Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Paralelos e meridianos

Os paralelos e meridianos são linhas imaginárias traçadas sobre o globo terrestre com o objetivo principal de auxiliar na localização e nos deslocamentos sobre a superfície.

Dois globos terrestres cortados por paralelos e meridianos.
Os paralelos e os meridianos são linhas imaginárias que compõem o sistema de coordenadas geográficas.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Paralelos e meridianos são linhas imaginárias traçadas sobre o globo com o principal objetivo de auxiliar na localização acurada de pontos e referenciais na superfície do planeta Terra. Os paralelos são dispostos horizontalmente, formando círculos concêntricos que diminuem de tamanho conforme se distanciam da Linha do Equador. A medida dos paralelos é chamada de latitude. Os meridianos, por sua vez, consistem em semicírculos traçados verticalmente e que se encontram nos polos. A medida dos meridianos recebe o nome de longitude.

Os paralelos e os meridianos apresentam importante função cartográfica, mas auxiliam também na obtenção de outras informações importantes. No caso das linhas horizontais, temos os paralelos notáveis, que auxiliam na identificação das zonas térmicas do planeta. Já os meridianos são utilizados para a delimitação de cada um dos 24 fusos horários existentes.

Leia também: Pontos cardeais — pontos de referência estabelecidos para orientação na superfície terrestre

Tópicos deste artigo

Resumo sobre paralelos e meridianos

  • Paralelos e meridianos são linhas imaginárias traçadas sobre a superfície terrestre.

  • Os paralelos são linhas horizontais paralelas à Linha do Equador e consistem em círculos concêntricos. Sua medida é a latitude.

  • Os meridianos são linhas horizontais perpendiculares à Linha do Equador e consistem em semicírculos que se encontram nos polos. Sua medida é a longitude.

  • A Linha do Equador é o paralelo de 0º e divide a Terra nos hemisférios norte e sul.

  • O Meridiano de Greenwich é o meridiano de 0º e divide a Terra nos hemisférios leste e oeste.

  • Os paralelos e meridianos são importantes para a orientação e localização no espaço, além de serem usados na identificação das zonas climáticas do planeta (paralelos) e na determinação dos fusos horários (meridianos).

O que são paralelos?

Os paralelos são linhas imaginárias traçadas horizontalmente sobre o globo terrestre. Eles recebem esse nome por serem paralelos à Linha do Equador, estando dispostos perpendicularmente ao eixo de rotação do nosso planeta. Os paralelos são círculos completos que circundam a esfera terrestre, sendo maiores na região equatorial e menores na medida em que nos afastamos do centro e nos direcionamos aos polos. Ademais, os paralelos estão dispostos como círculos concêntricos.

Esquema ilustrativo mostra os traços que correspondem aos paralelos no globo terrestre.
Os paralelos são linhas imaginárias horizontais traçadas sobre o globo terrestre.

Essas linhas horizontais têm duas funções muito importantes:

A Linha do Equador é o paralelo de 0º de latitude e divide a Terra em dois hemisférios: norte e sul. É justamente a partir desse paralelo que são contadas as latitudes, que variam de 0º a 90º em ambos os hemisférios. Para além da Linha do Equador, temos outros quatro paralelos que chamamos de paralelos notáveis, por terem nomes específicos e auxiliarem na demarcação das diferentes zonas de calor do planeta. São eles:

Paralelos notáveis

Latitude

Círculo Polar Ártico

66º33’ N

Trópico de Câncer

23º27’ N

Linha do Equador

Trópico de Capricórnio

23º27’ S

Círculo Polar Antártico

66º33’ S

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que são meridianos?

Os meridianos são linhas imaginárias traçadas verticalmente no globo, sendo eles perpendiculares à Linha do Equador. Diferentemente dos paralelos, os meridianos não formam círculos concêntricos, mas sim semicírculos, que se estendem desde o polo norte até o polo sul do planeta. Todos os meridianos se encontram em ambos esses extremos. e têm o mesmo tamanho (ou extensão).

Esquema ilustrativo mostra os traços que correspondem aos meridianos no globo terrestre.
Os meridianos são linhas imaginárias traçadas verticalmente sobre o planeta Terra.

Essas linhas imaginárias verticais possuem, igualmente, função cartográfica e de orientação tanto no tempo quanto no espaço. São essas funções:

Os dois principais meridianos, e que são usados como referência para a medição da longitude, são:

Meridiano

Longitude

Meridiano de Greenwich

Linha Internacional da Data

180º

Como identificar os paralelos e meridianos?

Os paralelos e os meridianos podem ser identificados com o auxílio diferentes tipos de mapas temáticos e dos planisférios terrestres. Essas representações cartográficas do planeta Terra apresentam, na maioria das vezes, um reticulado sobre elas que correspondem aos paralelos (linhas horizontais) e aos meridianos (linhas verticais). Em alguns casos, apenas a coordenada de cada linha, isto é, a latitude e a longitude, está indicada nas margens do mapa, o que também é útil na identificação dos paralelos e dos meridianos.

Planisfério terrestre
Os mapas, como o planisfério, são importantes na identificação dos paralelos e dos meridianos.

Os instrumentos de navegação e de orientação no espaço, como aplicativos e aparelhos de GPS (Sistema de Posicionamento Global), também são eficazes na identificação dos paralelos e dos meridianos. Com eles é possível saber as coordenadas geográficas de qualquer ponto na superfície terrestre. As coordenadas são formadas pelas latitudes, que representam os paralelos, e pelas longitudes, que correspondem aos meridianos.

Leia também: Mapa-múndi — a representação do globo terrestre em um plano

Latitude e longitude

A latitude e a longitude são, respectivamente, as medidas dos paralelos e dos meridianos. Entenda melhor o que representa cada uma delas:

  • Latitude: distância, em graus, minutos e segundos, entre qualquer ponto da superfície terrestre e a Linha do Equador (0º de latitude). Varia de 0º a 90º em ambos os hemisférios, norte e sul.

  • Longitude: distância, em graus, minutos e segundos, entre qualquer ponto da superfície terrestre e o Meridiano de Greenwich (0º de longitude). Varia de 0º a 180º em ambos os hemisférios, oeste e leste. É importante para a determinação dos fusos horários.

Diferenças entre paralelos e meridianos

Paralelos

Meridianos

Linhas imaginárias traçadas horizontalmente sobre a superfície terrestre.

Linhas imaginárias traçadas verticalmente sobre a superfície terrestre.

Dão a volta no planeta Terra e formam círculos concêntricos.

Não dão uma volta completa no planeta Terra, formando semicírculos.

A medida de um paralelo recebe o nome de latitude.

A medida de um meridiano recebe o nome de longitude.

O principal paralelo é a Linha do Equador, que divide a Terra nos hemisférios norte e sul.

O principal meridiano é o Meridiano de Greenwich, que divide a Terra nos hemisférios oeste e leste.

Sua medida (latitude) varia de 0º a 90º em ambos os hemisférios.

Sua medida (longitude) varia de 0º a 180º em ambos os hemisférios.

Importância dos paralelos e meridianos

Os paralelos e os meridianos são linhas imaginárias que compõem o sistema cartográfico e têm grande importância para identificar a posição precisa de um ponto qualquer ou de um referencial na vasta superfície do planeta Terra. Esse sistema é, ainda, fundamental nos deslocamentos de um ponto A até um ponto B, auxiliando na navegação e na orientação no espaço geográfico.

Para além de suas funções cartográficas, os paralelos e meridianos têm importância na demarcação das zonas climáticas do planeta Terra, em especial quando se trata dos paralelos notáveis, e também para a definição dos intervalos que correspondem a cada um dos 24 fusos horários.

Exercícios sobre paralelos e meridianos

Questão 1

(Unicamp 2013) A imagem abaixo mostra um local por onde passa o Trópico de Capricórnio. Sobre o Trópico de Capricórnio, podemos afirmar que:

Local por onde passa o Trópico de Capricórnio.

a) É a linha imaginária ao sul do Equador, onde os raios solares incidem sobre a superfície de forma perpendicular, o que ocorre em um único dia no ano.

b) Os raios solares incidem perpendicularmente nessa linha imaginária durante o solstício de inverno, o que ocorre duas vezes por ano.

c) Durante o equinócio, os raios solares atingem de forma perpendicular à superfície no trópico de Capricórnio, marcando o início do verão.

d) No início do verão (21 ou 22 de dezembro), as noites têm a mesma duração que os dias no Trópico de Capricórnio.

Resolução: Alternativa A. O Trópico de Capricórnio é um paralelo, isto é, uma linha imaginária horizontal situada abaixo da Linha do Equador, na latitude de 23º27’ S. Em um dia no ano, durante o solstício de verão, a luz solar incide perpendicularmente sobre ele.

Questão 2

(UERR 2022) A rede de paralelos e meridianos concebida na Grécia Antiga recebeu valores expressos em graus, baseando-se em um sistema sexagesimal que os gregos adotaram da cultura babilônica.

O cruzamento de um paralelo com um meridiano dá origem às coordenadas geográficas e tem a finalidade de:

a) traçar a rede geográfica da superfície esférica da Terra em um plano.

b) permitir a localização precisa de qualquer ponto sobre a superfície terrestre.

c) estabelecer a diferença, em graus, entre o norte geográfico e o norte magnético.

d) padronizar o cálculo de tempo em todo o planeta Terra.

e) representar a relação de proporção entre a área real e a sua representação.

Resolução: Alternativa B.

Fontes:

IBGE. Conceitos gerais: Coordenadas geográficas. IBGE. Atlas Escolar, 2022. Disponível em: https://atlasescolar.ibge.gov.br/conceitos-gerais/o-que-e-cartografia/coordenadas-geogra-ficas.html.

MOREIRA, Igor. O Espaço Geográfico: Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Editora Ática, 2004. 47ª edição, 3ª reimp. 455p.

SENE, Eustáquio de. Geografia geral e do Brasil, 6º ano: ensino fundamental, anos finais. São Paulo: Scipione, 2018, 268p.

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Paralelos e meridianos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/paralelos-meridianos.htm. Acesso em 14 de abril de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

Assinale a alternativa que apresenta a correta definição de paralelo:

a) Distância em graus de qualquer ponto da superfície terrestre em relação à Linha do Equador.

b) Linha imaginária traçada verticalmente no sentido leste-oeste, circundando a Terra.

c) Distância em graus de qualquer ponto da superfície em relação ao Meridiano de Greenwich.

d) Linha imaginária que circunda a Terra no sentido horizontal norte-sul.

Exercício 2

Assinale a alternativa que indica a definição correta de meridiano:

a) Eixo imaginário que circunda a Terra verticalmente, variando no sentido leste-oeste.

b) Eixo imaginário que circunda a Terra no sentido norte-sul, variando de 0º a 90º.

c) Distância em graus de qualquer ponto da superfície em relação ao Meridiano de Greenwich.

d) Distância em graus de qualquer ponto da superfície terrestre em relação à Linha do Equador.