Sucessão ecológica

Biologia

Sucessão ecológica pode ser definida como um processo gradual e progressivo de mudanças na comunidade de um ecossistema até que se estabeleça uma comunidade clímax.
PUBLICIDADE

A sucessão ecológica é uma sequência de alterações graduais e progressivas na comunidade de um ecossistema, as quais podem ocorrer após uma pertubação ou após o surgimento de um novo habitat.

Em uma sucessão ecológica, observamos progressivamente a mudança na composição e na estrutura das comunidades, até que ocorra o estabelecimento da comunidade clímax, ou seja, de uma comunidade estável.

Leia também: Diferença entre população e comunidade

Sucessão ecológica primária

A sucessão ecológica primária acontece em ambientes que anteriormente não haviam sido ocupados por outros organismos, ou seja, em áreas praticamente sem vida. Essa situação ocorre, por exemplo, em afloramentos rochosos, superfície de areia com exposição recente e lava vulcânica recém solidificada.

Imagine, por exemplo, a sucessão ecológica em um afloramento rochoso. Inicialmente o que observamos é a presença de organismos como bactérias e protozoários, e, posteriormente, o desenvolvimento de outros seres. De uma maneira geral, os primeiros organismos fotossintetizantes a fixarem-se no ambiente são os líquens e os musgos, sendo essas espécies chamadas de pioneiras.

A sucessão primária ocorre em locais onde anteriormente não havia vida.
A sucessão primária ocorre em locais onde anteriormente não havia vida.

Na medida em que esses organismos fixam-se e a ação do vento e do sol ocorre sobre o ambiente, vemos a formação do solo.

O solo então se desenvolve e a matéria orgânica acumula-se no local. Inicia-se, após esse momento, a colonização por outras espécies, como plantas herbáceas, arbustos e árvores. Essa substituição de espécies ocorre até que seja observada uma comunidade estável (comunidade clímax), um processo que pode demorar décadas.

Em 1883 o vulcão Cracatoa entrou em erupção e foi responsável pela destruição da ilha de mesmo nome. A vida no local foi exterminada, e os fragmentos da ilha tornaram-se importantes para o estudo da sucessão ecológica primária.

Inicialmente, nessa ilha, observou-se o surgimento de gramíneas e samambaias, e, com o tempo, uma verdadeira floresta formou-se. Em 1920, várias espécies pioneiras já haviam desaparecido e uma floresta fechada havia se desenvolvido em grande parte da ilha.

Leia também: Supervulcão de Yellowstone

 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Sucessão ecológica secundária

A sucessão ecológica secundária acontece em áreas que já apresentaram uma comunidade. Nesse caso o que se observa é que aquela área sofreu algum tipo de distúrbio, o que causou a destruição de sua comunidade original.

A sucessão secundária leva à recuperação de áreas desmatadas.
A sucessão secundária leva à recuperação de áreas desmatadas.

A sucessão ecológica secundária pode ser observada, por exemplo, em áreas desmatadas, regiões atingidas por furacões e clareiras.

Nesses locais podem ser encontrados vestígios de alguns organismos, como sementes e raízes, e, devido a esse fator, essa sucessão ocorre de maneira mais rápida do que a primária. Além disso, pelo fato de que naquela área já houve uma comunidade, temos um território mais propicio ao desenvolvimento de espécies.

Leia também: Espécies invasoras

Mapa Mental: Sucessão ecológica

* Para baixar o mapa mental em PDF, clique aqui!

Estágios da sucessão ecológica

A sucessão ecológica pode ser dividida em três estágios: comunidade pioneira, comunidade intermediária e comunidade clímax. Veja, a seguir, mais sobre cada um desses estágios.

  • Comunidade pioneira

É formada pelos primeiros organismos que se instalam em uma região, como os líquens e musgos em rochas. De uma maneira geral, as espécies pioneiras apresentam como características: o crescimento e amadurecimentos rápidos, fácil dispersão e brotos que são intolerantes à sombra. Essas características tornam as espécies pioneiras organismos com grande capacidade de colonização.

O desenvolvimento da comunidade pioneira está diretamente relacionado com o das comunidades intermediárias. Algumas vezes observamos que a comunidade pioneira é responsável por facilitar o desenvolvimento de outras espécies, uma vez que é responsável por aumentar, entre outros fatores, a biomassa da região.

Entretanto, nem sempre isso é observado. Algumas espécies podem inibir o desenvolvimento de outras, e outras espécies, no entanto, podem desenvolver-se sem influenciar as demais.

Os líquens atuam muitas vezes como espécies pioneiras.
Os líquens atuam muitas vezes como espécies pioneiras.
  • Comunidade intermediária

É aquela que se apresenta como uma comunidade de transição, em que é observado um aumento na diversidade, porém o ecossistema ainda não atingiu seu auge.

  • Comunidade clímax

É aquela em que se observa o auge da diversidade em um ecossistema. Nessa comunidade o que se percebe, geralmente, é uma maior biomassa e também uma teia alimentar mais complexa do que nas outras comunidades.

Eventos que ocorrem ao longo de uma sucessão

Na medida em que a sucessão ecológica ocorre, podemos observar uma série de modificações no ecossistema. Veja algumas dessas alterações:

  • Aumento da biodiversidade e da complexidade da comunidade do ecossistema.

  • Aumento de biomassa.

  • Tendência ao aumento do tamanho dos indivíduos.

  • Surgimento de organismos com ciclo de vida mais complexo e longo.

  • Aumento rápido das espécies que compõem a comunidade (inicialmente) e mudança mais lenta da composição (posteriormente).

  • Formação de teias alimentares complexas.

  • Aumento da taxa de fotossíntese em relação à taxa de respiração (inicialmente), seguido de igualação entre ambas as taxas (ao longo dos anos).

Exercícios resolvidos

EXERCÍCIO 1- (IFSul) Sucessão ecológica representa o processo de mudanças sucessivas nas comunidades que compõem um ecossistema. Durante esse processo, vários eventos ocorrem, ao longo da sucessão, até o estabelecimento de uma comunidade estável. Sobre esses eventos, são feitas as seguintes afirmações:

I. A produtividade primária bruta aumenta no início do processo, depois se estabiliza.

II. A diversidade das espécies aumenta, assim como a biomassa, atingindo o máximo no clímax.

III. A reciclagem dos nutrientes aumenta no início do processo, tornando-se mais rápida.

IV. As cadeias alimentares tornam-se mais simples, pois aumenta o número de nichos ecológicos.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I, III e IV.

b) I, II e III.

c) II, III e IV.

d) I, II e IV.


Resolução do exercício 1: Letra B. Apenas a afirmação IV está incorreta, pois a medida que a sucessão ecológica ocorre, mais complexas se tornam as cadeias alimentares.

EXERCÍCIO 2- (PUC-RIO) “Krakatau, uma ilha do tamanho de Manhattan, localizada entre Java e Sumatra, foi destruída em 1883 após uma série de poderosas erupções vulcânicas. Apenas um pequeno pedaço da ilha original permaneceu acima do nível do mar. Essa pequena ilha, chamada de Rakata, não possuía qualquer vida, era uma ilha estéril. Mas a vida logo começou a surgir novamente…”

WILSON, E. O. Diversidade da vida. Companhia das Letras, 1992. Adaptado.

Quando o biólogo E. O. Wilson diz que “a vida logo começou a surgir novamente”, ele estava se referindo a que fenômeno ecológico?

a) Sucessão secundária.

b) Biomagnificação.

c) Sucessão primária.

d) Insularização.

e) Isolamento geográfico.


Resolução do exercício 2: Letra c. A sucessão ecológica primária ocorre em ambientes que não foram ocupados anteriormente, portanto, a sucessão relatada pelo biólogo E. O. Wilson pode ser assim classificada.

 

Por Ma Vanessa Sardinha dos Santos

A sucessão ecológica pode ocorrer em ambientes nunca ocupados por outros organismos, como em lava vulcânica recém solidificada.
A sucessão ecológica pode ocorrer em ambientes nunca ocupados por outros organismos, como em lava vulcânica recém solidificada.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Sucessão ecológica"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/sucessoes-ecologica.htm. Acesso em 27 de outubro de 2020.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

A sucessão ecológica ocorre até que se atinja o estágio final, onde é observada uma comunidade relativamente estável. O produto final do processo de sucessão é chamado de:

a) comunidade pioneira.

b) comunidade primária.

c) comunidade secundária.

d) comunidade clímax.

e) comunidade estática.

Questão 2

Sucessão ecológica é o nome dado a uma série de mudanças que ocorrem nas comunidades de um determinado ecossistema. Sobre a sucessão primária, marque a alternativa correta:

a) A sucessão primária ocorre em uma área que já foi ocupada por uma comunidade anteriormente.

b) A sucessão primária pode acontecer em áreas desmatadas, por exemplo.

c) A sucessão primária ocorre em ambientes estéreis, onde nunca houve a ocupação por seres vivos.

d) A sucessão primária é o último estágio da sucessão ecológica.

Mais Questões