Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

República Dominicana

A República Dominicana é um país centro-americano de 11 milhões de habitantes situado na ilha de São Domingos, a leste do Haiti. Sua principal atividade econômica é o turismo.

Bandeira da República Dominicana.
Bandeira da República Dominicana.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

República Dominicana é um país centro-americano localizado na ilha de São Domingos, ou ilha Hispaniola, a leste do Haiti. Banhado pelo mar do Caribe, o território dominicano apresenta clima tropical com relevo predominantemente montanhoso, recoberto pela vegetação florestal nativa e pelas pastagens e áreas agrícolas. Vivem na República Dominicana quase 11 milhões de pessoas, concentrando-se especialmente em cidades como São Domingos, a capital do país. Em função de suas paisagens naturais e da riqueza cultural, a República Dominicana é hoje um dos principais destinos turísticos do Caribe.

Leia também: Quais são os 10 países mais pobres do mundo?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a República Dominicana

  • A República Dominicana é um país localizado na América Central.

  • Sua capital é a cidade de São Domingos.

  • Faz fronteira terrestre somente com o Haiti, situado a oeste. Ambos dividem a ilha de São Domingos, banhada pelo mar do Caribe.

  • Apresenta clima tropical e relevo montanhoso recoberto por florestas tropicais, pastagens e áreas agrícolas.

  • Possui 10,9 milhões de habitantes, maioria dos quais vive nas cidades.

  • O turismo é a base da economia da República Dominicana.

  • A forma de governo em vigência no país é o presidencialismo.

  • Foi a primeira área a ser colonizada pelos europeus, o que aconteceu em 1492.

  • A República Dominicana foi colônia da Espanha e esteve sob domínio haitiano entre 1822 e 1844, quando conquistou a independência.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais da República Dominicana

  • Nome oficial: República Dominicana.

  • Gentílico: dominicano.

  • Extensão territorial: 48.671 km².

  • Localização: América Central.

  • Capital: São Domingos.

  • Clima: tropical.

  • Governo: república presidencialista.

  • Divisão administrativa: dez regiões.

  • Idioma: espanhol.

  • Religiões:

    • católica romana: 44,3%;

    • evangélica: 13%;

    • protestante: 7,9%;

    • adventista: 1,4%;

    • outras: 1,8%;

    • nenhuma: 29,4%.

  • População: 10.954.000 habitantes (ONU, 2021).

  • Densidade demográfica: 226,7 hab./km².

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,767.

  • Moeda: peso dominicano (DOP).

  • Produto Interno Bruto (PIB): US$ 121,9 bilhões (FMI, 2023).

  • PIB per capita: US$ 11.310.

  • Gini: 0,396.

  • Fuso horário: GMT -4.

  • Relações exteriores:

    • ONU;

    • FMI;

    • OMC;

    • Banco Mundial;

    • OEA.

Mapa da República Dominicana

Mapa da República Dominicana

Geografia da República Dominicana

A República Dominicana é um país de 48,6 km² de extensão localizado na região da América Central e tem como capital a cidade de São Domingos. O território dominicano ocupa aproximadamente 64% da ilha de São Domingos, ou ilha Hispaniola, banhada pelo Atlântico Norte e pelo mar do Caribe. Sobre a ilha fica também o Haiti, único país com o qual a República Dominicana estabelece fronteira territorial.

Clima da República Dominicana

O clima da República Dominicana é do tipo tropical, embora apresente condições moderadas de temperatura pela influência da maritimidade. As máximas e mínimas durante o ano variam entre 27 °C e 20 °C, o que denota uma baixa amplitude térmica anual. A pluviosidade no país é elevada e oscila entre 750 mm, nas regiões mais secas, e 2.500 mm, nas áreas mais chuvosas.

A ilha de São Domingos está situada em uma área onde ocorre a formação de grandes tempestades tropicais (como furacões) entre os meses de agosto e outubro, principalmente, o que torna tanto o Haiti quanto a República Dominicana muito suscetíveis a esses fenômenos atmosféricos. Um dos piores furacões a atingirem a República Dominicana foi o furacão Georges, no ano de 1998.

Relevo da República Dominicana

A República Dominicana apresenta relevo acidentado formado por vales encaixados e quatro grandes conjuntos montanhosos:

  • cordilheira Setentrional, que acompanha a faixa norte do país;

  • cordilheira Central, que consiste na continuidade dos maciços do Norte, no Haiti;

  • serra de Neiba, próximo da fronteira com o território haitiano a oeste;

  • cordilheira Oriental, que se estende pelo leste e representa a área com relevo menos acentuado do país.

Vegetação da República Dominicana

A vegetação da República Dominicana é composta por florestas tropicais e formações arbustivas nas áreas com menor teor de umidade do país, além de pântanos e mangues no litoral. Atualmente, entretanto, cerca de metade da cobertura vegetal nativa do país deu lugar a áreas de pastagem e cultivos agrícolas, em especial nos vales férteis mais elevados.

Hidrografia da República Dominicana

A República Dominicana é banhada por uma série de cursos d’água que formam um complexo sistema de drenagem, com poucos trechos navegáveis em função do relevo dos terrenos. Dentre os principais rios do país estão Yaque del Norte, Yaque del Sur, San Juan, Ozama e La Isabela, alguns dos quais alimentam os vales mais férteis do território dominicano.

Veja também: Por que ocorrem tantos terremotos no Haiti?

Demografia da República Dominicana

A República Dominicana é um dos países mais populosos da região da América Central e do Caribe. Sua população é, atualmente, de 10.954.000 habitantes. Por apresentar uma pequena área, o território dominicano é também densamente povoado, com distribuição populacional da ordem de 226,7 hab./km².

Os maiores adensamentos populacionais da República Dominicana ficam ao longo da costa, especialmente na região sul. Além disso, 85% da sua população vive em cidades, caracterizando assim um território urbanizado. A cidade mais populosa do país é São Domingos, sua capital, com 3,5 milhões de habitantes.

Vista aérea de São Domingos, capital da República Dominicana.
São Domingos, cidade mais populosa da República Dominicana.

Em função da elevada taxa de natalidade, que é aproximadamente duas vezes maior do que a mortalidade, a República Dominicana apresenta crescimento populacional de 0,88% ao ano. Esse é o principal fator que ocasiona o aumento da população do país, tendo em vista que o saldo migratório (diferença entre o número de imigrantes e de emigrantes) é negativo.

Economia da República Dominicana

A República Dominicana é uma das economias emergentes da América Central e que experimentou um rápido processo de crescimento a partir das últimas décadas do século passado. O país apresenta um PIB de quase 122 bilhões de dólares, valor esse que é oriundo principalmente do setor terciário da economia, que concentra as atividades do comércio e os serviços. Além do turismo, que estudaremos na sequência, as telecomunicações, o setor financeiro e os serviços públicos são importantes para esse segmento da economia dominicana.

O setor primário responde por menos de 6% do PIB nacional, sendo responsável pela produção de itens como cana-de-açúcar, banana, café, cacau e demais cultivos, que são, em sua maioria, destinados ao comércio exterior. Destaca-se, ainda, a atividade pesqueira, que abastece o mercado interno.

O setor secundário é responsável por 33% da renda nacional e está diretamente atrelado a atividades como a mineração, a produção de tecidos, cimento, tabaco, componentes eletrônicos e aparelhos médicos. Nos anos 1990, muitas fábricas estrangeiras se estabeleceram em zonas portuárias isentas de impostos e lá realizavam a montagem de produtos manufaturados. Essas empresas são chamadas de maquilladoras.

  • Turismo na República Dominicana

O turismo é a principal fonte de renda da República Dominicana hoje em dia, sendo um dos principais destinos turísticos do Caribe. Atraídos pelo clima tropical, praias paradisíacas do mar do Caribe e riquezas culturais do país, estima-se que mais de 6,4 milhões de turistas chegam à República Dominicana todos os anos. As praias da região de Punta Cana, no norte do país, e especialmente Bávara são os locais mais visitados do território dominicano.

Praia no norte da República Dominicana.
Punta Cana é a principal região turística da República Dominicana.

Infraestrutura da República Dominicana

A República Dominicana é um país urbanizado que apresenta uma extensa rede de infraestrutura para atender aos seus habitantes. Pouco mais de 98% dos habitantes das cidades possui acesso à água potável, enquanto no meio rural a parcela é menor, porém elevada se comparada a países vizinhos: 91,7%. As redes de saneamento atendem a mais de 90% da população total do país, enquanto as redes elétricas fornecem serviço para a integridade do território dominicano.

A matriz energética da República Dominicana tem grande dependência dos combustíveis fósseis, que somam 93,4% da capacidade instalada. Em segundo lugar estão as fontes eólica e solar, em função da grande disponibilidade desses recursos naquela região. Juntas, entretanto, elas representam apenas 4,7% da matriz energética do país.

Os transportes na República Dominicana são realizados principalmente pelo modal rodoviário, que tem uma malha de quase 20 mil quilômetros de extensão. Destaca-se ainda a importância dos portos marítimos, como os portos Santo Domingo e do rio Haina, para a movimentação de cargas e de passageiros, principalmente turistas.

Governo da República Dominicana

A República Dominicana é uma república presidencialista, na qual o presidente desempenha as funções de chefe de Estado e chefe de governo. No país, o ocupante do cargo e o vice-presidente são eleitos por meio do voto popular para um mandato de quatro anos, com direito a uma reeleição. O Poder Legislativo é desempenhado no âmbito do Congresso Nacional, composto pelo Senado e pela Câmara dos Deputados, cada qual com, respectivamente, 32 e 190 assentos.

Etimologia de República Dominicana

O nome da República Dominicana tem origem na denominação de sua capital, São Domingos. A cidade foi assim chamada em homenagem a São Domingos de Gusmão, fundador da Ordem Dominicana. Havia, no local, uma Escola de Altos Estudos estabelecida pelos membros dessa ordem religiosa, e por muito tempo, todo o território que hoje é o país ficou conhecido como São Domingos, enquanto seus moradores passaram a ser denominados dominicanos.

História da República Dominicana

A ilha Hispaniola era habitada pelos povos taínos muito antes da chegada dos colonizadores, que aportaram no local no século XV. Foi o primeiro território a ser ocupado pelos europeus nas Américas, tendo em vista que Cristóvão Colombo chegou à ilha no ano de 1492. Quatro anos mais tarde, os espanhóis fundaram a primeira colônia na cidade de São Domingos, hoje capital da República Dominicana.

Os espanhóis reivindicaram o domínio da ilha Hispaniola durante todo o século XVI, mas, com a chegada dos colonizadores franceses um século mais tarde, houve uma disputa acerca da posse daquele território. Esse conflito ficou conhecido como Guerra dos Nove Anos (1688-1697), que findou somente com a assinatura do Tratado de Ryswick. O tratado dividiu a Hispaniola entre França e Espanha, cabendo aos espanhóis a parcela oriental.

No ano de 1821, a República Dominicana conquistou um breve período de independência política. Um ano mais tarde, o Haiti, país soberano desde 1804, invadiu o território dominicano e exerceu seu domínio sobre São Domingos durante mais de duas décadas. Os dominicanos reconquistaram a sua independência somente em 27 de fevereiro de 1844, fundando, assim, a República Dominicana.

Entre 1861 e 1864, o país voltou para o domínio espanhol, que foi concedido pelo presidente à época. A retomada da autonomia dominicana aconteceu em 1865. O país viveu um período de turbulência política no início do século XX que foi seguido pela chegada de tropas estadunidenses para retomar a ordem, tendo permanecido no país até 1924.

No intervalo de 1930 a 1961, a República Dominicana esteve sob regime militar, que foi encerrado com o assassinato do general Rafael Trujillo. A vitória do líder do Partido Revolucionário Dominicano, Juan Bosch, nas eleições de 1962 representou um novo período de crise política, marcado pela deposição de Bosch e por um novo golpe de Estado. Seu sucessor, eleito em 1966, permaneceu no poder até o ano de 1996, quando novas eleições foram convocadas. Para saber mais sobre a história desse país, clique aqui.

Saiba mais: Chile — país da América do Sul que também já viveu uma ditadura

Cultura da República Dominicana

Dançarinos de merengue performando o ritmo nacional da República Dominicana no centro histórico da capital.
Dançarinos de merengue performando o ritmo nacional da República Dominicana no centro histórico da capital.

A República Dominicana apresenta uma vasta e rica cultura, composta a partir das diferentes influências que advêm dos povos nativos da ilha Hispaniola, os taínos, principalmente, e também dos espanhóis, africanos e holandeses. A religiosidade tem papel importante nas manifestações culturais do país, que apresenta maioria católica. Dentre os feriados nacionais estão o Dia de Nossa Senhora de Altagracia, considerada padroeira do povo dominicano.

Muitos ritmos tradicionais, danças e festividades compõem o quadro cultural da República Dominicana. A bachata e o merengue são dois dos principais ritmos característicos do país. No segundo caso, inclusive, existe todo um festival destinado a ele que reforça sua importância para a cultura dominicana: o Festival do Merengue, que tem duração de duas semanas.

Curiosidades sobre a República Dominicana

  • Abriga a montanha mais alta do Caribe: o pico Duarte, que se eleva a 3.175 metros acima do nível do mar.

  • O lago Enriquillo fica 44 metros abaixo do nível do mar, sendo a área com menor altitude da República Dominicana. Esse é também o ponto mais baixo do Caribe.

  • La Bandera é o nome do prato nacional da República Dominicana, feito de arroz, feijão, carne (geralmente frango) e salada.

  • O esporte nacional da República Dominicana é o basebol.

  • A Cidade Colonial de São Domingos foi listada pela Unesco como patrimônio mundial.

  • Grandes franquias do cinema tiveram cenas filmadas nas paisagens naturais da República Dominicana, como “Parque dos Dinossauros” (Jurassic Park) e “Piratas do Caribe”.

Fontes

CIA. Countries: Dominican Republic. The World Factbook. Disponível em: https://www.cia.gov/the-world-factbook/countries/dominican-republic/. =

FUNAG. Topônimos e gentílicos. In: FUNAG. Manual de redação oficial e diplomática do Itamaraty, [2020]. Disponível em: http://funag.gov.br/manual/index.php?title=Top%C3%B4nimos_e_gent%C3%Adlicos. 

IMF. Datasets: Dominican Republic. Disponível em: https://www.imf.org/external/datamapper/profile/DOM. 

UNDP. Human Development Reports: HDR 2021/2022. Disponível em: https://hdr.undp.org/data-center/country-insights#/ranks. 

UNITED NATIONS. Data: Dominican Republic. Disponível em: https://data.un.org/en/iso/do.html. 

WORLD BANK. Data: Dominican Republic. Disponível em: https://data.worldbank.org/country/dominican-republic.

WORLD BANK. The World Bank In Dominican Republic. Disponível em: https://www.worldbank.org/en/country/dominicanrepublic/overview.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "República Dominicana"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/republica-dominicana.htm. Acesso em 16 de julho de 2024.

De estudante para estudante