Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Massas de ar

Geografia

Massas de ar são grandes volumes de ar com características próprias de pressão, umidade e temperatura, as quais variam de acordo com a sua região de origem.
As massas de ar possuem características próprias que podem alterar as condições temporais e influenciar diretamente no clima de uma região.
As massas de ar possuem características próprias que podem alterar as condições temporais e influenciar diretamente no clima de uma região.
PUBLICIDADE

Massas de ar são grandes volumes horizontais de ar que possuem características homogêneas de temperatura, umidade e pressão. Tais características são adquiridas na região de origem dessas massas, e se propagam para outras áreas à medida que elas se deslocam. As massas podem ser de origem oceânica ou continental e formadas em diferentes faixas latitudinais, sendo equatoriais, tropicais ou polares. As condições de tempo e clima no Brasil são influenciadas pela atuação de cinco massas de ar.

Leia também: Qual a diferença entre tempo e clima?

Resumo sobre as massas de ar

  • Massas de ar são grandes volumes de ar que possuem características homogêneas de pressão, temperatura e umidade.

  • Originam-se sobre extensas superfícies também homogêneas, das quais obtêm suas principais características.

  • Recebem o nome do seu local de origem, podendo ser oceânicas ou continentais, ou, ainda, conforme a latitude, sendo, assim, equatoriais, tropicais ou polares.

  • No Brasil, cinco massas de ar atuam na definição das condições do tempo e também do clima.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Videoaula sobre massas de ar

O que são as massas de ar?

As massas de ar são grandes volumes de ar ou corpos horizontais|1| que dispõem de características homogêneas no que diz respeito à:

  • Temperatura

  • Pressão

  • Umidade

Essas imensas porções da atmosfera se deslocam pela sua camada mais baixa, denominada troposfera. As massas de ar se formam geralmente sobre extensas superfícies que apresentam também condições homogêneas de temperatura, pressão e umidade, o que faz o que o ar que paira sobre elas adquira essas mesmas propriedades.

As superfícies onde se originam esses corpos são consideravelmente regulares, e se trata de áreas onde a circulação atmosférica ocorre com menor intensidade. Além disso, o tempo que a massa de ar permanece sobre tais regiões também determina a sua obtenção de características superficiais.

Tipos de massas de ar

Como vimos, as massas de ar adquirem as características das suas regiões de origem. Dessa forma, existem duas maneiras de se classificar uma massa de ar: conforme a latitude ou região do planeta em que surgiram, e também conforme a superfície sobre a qual foram geradas, podendo ser oceânicas ou continentais.

Temos, assim, os seguintes tipos de massas de ar:

  • Equatoriais: são formadas nas regiões próximo da Linha do Equador. São massas de ar quentes e comumente estáveis. Quando formadas sobre os oceanos e sobre as florestas tropicais, carregam muita umidade. Quando se formam sobre os continentes ou áreas desérticas, sua umidade é baixa, caracterizando, assim, massas quentes e secas.

  • Tropicais: são aquelas que se formam nas proximidades dos trópicos de Câncer ou de Capricórnio, respectivamente nos hemisférios Norte e Sul. Quando formadas sobre os oceanos, são massas tipicamente quentes e úmidas, como a Massa Tropical Atlântica (mTa). A Massa Tropical Continental (mTc) é também quente, mas dispõe de menor teor de umidade.

  • Polares: são aquelas formadas nas regiões mais frias do planeta, em latitudes superiores a 50º Norte ou Sul. Portanto, são massas bastante frias e úmidas, quando formadas nas superfícies oceânicas, e frias e secas, quando se formam sobre as superfícies continentais.

Leia também: Quais são os tipos de chuva?

Massas de ar no Brasil

O território brasileiro se encontra sob a influência de cinco massas de ar.

  • Massa Equatorial Continental (mEc): diferentemente das demais massas que têm origem em superfícies continentais, a mEc é uma massa quente e úmida. Isso ocorre porque ela surge sobre a Floresta Amazônica, que possui alta taxa de evapotranspiração, o que eleva os índices de umidade da porção da atmosfera que se encontra imediatamente acima dela. Soma-se a isso a umidade derivada dos extensos cursos d’água que formam a bacia Amazônica. Essa massa atua durante todo o ano na região Norte do Brasil, mas ganha forças no verão e se desloca também para outras regiões.

  • Massa Equatorial Atlântica (mEa): trata-se de uma massa quente e úmida que tem origem sobre as águas do oceano Atlântico. Atua principalmente nos litorais Norte e Nordeste do Brasil, ganhando mais força durante o verão.

  • Massa Tropical Atlântica (mTa): origina-se sobre o oceano Atlântico e, por isso, carrega consigo bastante umidade. Atua sobre o litoral do Brasil por estados das regiões Sul e Sudeste, chegando também em parte do Nordeste. No inverno, a sua intensidade é reduzida, especialmente na região Sul do país.

  • Massa Tropical Continental (mTc): origina-se próximo ao Trópico de Capricórnio, adentrando no território brasileiro a partir do sudoeste. Atua durante todo o ano sobre as regiões Centro-Oeste e Sul principalmente, e perde um pouco da sua força durante o inverno. Trata-se de uma massa quente e de baixa umidade.

  • Massa Polar Atlântica (mPa): principal massa de ar fria que atua no território brasileiro, o que se dá com maior intensidade durante o inverno. Além das baixas temperaturas, caracteriza-se também pelos elevados teores de umidade. Seu deslocamento proporciona a ocorrência de frentes frias por todo o território nacional, causando a queda de temperaturas e chuvas frontais, que decorrem do encontro de uma massa fria com outra massa quente. Na região Norte, é responsável pela friagem.

 Imagem de um vidro molhado pela chuva.
O avanço de uma massa de ar fria pode provocar chuvas frontais.

Como as massas de ar influenciam no clima?

As massas de ar não são estacionárias, ou seja, elas se deslocam horizontalmente pela estratosfera e carregam consigo as características de temperatura, umidade e pressão das suas regiões de origem. A sua movimentação se dá de áreas de alta pressão atmosférica em direção às áreas de baixa pressão, e, na medida em que se deslocam, elas causam alterações nas condições de tempo das regiões por onde passam, uma vez que suas características são, em parte, transferidas para elas.

Dessa forma, as massas de ar influenciam diretamente nas temperaturas e na umidade relativa do ar, principalmente, como vimos, no caso da mPa no Brasil. A dinâmica das massar de ar, o que inclui sua movimentação e a interação entre as diferentes massas, interfere, ainda, na composição e distribuição espacial dos climas.

É importante ressaltar que uma massa de ar vai gradativamente perdendo a sua força e as suas características à medida que se desloca, o que causa a diferença na forma de atuação de uma mesma massa de ar em diferentes regiões de um território.

Leia também: Influência das correntes marítimas no clima

Exercícios resolvidos sobre massas de ar

Questão 1 - (Fuvest) O Brasil possui um território extenso, com 92% pertencentes à zona intertropical. As massas de ar que atuam em território brasileiro possuem influências oceânicas e continentais. Sobre as características dessas massas de ar, é correto afirmar:

Imagem do mapa do Brasil e o esquema de algumas massas de ar.

A) W representa a Massa Equatorial Atlântica de ar quente e úmido, responsável pela grande umidade na Amazônia.

B) Y indica a Massa Polar Atlântica, que se desloca a partir do sul em direção ao norte do território brasileiro e tem como característica a presença de ar frio, podendo atingir a região Centro-Oeste no inverno.

C) Z indica a Massa Tropical Continental, que tem como característica a presença de ar quente e úmido, ocasionando alagamentos no Centro-Oeste no inverno.

D) X indica a Massa Equatorial Continental de ar quente e seco, que atua no nordeste do litoral brasileiro.

E) V representa a Massa Temperada Atlântica de ar frio e seco, que atua no sul do litoral brasileiro.

Resolução

Alternativa B. A letra Y na imagem indica a mPa, Massa Polar Atlântica. Trata-se de uma massa fria e úmida, que se desloca em direção às menores latitudes, ou seja, rumo ao Norte do país, atingindo outras áreas nesse caminho, como a região Centro-Oeste.

Questão 2 - (Uece) As massas de ar são parcelas do ar atmosférico que podem se formar sobre o continente ou sobre o oceano e geralmente adquirem as características dos locais onde foram produzidas.

Dentre as massas de ar que atuam no Brasil, a Massa Tropical Atlântica é

A) quente e úmida, e atua no litoral da região Sudeste do Brasil.

B) quente e úmida, e atua nas regiões Norte e Nordeste do Brasil.

C) quente e seca, no Chaco paraguaio e oeste paulista.

D) fria e instável, e atua no centro–sul do Brasil no inverno.

Resolução

Alternativa A. A Massa Tropical Atlântica é quente e úmida, uma vez que se forma sobre a superfície oceânica. Ela atua no litoral brasileiro, principalmente na região Sudeste.

Nota

|1| AYOADE, J. O. Introdução à climatologia para os trópicos. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. p. 332. 4ª ed. Tradução de Maria Juraci Zani dos Santos.

 


Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Massas de ar"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/massas-ar.htm. Acesso em 25 de setembro de 2021.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

As massas de ar são classificadas como um tipo de fator climático, ou seja, um fenômeno atmosférico que influencia o clima de diferentes lugares da Terra. Além disso, a ocorrência e a movimentação dessas massas de ar estão relacionadas com dois principais elementos climáticos, que são:

a) as frentes de ar e a umidade

b) a temperatura e a pressão atmosférica

c) a umidade e a temperatura

d) as latitudes e o movimento de rotação

e) as zonas térmicas e a pressão atmosférica

Questão 2

Os deslocamentos de massas de ar ocorrem na:

a) Estratosfera

b) Troposfera

c) Mesosfera

d) Termosfera

Mais Questões
Artigos Relacionados
Entenda como funciona a circulação das massas de ar na atmosfera e quais são as suas consequências.
Descubra como se forma a neblina e os lugares e ocasiões em que ela é mais comum.
Clique aqui e veja quais são os gases que fazem parte da composição do ar.
Entenda a diferença entre fatores e elementos climáticos e os seus principais tipos.
Clique para conhecer quais são as massas de ar que influenciam o Brasil!
Você já ouviu falar em rios voadores? Sim, eles existem! Leia e descubra como eles funcionam!
Você sabe o que é um sistema atmosférico? Clique aqui e aprenda!
Aprenda mais sobre os tipos de chuva e como esta é classificada. Saiba também como os tipos de chuva são influenciados pelo seu local de formação.
Descubra o que são os ventos alísios e como ocorre o seu sistema de movimentação em direção às zonas de convergência.