso horário até 5 °E, o segundo de 5° a 30 °E e o terceiro depois de 30 °E.

b) as horas serão exatamente as mesmas em todas essas cidades, porque elas se situam na linha imaginária de 50 °N.

c) as horas se apresentam com acréscimo, de Berlim para Astana, devido ao sentido de rotação da Terra e à incidência dos raios solares.

d) as horas se apresentam em decréscimo, de Londres para Kiev, devido ao sentido de rotação da Terra e à incidência dos raios solares.

e) há dois horários diferentes, diminuindo para leste, sendo o primeiro até Kiev e o segundo até Novosibirsk.

Resolução:

Alternativa C

Considerando as longitudes de 0° a 75°, visto que a área representada ultrapassa o meridiano de 70°, calcula-se que há representados pelo menos cinco fusos horários (75° / 15° = 5). Dessa forma, as horas não são as mesmas em todas as cidades. À medida que caminhamos para leste, o horário é maior.

Astana, situada a leste de Berlim, tem horário adiantado em relação à cidade alemã, portanto, as horas se apresentam com acréscimo de Berlim para Astana. Como todas as cidades estão a leste de Londres, elas têm acréscimo nas horas se comparadas à primeira cidade.

Questão 2

(UFPB) O sistema de coordenadas geográficas possibilita localizar os lugares no espaço geográfico, bem como definir os seus diferentes fusos horários. Nesse sentido, tome por base a situação hipotética da localização de dois pontos, A e B, admitindo que:

  • o ponto A localiza-se a 45° de longitude oeste de Greenwich, tendo 21h como a hora de referência, tratando-se de uma cidade brasileira;
  • o ponto B localiza-se a 60° de longitude leste de Greenwich, com o horário normal.

A partir do exposto, é correto afirmar que, no ponto B, são:

a) 4h do dia seguinte.

b) 13h do mesmo dia.

c) 3h do dia seguinte.

d) 2h do dia anterior.

d) 14h do mesmo dia.

Resolução:

Alternativa A

O ponto A está no fuso horário GMT -3 (45° / 15° = 3), enquanto o ponto B fica na zona GMT +4 (60° / 15° = 4). A diferença de horário entre ambos é de 7 horas, visto que:

 4 - (-3) = 7

Em outras palavras, o ponto B está sete horas à frente do ponto A. Para sabermos o horário exato, basta somar 7h às 21 horas, que é o horário em A. Com isso, obtemos como resultado quatro horas da manhã do dia seguinte.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Fuso horário"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/fuso-horario.htm. Acesso em 28 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Qual o setor econômico é a base da economia no Brasil

Por Maria dos reis da silva santos Silva santos
Responder
Ver respostas

porque o periodo entre 1890 e 1930 é marcado por um grande volume de imigrantes europeus

Por YASMIN MONFORTE REZENDE
Responder
Ver respostas

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

O fuso horário é um sistema político adotado amplamente que define os horários civis do países. O sistema de fusos horários está corretamente dividido em

A) 12 fusos de 24 graus.

B) 24 fusos de 15 graus.

C) 24 fusos de 24 graus.

D) 30 fusos de 24 graus.

E) 30 fusos de 30 graus.

Exercício 2

O estabelecimento do sistema de fusos horários levou em consideração um importante movimento planetário chamado de

A) translação.

B) transação.

C) nutação.

D) rotação.

E) mutação.

Estude agora


Determinante de Vandermonde

O músico e matemático francês do século XVIII, Alexandre Vandermonde, observou um caso especial para cálculo de...

Catalisadores

Catalisadores são substâncias capazes de apresentar um caminho alternativo para a reação, fazendo com que ela se...