Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Elementos de um mapa

Os elementos de um mapa (título, legenda, escala, orientação e projeção) são as informações obrigatórias e indispensáveis para a compreensão dos símbolos nele presentes.

Ilustração de duas pessoas observando um mapa-múndi com uma rosa dos ventos ao centro, uma alusão aos elementos de um mapa.
Os elementos de um mapa são as informações indispensáveis para a sua leitura e interpretação.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Os elementos de um mapa são informações obrigatórias que devem estar presentes nesse tipo de produção cartográfica para auxiliar na leitura e na interpretação dos símbolos e demais gráficos que a compõem. São cinco os elementos fundamentais para a compreensão de um mapa:

  • título;

  • legenda;

  • escala cartográfica;

  • orientação;

  • projeção cartográfica.

Leia também: Mapa-múndi — representação plana do globo terrestre

Tópicos deste artigo

Resumo sobre os elementos de um mapa

  • Os elementos obrigatórios de um mapa são cinco: título, legenda, escala cartográfica, orientação e projeção.

  • O título releva o tema ou conteúdo do mapa.

  • A legenda apresenta o significado dos símbolos presentes no mapa.

  • A escala cartográfica indica a relação entre as dimensões no mapa e as dimensões na superfície real. Expressa tanto na sua forma gráfica quanto numérica.

  • A orientação indica a posição do Norte geográfico e dos demais pontos cardeais, auxiliando na identificação da localização das diferentes áreas representadas no mapa.

  • A projeção registra qual foi a projeção cartográfica utilizada no momento da confecção do mapa.

  • Os elementos de um mapa são importantes porque eles traduzem e descrevem as informações contidas nesse produto cartográfico. Por essa razão, são fundamentais para a leitura e a interpretação dos mapas.

Quais são os elementos de um mapa?

Um mapa deve apresentar cinco elementos obrigatórios. Veja, a seguir, quais são esses elementos, como eles aparecem no mapa e o que cada um deles representa.

  • Título: revela qual é o tema daquela produção cartográfica, indicando o conteúdo presente no mapa. Muitos mapas podem apresentar subtítulos e também informações adicionais ao título, como datas, períodos históricos e unidades de medida, facilitando a sua interpretação. O título deve sempre vir posicionado na parte superior do mapa, sendo assim a primeira informação com a qual o leitor tem contato.

  • Legenda: indica o significado dos símbolos empregados nos mapas. Esses símbolos podem ser as cores adotadas, o tipo de traço (linha contínua, linha pontilhada, linha dupla), formas geométricas (chamadas de pontos), o preenchimento da área (hachura, pontilhado, linhas na diagonal) ou mesmo os desenhos que indicam construções, estabelecimentos ou elementos fixos da paisagem (como estradas, rodovias, aeroportos, hospitais).

  • Escala: indica quantas vezes a superfície real foi reduzida para que pudesse ser representada no mapa. As escalas aparecem geralmente na porção inferior de um mapa, e podem ser expressas tanto na sua forma gráfica (reta graduada) quanto na forma numérica (razão entre a medida no mapa e a medida no real). Para saber mais sobre esse elemento, clique aqui.

  • Orientação: indica a posição do Norte geográfico e dos demais pontos cardeais, orientando na localização da área representada e na forma de se compreender o mapa. Pode ser representada por meio de uma seta indicando o Norte (como no mapa usado no exemplo a seguir) ou também por meio de uma rosa dos ventos.

  • Projeção cartográfica: indica qual das projeções cartográficas foi utilizada para a confecção do mapa. Para saber mais sobre esse elemento, clique aqui.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

É comum encontrar outras informações no mapa que vão além dos elementos obrigatórios. Dentre essas informações adicionais, podemos citar:

  • Meridiano e paralelo de referência, que aparecem no mapa da urbanização do exemplo.

  • Fonte das imagens aéreas e/ou dos demais arquivos (base cartográfica) utilizados para a confecção do mapa.

Apesar de os elementos do mapa serem itens obrigatórios e indispensáveis, cabe notar que eles nem sempre estão presentes em todas as produções cartográficas, sendo mais comuns em produções com fins didáticos, acadêmicos e comerciais.

Veja também: Mapas e gráficos — tipos, elementos e a importância da utilização desses recursos

Exemplo de elementos presentes em um mapa

No mapa abaixo, usado como exemplo, o título nos informa que se trata de uma representação cartográfica da urbanização do território brasileiro. Abaixo do título está a informação adicional indicando que os dados são do ano de 2010.

 Identificação dos elementos de um mapa da urbanização do território brasileiro com dados do IBGE, de 2010.
Observe no mapa onde estão localizados todos os elementos obrigatórios. Fonte: IBGE.

Esse mapa da urbanização brasileira possui duas legendas:

  • A primeira indica que a população nas grandes cidades está representada por meio de círculos proporcionais no mapa. Os círculos menores representam cidades com população entre 253.000 e 500.000 habitantes, ao passo que os círculos maiores indicam, respectivamente, as populações das cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo.

  • A segunda legenda indica o significado da gradação de cores do mapa. As áreas representadas com tom claro de laranja são aquelas que têm menor porcentagem de população urbana, enquanto tons mais fortes mostram áreas mais urbanizadas, com maior população vivendo nas áreas urbanas.

A escala do mapa da urbanização brasileira é de 1:25.000.000, o que significa que 1 centímetro na imagem corresponde a 25.000.000 centímetros no terreno, o equivalente a 250 quilômetros. No exemplo, ambos os tipos de escala são representados.

A projeção do mapa do exemplo está expressa logo abaixo da escala. Para a produção do mapa da urbanização brasileira, o IBGE utilizou uma projeção policônica. Para indicar a orientação, uma seta indica o Norte no canto inferior direito, acima da escala.

Importância dos elementos de um mapa

Mulher com mochila nas costas fazendo a leitura dos elementos de um mapa para se localizar.
Os elementos de um mapa são essenciais para a leitura das informações nele expressas.

Os elementos de um mapa são os itens que expressam e traduzem todas as informações representadas nesse produto cartográfico. Esses elementos são, por essa razão, indispensáveis para a leitura do mapa e para a interpretação acurada de todos os dados do terreno ou do lugar que estão contidos nessa forma de representação do espaço geográfico.

Pensando no mapa como um instrumento de localização, a compreensão e a leitura dos elementos são importantes também para que possamos nos guiar e nos movimentar sobre a superfície terrestre.

Saiba mais: Coordenadas geográficas — linhas imaginárias que permitem a localização precisa de um ponto sobre a Terra

Exercícios resolvidos sobre os elementos de um mapa

Questão 1) (Cederj 2021) Observe a figura sobre os casos de notificação de covid-19 por estados no Brasil:

 Mapa do Brasil com diferentes tons de vermelho e legenda, um dos elementos do mapa, com números de casos de covid-19.

Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pandemia_de_COVID-19_no_Brasil. Acesso em: 31 out. 2021.

As unidades da federação que registram os dois maiores números de casos de notificação pertencem à seguinte região:

a) Sul

b) Sudeste

c) Nordeste

d) Centro-Oeste

Resolução: Para interpretar o mapa e responder a essa questão, é fundamental a leitura da legenda. A legenda mostra que os tons mais escuros de vermelho representam os estados onde houve maiores números de notificação de covid-19. No mapa, os estados de São Paulo e Minas Gerais são aqueles que aparecem com coloração mais escura, o que indica os dois maiores números de casos de notificação. Ambos os estados pertencem à região Sudeste.

Alternativa B

Questão 2) (UEG 2021) Observe a figura a seguir.

Escala cartográfica, um dos elementos do mapa.

Na figura apresentada, que demonstra uma escala gráfica, cada intervalo representaria em um mapa 1 cm. Na superfície da Terra, em um trajeto, cada intervalo de um 1 cm corresponde a:

a) 100 km

b) 300 km

c) 50 km

d) 200 km

e) 150 km

Resolução: A escala apresentada na questão é do tipo gráfica, muito comum nos mapas e demais produtos cartográficos. Considerando que cada intervalo representa 1 centímetro, e a reta graduada possua um total de quatro intervalos, representando, ao todo, 200 km na superfície real, podemos dizer que cada centímetro no mapa representa 50 km no terreno.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Elementos de um mapa"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/elementos-um-mapa.htm. Acesso em 22 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

O título é um dos elementos obrigatórios de um mapa. A sua função é

A) estabelecer a relação entre a distância real e a distância do mapa.

B) apresentar o assunto que está sendo retratado pelo documento.

C) simbolizar os elementos que estão desenhados no mapa.

D) informar as fontes consultadas para a confecção do documento.

E) mostrar as linhas imaginárias presentes na localidade cartografada.

Exercício 2

O elemento cartográfico obrigatório que indica o significado dos símbolos presentes em um mapa é corretamente chamado de

A) subtítulo.

B) fonte.

C) orientação.

D) título.

E) legenda.