close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Organização dos Estados Americanos (OEA)

A OEA é um organismo regional de cooperação, sendo composta atualmente por 35 nações americanas.

Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

 A Organização dos Estados Americanos (OEA) é um organismo regional oficialmente criado no ano de 1948, com sede em Washington, nos Estados Unidos. É composta atualmente por 35 países, dentre eles o Brasil. Em toda a sua história, apenas dois membros passaram pelo processo de suspensão: Cuba e Honduras, que hoje fazem parte novamente dos quadros da organização.

Entre os objetivos da OEA estão a cooperação entre os seus membros, a consolidação e promoção da democracia representativa, bem como do desenvolvimento dos países-membros, e a garantia da soberania, paz e justiça entre os Estados americanos, conforme descrito na Carta da OEA. Para isso, apoia-se em quatro pilares:

Leia também: Mercosul – importante bloco econômico da América do Sul

Bandeira com o símbolo da OEA.
Bandeira com o símbolo da OEA.

Tópicos deste artigo

Quem faz parte da OEA?

A Organização dos Estados Americanos é formada atualmente por 35 nações, as quais estão listadas em ordem alfabética na tabela abaixo.

 

Nota-se que Cuba, que hoje faz parte dos quadros da organização, foi suspensa da OEA em 31 de janeiro de 1962, em decorrência da adoção do regime comunista pelo país após a Revolução Cubana (1959) e da consequente pressão imposta pelos Estados Unidos para a sua retirada. O país centro-americano teve sua suspensão revogada em 3 de junho de 2009.

No mesmo ano em que Cuba voltou a fazer parte da OEA, outro país da América Central sofreu suspensão: Honduras. O motivo foi o golpe de Estado que retirou do poder o então presidente Manuel Zelaya. O país foi readmitido na OEA em 2011, mediante o retorno de Zelaya ao território hondurenho, do qual havia sido expulso em 2009.

Em 2017, Nicolás Maduro anunciou a retirada da Venezuela da OEA, e o órgão aprovou, no ano seguinte, uma resolução para suspender o país. No entanto, em 2019, a saída da Venezuela da OEA foi cancelada.

A OEA conta, também, com nações de outros continentes, que desempenham a função de Observadores Permanentes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Qual a função da OEA?

Conforme estabelecido pela Carta da Organização dos Estados Americanos, documento que data de 1948, a OEA possui diversas atribuições, que vão da garantia da soberania nacional dos países e a promoção da democracia até a mediação de possíveis conflitos de diversas naturezas entre seus membros. Para o cumprimento de seus objetivos, a OEA apoia-se em quatro pilares: a democracia, os Direitos Humanos, a segurança e o desenvolvimento.

Nesse sentido, são destacados oito propósitos essenciais no Artigo 2 da Carta da OEA|1|:

  • garantia da paz e da segurança no continente;

  • promoção e consolidação da democracia representativa;

  • solução de impasses entre os membros e prevenção de causas de dificuldades que possam surgir entre eles;

  • organização da ação solidária dos países-membros em caso de agressão;

  • solução de problemas políticos, jurídicos e econômicos entre seus membros;

  • promoção do desenvolvimento econômico, cultural e social por meio da cooperação;

  • erradicação da pobreza crítica, considerada um entrave ao desenvolvimento democrático;

  • alcance de efetiva limitação de armamentos convencionais para dedicação de recursos ao desenvolvimento econômico-social dos Estados-membros.

Destaca-se que a OEA pode enviar, a pedido dos seus integrantes, missões de observação eleitoral com o propósito de acompanhar as condições em que as eleições são realizadas nos Estados. Ao final, um relatório com dados e informações a respeito do processo é elaborado e divulgado, contendo também os comentários a respeito das eleições, críticas e, quando necessário, recomendações.

A OEA promove o acompanhamento das eleições por meio das Missões de Observação das Eleições, feitas mediante a solicitação dos países-membros. [1]
A OEA promove o acompanhamento das eleições por meio das Missões de Observação das Eleições, feitas mediante a solicitação dos países-membros. [1]

As ponderações são feitas pelos representantes da OEA, tendo em vista o objetivo de garantia de eleições livres e justas. Entretanto, não são isentas de críticas e contestações, como foi o caso das eleições de 2019 na Bolívia e do processo eleitoral conturbado que ocorreu nos Estados Unidos no segundo semestre de 2020.

Veja também: Como são feitas as eleições presidenciais nos Estados Unidos?

História da OEA

A OEA foi fundada em 30 de abril de 1948, em Bogotá, capital da Colômbia, no âmbito da Nona Conferência Internacional Americana. À época, 21 países do continente assinaram a Carta da Organização dos Estados Americanos, que estabelecia as principais diretrizes a serem seguidas pelos seus membros e a sua forma de atuação como um organismo regional. O documento oficial entrou em vigor no ano de 1951. A sede da OEA fica na capital estadunidense, Washington.

A primeira reunião dos países do continente americano aconteceu muito antes, entre outubro de 1889 e abril de 1890, em Washington, nos EUA. Nessa conferência, da qual participaram 18 Estados, teve origem a União Internacional das Repúblicas Americanas.

As conferências internacionais, que não tinham periodicidade certa, deram lugar à Assembleia Geral no ano de 1970, tornando-se anual. A primeira sessão da Assembleia Geral da OEA reuniu 22 países, em 1971.

Destaca-se que dois anos antes, em 1969, os membros da OEA estabeleceram a Convenção Americana sobre Direitos Humanos (CADH), também referida como Pacto de San José da Costa Rica, durante a Conferência Especializada Interamericana de Direitos Humanos. O tratado entrou em vigor em julho de 1978 e é um dos mais importantes documentos voltados à garantia e respeito dos Direitos Humanos.

Em 2011, os países-membros da OEA assinaram a Carta Democrática Interamericana, que tem como objetivo a promoção e defesa da democracia representativa, descrevendo-a como essencial para o desenvolvimento político, econômico e social das nações|2|.

Estrutura da OEA

A OEA é composta pelos órgãos apresentados a seguir.

  • Assembleia Geral: principal órgão da OEA e que promove reuniões anuais nas quais estão presentes representantes dos Estados-membros e também os Observadores Permanentes.

  • Reunião de Consulta dos Ministros das Relações Exteriores: descrita como órgão de consulta e também responsável pela resolução de questões urgentes de interesse comum.

  • Dois conselhos: Permanente e Interamericano de Desenvolvimento Integral.

  • Duas comissões: Comissão Jurídica Interamericana e a Comissão Interamericana de Direitos Humanos.

A organização é formada também por organismos e conferências especializadas que se dedicam a questões mais específicas.

Os organismos tratam de matérias como políticas de saúde, infância, direitos da mulher e equidade de gênero, pesquisa nos campos da Geografia e História e cooperação agrícola. As conferências, por sua vez, são reuniões definidas por algum dos outros órgãos ou por determinação própria.

Símbolo da OEA

O símbolo da OEA é formado por um círculo branco, dentro do qual estão representadas todas as bandeiras dos 35 países que fazem parte da organização atualmente.

A logo da organização traz, além do seu nome, o seu lema: “Mais direitos para mais pessoas”.

Bandeira com o principal símbolo da OEA, a estrutura com as bandeiras de cada país-membro.
Bandeira com o principal símbolo da OEA, a estrutura com as bandeiras de cada país-membro.

Exercícios resolvidos

Questão 1 – (Fuvest 2010) A Organização dos Estados Americanos (OEA) revogou, por meio da Resolução de 03/06/2009, a decisão, tomada em 1962, que excluía Cuba dessa organização. Em relação a esse tema, é correto afirmar que:

A) os países-membros impuseram, como condição para a volta de Cuba à OEA, o cumprimento do acordo de fechamento da prisão de Guantánamo.

B) o retorno de Cuba à OEA deve resultar de um processo de diálogo a pedido do próprio governo cubano.

C) a atual decisão da OEA foi criticada por países da América do Sul que não fazem parte dessa organização, como Venezuela e Bolívia.

D) o Brasil não participou da decisão da OEA, em junho de 2009, mantendo-se alheio ao processo de diálogo e de negociação com Cuba.

E) os EUA retiraram-se do processo de discussão da referida resolução por discordarem da readmissão de Cuba à OEA.

Resolução

Alternativa B. A revogação da suspensão de Cuba na OEA, decidida pelos então 34 países da organização, foi um dos primeiros passos de um período que se estende até o presente na reinserção de Cuba no cenário político internacional. Em 2014, o país centro-americano participou da Cúpula das Américas, promovida pela OEA, ano que marcou também a retomada do diálogo entre Cuba e os Estados Unidos.

Questão 2 – A Organização dos Estados Americanos (OEA) é um organismo regional formado por 35 países do continente. Sua fundação data de 1948, quando os países-membros assinam a Carta da OEA, documento que estabelece os principais objetivos dessa organização.

Assinale abaixo qual alternativa não corresponde aos objetivos descritos no documento:

A) desenvolvimento dos países-membros.

B) cooperação nos âmbitos político, econômico e social entre os Estados americanos.

C) regulamentação de uma zona de livre-comércio que integre os países-membros.

D) defesa e garantia da democracia representativa.

E) solução pacífica de impasses entre os países-membros.

Resolução

Alternativa C. Embora a OEA valorize a cooperação econômica como sendo essencial para o desenvolvimento dos Estados que a integram, a criação de uma zona de livre-comércio não faz parte dos propósitos do organismo.

Notas

|1| Texto (tópicos) adaptado do documento oficial: Carta da Organização dos Estados Americanos (A-41). Disponível aqui.

|2| Carta Democrática Interamericana. Disponível aqui.

Crédito da imagem

[1] Joa Souza / Shutterstock

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Organização dos Estados Americanos (OEA)"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/oea.htm. Acesso em 21 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Relacione a conferência de Berlim com o mapa do continente africano. 

Por Alice de Amorim da Silva
Responder
Ver respostas

Verdadeiro ou Falso?

Mapas são representações gráficas em escala reduzida da superfície terrestre ou de parte dela sobre um plano podem ainda representar especialmente determinadas informações gráficas, compondo, assim, os mapas temáticos

Por Anna Clara
Responder
Ver respostas

Videoaulas


Estude agora


Pré-Enem | Ética e filosofia política

O Pré-Enem é o intensivo preparatório do Brasil Escola para o Enem. Nele nós separamos os principais temas que...

Pré-Enem | Revoltas da república oligárquica

O Pré-Enem é o intensivo preparatório do Brasil Escola para o Enem. Nele nós separamos os principais temas que...