Whatsapp

Nutrição vegetal

Biologia

PUBLICIDADE

A nutrição vegetal, ou nutrição das plantas, diz respeito ao estudo dos nutrientes inorgânicos necessários para o crescimento de uma planta. Chamamos de elementos essenciais aqueles elementos químicos que são fundamentais para a planta se desenvolver. Esses elementos são classificados em macronutrientes e micronutrientes, sendo os macronutrientes aqueles de que a planta necessita em grande quantidade e os micronutrientes aqueles de que a planta necessita em uma quantidade inferior.

É importante lembrar que, para garantir a quantidade necessária de nutrientes orgânicos, a planta realiza a chamada fotossíntese, processo em que se utiliza a energia luminosa para transformar gás carbônico e água em compostos orgânicos. Esse processo, no entanto, não será aqui abordado, sendo o enfoque deste texto os nutrientes inorgânicos necessários para o desenvolvimento da planta.

Leia também: Transporte de água pelo corpo do vegetal

Elementos essenciais para a nutrição vegetal

As plantas necessitam de alguns elementos específicos para o seu desenvolvimento.
As plantas necessitam de alguns elementos específicos para o seu desenvolvimento.

As plantas, para se desenvolverem, necessitam de alguns elementos químicos. A maioria desses elementos é absorvida pela planta como íons inorgânicos a partir de soluções no solo. O carbono, o hidrogênio e o oxigênio, no entanto, são derivados do ar e da água. Para ser considerado um  elemento essencial, alguns critérios básicos são levados em consideração.

1. A planta necessita desse nutriente para completar seu ciclo de vida.

2. O nutriente analisado faz parte de uma molécula ou constituinte da planta.

3. Surgimento de sintomas na planta caso esse elemento esteja ausente.

Para determinar se um elemento químico é ou não essencial, pesquisadores utilizaram a chamada cultura hidropônica, na qual as plantas são cultivadas em soluções nutritivas. Essas soluções podem ter sua composição controlada e, desse modo, observa-se se um elemento é ou não importante para aquele vegetal.

Para isso, utiliza-se uma planta controle que crescerá em uma solução contendo todos os elementos e cultiva-se outra planta em uma solução sem algum elemento específico. Se o elemento retirado da solução for essencial, a planta apresentará alguns sintomas de deficiência, como crescimento retardado, folha sem pigmentação, entre outros problemas a depender do elemento analisado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por meio de diversos estudos, chegou-se à conclusão de que 17 elementos químicos são considerados essenciais para o desenvolvimento da maioria das plantas vasculares. Cada um desses elementos apresenta uma função diferente na planta, existindo, por exemplo, elementos com papéis estruturais, regulatórios e enzimáticos. Veja quais são os dezessete elementos a seguir.

 

Todos os nutrientes citados exercem importantes funções. O magnésio, por exemplo, faz parte da composição da molécula de clorofila. O cálcio atua na abertura e fechamento de estômatos. O fósforo faz parte da molécula de ATP.  O nitrogênio e o enxofre, por sua vez, são componentes de proteínas. Independentemente do nutriente analisado, todos são fundamentais e suas deficiências podem causar prejuízo sério às plantas.

Vale destacar que alguns nutrientes inorgânicos são essenciais apenas para alguns grupos específicos de planta, sendo esse o caso do alumínio, cobalto e sódio, por exemplo. Nesse caso, a denominação correta é de elementos benéficos.

Leia também: Xilema e floema — tecidos vegetais especializados na condução

Macronutrientes e micronutrientes

Os elementos essenciais são classificados em macronutrientes e micronutrientes. Os chamados macronutrientes são aqueles de que a planta necessita em maior quantidade, enquanto os micronutrientes são aqueles de que a planta necessita em quantidade menor. Isso não significa, no entanto, que os micronutrientes são menos importantes que os macronutrientes, e sim que suas necessidades em relação à quantidade são diferentes.

  • Macronutrientes: carbono, oxigênio, hidrogênio, nitrogênio, fósforo, enxofre, potássio,  cálcio e magnésio.
  • Micronutriente: cloro, ferro, manganês, boro, zinco, cobre, níquel e molibdênio.

Sintomas de deficiência nutricional nas plantas

A deficiência nutricional em plantas pode ser observada facilmente nas folhas, por exemplo.
A deficiência nutricional em plantas pode ser observada facilmente nas folhas, por exemplo.

Plantas que apresentam deficiência nutricional apresentam alterações no seu desenvolvimento. A maioria dos sintomas pode ser percebida ao se analisar o caule e a folha. Podemos citar como exemplos de sintomas dessa deficiência:

  • amarelecimento das folhas;
  • morte de tecidos;
  • crescimento raquítico de ramos.

A falta de níquel, por exemplo, pode provocar manchas necróticas nas pontas das folhas, enquanto a deficiência de nitrogênio pode provocar clorose (amarelecimento em decorrência da perda ou redução da produção de clorofila) generalizada, em especial em folhas mais velhas.

Vale destacar que os sintomas da deficiência nutricional nas plantas não estão relacionados apenas com o papel desempenhado por aquele elemento no vegetal, estando relacionados também com a sua mobilidade na planta. Aqueles elementos que se movem rapidamente pelo floema promovem, inicialmente, sintomas nos órgãos mais velhos. Isso se deve ao fato de que a planta possui capacidade de mover aqueles elementos que estão sendo disponibilizados em baixa quantidade para os locais onde são mais necessários, como folhas mais jovens.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Nutrição vegetal"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/nutricao-das-plantas.htm. Acesso em 04 de março de 2021.

Lista de Exercícios
Questão 1

As plantas carnívoras ou insectívoras possuem capacidade de capturar insetos. Essas plantas têm como principal forma de garantir nutrientes a

a) realização da nutrição heterotrófica.

b) realização da quimiossíntese.

c) realização da fotossíntese.

d) realização da respiração celular.

e) realização do ciclo de Krebs.

Questão 2

As plantas, assim como todos os animais, necessitam de alguns nutrientes essenciais. Os nutrientes necessários para a planta podem ser macronutrientes ou micronutrientes. Analise as alternativas a seguir e marque a única que apresenta um micronutriente:

a) Nitrogênio.

b) Fósforo.

c) Ferro.

d) Potássio.

e) Cálcio.

Mais Questões
Artigos Relacionados
Clique aqui e saiba o que é e como ocorre o processo de quimiossíntese.
Saiba mais sobre as plantas carnívoras, plantas que mexem com o imaginário popular em virtude da capacidade de capturar animais e utilizar seus nutrientes.
Aprenda um pouco mais a respeito das flores clicando aqui! Neste texto explicaremos o que é flor e qual a sua função, e conheceremos suas partes.
Clique aqui e conheça mais sobre a raiz, uma importante estrutura do vegetal. Entenda o que é esse órgão. Conheça as partes e alguns tipos especiais de raiz.
Entenda como pode ocorrer o transporte de água pelo corpo do vegetal em momentos com pouca transpiração e em momentos com grande transpiração.
Clique aqui e amplie seu conhecimento sobre tecidos vegetais, importante parte da botânica. Conheça seus tipos e os sistemas dos quais eles fazem parte.
Entenda o que é essa técnica e quais suas vantagens
Amplie seus conhecimentos sobre fotossíntese, um processo realizado por seres autotróficos fundamental para a manutenção da vida no planeta.
Entenda a importância do mecanismo de abertura e fechamento do estômato.
Entenda a função do xilema e do floema para a planta, e conheça as principais diferenças existentes entre esses dois importantes tecidos vegetais.