Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

O que é biodiversidade?

O que é biodiversidade? Esse termo faz referência à variedade genética e de funções ecológicas desempenhadas pelas diferentes espécies.

A variedade e variabilidade das espécies do planeta podem ser definidas como biodiversidade
A variedade e variabilidade das espécies do planeta podem ser definidas como biodiversidade
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

O termo biodiversidade é amplamente conhecido e divulgado, principalmente quando o assunto é preservação ambiental. Esse termo foi criado em 1985 a partir da junção das palavras “diversidade” e “biológica” e, posteriormente, em 1986, foi utilizado em um relatório apresentado pelo entomologista E.O. Wilson. A partir daí, a palavra biodiversidade tornou-se conhecida mundialmente, sendo até hoje utilizada em referência à vida no planeta.

Tópicos deste artigo

O que é biodiversidade?

Como o próprio nome indica, biodiversidade trata da diversidade de vida em todos os ecossistemas existentes, seja no mais profundo oceano, seja no topo das mais altas montanhas. Ela é usada em referência não apenas ao número de organismos existentes, como também à variedade genética e de funções ecológicas desempenhadas pelas diferentes espécies.

De acordo com o Artigo 2 da Convenção sobre Diversidade Biológica, a biodiversidade pode ser definida como: “a variabilidade de organismos vivos de todas as origens, compreendendo, dentre outros, os ecossistemas terrestres, marinhos e outros ecossistemas aquáticos e os complexos ecológicos de que fazem parte; compreendendo ainda a diversidade dentro de espécies, entre espécies e de ecossistemas."

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Perda da biodiversidade

A perda da biodiversidade é um problema que vem ocorrendo em todo o mundo, em especial nas regiões tropicais do globo. A diminuição da variedade de vida no planeta pode trazer consequências graves, uma vez que uma espécie que entra em extinção coloca em risco várias outras, uma vez que um organismo não vive isoladamente.

Um dos maiores responsáveis pela perda da biodiversidade é o próprio homem, que, em sua procura incessante por desenvolvimento e expansão de territórios, afeta negativamente o meio ambiente. Entre os principais processos responsáveis pela perda de diversidade biológica, podemos citar a destruição de habitat, exploração exagerada de espécies animais e vegetais, introdução de espécies exóticas, ampliação da agropecuária, poluição e mudanças climáticas.

Convenção sobre Diversidade Biológica

A Convenção sobre Diversidade Biológica é um tratado da Organização das Nações Unidas que foi criado na ECO-92. Esse tratado entrou em vigor em dezembro de 1993, com a assinatura de mais de 160 países, e trata de importantes questões ambientais, como a conservação das espécies, desenvolvimento sustentável e a divisão dos benefícios gerados a partir do uso dos recursos genéticos. É essa convenção que norteia a elaboração de políticas relacionadas com o meio ambiente.

Curiosidade: O Brasil assinou a Convenção sobre Diversidade Biológica em 5 de junho de 1992.

Por Ma. Vanessa dos Santos

Escritor do artigo
Escrito por: Vanessa Sardinha dos Santos Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Goiás (2008) e mestrado em Biodiversidade Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atua como professora de Ciências e Biologia da Educação Básica desde 2008.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "O que é biodiversidade?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-biodiversidade.htm. Acesso em 18 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas


PUBLICIDADE