Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Gases

O gás é um dos estados da matéria. Ele sempre toma a forma e o volume do recipiente que ocupa.

Vapores oriundos de um gêiser.
Vapores oriundos de um gêiser.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

O gás é um dos estados da matéria, caracterizado por sempre tomar a forma e o volume do recipiente em que está inserido. Muitas de suas propriedades são consequência de seu comportamento molecular: as partículas gasosas quase não apresentam interações intermoleculares. Por isso, os gases têm grande energia cinética, baixa densidade, são muito compressíveis e também completamente miscíveis.

Termodinamicamente, o gás é definido por grandezas físicas conhecidas como variáveis de estado: pressão, temperatura, volume e número de mols. Dessas variáveis foram enumeradas leis e princípios, as quais deram origem aos modelos matemáticos dos gases que conhecemos hoje, como a equação geral dos gases e a equação de Clapeyron para gases ideais.

Leia também: Quais são os estados físicos da matéria?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre os gases

  • O gás é um dos estados da matéria.

  • Admite-se que as moléculas de um gás quase não apresentam interação.

  • Os gases são completamente miscíveis entre si, além de extremamente compressíveis.

  • Difundem-se por completo e sempre tomam a forma e o volume do recipiente em que estão inseridos.

  • São menos densos do que sólidos e líquidos.

  • As partículas gasosas apresentam grande energia cinética e apenas a gravidade e as paredes de um recipiente podem conter um gás.

  • Gases são definidos termodinamicamente pela pressão, temperatura, volume e número de mols, as conhecidas variáveis de estado de um gás.

  • Matematicamente, um gás ideal pode ser definido pela equação de Clapeyron.

Videoaula sobre os gases

O que são gases?

Os gases compõem um dos estados de agregação da matéria, com a característica de sempre tomarem a forma e o volume do recipiente que ocupam. Podem se apresentar na natureza na forma pura ou em uma mistura, sendo que toda mistura gasosa é homogênea.

 Vapor de água saindo de panela
A água pura se torna gás a uma temperatura de 100 °C se a pressão atmosférica for de 1 atmosfera.

Em geral, apresentam menor densidade que sólidos e líquidos, além de suas partículas possuírem maior energia cinética, já que quase não existem interações intermoleculares nesse estado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características dos gases

Diversas são as características e particularidades do estado gasoso. Em um gás, as partículas praticamente não interagem (baixa interação intermolecular), o que gera algumas consequências do ponto de vista de seu comportamento físico.

Por exemplo, por conta dessa baixa interação, o gás é um estado extremamente compressível (tem seu volume reduzido por aplicação de pressão). A depender da compressibilidade, o gás pode, inclusive, se liquefazer.

As partículas constituintes apresentam alta energia cinética (grande velocidade) e podem colidir umas com as outras de forma aleatória e desordenada, gerando a difusão do gás até que ele esteja homogeneamente distribuído por todo o sistema. É por isso que os gases tomam a forma e o volume do recipiente em que estão inseridos.

Atmosfera terrestre
A atmosfera é uma grande camada gasosa que envolve o nosso planeta.

Só duas coisas conseguem conter um gás: um recipiente e a gravidade. Por conta do grande espaçamento das partículas, os gases também são menos densos que os sólidos e os líquidos. Além disso, a miscibilidade entre gases é total, sempre formando sistemas homogêneos.

Leia também: Difusão e efusão dos gases

Variáveis de estado de um gás

Um gás é definido por quatro grandezas:

  • pressão (p);

  • volume (V);

  • temperatura (T);

  • número de partículas (número de mols, n).

Estas são entendidas como as variáveis de estado do gás, que definem termodinamicamente esse estado. Essas grandezas apresentam dependência umas das outras, ou seja, a alteração de uma influencia na alteração da outra.

Contudo, apesar de terem sido enumeradas quatro grandezas, definiu-se experimentalmente que se faz necessário conhecer apenas três dessas variáveis, pois a quarta será fixa. Ou seja, se é conhecido o número de mols de um gás, seu volume e sua temperatura, então a pressão tem um valor fixo.

Equação geral dos gases

Conhecendo as variáveis de estado de um gás, três leis são essenciais para caracterizá-lo quantitativamente:

  • Lei de Boyle: estabelece que o produto p.V é igual a uma constante, caso o número de partículas e a temperatura sejam constantes.

  • Lei de Charles: estabelece que o volume de um gás é diretamente proporcional à temperatura, caso o número de partículas e a pressão sejam constantes.

  • Princípio de Avogadro: estabelece que o volume de um gás é diretamente proporcional ao seu número de partículas, caso a pressão e a temperatura sejam constantes.

Com base nisso, definiu-se que:

p ∙ V = constante ∙ n ∙ T

Essa constante, inicialmente apenas de aspecto proporcional, demonstrou-se igual para todos os gases experimentalmente e, por isso, foi denominada constante dos gases (R). Em um processo físico, não havendo alteração do número de mols de um gás, as variáveis de estado se relacionam da seguinte forma:

\(n\cdot R=\frac{p\ \cdot\ V}{T}\)

Tal equação é definida como a equação geral do gás e integra as conclusões das três leis apresentadas anteriormente. Como é sabido, os estados do gás são dependentes entre si, por isso, a equação apresenta uma maneira de mostrar essa dependência de forma quantitativa.

Por exemplo, se o gás se apresenta em uma condição 1 e muda para uma condição 2, as variáveis de estado manterão sua dependência, e essa variação poderá ser calculada como:

\(\frac{p_1\cdot\ V_1}{T_1}=\frac{p_2\cdot\ V_2}{T_2}\)

Equação dos gases ideais

A reorganização dessa equação nos leva à equação dos gases ideais, também conhecida como equação de Clapeyron:

p ∙ V = n ∙ R ∙ T

A constante R possui diversos valores possíveis, pois é dependente do sistema de unidades utilizado pelas demais variáveis. Exemplos de valor de R são:

  • R = 8,314 J.K-1.mol-1

  • R = 1,987 cal.K-1.mol-1

  • R = 0,082 atm.L.mol-1.K-1

  • R = 62,36 L.mmHg.K-1.mol-1

Embora o gás ideal (ou perfeito) não exista na natureza, é possível fazer com que um gás real se comporte como ideal: basta fazer a pressão chegar muito próximo a zero.

Essa diferença se dá porque o modelo do gás ideal não contempla as interações intermoleculares entre as partículas gasosas, que, por menor que sejam, existem. Se as interações entram em jogo, as repulsões eletrônicas também. Conforme a pressão aumenta, a equação de Clapeyron já não é mais adequada para o estudo do gás.

 

Por Stéfano Araújo Novais
Professor de Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

NOVAIS, Stéfano Araújo. "Gases"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/gases-.htm. Acesso em 05 de julho de 2022.

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

(UnB-DF) O estudo das propriedades macroscópicas dos gases permitiu o desenvolvimento da teoria cinético-molecular, a qual explica, em nível microscópico, o comportamento dos gases. A respeito dessa teoria, julgue os itens que se seguem:
 
(1) O comportamento dos gases está relacionado ao movimento uniforme e ordenado de suas moléculas. 
(2) A temperatura de um gás é uma medida da energia cinética de suas moléculas. 
(3) Os gases ideais não existem, pois são apenas modelos teóricos em que o volume das moléculas e suas interações são considerados desprezíveis. 
(4) A pressão de um gás dentro de um recipiente está associada às colisões das moléculas do gás com as paredes do recipiente. 

Exercício 2

(Unisa–SP) Observando o comportamento de um sistema gasoso, podemos afirmar que:

I. A pressão de um gás é o resultado das colisões das moléculas com as paredes do recipiente.

II. A energia cinética média das moléculas de um gás é diretamente proporcional à temperatura absoluta.

III. Volume, pressão e temperatura são chamados variáveis de estado.

IV. As moléculas se movimentam sem colidirem com as paredes do recipiente que as contém.

Estão corretas as afirmativas:

a) somente I

b) somente II

c) I e II

d) II, III e IV

e) I, II e III

Artigos Gases


Os balões sobem porque com o aumento da temperatura do ar sua densidade diminui
Química

Densidade Absoluta dos Gases

Aprenda a calcular a densidade absoluta para qualquer gás, quer esteja nas CNTP (Condições Normais de Temperatura e Pressão) ou não.

Os balões “dirigíveis” eram movidos a gás hidrogênio, mas, por ser muito inflamável, ele foi substituído pelo gás hélio.*
Química

Densidade Relativa dos Gases

Por meio do estudo da densidade relativa dos gases compreenda por que um balão preenchido com gás hélio sobe e um balão que enchemos com a boca desce.

Cada gás da mistura apresenta um volume parcial, resultando no volume total
Química

Dicas para calcular o volume parcial de um gás

Clique e tenha acesso a dicas fundamentais para calcular volume parcial de um gás!

Vapor exalado da chaleira
Química

Diferença entre gás e vapor

A resposta está nas alterações de pressão e temperatura.

Quando um perfume é aspergido ou quando seu vidro se quebra, em pouco tempo sente-se o cheiro do perfume em todo o ambiente. Isso ocorre em virtude da
Química

Difusão e Efusão dos Gases

Difusão é a propriedade de dois ou mais gases se misturarem espontaneamente; e efusão é a passagem de um gás através de pequenos poros.

Benoit Pierre Emile Clapeyron (1799-1864)
Química

Equação de estado dos gases (Equação de Clapeyron)

Veja qual é a famosa equação de Clapeyron ou equação de estado dos gases que é usada para resolver inúmeros exercícios sobre o comportamento dos gases.

Química

Equação geral dos gases

Conhecendo o volume, temperatura e pressão de um gás.

Gás freon em bujões
Química

Gás freon

O gás freon é um gás altamente inflamável e é um dos responsáveis pela destruição da camada de ozônio. Confira!

Química

Gás perfeito - exercícios

Como solucionar problemas envolvendo o comportamento de gases.

Química

Gases

O que são gases, quais as propriedades dos gases, compostos moleculares, compressibilidade, volume fixo, energia cinética média, temperatura absoluta de um gás, gás ideal, Gases reais, gás...

Selo postal mostra primeira ascensão ao Monte Everest por Edmund Hillary e Tenzing Norgay (1953). Note o uso de equipamento de respiração adequado*
Química

Lei de Dalton

Conheça o enunciado da lei de Dalton sobre misturas gasosas, veja exemplos e saiba como chegar à fração molar de cada gás na mistura.

O que causa o efeito spray?
Química

Lei dos gases e aerossóis

Entenda melhor o funcionamento das latas de spray.

Joseph Louis Gay-Lussac (1778-1850)
Química

Lei volumétrica de Gay-Lussac

Conheça a lei volumétrica de Gay-Lussac, bem como a hipótese ou lei de Avogadro, que a complementou e contribuiu para o desenvolvimento do conceito de moléculas.

Louis Joseph Gay-Lussac
Química

Leis de Gay-Lussac e Proust

Leis de Gay-Lussac, lei de Proust, reação química, proporção constante, massas das substâncias, substância pura, análises qualitativas e quantitativas, lei dos gases perfeitos, lei das...

A pressão total e o volume total de uma mistura gasosa são dados pelas pressões e volumes parciais dos gases que compõem a mistura
Química

Misturas Gasosas

As duas grandezas principais do estudo das misturas gasosas são a pressão parcial e o volume parcial. Entenda do que se trata cada uma delas e como calculá-las.

Competição de futebol em região com elevada altitude
Química

Pressão Atmosférica

Pressão Atmosférica, relação entre a força exercida em uma dada superfície, regiões de grande altitude, menor quantidade de partículas de ar por unidade de volume, Bolívia, China, Colômbia,...

Uma mistura gasosa apresenta como pressão total a soma das pressões dos gases
Química

Pressão parcial dos gases

Clique e conheça o que vem a ser uma pressão parcial e também quais são as principais fórmulas envolvidas nos cálculos dessa pressão.

Química

Relação entre Lei de Avogadro e gases

Relação entre volume e número de mol de gases.

Química

Teoria cinética dos gases

Como alterar a energia cinética média de um gás?

Em uma transformação isobárica, o volume das moléculas do gás aumenta com o aumento da temperatura
Química

Transformação isobárica

Conheça a transformação isobárica, uma das mudanças mais importantes que ocorrem com os gases.

Química

Transformação isocórica (isovolumétrica)

Saiba mais sobre como acontece a transformação isocórica clicando aqui! Conheça quem a descobriu, e confira exemplos do cotidiano em que acontece esse tipo de transformação.

As transformações isotérmicas constituem a relação entre o volume e a pressão de um gás a uma temperatura constante
Química

Transformação isotérmica ou Lei de Boyle

Uma transformação isotérmica ocorre quando um determinado gás com massa e temperatura constantes sofre variação no seu volume e pressão.

Química

Transformações gasosas

Você conhece as transformações gasosas? Confira aqui o que são transformações isotérmicas, isobáricas, isovolumétricas e adiabáticas!

Química

Transformações gasosas - exercícios

Aprenda a resolver questões envolvendo gases perfeitos.

Química

Volume molar de gases

Determinação do volume ocupado por um mol de qualquer gás.

PUBLICIDADE

Estude agora


A condição pós-moderna de Jean-François Lyotard

Jean-François Lyotard é um dos pensadores que se dedicam a entender a complexa condição pós-moderna. Entender a...

Êxodo rural

Assista à nossa aula e descubra o que é o êxodo rural. Conheça as causas e consequências desse fenômeno mundial....