Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Cartografia

A cartografia é uma área do conhecimento que se dedica à representação da superfície terrestre em escala reduzida e ao desenvolvimento de técnicas para a leitura de mapas.

Mapa, bússola e lupa em alusão à cartografia.
A cartografia é uma área do conhecimento muito antiga que se dedica à representação do espaço geográfico.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A cartografia é uma área do conhecimento geográfico que se dedica ao estudo e ao desenvolvimento de técnicas para a representação da superfície terrestre em escala reduzida e para a leitura e compreensão de mapas. Os produtos cartográficos servem para a localização e orientação no espaço, bem como para o conhecimento detalhado de diferentes recortes espaciais, o que apresenta aplicação tanto acadêmica quanto prática.

Tendo começado a se desenvolver há milhares de anos, a cartografia foi aperfeiçoada à medida que novas tecnologias da informação e da comunicação surgiram e se tornaram ferramentas fundamentais para a observação da superfície terrestre e dos fenômenos espaciais. Os mapas, antes confeccionados à mão, são produzidos a partir de softwares modernos de geoprocessamento e de técnicas de Sensoriamento Remoto que constituem o que chamamos de cartografia contemporânea.

Leia também: Quais são os elementos de um mapa?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre cartografia

  • Cartografia é a área do conhecimento geográfico dedicada ao estudo e desenvolvimento de técnicas para a confecção e leitura de mapas. É descrita, também, como um tipo de arte.

  • Além dos mapas, os produtos da cartografia são globos terrestres, planisférios e croquis.

  • Divide-se em duas grandes áreas: cartografia temática e cartografia sistemática.

  • Suas funções são a representação gráfica da superfície terrestre ou de parte dela, servindo de instrumento para estudos e para a gestão, além de auxiliar na orientação e na localização.

  • Alguns conceitos básicos da cartografia são: mapa, projeção cartográfica, escala cartográfica e coordenadas geográficas.

  • A cartografia é importante porque nos permite ter maior conhecimento sobre a superfície terrestre e o lugar onde vivemos, além de ser útil na gestão territorial e na vida cotidiana.

  • O primeiro mapa conhecido foi elaborado há milhares de anos. Desde então, a cartografia passou por uma série de aprimoramentos que acompanharam a modernização das técnicas de informação e da comunicação.

  • A cartografia contemporânea conta, hoje, com satélites, softwares de geoprocessamento e equipamentos modernos que facilitam a confecção de mapas e de outros produtos cartográficos.

O que é cartografia?

A cartografia é uma área do conhecimento geográfico que se dedica ao estudo e ao desenvolvimento de técnicas para a reprodução da superfície terrestre e de diversos aspectos do espaço geográfico em um plano reduzido, bem como para a leitura de mapas. Essa definição é muito parecida com aquela apresentada pela Associação Cartográfica Internacional (ICA, na sigla em inglês). Segundo a ICA, a cartografia é “a disciplina que se ocupa com a arte, a ciência e a tecnologia da produção de mapas”.

Produtos cartográficos

Os produtos cartográficos, que são o resultado da aplicação das técnicas da cartografia, são principalmente:

  • mapas;

  • globos terrestres;

  • planisférios;

  • croquis.

Até algumas décadas atrás, esses produtos eram confeccionados manualmente, motivo pelo qual a cartografia é descrita, também, como uma arte. Com o desenvolvimento tecnológico dos meios de comunicação, essa área do conhecimento passou a contar com equipamentos modernos e recursos avançados como as aerofotografias e as imagens de satélite, resultando em produtos como mapas interativos e os aparelhos de GPS, que permitem a localização e o acompanhamento de percursos em tempo real.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tipos de cartografia

A cartografia é dividida em duas grandes áreas de acordo com o enfoque e, principalmente, com tipo de informações representadas nos seus respectivos produtos cartográficos. Conheça, a seguir, os dois diferentes tipos de cartografia.

Cartografia temática

Mapa temático do Brasil, produto da cartografia.
Exemplo de mapa temático, principal produto dessa área da cartografia. (Fonte: IBGE)

Esse tipo de cartografia ocupa-se da espacialização de diferentes aspectos, fenômenos e dinâmicas que são próprias de determinado recorte espacial, não se restringindo apenas às características físicas da área. Através da cartografia temática é possível elaborar mapas contendo informações sobre a população, a economia, a divisão administrativa, as regiões, a cultura, a composição natural, os biomas, a infraestrutura e uma miríade de outros assuntos passíveis de serem representados espacialmente.

Esses mapas são comumente datados e produzidos para estudos ou análises de questões específicas ou ainda atendendo demandas particulares.

Cartografia sistemática

Carta topográfica, exemplo de cartografia sistemática.
As cartas topográficas são produto da cartografia sistemática.

Ocupa-se da representação de aspectos físicos de uma área por meio de técnicas padronizadas. As características espacializadas por meio das técnicas da cartografia sistemática se alteram em intervalos de tempo muito extensos, demorando até mesmo eras geológicas para apresentarem qualquer tipo de mudança. Por conta disso, os mapas da cartografia sistemática têm alta durabilidade temporal.

Os produtos desse segmento da cartografia, como as cartas topográficas, são utilizados em estudos e análises diversas a respeito da paisagem natural e do espaço físico, além de apresentarem muitas finalidades práticas para o planejamento e para a gestão territorial. Servem, também, como base para a confecção de mapas temáticos por conterem informações genéricas acerca de uma localidade.

Veja também: Sistemas de Informações Geográficas — ferramentas modernas de mapeamento terrestre

Qual é a função da cartografia?

A função principal da cartografia é a de representar graficamente a superfície terrestre e de espacializar os diferentes fenômenos e aspectos que lhe são característicos, servindo como um instrumento importante para o estudo e para a melhor compreensão do espaço geográfico. Atrelada a essa utilidade está a aplicação da cartografia na gestão pública de territórios mediante o uso de mapas tanto temáticos quanto topográficos.

Tanto os mapas quanto os demais produtos cartográficos também são empregados para a localização de referenciais e para os deslocamentos na superfície terrestre, desempenhando a função de ferramentas de localização.

Conceitos básicos da cartografia

  • Mapa: representação de toda a superfície terrestre (mapa-múndi) ou de um recorte dela sobre uma superfície plana em escala reduzida. Apresenta as características físicas da paisagem ou diferentes aspectos do espaço geográfico.

  • Projeção cartográfica: diferentes modelos de representação do planeta Terra em uma superfície reduzida que pode ser plana, cônica ou cilíndrica. É feita a partir das linhas imaginárias traçadas sobre a superfície terrestre (paralelos e meridianos), podendo apresentar algum tipo de distorção no produto final. Para saber mais sobre esse tema, clique aqui.

  • Coordenadas geográficas: conjunto de linhas imaginárias traçadas sobre a superfície terrestre e que nos indicam a latitude (paralelos) e a longitude (meridianos) de qualquer ponto. Por meio delas é possível saber a localização de um referencial no espaço. Saiba mais sobre essas coordenadas clicando aqui.

  • Escala cartográfica: proporção entre as dimensões de uma superfície retratada em um mapa e as suas dimensões reais. Indica o quanto uma área precisou ser reduzida para que ela pudesse ser representada em um produto cartográfico. Você pode saber mais sobre escala cartográfica clicando no link.

Cartografia contemporânea

Imagem de satélite em texto sobre cartografia.
As imagens de satélite revolucionaram a cartografia e modernizaram as técnicas de confecção de mapas.

A cartografia contemporânea surgiu com a modernização das técnicas de captação de imagens, que permitiram o aperfeiçoamento da produção de mapas e da análise do espaço através da cartografia. Essa inovação se deu a partir do século XX com o surgimento da aerofotogrametria, que consistia na obtenção de imagens aéreas da superfície com o uso de uma câmera fotográfica acoplada a um balão.

A técnica da aerofotogrametria foi incrementada mediante o surgimento dos radares, dispositivos estes muito utilizados nos grandes conflitos bélicos que aconteceram na primeira metade do século em questão, em especial durante a Segunda Guerra Mundial. Depois disso, o surgimento dos satélites capazes de realizar a captação de imagens determinou uma nova etapa na cartografia contemporânea, marcada pelo advento do Sensoriamento Remoto e do geoprocessamento.

Qual é a importância da cartografia?

A importância da cartografia reside no fato de essa área da ciência geográfica nos proporcionar as ferramentas e as técnicas para o melhor conhecimento da superfície da Terra e, mais precisamente, do espaço em que estamos inseridos. Todas as dinâmicas que individualizam o lugar onde vivemos e as suas características naturais (clima, relevo, vegetação, geologia, biodiversidade), junto dos aspectos socioeconômicos, podem ser representadas em um mapa.

Com o uso dos produtos cartográficos é possível que nos desloquemos facilmente pela superfície, encontrando localidades, pontos específicos e pessoas, o que reforça a importância da cartografia, e mais precisamente dos produtos cartográficos, na vida cotidiana dos indivíduos.

Telas com mapas climáticos em texto sobre cartografia.
A cartografia ajuda a entender as dinâmicas do clima de um território.[1]

Mais do que isso, a cartografia prática é fundamental para a gestão territorial e para o manejo de áreas, permitindo sua aplicação em trabalhos como o planejamento e o zoneamento urbanos, análise de uso e ocupação do solo, monitoramento de fenômenos naturais no meio urbano, manejo de bacias hidrográficas, identificação de problemas ambientais e outras formas de uso.

Saiba mais: Quais são os quatro pontos cardeais e para que eles servem?

História da cartografia

A história da cartografia é tão antiga quanto o desenvolvimento científico da humanidade. Saber a sua posição na superfície através da observação dos astros foi um dos primeiros passos para o surgimento de mapas, que datam de milhares de anos antes do presente.

O mais antigo deles é conhecido como Ga-Sur, encontrado na região que era conhecida como Mesopotâmia na Antiguidade e onde, hoje, se situa o Iraque. Confeccionado em argila por volta do ano de 2000 a.C., esse mapa mostra o mundo como era conhecido até então pelos povos antigos, retratando a Assíria, a Babilônia e a Armênia.

Mapa de Ga-Sur gravado em argila, o mais antigo registro da cartografia.
O mapa mais antigo do qual se tem conhecimento é chamado de Ga-Sur.

Assim como o mapa de Ga-Sur, a maioria das cartas que mostram o mundo antigo são originárias da Ásia. Esse continente deu enorme contribuição para a cartografia e, principalmente, para a observação e a navegação pela superfície terrestre com o auxílio de instrumentos como o astrolábio e a bússola. A cartografia foi, também, bastante aprimorada pelos gregos antigos, dos quais se destacam Erastótenes (275-194 a.C.), que calculou com alto grau de precisão a circunferência do planeta Terra, e Claudio Ptolomeu (90-186 d.C.).

Ptomoleu se debruçou sobre inúmeros temas que são, hoje, muito relevantes na ciência geográfica, entre os quais está a orientação no espaço. Por conta do uso de cálculos para o desenvolvimento de projeções cartográficas e de mapas, diz-que que Ptolomeu foi um dos pioneiros na sistematização da cartografia. Ele foi, aliás, o responsável pela produção de um dos primeiros mapas-múndi, conhecido como o Globo de Ptolomeu.

Avançando na linha do tempo, o século XVI trouxe importantes avanços na ciência cartográfica com a combinação de mapas, de cartas de navegação e de bússolas para a exploração da superfície terrestre. Esse período foi o das Grandes Navegações. Foi, também, nesse mesmo intervalo de tempo que Ortelius (1527-1598) confeccionou o primeiro atlas, que é chamado de Theatrum Orbis Terrarum.

De lá para cá, como vimos anteriormente na seção sobre o período contemporâneo, a cartografia avançou lado a lado com as tecnologias da informação e da comunicação, sendo hoje parte essencial da nossa vida cotidiana.

Exercícios resolvidos sobre cartografia

Questão 1

(Famerp) Analise o mapa.

Mapa hipsométrico de São Paulo em exercício sobre cartografia.

Articulando a cartografia e a geomorfologia, o mapa hipsométrico apresentado tem como objetivo

a) delimitar bacias hidrográficas.

b) estabelecer um perfil topográfico.

c) analisar os agentes modeladores do relevo.

d) determinar a estrutura geológica.

e) evidenciar a variação de altitude.

Resolução: Alternativa E. O mapa apresentado na imagem é um mapa hipsométrico, que evidencia a variação de altitude de determinada localidade.

Questão 2

(Enem) Sabe-se que a distância real, em linha reta, de uma cidade A, localizada no estado de São Paulo, a uma cidade B, localizada no estado de Alagoas, é igual a 2.000 km. Um estudante, ao analisar um mapa, verificou com sua régua que a distância entre essas duas cidades, A e B, era 8 cm.

Os dados nos indicam que o mapa observado pelo estudante está na escala de:

a) 1 : 250

b) 1 : 2.500

c) 1 : 25.000

d) 1 : 25.000.000

e) 1: 250.000

Resolução: A escala é calculada pela seguinte fórmula: E = d/D, estando dividendo (d = medida no mapa) e divisor (D = medida real no terreno) na mesma unidade. No caso aqui, centímetros (cm). Então:

D = 2.000 km = 200.000.000 cm

Aplicando, temos que:

E = 8 / 200.000.000

E = 1 / 25.000.000

A escala do mapa observado é 1 : 25.000.000.

Créditos da imagem

[1] Leo Morgan/ Shutterstock

Fontes

ARAÚJO, Paulo César de. CARVALHO, Edilson Alves de. História da Cartografia. In: CARVALHO, Edilson Alves de. Leituras cartográficas e interpretações estatísticas I. Natal: EDUFRN, 2008.

DUARTE, Paulo Araújo. Fundamentos de Cartografia. Florianópolis: EDUSC, 2006.

FITZ, Paulo Roberto. Cartografia básica. São Paulo: Oficina de Textos, 2008. 143p.

OLIVEIRA, Cêurio de. Dicionário cartográfico. Rio de Janeiro: IBGE, 1993. 4ª edição. 646p. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv66318.pdf.

ROCHA, A. G. B.; ROCHA, R. B. A Cartografia ao longo da história da humanidade: importância e avanços técnicos. Ensino em Perspectivas. [S. l.], v. 2, n. 2, p. 1–17, 2021. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/4995.

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Cartografia"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/cartografia.htm. Acesso em 22 de abril de 2024.

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

Quais são os elementos primordiais para a correta leitura dos mapas?

Exercício 2

Sobre a técnica de criação e projeção de mapas, assinale o que for incorreto:

a) As projeções cartográficas são técnicas de representação do globo esférico da superfície terrestre em um plano, por isso, sempre haverá distorções.

b) Mapas temáticos são mapas especializados em um determinado tema, como áreas industriais, relevo, hipsometria, clima, dentre outros.

c) Os símbolos cartográficos podem variar entre zonais, lineares e pontuais.

d) Legenda é a parte de um mapa responsável por apontar a proporção entre a superfície real e a representação gráfica dessa superfície.

e) Os SIG’s (Sistemas de Informações Geográficas) são resultado da união entre as técnicas milenares da Cartografia e as inovações gráficas e tecnológicas.

Artigos Cartografia


Astrolábio

Você sabe o que é um astrolábio? Acesse o link e saiba tudo sobre esse instrumento! Conheça a história do astrolábio e veja as suas principais funções e importância.
Geografia

Bússola

Acesse nosso texto e conheça a estrutura das bússolas. Entenda também como se dá o funcionamento desse instrumento e qual a sua importância no dia a dia.
Geografia

Coordenadas geográficas

Clique aqui, entenda o que são as coordenadas geográficas e descubra como identificá-las.
Geografia

Curvas de Nível

Clique aqui, descubra o que são curvas de nível e saiba para que servem. Entenda como é feita a leitura das curvas de nível em um mapa topográfico.
Geografia

Elementos de um mapa

Descubra quais são e para que servem os elementos de um mapa. Entenda o que cada um deles representa e qual a sua importância na análise cartográfica.
Geografia

Escala cartográfica

Descubra como é feito o cálculo da escala cartográfica. Veja quais são os diferentes tipos de escala existentes. Entenda a sua importância na confecção de mapas.
Geografia

Fotografias aéreas

Confira aqui o surgimento das fotografias aéreas e quais são seus objetivos!
Geografia

GPS — Sistema de Posicionamento Global

Clique aqui, saiba o que é o GPS (Sistema de Posicionamento Global), entenda como ele surgiu e descubra qual é a sua finalidade.
Geografia

Latitude e longitude

Clique aqui e entenda como as latitudes e longitudes são fundamentais para a localização exata de pontos na superfície do planeta Terra.
Geografia

Mapa da Europa

Clique aqui para ter acesso a um conjunto de mapas da Europa e aprofundar seus conhecimentos sobre o continente. Leia também algumas curiosidades sobre essa região.
Geografia

Mapa do Brasil

Confira aqui 11 tipos diferentes de mapa do Brasil. Veja o mapa político, mapas regionais, o mapa climático, o de biomas e muito mais!
Geografia

Mapa-múndi

Clique aqui e conheça mais sobre o mapa-múndi. Aprenda qual é sua função e de que forma ele pode ser elaborado. Veja a disposição dos continentes e países.
Geografia

Mapas e gráficos

Mapas e gráficos são recursos que nos auxiliam a visualizar dados e nos orientar na superfície. Entenda cada um deles e saiba quais são seus principais elementos.
Geografia

Mapas temáticos

O conceito e os principais tipos e classificações dos mapas temáticos existentes.
Geografia

Meridiano de Greenwich

Conheça a importância do Meridiano de Greenwich, sua história e os locais por onde ele passa. Entenda o que são paralelos e meridianos e a relação com fuso horário.
Geografia

Orientação pelos astros e estrelas

Você sabia que a orientação pelos astros e estrelas já foi muito utilizada? Confira!
Geografia

Paralelos e meridianos

Clique e entenda o que são paralelos e meridianos. Saiba qual a importância dessas linhas para a cartografia e aprenda a identificá-las.
Geografia

Pontos cardeais

Você sabe qual a função dos pontos cardeais? Clique aqui e aprenda um pouco mais sobre as técnicas e os instrumentos de orientação na superfície terrestre.
Geografia

Projeção de Mercator

Saiba o que é a projeção de Mercator e sua utilidade. Entenda também quais são as suas principais características e como ela se diferencia da projeção de Peters.
Geografia

Projeção de Mollweide

Conheça as características e os principais méritos da Projeção de Mollweide!
Geografia

Projeção de Peters

Saiba quais são as características e as polêmicas que envolvem a Projeção de Peters.
Geografia

Projeção de Robinson

Conheça mais sobre a projeção de Robinson, a projeção mais utilizada em atlas e livros escolares.
Geografia

Projeção Descontínua de Goode

Conheça as principais características da Projeção Descontínua de Goode, bem como as suas vantagens e desvantagens.
Geografia

Projeções cartográficas

Clique aqui e conheça as características das principais projeções cartográficas!
Geografia

Rosa dos ventos

Sabia que a rosa dos ventos foi adicionada à bússola muito depois da invenção desse instrumento? Clique aqui e saiba mais sobre a composição da rosa dos ventos.
Geografia

Sensoriamento Remoto

Entenda o que é o sensoriamento remoto e os seus elementos básicos, como a aerofotogrametria e a produção de mapas digitais.
Geografia

Simbologia dos mapas

Os principais usos dos diferentes tipos de simbologia dos mapas.
Geografia

Sistema de Informações Geográficas (SIG)

Acesse o texto e saiba o que é o Sistema de Informações Geográficas (SIG) e quais os seus objetivos. Entenda como o SIG funciona e como é utilizado.
Geografia

Trópicos da Terra

Saiba mais sobre os trópicos de Câncer e Capricórnio, bem como sobre a principal utilidade deles.
Geografia

PUBLICIDADE