Rio Amazonas

Geografia do Brasil

O Rio Amazonas é o segundo rio mais extenso do planeta, além de deter a maior vazão de água do mundo.
PUBLICIDADE

O Amazonas é o segundo rio mais extenso do planeta, apresenta 6,4 mil quilômetros, sendo menor apenas que o rio Nilo (7.400 quilômetros). No entanto, apresenta a maior vazão de água. A nascente do rio Amazonas está localizada no lago Lauri, nos Andes do Peru. O rio Amazonas está presente nos países do Peru, Colômbia e Brasil, em sua bacia hidrográfica estão também os países da Bolívia, Equador, Venezuela e Guiana.

O rio nasce com o nome de Vilcanota e recebe depois as denominações de Uicaiali, Urubamba e Marañón. Quando entra no Brasil, torna-se Solimões, até o encontro com o rio Negro, próximo de Manaus. Desse ponto até a foz recebe o nome de Amazonas. No território brasileiro, esse grande e importante rio desce de 82 metros de altitude, em Benjamin Constant, dirigindo-se ao oceano depois de uma trajetória de 3.165 quilômetros.

O encontro do rio Negro com o rio Solimões proporciona uma imagem de grande beleza, isso porque os rios possuem águas de coloração distinta, o rio Negro apresenta águas escuras em razão da dissolução de ácido húmico, e o Solimões, águas claras; ao se encontrarem, suas respectivas águas não se misturam.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Encontro do rio Negro com o rio Solimões

Nos 3.165 quilômetros que percorre em território brasileiro, o rio Amazonas sofre um desnível suave e progressivo de apenas 82 metros, essa característica proporciona excelentes condições de navegação, recebendo navios desde sua foz, onde se localiza a cidade de Belém, até Manaus. Em 1997, foi inaugurada a hidrovia do rio Madeira, que opera de Porto Velho a Itaquatiara.

Durante todo o seu percurso, o rio Amazonas possui uma grande quantidade de afluentes, entre os mais importantes estão o Huallaga, Ucayali, Pastaza, Napo (Peru); Javari, Juruá, Purus, Madeira, Tapajós, Xingu, Içá, Japurá, Negro, Trombetas, Paru e Jari (Brasil).

Outra característica marcante do rio Amazonas é o fenômeno da pororoca, que consiste na formação de ondas provenientes do encontro violento das águas do rio com o oceano Atlântico, a pororoca acontece principalmente no mês de outubro, pois nesse período o nível do rio está baixo e a maré alta.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia

O Rio Amazonas possui uma grande quantidade de afluentes
O Rio Amazonas possui uma grande quantidade de afluentes

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FRANCISCO, Wagner de Cerqueira e. "Rio Amazonas "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/rio-amazonas.htm. Acesso em 27 de novembro de 2020.

Lista de Exercícios
Questão 1

Com aproximadamente 6,4 mil quilômetros de extensão, o Rio Amazonas é o segundo maior do planeta. Esse fato faz com que o rio esteja presente em vários países. Portanto, marque a alternativa que indica os países banhados por esse rio.

a) Peru, Brasil e Venezuela

b) Argentina, Uruguai e Paraguai

c) Brasil, Bolívia e Chile

d) Venezuela, Guiana e Brasil

e) Peru, Colômbia e Brasil 

Questão 2

Marque a alternativa que corresponde ao país onde se localiza a nascente do Rio Amazonas.

a) Peru

b) Brasil

c) Venezuela

d) Colômbia

e) Guiana
 

Mais Questões
Complexo regional amazônico em destaque no mapa
Geografia do Brasil Complexo regional amazônico
Geografia Rio Nilo
Geografia do Brasil Bacias hidrográficas do Brasil
Geografia do Brasil Bacia Amazônica
Vários trechos da rodovia Transamazônica são intransitáveis
Geografia do Brasil Transamazônica
Todos os dias a Floresta Amazônica emite milhares de litros de água em forma de vapor, que dão origem aos rios voadores
Geografia do Brasil Rios voadores da Amazônia