Topo
pesquisar

Polvos

Animais

Os polvos são moluscos cefalópodes que apresentam grande capacidade de natação e camuflagem e destacam-se por sua impressionante inteligência.
Os polvos apresentam grande capacidade de camuflagem.
Os polvos apresentam grande capacidade de camuflagem.
PUBLICIDADE

Os polvos são moluscos da classe Cephalopoda extremamente interessantes e vivem no fundo do mar em praticamente qualquer profundidade. Esses animais destacam-se por sua forma peculiar e por apresentar incríveis meios de defesa. Estima-se que existam, no mínimo, 100 espécies diferentes de polvos.

→ Corpo dos polvos

Os polvos são animais de corpo mole, assim como todos os animais do grupo dos moluscos, e possuem oito tentáculos, que apresentam uma série de ventosas. A região de sua cabeça lembra um grande saco e apresenta olhos, um bico córneo quitinoso e um sistema nervoso altamente desenvolvido. Acredita-se que os polvos sejam os animais invertebrados mais inteligentes do nosso planeta, capazes até mesmo de utilizar ferramentas.

Em relação ao tamanho, os polvos apresentam comprimento total variado. Existem espécies, como o Octopus vulgaris (polvo comum), que podem atingir até um metro e meio de comprimento e pesar mais de dez quilos. Apesar disso, o maior polvo encontrado tinha mais de nove metros de comprimento.

→ Alimentação

Os polvos são animais carnívoros em todo seu ciclo de vida e alimentam-se, principalmente, de crustáceos, como caranguejos, camarões e lagostas, de peixes e de outros moluscos. A maioria desse animais alimenta-se à noite, embora existam espécies diurnas, como é o caso do polvo comum do recife. 

→ Polvos e a defesa contra predadores

Os polvos são predados pelas moreias, tubarões, raias, alguns peixes grandes, mamíferos marinhos, pássaros e seres humanos. Para fugir dos predadores, esses animais apresentam técnicas bem desenvolvidas. Uma dessas formas de defesa é a natação rápida, conseguida por meio de jatos d'água que saem do corpo do animal por estruturas especializadas.

Além da fuga rápida, os polvos apresentam capacidade de camuflagem e, por isso, podem ser confundidos com plantas e rochas. Eles também são capazes de liberar uma tinta, que, ao cair no mar, deixa a água turva e confunde os predadores. Podemos citar ainda a extraordinária capacidade de resistência desses animais a certas torções, esmagamentos e privação de oxigênio.

→ Reprodução dos polvos

Os polvos são animais de sexo separado, ou seja, existem machos e fêmeas. Durante a cópula, os machos utilizam um braço especializado para garantir a introdução de espermatozoides na fêmea.

As fêmeas colocam muitos ovos que são depositados em locais abrigados. Após a postura, a ela cuida dos ovos durante o período de incubação. Nesse período, a fêmea não se alimenta e morre após a eclosão dos ovos em consequência da exaustão e da inanição. Pesquisadores já registraram um polvo que chocou seus ovos por 4,5 anos sem aceitar qualquer tipo de alimento.

Dos ovos surge um estágio larval que sobe para a superfície da água. Depois de algum tempo, essas larvas assentam, iniciando o aumento de peso e crescimento, estágio chamado de juvenil. O desenvolvimento continua até que se tornem adultos. Estima-se que apenas uma em cada cem larvas consiga chegar ao estágio adulto.

Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Polvos"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/animais/polvos.htm>. Acesso em 20 de novembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA