Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

GPS — Sistema de Posicionamento Global

O GPS (Sistema de Posicionamento Global) é um sistema de navegação que permite a localização de pontos na superfície terrestre.

Vista aproximada de uma pessoa utilizando um GPS — Sistema de Posicionamento Global portátil com um mapa ao fundo.
O GPS é um sistema de navegação que fornece, em tempo real, as coordenadas geográficas de qualquer ponto na superfície terrestre.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

GPS é a sigla em inglês para Sistema de Posicionamento Global. Esse sistema de localização se utiliza de uma rede de 24 satélites artificiais para captar dados e fornecer informações a respeito da posição de qualquer ponto na superfície terrestre por meio da latitude e da longitude, isto é, das coordenadas geográficas. Além disso, o GPS é capaz de oferecer, com precisão, a altitude e o horário. Esse sistema funciona ininterruptamente, e todos os dados são informados ao usuário em tempo real.

Leia também: Sensoriamento remoto — o conjunto de ações voltadas ao levantamento remoto de dados da superfície terrestre

Tópicos deste artigo

Resumo sobre GPS — Sistema de Posicionamento Global

  • GPS é a sigla em inglês para Sistema de Posicionamento Global.

  • O GPS é um sistema de navegação que fornece informações precisas e em tempo real sobre a localização de pontos na superfície do terreno.

  • Quando lançado, em meados do século XX, o GPS tinha uso exclusivamente militar. Foi liberado ao público a partir dos anos 2000.

  • As coordenadas geográficas (latitude e longitude) e a altitude são as principais, mas não as únicas, informações possíveis de serem coletadas por meio de um aparelho com GPS.

  • Esse sistema funciona por meio de uma constelação de 24 satélites artificiais ativos que orbitam a Terra, além de estações de controle e de receptores.

  • Além do GPS, que é um sistema estadunidense, existem outros sistemas de posicionamento, como o Galileo (europeu), o Compass (chinês) e o Glonass (russo).

  • Diversos profissionais se utilizam do GPS nas suas atividades diárias. Além disso, esse sistema é importante para os deslocamentos sobre a superfície e para a defesa territorial.

  • O GPS está cada vez mais integrado à nossa vida cotiana, especialmente após o advento dos smartphones e de aplicativos de mapas, navegação e compras online.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é o GPS?

GPS é uma sigla que significa Global Positioning System (em inglês) ou Sistema de Posicionamento Global (em português). O GPS é um sistema de navegação que fornece, em tempo real e com elevada precisão, as coordenadas geográficas (latitude e longitude) e a altitude de qualquer ponto ou referencial situado na superfície do planeta Terra. Esse sistema é capaz, ainda, de informar o horário exato e a velocidade de deslocamento entre uma localidade e a outra.

O nome GPS é derivado de Navstar GPS (Navigation System with Time and Ranging Global Positioning System), que é o sistema de navegação e posicionamento, que também indica o horário, desenvolvido pelos estadunidenses para fins inicialmente militares.

Como funciona o GPS?

Três dos satélites artificiais que orbitam a Terra e que auxiliam no funcionamento do GPS — Sistema de Posicionamento Global.
O funcionamento do GPS depende de um conjunto de 24 satélites artificiais que orbitam o nosso planeta.

O GPS funciona por meio de um conjunto (ou constelação) de 24 satélites artificiais ativos que orbitam o planeta Terra, os quais são manejados pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos (DoD). Essa rede de satélites recebe o nome de Navstar, que possui também três satélites de reserva.

Para o fornecimento dos dados que obtemos com os aparelhos GPS é necessário o trabalho de quatro satélites em conjunto com as estações de controle, alocadas na superfície terrestre, e os receptores. São os receptores que interpretam as informações e realizam a conversão em coordenadas geográficas precisas, com valores de latitude e longitude, a altitude e o horário. Esse sistema funciona ininterruptamente, e envia os dados para os usuários em tempo real.

Para que serve o GPS?

O GPS serve para a localização de pontos na superfície terrestre. O sistema é capaz de fornecer, com precisão, informações referentes à posição de pessoas e de lugares em qualquer área ou região do nosso planeta. Por essa razão, é muito utilizado para a realização de percursos em áreas desconhecidas, ou ainda para auxiliar nos deslocamentos e na navegação. O GPS auxilia, ainda, na determinação da altitude e da hora exata.

Tipos de GPS

O sistema de localização mais utilizado no mundo é o desenvolvido pelos Estados Unidos, e controlado pelo departamento de defesa desse país: o Navstar GPS, um sistema de navegação e posicionamento desenvolvido pelos estadunidenses para fins inicialmente militares. No entanto, outras nações desenvolveram sistemas que apresentam forma semelhante de funcionamento e que possuem os mesmos objetivos do que o GPS, que é a localização precisa no espaço. Podemos falar, então, em três outros tipos de GPS, além do Navstar:

  • Glonass: sistema de localização russo lançado pela antiga União Soviética em 1982, mas com funcionamento aberto à população global desde 2011.

  • Compass ou Beidou: sistema de localização chinês, lançado globalmente em 2020.

  • Galileo: sistema de localização europeu cujo funcionamento teve início em 2013.

Importância do GPS

O GPS se tornou uma ferramenta muito importante para a nossa vida cotidiana, para o trabalho em diferentes setores econômicos e profissionais e, sobretudo, para fins militares. Com a utilização dos aparelhos de GPS é possível conhecer a posição exata de qualquer ponto na superfície terrestre a qualquer hora, tornando esse serviço fundamental para a defesa de territórios, para a gestão dessas áreas e para os deslocamentos sobre ela.

Não somente isso, mas as informações que são transmitidas pelos aparelhos equipados com GPS auxiliam no desenvolvimento de outros produtos cartográficos, como cartas topográficas e mapas temáticos.

Acesse também: Pontos cardeais — pontos de referência estabelecidos para a orientação na superfície terrestre

Aplicações do GPS no cotidiano

Pessoa utilizando o GPS — Sistema de Posicionamento Global no celular (smartphone).
O GPS já se encontra plenamente integrado à nossa vida cotidiana.

Com o salto tecnológico observado nas últimas décadas e a integração cada vez maior de serviços em um único aparelho de comunicação, o GPS passou a fazer parte da vida cotidiana das pessoas. Hoje em dia todos os smartphones são equipados com aplicativos que captam as informações desse sistema e nos permitem traçar rotas, calcular o tempo de deslocamento de um ponto A a um ponto B e identificar a localização de um endereço ou de um estabelecimento comercial ou residência qualquer.

A localização por meio do GPS se encontra incorporada, ainda, a outros aplicativos que não necessariamente têm como objetivo a navegação. Referimo-nos, aqui, aos aplicativos de delivery de alimentos e bebidas e de lojas e vários e-commerce. Diante disso, temos que o GPS passou de uma ferramenta de uso exclusivo militar para um sistema de grande utilidade para o público civil.

História do GPS

O primeiro sistema de navegação desse tipo foi lançado no ano de 1960, e à época era chamado de GNSS (Global Navigation Satellite System). O sistema passou por uma série de aprimoramentos técnicos nos anos subsequentes ao seu lançamento, com novos satélites sendo enviados para a órbita para a maior acurácia dos dados levantados a partir deles.

Sistema de navegação desenvolvido pelos estadunidenses por meio do Departamento de Defesa dos Estados Unidos para uso exclusivamente militar, o Navstar GPS surgiu no início da década de 1970, em um contexto de Guerra Fria entre os Estados Unidos e a extinta União Soviética. Melhorias foram implementadas ao GPS até meados da década de 1990, e, no ano 2000, o uso dos aparelhos equipados com o GPS foi aberto para o público em geral, isto é, tanto civis quanto militares. Atualmente, o GPS é um sistema que se encontra cada vez mais presente e integrado à nossa vida cotidiana, sendo muito importante para a localização de pontos na superfície terrestre.

Fontes

ALBUQUERQUE, Paulo César; SANTOS, Cláudia Cristina dos. GPS para iniciantes. Mini Curso - XI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento. INPE: São José do Rio Preto, 2003.

BBC. BDS: como é o novo sistema de navegação por satélite chinês que quer concorrer com o americano GPS. BBC News Brasil, 25 jun. 2020. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-53176664.

EMBRAPA. GPS — Global Positioning System. Portal Embrapa, [2020]. Disponível em: https://www.embrapa.br/satelites-de-monitoramento/missoes/gps.

GOGONI, Ronaldo. Qual a diferença entre GPS, A-GPS e GLONASS? Tecnoblog, 2018. Disponível em: https://tecnoblog.net/responde/qual-a-diferenca-entre-gps-a-gps-e-glonass/.

MARINO, GPS. Sistema de Posicionamento por Satélites Artificiais. IGA — UFRRJ, c2023. Disponível em: http://www.ufrrj.br/lga/tiagomarino/.

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "GPS — Sistema de Posicionamento Global"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/gpssistema-posicionamento-global.htm. Acesso em 22 de maio de 2024.

De estudante para estudante