Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Clima da região Norte do Brasil

O clima equatorial é predominante na região Norte, onde mantém uma relação de interdependência com a vegetação local. Esse clima é marcado pela alta umidade e pelo calor.

Rio Amazonas correndo pela Floresta Amazônica enquanto o Sol se põe no contexto do clima equatorial, o clima da região Norte.
O clima da região Norte do Brasil é marcado pelo calor e pela elevada umidade do ar.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O clima da região Norte do Brasil é quente e úmido, caracterizado pela baixa amplitude térmica e grandes volumes anuais de chuva, aspectos atrelados ao clima equatorial. Trata-se da região mais chuvosa e mais úmida do território nacional, aspectos influenciados por fatores climáticos como a incidência dos ventos alísios, a vegetação e principalmente a baixa latitude, visto se tratar de uma área atravessada pela linha do Equador. É importante destacar também que a vegetação mantém uma relação de interdependência com o clima da região Norte.

Leia também: Floresta equatorial — a floresta que se forma nas regiões de clima quente e úmido do planeta

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o clima da região Norte

  • O clima da região Norte é o clima equatorial, com exceção de algumas áreas, como parte de Roraima e de Tocantins, onde predomina o clima tropical.

  • Altas temperaturas durante o ano e elevada umidade do ar são as principais características do clima da região Norte.

  • A média de temperaturas na região Norte varia entre 25 e 27 °C.

  • Temperaturas mais baixas do que 18 °C são registradas quando há a ocorrência da friagem, que é a queda brusca das temperaturas devido ao avanço da massa de ar polar.

  • Esse clima é influenciado por fatores como a latitude, a vegetação e a incidência dos ventos alísios.

  • Existe uma relação de interdependência entre a vegetação da região Norte e o seu clima.

  • A manutenção da Floresta Amazônica é possível graças ao clima, que, por sua vez, depende da umidade fornecida pela vegetação por meio dos processos de transpiração.

Qual é o clima da região Norte?

O clima predominante na região Norte do Brasil é o clima equatorial. Em determinados estados e áreas, como no norte e leste de Roraima e no Tocantins, identifica-se a presença do clima tropical, que é a ocorrência climática predominante no território brasileiro.

Embora o equatorial seja o clima predominante nos estados e municípios dessa região do país, é importante ressaltar que, devido a fatores e condições atmosféricas locais,ainda a ocorrência do que denominamos de microclimas. É principalmente em áreas como o interior da Floresta Amazônica que encontramos diferentes microclimas, que destoam das condições atmosféricas das áreas ao redor.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características do clima da região Norte

O clima da região Norte apresenta características bastante particulares que o diferenciam dos demais climas que ocorrem no território brasileiro. No entanto, há um aspecto em comum com muitos deles: o calor. O clima equatorial que está presente na maioria dos estados do norte é marcado pelas elevadas temperaturas que predominam durante todo o ano.

As temperaturas médias anuais na região Norte variam na faixa de 25 a 27 °C, enquanto as máximas podem superar a marca dos 30 °C. Durante períodos em que as chuvas são menos volumosas, os termômetros tendem a registrar os maiores valores do ano. Em Manaus, capital do estado do Amazonas, por exemplo, a maior temperatura já registrada nos últimos 30 anos foi de 39 °C, marco atingido em 21 de agosto de 2015.|1|

As mínimas registradas na região Norte ficam comumente acima de 18 °C. A exceção acontece durante a passagem do fenômeno conhecido como friagem. A friagem acontece quando uma frente fria avança pela região Norte do país, ocasionada pela manutenção das características da massa de ar polar que se desloca pelo Brasil periodicamente. Com isso, há queda repentina das temperaturas, que chegam a 15 °C.

Diante das médias de temperatura, podemos concluir que há pouca variação nesse indicador no período de um ano. Assim, o clima da região Norte dispõe de baixa amplitude térmica.

Nuvens e chuva na região do Rio Amazonas, área de ocorrência do clima equatorial, o clima da região Norte do Brasil.
As chuvas são recorrentes na região Norte, registrando elevados volumes anuais.

Outra característica importante do clima da região Norte é a elevada umidade do ar. O volume de vapor d’água em suspensão na atmosfera varia entre 60 e 90%, valores que são considerados bastante elevados.

A região Norte é a mais chuvosa do território nacional. As chuvas são volumosas e bem distribuídas durante o ano, não sendo identificada a existência de um período de estiagem ou estação seca, com exceção das áreas de clima tropical que mencionamos anteriormente. O total anual de chuvas varia, de acordo com a área, entre 1500 e 2500 mm, chegando até a 3000 mm.

Já em algumas porções da região Norte, o clima que ocorre é o tropical. Além do calor durante a maior parte do ano, um aspecto importante a ser destacado nesse clima é a alternância entre uma estação seca e a outra estação chuvosa, que corresponde geralmente aos meses de verão.

Quais fatores influenciam o clima da região Norte?

O clima da região Norte é influenciado por diversos fatores, que descrevemos brevemente a seguir.

  • Latitude: a localização da região Norte na superfície terrestre é um dos principais fatores climáticos atuantes. Essa área fica situada em uma zona de baixa latitude próxima da linha do Equador, sendo a única grande região brasileira atravessada pelo paralelo de 0°. Em função disso, os raios solares incidem sobre ela de maneira perpendicular e com grande intensidade durante todo o ano, o que condiciona elevadas temperaturas ao clima da região. A maior incidência de calor do Sol condiciona ainda o processo de evaporação das águas superficiais dos inúmeros rios presentes na região, o que fornece umidade para o ar atmosférico.

  • Vegetação: a presença da Floresta Amazônica na região Norte favorece o desenvolvimento e a manutenção de um clima com altos teores de umidade, desempenhando também a função de regulador térmico — isto é, auxilia a amenizar as temperaturas e cria microclimas locais. O principal responsável por isso é o processo de transpiração das plantas.

  • Ventos e massas de ar: os ventos alísios carregam elevado teor de umidade para as zonas de baixa pressão do planeta, como aquela que se forma próximo à linha do Equador, chamada de Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). As massas de ar úmidas que sopram do oceano em direção ao continente atuam também na umidade da região Norte, especialmente nas cidades mais próximas do litoral.

Veja também: Bacia Amazônica — a maior bacia hidrográfica do mundo

Relação entre o clima e a vegetação da região Norte

Vista superior da Floresta Amazônica, um tipo de vegetação fortemente relacionada ao clima da região Norte do Brasil.
O clima da região Norte e a vegetação mantêm uma relação de interdependência.

Existe uma relação direta entre o clima e a vegetação da região Norte. Nessa área se desenvolveu a maior floresta tropical do mundo, a Floresta Amazônia, caracterizada pela exuberância de sua vegetação e pela predominância de árvores sempre-verdes que não perdem suas folhas durante o ano, além da formação de diferentes estratos de vegetação, que vão de plantas rasteiras até espécies com dezenas de metros de altura que formam um amplo dossel que recobre a floresta.

Tendo em vista a pobreza nutricional do solo sobre o qual essa vegetação se sustenta, a formação da Floresta Amazônica não seria possível sem a umidade, a luminosidade e o calor típicos da região Norte do Brasil.

Por outro lado, a manutenção do clima da região Norte se deve justamente à presença da floresta Amazônica, criando assim uma relação de interdependência. Embora esteja localizada no interior do continente, é graças à presença dessa formação vegetal que as massas de ar que se formam sobre a região Norte apresentam elevado teor de umidade, com destaque para a massa equatorial continental (mEc).

A umidade fornecida pela vegetação amazônica é importante ainda para a precipitação e para a regulação térmica do clima da região Norte, além de promover um fenômeno conhecido como rios voadores. Os rios voadores são volumes de umidade que são transferidos para outras regiões do Brasil pelos ventos que sopram das áreas de baixa latitude.

Notas

|1| CASTRO, Matheus. Manaus registra 38,2ºC no domingo (11) e tem novo recorde de calor em 2022. G1, 12 set. 2022. Disponível aqui.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Clima da região Norte do Brasil"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/a-vegetacao-clima-regiao-norte.htm. Acesso em 23 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas