Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Monções

As monções levam umidade do oceano para o continente no verão, provocando chuvas intensas. No inverno, os ventos secos sopram do continente para o oceano, causando estiagem.

Pessoas com guarda-chuvas e chuva intensa ocorrendo em decorrência das monções.
As monções são ventos que alteram a direção periodicamente e provocam chuvas intensas no verão e tempo seco no inverno.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Monções são um fenômeno atmosférico caracterizado pela alteração sazonal na direção dos ventos que sopram em determinada localidade. Essa mudança de direção é causada pelo gradiente térmico e de pressão formado entre o continente e a superfície dos oceanos durante o inverno e durante o verão.

No verão os ventos úmidos sopram do oceano para o continente, o que é chamado de monção de verão. No inverno, em contrapartida, ventos secos sopram do continente em direção ao oceano. Enquanto as monções de inverno causam secas e estiagem, as monções de verão tornam o tempo atmosférico instável e provocam chuvas intensas e volumosas.

O Sul e o Sudeste Asiático são as duas principais áreas do planeta em que se registra o clima de monções, regido pelo referido sistema de ventos. Em função disso, atividades econômicas desenvolvidas nessas regiões, como a agricultura, dependem diretamente da dinâmica dos ventos de monções.

Leia também: El Niño — fenômeno que altera temporariamente a distribuição de umidade e calor no planeta

Tópicos deste artigo

Resumo sobre monções

  • Monções são um fenômeno atmosférico caracterizado pela mudança sazonal na direção dos ventos, chamados de monção ou ventos monçônicos, em determinada área.

  • São típicas do Sul e do Sudeste Asiático, e acontecem em países como Índia, Paquistão, Vietnã, Laos e outros.

  • As monções são causadas pelo gradiente de temperatura e de pressão que se estabelece entre o oceano e o continente durante o inverno e durante o verão.

  • No verão, ventos úmidos sopram do oceano em direção ao continente, provocando mau tempo e chuvas muito intensas e volumosas. São as monções de verão.

  • No inverno, ventos secos sopram do continente em direção ao oceano, provocando estiagem e tempo seco nas áreas por onde passam. São as monções de inverno.

  • O clima regido por esse sistema de ventos alternadamente secos e úmidos recebe o nome de clima de monções.

  • As atividades econômicas, em especial a agricultura e a pecuária, dos países que possuem clima de monções dependem diretamente da dinâmica dos ventos monçônicos.

Videoaula sobre monções

O que são monções?

Chama-se de monções a alteração periódica (ou sazonal) na direção dos ventos que sopram em determinada localidade, o que afeta diretamente o tempo atmosférico. Esses ventos são chamados de monção ou ventos monçônicos. Em função dessa dinâmica, as monções podem provocar chuvas muito intensas e volumosas ou, ao contrário, causar a queda brusca da umidade do ar, instalando tempo exacerbadamente seco.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Causas das monções

As monções são causadas pela diferença de temperatura entre o continente e a superfície dos oceanos. As porções de terra do nosso planeta se aquecem e perdem calor mais rapidamente do que a superfície formada por água, causando um gradiente térmico entre essas áreas. Por conseguinte, sobre as áreas aquecidas, o ar também está aquecido, e nelas se formam uma célula de baixa pressão. As células de alta pressão são formadas onde o ar é mais frio e denso. Lembre-se de que o ar sempre se desloca das áreas de alta pressão em direção às áreas de baixa pressão.

Como se formam as monções?

Em função do gradiente térmico e de pressão que vimos anteriormente, os ventos sopram das áreas aquecidas em direção às áreas frias. No verão, os continentes estão mais quentes do que a superfície do oceano. Por essa razão, os ventos de monção sopram do oceano, carregando umidade, em direção ao continente. Formam-se, portanto, as monções de verão.

Esquema ilustrativo mostra a formação da monção de verão.
Os ventos sopram do oceano em direção ao continente durante o verão.

No inverno, em contrapartida, os ventos secos sopram do continente em direção ao oceano porque a superfície oceânica está aquecida, ao contrário das terras emersas. Trata-se das monções de inverno.

Esquema ilustrativo mostra a formação da monção de inverno.
Os ventos sopram do continente em direção ao oceano durante o inverno.

Onde acontecem as monções?

As monções são muito comuns nas áreas banhadas pelas águas do oceano Índico, em especial as regiões do Sul e do Sudeste Asiático. Na Ásia, então, os ventos denominados monções são característicos do clima de alguns países, como:

  • Bangladesh;

  • Camboja;

  • Índia;

  • Laos;

  • Paquistão;

  • Tailândia;

  • Vietnã.

É importante ressaltar que esse padrão de alternância de ventos não é exclusivo do continente asiático. Registra-se a ocorrência de monções em outras porções do planeta Terra, como: parte dos Estados Unidos; em países insulares banhados pelo Índico e pelo Pacífico, como Papua Nova Guiné e Indonésia; e também em uma parcela do norte da Austrália.

Leia também: Maritimidade e continentalidade — dois fatores climáticos que influenciam o clima de um local

Tipos de monções

As monções são classificadas como de verão ou de inverno conforme a época do ano em que acontecem e, principalmente, de acordo com a dinâmica dos ventos.

  • Monções de verão: são os ventos úmidos que sopram do oceano em direção ao continente durante o período mais quente do ano. Na Ásia, as monções de verão acontecem entre os meses de junho e setembro. Além de rajadas de vento fortes, elas provocam grande instabilidade no tempo atmosférico das áreas onde ocorrem, resultando em chuvas muito intensas e volumosas, concentradas em um período muito curto, podendo provocar enchentes e pontos de alagamento.

  • Monções de inverno: são os ventos secos que sopram do continente para o oceano no período mais ameno do ano. Na Ásia, as monções de inverno são mais comuns entre os meses de outubro a abril. Esses ventos tendem a ser menos intensos do que os que sopram no verão, ao mesmo tempo que parte deles é bloqueada pelas barreiras orográficas existentes no continente, como a cordilheira do Himalaia. As monções de inverno provocam seca e estiagem na maioria das áreas onde ocorrem.

Clima de monções

Paisagem formada por céu nublado, porção alagada e vegetação ao fundo.
As monções de verão são caracterizadas pelo mau tempo e pelas chuvas intensas e volumosas.

O clima de monções é chamado também de clima tropical de monções, e tem como principal característica a alternância entre uma estação seca e a outra chuvosa. Essa alternância entre estações está atrelada à mudança na direção geral dos ventos que sopram sobre determinada região, chamados de monções ou ventos monçônicos.

Assim, as áreas que apresentam clima de monções, como o Sul e o Sudeste Asiático, apresentam verões quentes e chuvosos, com temperaturas superiores a 26 ºC, e invernos amenos e secos, com temperaturas que não ficam abaixo de 18 ºC. Em função do grande volume de chuvas que acontece nos meses mais quentes do ano, as localidades em que ocorre o clima de monções registram pluviosidade anual superior a 2000 mm, podendo chegar a mais de 4000 mm por ano.

Agricultura da Ásia nas monções

Os países do Sul e do Sudeste Asiático possuem o setor agrícola muito forte, sendo grandes produtores de alimentos como arroz, chá, soja, milho, amendoim, bem como de fibras e algodão, apenas para citarmos algumas culturas importantes. A criação de animais, como de gado bovino, tem igual importância para essas economias. Em alguns casos, como o da Índia, a criação de gado está associada unicamente à produção leiteira. De qualquer forma, todas essas atividades dependem diretamente das dinâmicas dos ventos de monções.

Vista de plantação de arroz em terraço úmido.
A cultura de arroz em terraços úmidos, em países como Vietnã, Laos e Índia, depende da dinâmica das monções.[1]

As monções de verão são importantes porque é durante a sua estadia que é fornecida umidade para o solo, favorecendo o desenvolvimento e o crescimento dos cultivos agrícolas. Além disso, as chuvas e a umidade refletem na saúde dos rebanhos e na alimentação que é dada aos animais, o que os auxilia na manutenção da saúde e, por conseguinte, na qualidade do produto, como do leite. Quaisquer alterações na frequência de chuvas ou na sua incidência podem causar prejuízos severos para a economia dos países asiáticos.

Confira nosso podcast: O que eu preciso saber sobre os fatores climáticos

Exercícios sobre monções

Questão 1

(UEMG) Analise atentamente as informações abaixo:

Fortes chuvas caem sobre o continente asiático

Desde o final de julho, notícias sobre enchentes em países como Paquistão e China são constantes nos veículos de comunicação. Essas chuvas são causadas pelo fenômeno das monções que assola todos os anos essa região, conforme os mapas a seguir:

Esquema ilustrativo mostra a influência das monções de inverno e de verão sobre a ocorrência de chuvas.

Observa-se que o Sul e Sudeste asiático estão no hemisfério Norte, pouco acima da Linha do Equador e são banhados pelo Oceano Índico. Estes dois fatores criam as condições para a existência das precipitações torrenciais no verão, porque:

a) a proximidade dessas regiões com a Linha do Equador distancia as diferentes estações do ano: quando em um hemisfério é inverno, no outro é verão.

b) o clima tropical das monções é dominado pela ação de ventos sazonais que marcam duas estações bem definidas: invernos secos e verões chuvosos.

c) as enchentes no Paquistão, na época da chuva de monções, são dominadas pelos ventos úmidos, que têm origem no continente.

d) as fortes chuvas no sul da Ásia sofreram influência do forte gradiente de pressão atmosférica, aliado às áreas de altas latitudes.

Resolução: Alternativa B. As precipitações torrenciais de verão acontecem graças à dinâmica dos ventos de monções, que caracterizam o clima tropical de monções. Esse clima tem como principal característica a alternância entre uma estação quente e chuvosa e outra estação amena e seca.

Questão 2

(CPCON UEPB) Sobre o clima de monções, típico do Sul e Sudeste Asiático, assinale a alternativa CORRETA.

a) É caracterizado pela dinâmica de ventos sazonais que ocorrem no verão, do oceano para o continente, e no inverno, do continente para o oceano. No verão, os ventos são úmidos e trazem muita chuva para o continente.

b) Ocorre ao longo de todo o ano, sendo mais forte no período do inverno, fazendo com que o continente receba chuvas fracas e duradouras ao longo de mais de 3 meses.

c) É marcado por ocorrência de ventos fortes que chegam a formar tornados com capacidade de promover muita chuva na área continental. O período mais intenso é o inverno.

d) É de extremos de temperatura e umidade. Os ventos do mar para o continente e do continente para o mar fazem com que a região tenha chuvas torrenciais nos meses de inverno e secas severas durante o verão.

e) É altamente afetado pela La Niña. Esta, quando ocorre, aumenta o volume das chuvas e prolonga sua duração, podendo deixar áreas inteiramente alagadas durante anos.

Resolução: Alternativa A. O clima de monções é regido pela dinâmica dos ventos sazonais, chamados de monções. Durante o verão, eles sopram do oceano para o continente, carregando umidade e provocando fortes chuvas, enquanto no inverno as monções sopram do continente em direção ao oceano, resultando em tempo seco.

Créditos da imagem

[1] Vizz Pix Art / Shutterstock

Fontes:

COSTA, H. et al. Encyclopedic entry: Monsoon. National Geographic Education, 15 set. 2022. Disponível em: https://education.nationalgeographic.org/resource/monsoon/.

NOAA. What Is a Monsoon? SciJinks – NOAA, [s.d.]. Disponível em: https://scijinks.gov/what-is-a-monsoon/.

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Monções"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/moncoes.htm. Acesso em 25 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

(Unemat) Este fenômeno climático atinge todo o sul, sudeste e leste da Ásia, entre o sul da Índia e o sul do Japão. Caracteriza-se por, no verão, os ventos soprarem no sentido do Índico para a Ásia e, no inverno, soprarem da Ásia para o Índico. É responsável pelo regime geral de chuvas daquela porção do planeta e influencia fortemente as práticas agrícolas dos países em que ocorre. O fenômeno climático acima descrito denomina-se:

a) Monções

b) Transumância

c) Inversão Térmica

d) Força de Coriollis

e) Chuvas orográficas

Exercício 2

(UERN) As figuras a seguir representam tipos climáticos predominantes no Sul e no Sudeste asiático. As imagens retratam monções de:

a) verão (chuvosa) e de inverno (seca).

b) verão (seca) e de inverno (chuvosa).

c) inverno (chuvosa) e de verão (seca).

d) inverno (seca) e de verão (chuvosa).