Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Sri Lanka

Sri Lanka é um país insular da região sul da Ásia. Sua população atual é de 21,4 milhões de habitantes e é um país que conta com uma capital executiva e outra legislativa.

Bandeira do Sri Lanka.
Bandeira do Sri Lanka.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

O Sri Lanka, chamado também de República Democrática Socialista do Sri Lanka, é um país insular do continente asiático situado ao sul da Índia. Banhado pelo oceano Índico, dispõe de clima tropical monçônico e relevo montanhoso no interior e suave na costa. O Sri Lanka conta atualmente com 21,4 milhões de habitantes, dos quais somente 19% vivem nas cidades. Por quase duas décadas, entre 1983 e 2009, o país esteve imerso em uma guerra civil que repercute principalmente nas esferas social e econômica até o presente.

Veja também: Malta — um pequeno país arquipélago presente no continente europeu

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o Sri Lanka

  • Sri Lanka é um país insular localizado na região sul da Ásia.

  • Tem uma capital legislativa e outra executiva, respectivamente, Sri Jayewardenepura Kotte e Colombo.

  • É uma nação independente desde 1948.

  • Seu território é banhado pelo oceano Índico.

  • Dispõe de clima tropical monçônico e relevo que varia de montanhoso, na parcela central, a colinoso e plano, à medida que se aproxima do litoral.

  • Sua vegetação natural é composta por florestas.

  • Possui 21.497.000 habitantes e uma taxa de urbanização de apenas 19%.

  • A economia do país é baseada em comércio e serviços e na indústria de transformação. Tem grande importância também o cultivo de arroz.

  • Seus costumes e tradições são pautados principalmente pela religião, com destaque para o budismo e o hinduísmo.

  • O país esteve imerso em uma guerra civil entre 1983 e 2009.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais sobre o Sri Lanka

  • Nome oficial: República Democrática Socialista do Sri Lanka

  • Gentílico: srilankês

  • Extensão territorial: 65.610 km²

  • Localização: sul da Ásia

  • Capital: Sri Jayewardenepura Kotte (capital legislativa) e Colombo (capital executiva)

  • Clima: tropical monçônico

  • Governo: república presidencialista

  • Divisão administrativa: nove províncias

  • Idioma: cingalês e tâmil

  • Religiões:

    • budismo: 70,2%;

    • hindu: 12,6%;

    • islâmica: 9,7%;

    • católica romana: 6,1%;

    • outras religiões cristãs: 1,3%.

  • População: 21.497.000 habitantes (ONU, 2021)

  • Densidade demográfica: 342,8 hab./km²

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,782

  • Moeda: Rupia do Sri Lanka

  • Produto Interno Bruto (PIB): US$ 83,32 bilhões (FMI, 2022)

  • PIB per capita: US$ 3760

  • Gini: 0,398

  • Fuso horário: GMT+5:30

  • Relações exteriores:

    • Organização das Nações Unidas (ONU);

    • Organização Mundial do Comércio (OMC);

    • Fundo Monetário Internacional (FMI);

    • Banco Mundial.

Etimologia do Sri Lanka

O nome Sri Lanka foi oficialmente adotado no ano de 1972, quando o país se tornou uma república. Originário do sânscrito, o termo lanka significa “ilha”, enquanto sri tem como significado “resplandescente”. Portanto, Sri Lanka traduz-se como Ilha Resplandescente.

Antes da denominação atual, o Sri Lanka teve uma série de outros nomes, sendo Lanka um dos primeiros. Os dois mais recentes foram Serendib, atribuído pelos árabes e persas e do qual se originou a palavra serendipity, em inglês; e Ceilão, oriundo do árabe, saheelan, e formalizado com a colonização britânica na ilha.

Mapa do Sri Lanka

Mapa do Sri Lanka.

Geografia do Sri Lanka

O Sri Lanka é um país insular que se situa ao sul da Índia, estando separado desse país através do estreito de Palk. Possui 65.610 km² de extensão e está localizado no oceano Índico, tendo como capital a cidade de Colombo. A porção oeste do território srilankês está inserida na baía de Bengala, a maior baía do mundo. A leste, o país é banhado pelo mar das Laquedivas.

→ Clima do Sri Lanka

O clima presente no Sri Lanka é o tropical monçônico. As temperaturas médias variam entre 22 ºC e 33 ºC na maior parte do país, sendo mais amenas (até 26 ºC) nas áreas de maior altitude, que se concentram na região central do território.

Os ventos úmidos das monções têm papel importante na distribuição de umidade e no regime hídrico do país. As parcelas sul e oeste são as mais úmidas (zona úmida), onde o volume anual de chuvas pode chegar a 2500 mm. O norte e o leste do Sri Lanka são caracterizados pelos índices pluviométricos mais baixos (zona seca), com média de 1300 mm anuais.

→ Relevo do Sri Lanka

O relevo do Sri Lanka se divide entre a região central mais elevada e bastante acidentada, marcada pela presença de montanhas, vales encaixados e serras, e os terrenos colinosos e planícies que circundam essa área e representam mais de 80% da área do país.

Manada de elefantes tomando banho em um rio na selva do Sri Lanka.
Manada de elefantes tomando banho em um rio na selva do Sri Lanka. Esses animais são parte da fauna desse país.

→ Vegetação do Sri Lanka

A vegetação do Sri Lanka é caracterizada pelas florestas tropicais, que recobrem atualmente um terço da superfície do país. Ao norte ficam as florestas decíduas, enquanto as formações perenes se concentram na zona úmida, ao sul.

→ Hidrografia do Sri Lanka

A maior parte dos rios do Sri Lanka é perene, formada em decorrência dos elevados volumes de chuva. Eles têm origem principalmente nas áreas centrais, desaguando no oceano Índico. Ressalta-se que o maior curso d’água do país é o rio Mahaweli, que possui 330 km de extensão.

Demografia do Sri Lanka

O Sri Lanka tem uma população de 21.497.000 habitantes, de acordo com dados das Nações Unidas. Trata-se do 23º país do continente asiático em população. Em função de sua pequena área, o território srilankês é densamente povoado, com uma distribuição populacional da ordem de 342,8 hab./km². A região central, onde o relevo é mais acidentado, concentra um menor número de pessoas. A maior parcela da população do Sri Lanka vive na zona úmida, distribuindo-se pelo sul e leste.

Vista aérea da cidade de Colombo, no Sri Lanka.
Colombo, maior cidade do Sri Lanka.

Além disso, o país é essencialmente rural, visto que somente 19% de sua população vivem nas cidades. A capital executiva, Colombo, é a maior delas e concentra atualmente 606 mil habitantes. A segunda maior cidade srilankesa é Sri Jayewardenepura Kotte, capital legislativa do país, com 103 mil habitantes.

A população do Sri Lanka cresceu rapidamente na segunda metade do século XX até 1983, quando se iniciou uma longa guerra civil no país. Mesmo com o término do conflito em 2009, o ritmo de crescimento permaneceu lento e é atualmente de 0,63% ao ano.

Isso se deve principalmente à elevada saída de pessoas do país, o que resulta em um salto migratório negativo. Dados do Banco Mundial mostram que, em 1991, 209 mil pessoas deixaram o país em busca de abrigo, maior valor desde o início da guerra. O número de refugiados srilankeses no mundo hoje é de 142 mil.

Saiba mais: Imigração — as causas relacionadas a esse fenômeno de entrada de um indivíduo em um novo território

Economia do Sri Lanka

A economia do Sri Lanka tem experimentado uma lenta recuperação desde o final da guerra civil que assolou o país por mais de duas décadas. Um dos fatores que têm impedido maior avanço é a elevada dívida externa, que equivale a 79% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

O foco para a recuperação tem sido principalmente o setor de turismo e a maior atração de investimentos estrangeiros. O PIB srilankês é de 83,3 bilhões de dólares. A maior parte desse montante, 61,7%, é oriunda do comércio e dos serviços, como bancários e financeiros, seguros e telecomunicações.

A indústria responde por 30,5% da economia nacional do Sri Lanka, e a sua produção apresenta uma grande diversidade, destacando-se o processamento de produtos primários (petróleo, borracha, tabaco e outros derivados da agropecuária), a atividade mineradora, o setor têxtil e a construção civil.

A agropecuária responde por 7,8% do PIB, tendo como carro-chefe a rizicultura (produção de arroz) e a produção de chá, que atende tanto a demanda interna quanto a externa. Além desses, o país é produtor também de canela, cana-de-açúcar, coco, banana e milho.

História do Sri Lanka

A ocupação do Sri Lanka começou por volta do ano 500 a.C., quando os cingaleses migraram da Índia em direção à ilha. Dois séculos mais tarde, a religião budista foi introduzida no país e rapidamente ganhou um grande número de adeptos, sendo hoje a fé predominante no Sri Lanka. As primeiras cidades e assentamentos populacionais se estabeleceram a partir do ano 200 a.C., mesmo período em que surgiram os primeiros núcleos políticos, chamados de reinos.

Os diversos reinos que compunham o Sri Lanka foram unificados pouco tempo depois, mas conflitos internos e invasões estrangeiras, já no século XII, levaram à formação de dois estados independentes na ilha. Tal fato acentuou a crise política interna e enfraqueceu o território srilankês, que se viu diante de novas invasões oriundas da Índia. No século XVI, o país estava dividido em três grandes regiões, sendo uma delas dos tâmeis e outras duas destinadas a reinos cingaleses distintos.

O século XVI representa o início da colonização do território do Sri Lanka pelos europeus. Os primeiros a aportarem na ilha foram os portugueses, que estavam em busca de especiarias, como a canela, e passaram a controlar principalmente a costa do país, onde estavam instalados os principais portos marítimos. Logo na sequência, na segunda metade do século XVII, foi a vez dos holandeses, e, ao final do século XVIII, os britânicos estabeleceram seu domínio. Muitas reformas foram realizadas por eles, além de introduzirem seu idioma e desenvolverem grandes culturas agrícolas, como do café.

À época chamado de Ceilão, o país conquistou a sua independência dos britânicos em 4 de fevereiro de 1948. Tornou-se uma república e passou a adotar oficialmente o nome de Sri Lanka em 1972, mesmo ano em que se adotou uma nova Constituição.

Após anos de tensões entre tâmeis e cingaleses, um movimento separatista, liderado pelo grupo conhecido como Tigres de Liberação do Tamil Eelam (LTTE), deu origem a uma guerra civil no Sri Lanka, que teve início em 1983 e perdurou por mais de duas décadas, chegando ao fim em maio de 2009.

Quase uma década após o fim da guerra, o Sri Lanka se viu imerso em uma crise constitucional que se desenrolava desde 2015 e aparentemente chegou ao fim três anos mais tarde. O país, entretanto, passa atualmente por uma crise política e econômica marcada pela escassez de produtos e crescimento da dívida externa.

Cultura do Sri Lanka

A cultura srilankesa recebeu, ao longo dos séculos, influências de países vizinhos, principalmente da Índia, e dos povos estrangeiros que colonizaram o seu território, como portugueses, holandeses e britânicos.

Atualmente a maior parcela da população do Sri Lanka pertence a etnias sul-asiáticas, como os cingaleses, tâmeis (indianos e do Sri Lanka) e moors, o que reflete nos costumes e tradições predominantes no país.

Ressalta-se que a religião exerce grande importância na vida da população do Sri Lanka, que segue, em sua maioria, os preceitos do budismo, e também nas expressões culturais, como na pintura (da qual destacamos a pintura dos templos budistas e hindus) e no artesanato realizado com madeira e argila.

A música recebe influência portuguesa e religiosa, especialmente do budismo e do hinduísmo. As celebrações anuais incluem o Dia da Independência, festas religiosas e relacionadas a tradições de grupos étnicos, como o Thai Pongal, equivalente à festa da colheita realizada pelos tâmeis. Destaca-se ainda a importância do chá para a cultura srilankesa, além da culinária, reconhecida pela riqueza de temperos, e de pratos tradicionais, como o ambul thiyal (caril de peixe).

Infraestrutura do Sri Lanka

A maior parte da população srilankesa vive no campo, de modo que as redes de infraestrutura social são menos densas no campo do que nas cidades. Dados mais recentes das Nações Unidas indicam que as redes de saneamento atendem a 93% da população urbana, mas não há informações para as demais áreas. Além disso, a eletrificação chega a toda a população do Sri Lanka, sendo oriunda de combustíveis fósseis e também das hidrelétricas, que constituem, respectivamente, 52% e 42% da capacidade instalada no país.

Os investimentos no transporte e telecomunicações têm apresentado um aumento expressivo nos últimos anos. O país apresenta uma densa rede rodoviária, com mais de 114 mil km de estradas. A malha ferroviária é menor, com 1,5 mil km de extensão, enquanto as hidrovias são pouco utilizadas e se estendem por somente 160 km na região sudoeste do território. Já a capital do país, Colombo, abriga o maior e mais movimentado aeroporto do Sri Lanka.

Leia também: Albânia — um país localizado na península dos Bálcãs que possui densa infraestrutura

Governo do Sri Lanka

O Sri Lanka é uma república presidencialista. Nesse sistema, o presidente exerce a função de chefe de Estado e também de chefe de governo. O ocupante do cargo é eleito, por meio do voto direto, a cada cinco anos, havendo possibilidade de reeleição. O Poder Legislativo é desempenhado no âmbito do Parlamento, órgão unicameral formado por 225 assentos.

Curiosidades sobre o Sri Lanka

  • O ponto culminante do Sri Lanka fica na montanha de Pidurutalagala, a 2524 metros de altitude.

  • A expectativa de vida no Sri Lanka é de 77 anos.

  • Devido ao formato de seu território, que se assemelha a uma gota, e a proximidade com a Índia, o Sri Lanka recebeu o apelido de Lágrima da Índia.

  • Outra alcunha do Sri Lanka é Pérola do Índico, devido a sua grande biodiversidade, belezas naturais e principalmente pelas pedras preciosas encontradas no país.

  • Sirimavo Bandaranaike, eleita primeira-ministra do Sri Lanka em 1960, foi a primeira mulher no mundo a ocupar esse cargo político.

  • O país possui a árvore plantada mais antiga do mundo, com mais de dois mil anos.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Sri Lanka"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/sri-lanka.htm. Acesso em 30 de junho de 2022.

De estudante para estudante


Qual o menor país do mundo?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

O que é tectonismo?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

PUBLICIDADE

Estude agora


Mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si

Os casos mais comuns de mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si ocorrem quando juntamos...

Argumento por exemplificação

A exemplificação sempre foi um recurso importante para a explicação de conceitos mais teóricos ou mais difíceis...