Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Florestas

Florestas são de extrema importância para a manutenção da biodiversidade do planeta, sendo, ainda, uma fonte de recursos para inúmeras populações.

Paisagem natural de uma floresta.
As florestas são caracterizadas pela predominância de espécies lenhosas e pela formação de um dossel.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

As florestas são amplos ecossistemas formados por uma grande variedade de animais e plantas, com a predominância de vegetação lenhosa com copas elevadas, formando o que conhecemos como dossel. Elas recobrem cerca de um terço da superfície do planeta e metade da área do Brasil, sendo de extrema importância para a manutenção da biodiversidade mundial, para o equilíbrio climático e para diversas populações que dependem diretamente dos recursos obtidos nelas.

Leia também: Desertos — áreas onde predominam o clima árido e a escassez de chuvas

Tópicos deste artigo

Resumo sobre florestas

  • São ecossistemas formados predominantemente por plantas lenhosas que possuem copas elevadas, formando um dossel.

  • Em seu interior existem diversos estratos de vegetação.

  • Formam-se por um processo denominado sucessão ecológica.

  • Existem várias formas de classificá-las, uma delas pela latitude. Assim, temos florestas tropicais, temperadas e boreais.

  • São importantes porque abrigam grande parte da biodiversidade do mundo e armazenam grande quantidade de carbono. Além disso, várias populações dependem dos recursos obtidos nelas para a sua subsistência.

  • Delas muitas atividades econômicas também retiram matérias-primas.

  • A área recoberta por florestas no Brasil corresponde à metade da área total do país.

  • A Amazônia é a maior floresta do Brasil e do mundo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que são as florestas?

As florestas são amplos conjuntos vegetacionais que recobrem superfícies muito extensas e são formados predominantemente por árvores lenhosas, aquelas que possuem caule composto por madeira, com copas elevadas, que, pela proximidade de suas folhas, dão origem a um dossel, estrutura característica dessa formação vegetal. Essa definição é apresentada pelo Sistema Nacional de Informações Florestais, o Snif.|1|

Como é apontado pelo próprio Snif, a definição de floresta não é única, tampouco unânime. Ela varia de acordo com o propósito almejado, como manejo, pesquisa e conservação, e sobretudo conforme a organização, grupo ou entidade que a elabora. Dessa forma, no Brasil utiliza duas definições, tanto a do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) quanto a da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO, na sigla em inglês):

  • FAO: considera floresta todo conjunto vegetacional que se estende por mais de 0,5 hectare (0,005 km²) e é formado por árvores com estatura superior a cinco metros, além de uma cobertura de copa maior do que 10%. Não estão inclusas nessa definição as áreas com diferentes usos do solo, como superfícies agrícolas ou urbanizadas.|1||2|

  • IBGE: caracteriza as florestas como adensamentos de plantas em que é possível identificar quatro estratos bem definidos, que são: herbáceo, arbustivo, arbóreo baixo e arbóreo. É levada em consideração ainda a altura das espécies vegetais predominantes, que varia entre 20 m e 50 m. Em função da altura das árvores, a luz do Sol que penetra nas formações florestais é limitada.|3|

Como é a formação das florestas?

Dossel de uma floresta tropical.
Dossel de uma floresta tropical.

As florestas naturais se formam por diferentes etapas de desenvolvimento até atingirem o seu clímax, chegando ao estágio florestal. Esse processo é denominado sucessão ecológica. A maneira como ele decorre dependerá das características edafoclimáticas da área, isto é, do solo e do clima, o que influenciará, então, no seu tempo de desenvolvimento. No geral, as florestas demoram até 100 anos para se formarem.

O primeiro momento da formação das florestas é chamado de estágio pioneiro, em que se observa uma vegetação rasteira (herbáceas e gramíneas) e pouco diversa que recobre um solo ainda pobre em matéria orgânica e nutrientes. Na medida em que o ciclo de vida das plantas presentes nessa primeira fase chega ao fim, tem-se a sua deposição no solo e a formação da serrapilheira, fornecendo um aporte de matéria orgânica e umidade ao solo.

O estrato rasteiro dá lugar ao arbustivo, com o aparecimento de arbustos de pequeno e médio porte que podem chegar a até três metros de altura, no estágio denominado capoeirinha. Com o passar dos anos, caso não haja distúrbio no ambiente, observa-se o desenvolvimento de árvores de grande porte e a presença de maior diversidade de flora e de fauna. Esse estágio é denominado capoeira.

A próxima etapa é conhecida como capoeirão, em que se identifica a formação de um sub-bosque e outros dois diferentes estágios constituídos por uma maior quantidade de espécies vegetais, além de se observar o início do desenvolvimento do dossel, que ainda não se apresenta fechado. Isso acontece somente na última etapa, o clímax, em que as árvores ultrapassam os 20 metros de altura e a floresta abriga animais de diversas espécies e tamanhos, além de uma grande variedade de plantas que se adensam cada vez mais.

Tipos de florestas

As florestas podem ser classificadas de acordo com vários critérios, sendo um deles a latitude, isto é, a área do planeta em que se formam. Diante disso, três tipos delas são identificados. Veja a seguir.

→ Florestas tropicais

Vista aérea da Floresta Amazônica.
A Floresta Amazônica é um exemplo de floresta atropical.

As florestas tropicais ocorrem nas áreas de baixa latitude, onde predominam climas quentes e úmidos, com ausência de uma estação seca. São caracterizadas pela grande biodiversidade, com vegetação densa e constituída por todos os estratos vegetais. As árvores têm folhas largas e perenes (sempre verdes), que não se perdem durante o ano.

→ Florestas temperadas

Área com presença de uma floresta temperada.
As florestas temperadas chamam atenção pela coloração que suas folhas assumem no outono.

As florestas temperadas se desenvolvem nas regiões de latitude média, onde predominam climas temperados, caracterizados por estações alternadamente secas e chuvosas, além de temperaturas amenas durante a maior parte do ano. São formadas por vegetação caducifólia (ou decídua), que perde suas folhas durante a estação seca.

→ Florestas boreais

Vista de uma floresta de coníferas.
As florestas boreais são também chamadas de florestas de coníferas pela formação vegetal que possuem.

As florestas boreais, conhecidas também como florestas de coníferas, são típicas do bioma Taiga, que se desenvolve em áreas de alta latitude, onde predominam climas frios com invernos úmidos. São formadas por espécies de coníferas, adaptadas à neve.

Veja também: Pradarias — coberturas vegetais presentes em regiões de clima temperado subúmido

Por que as florestas são importantes?

As florestas são importantes porque constituem ecossistemas que abrigam inúmeras espécies de animais e plantas, portanto, contêm uma boa parcela da biodiversidade do mundo. A sua retenção de umidade e o processo de evapotranspiração auxiliam na manutenção do clima e no controle do microclima de determinada região, amenizando temperaturas e fornecendo umidade para o ar. Em alguns casos, como no da Amazônia, essa umidade é carregada por milhares de quilômetros pelas correntes de ar e provoca chuvas em outras regiões, fenômeno conhecido como rios voadores.

A importância das florestas inclui ainda o fato de que elas absorvem uma grande quantidade de gás carbônico (CO2) da atmosfera para a realização da fotossíntese, armazenando ainda o carbono em sua estrutura vegetal e na biomassa produzida.

Além do ambiental, as florestas têm um importante papel socioeconômico. Elas são fonte de matérias-primas, alimentos e plantas e ervas medicinais para diversas populações que vivem próximo a elas. Algumas dessas populações sobrevivem integralmente dos recursos encontrados nas florestas. Delas são retiradas também matérias-primas para a indústria, como a madeireira.

Florestas brasileiras

As florestas brasileiras recobrem quase 60% da superfície do país, o que corresponde a 500 milhões de hectares, de acordo com dados do Snif. Pouco mais de 97% dessas áreas são formados por florestas naturais, enquanto somente 1,97% é de floresta plantada. As florestas estão presentes em praticamente todos os biomas que formam a paisagem natural brasileira, sendo predominantes na Amazônia.

A Floresta Amazônia é a maior floresta do Brasil e do mundo, estendendo-se por um total de nove territórios. Ela abriga milhões de espécies de animais e milhares de espécies de plantas, além de ser atravessada por um dos mais importantes rios do país, o Amazonas.

A segunda maior área florestada do Brasil fica no bioma Cerrado. Em ambos os casos, extensas porções têm sido devastadas para a instalação de cultivos agropecuários e para a exploração madeireira.

Área remanescente da Mata Atlântica em Santa Catarina, no Brasil.
Área remanescente da Mata Atlântica em Santa Catarina, no Brasil.

Outra importante floresta brasileira é a Mata Atlântica, que se estende por 17 estados brasileiros na parcela leste do território, desde o Nordeste até o Sul do país. Ela é habitat para milhares de espécies de animais, além de conter mais de 15 mil espécies de plantas. É importante ressaltar que a área da Mata Atlântica coincide com as regiões mais populosas do país.

Vivem nesse bioma aproximadamente 70% da população brasileira, fator que condicionou a elevada taxa de desmatamento observada na floresta em decorrência da ampliação das áreas urbanizadas, da industrialização, da exploração para fins econômicos e da poluição.

Florestas do mundo

A área do planeta recoberta com florestas é de 31%, metade dela se encontra em bom estado de conservação, de acordo com dados da FAO. Além disso, elas concentram a maior parcela da biodiversidade do planeta. As florestas não se encontram distribuídas de maneira uniforme pelos países, concentrando-se especialmente nas regiões mais úmidas de baixa latitude.

O relatório mais recente da FAO sobre as florestas do mundo aponta que 50% da área florestada se concentram em apenas cinco países. São eles:

O principal problema enfrentado hoje nas florestas do mundo é o desmatamento com o propósito de abertura de novas áreas para o desempenho da atividade agropecuária. As maiores perdas foram identificadas na América do Sul, mais especificamente no Brasil, e no continente africano.

Notas

|1| SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES FLORESTAIS – SNIF. Conhecendo Sobre Florestas: Definição de Florestas. Disponível aqui.

|2| FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS – FAO. Global Forest Resources Assessment - 2020: Terms and Definitions. Roma: FAO, 2018. Disponível aqui.

|3| INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Manuais Técnicos em Geociências – número 1: Manual Técnico da Vegetação Brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2012. 2 ed. Disponível aqui.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Florestas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/florestas.htm. Acesso em 16 de agosto de 2022.

De estudante para estudante


Qual o menor país do mundo?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

O que é tectonismo?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

Lista de exercícios


Exercício 1

Qual a principal característica do estado pioneiro de formação de florestas?

A) Hegemonia de espécies de troncos e galhos bastante tortuosos.

B) Predomínio de árvores muito desenvolvidas, com alta estatura.

C) Existência de vegetais altamente resistentes ao clima subárido.

D) Presença de espécies de árvores com caules grandes e grossos.

E) Ocorrência de vegetação rasteira, como gramíneas e herbáceas.

Exercício 2

Como é chamada a fase de formação florestal caracterizada pela formação de um sub-bosque com o início da constituição de um dossel?

A) Restinga.

B) Clímax.

C) Capoeirão.

D) Capão.

E) Capoeira.

PUBLICIDADE

Estude agora


Continente Americano: aspectos gerais e divisão territorial

Assista à nossa aula sobre o continente americano e conheça os aspectos marcantes da geografia desse território....

Quem foi Che Guevara?

Assista a nossa videoaula para conhecer a história de Ernesto Guevara, mais conhecido como "Che" Guevara...