close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Tigre

O tigre é considerado o maior felino do planeta. Trata-se de um animal carnívoro e de um excelente caçador que apresenta grande força e agilidade.

O tigre é um felino, assim como a onça-pintada, o leão e o leopardo.
O tigre é um felino, assim como a onça-pintada, o leão e o leopardo.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

O tigre é um mamífero carnívoro que faz parte da família dos felídeos e é considerado o maior felino do mundo. É um animal que apresenta hábito solitário e se alimenta, principalmente, de ungulados (animais que possuem casco). Para capturar suas presas, utiliza a técnica de se aproximar delas sem que seja percebido, movendo-se de maneira silenciosa.

É um animail ágil, forte e que apresenta olfato apurado e boa visão. Destaca-se por ter um padrão de pelagem típico, com pelos laranja-avermelhados e linhas pretas dispostas ao longo de seu corpo. Atualmente, são reconhecidas seis subespécies de tigres viventes.

Leia também: Gatos — animais pertencentes à família Felidae

Tópicos deste artigo

Resumo sobre tigre

  • Tigres são felinos do gênero Panthera.

  • Atualmente, são reconhecidas seis subespécies de tigres viventes.

  • Se destacam como grandes caçadores, apresentando olfato apurado e boa visão.

  • São animais ágeis, capazes de realizar grandes saltos, nadar e escalar.

  • Apresentam um padrão de pelagem típico, com pelos laranja-avermelhados e linhas pretas dispostas ao longo de seu corpo.

  • Algumas subespécies apresentam pelos quase brancos com linhas pretas ou marrons.

  • O período de gestação do tigre é de, em média, 103 dias.

  • As fêmeas dão à luz de um a sete filhotes, sendo o tamanho médio da ninhada de dois a três filhotes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Classificação taxonômica do tigre

Os tigres são animais pertencentes à família dos felídeos e gênero Panthera. Nesse gênero, além dos tigres, estão incluídos animais como o leão (Panthera leo), a onça-pintada (Panthera onca) e o leopardo (Panthera pardus). A classificação taxonômica completa do tigre é:

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Carnivora

Família: Felidae

Gênero: Panthera

Espécie: Panthera tigris

  • Subespécies de tigre

Atualmente, são reconhecidas seis subespécies de tigres viventes. São elas:

  • Panthera tigris ssp. altaica: O tigre-siberiano é uma espécie classificada na Lista Vermelha da IUCN como “em perigo”.

  • Panthera tigris ssp. corbetti: O tigre-da-indochina é uma espécie classificada na Lista Vermelha da IUCN como “em perigo”.

  • Panthera tigris ssp. jacksoni: O tigre-malaio é uma espécie classificada na Lista Vermelha da IUCN como “criticamente em perigo”.

  • Panthera tigris ssp. sumatrae: O tigre-de-sumatra é uma espécie classificada na Lista Vermelha da IUCN como “criticamente em perigo”.

  • Panthera tigris ssp. tigris: O tigre-de-bengala é uma espécie classificada na Lista Vermelha da IUCN como “em perigo”.

  • Panthera tigris ssp. amoyensis: Essa subespécie de tigre está classificada na Lista Vermelha da IUCN como “criticamente em perigo”.

Veja também: Aquecimento global e a extinção de espécies — qual a relação entre esses eventos?

Características do tigre

O tigre é o maior felino do mundo e apresenta pescoço curto e grosso, ombros largos, grandes membros e longas garras. Esse animal possui caninos compridos, sendo o tigre-de-bengala portador dos maiores caninos de felinos do planeta. O canino de um tigre-de-bengala pode medir entre 7,5 e 10 cm de comprimento. Tigres são animais que apresentam excelente visão, olfato apurado e grande força, características que os tornam excelentes caçadores.

Um tigre em ambiente de floresta.
O tigre apresenta um padrão de pelagem característico, com linhas pretas verticais dispostas ao longo do seu corpo.

Bastante conhecidos pelo seu padrão de pelagem, os tigres possuem pelos laranja-avermelhados e linhas pretas dispostas ao longo de seu corpo. Em algumas subespécies, os pelos laranja-avermelhados dão lugar a pelos quase brancos. Na região da barriga, parte inferior dos membros, garganta e focinho, têm pelos brancos ou de coloração mais clara. Há também uma região branca acima dos olhos e nas bochechas. Ao redor dos olhos, há linhas escuras, em geral simétricas.

O tamanho dos tigres varia muito de uma subespécie para outra. Os tigres-siberianos se distinguem como os maiores, com os machos podendo pesar cerca de 423 kg e atingir cerca de 3,7 m de comprimento. As fêmeas dos tigres-siberianos apresentam aproximadamente 2,4 m e 168 kg. Dentre as subespécies viventes, os tigres-de-sumatra são os menores. Enquanto os machos medem cerca de 2,34 m e pesam aproximadamente 136 kg, as fêmeas atingem 1,98 m e 91 kg.

Além disso, é importante destacar que os tigres:

  • são animais muito ágeis e podem saltar até dez metros;

  • são excelentes nadadores;

  • possuem incrível capacidade de escalada.

Acesse também: Tigre-de-baliuma das já extintas espécies de tigre

Habitat do tigre

No passado, tigres se espalhavam amplamente pela Ásia. Atualmente, eles habitam menos de 6% de sua distribuição histórica, sendo observadas populações de tigres no nordeste da China, Coreia, Rússia e partes da Índia e da região do Himalia.

Nesses locais, os tigres são encontrados em uma grande variedade de hábitats, ocorrendo em regiões de florestas, pastagem, tundra e taiga, por exemplo. A disponibilidade de alimento está relacionada com o local onde os tigres habitam.

Comportamento do tigre

Um tigre branco abaixado.
O tigre é um animal solitário. Machos e fêmeas se encontram apenas no acasalamento.

Tigres, geralmente, são animais solitários. As fêmeas mantêm territórios ou áreas de vida que geralmente não se sobrepõem entre si. As áreas de vida de machos, normalmente, se sobrepõem ao território de uma a três fêmeas. O tamanho da área de vida dos tigres está diretamente relacionado com a disponibilidade de presas, sendo menor em locais onde presas são abundantes.

Esses animais são capazes de se comunicarem por meio de vocalização, odores e marcas visuais, como arranhões em árvores e marcas no solo. No que diz respeito à vocalização, os tigres são capazes de emitir rugidos, gemidos, rosnados, dentre outros sons. Cada som reflete uma intenção específica.

Alimentação do tigre

Tigres são mamíferos predadores oportunistas que se alimentam de diferentes grupos de animais, como:

São capazes de capturar animais maiores do que eles, como elefantes e rinocerontes. A maior parte da dieta, no entanto, inclui grandes ungulados, como veados e búfalos.

Os tigres são mais ativos à noite e se movem silenciosamente para capturar as suas presas. Em geral, esses animais matam suas presas por emboscada, saltando sobre elas após se aproximarem sem serem percebidos.

Reprodução do tigre

Como dito anteriormente, os tigres são animais solitários, e machos e fêmeas associam-se apenas para o acasalamento. O período de gestação do tigre é de, em média, 103 dias. As fêmeas dão à luz de um a sete filhotes, sendo o tamanho médio da ninhada de dois a três filhotes. Ao nascerem, esses animais são cegos, e seus olhos só se abrem após cerca de duas semanas após o nascimento.

O filhote começa a seguir a mãe por volta dos dois meses de idade, e a ingestão de alimentos sólidos também tem início nesse período. O desmame ocorre, em média, 100 dias após o nascimento. Com cerca de cinco a seis meses de idade, os filhotes começam a caçar. Eles podem permanecer com a mãe até aproximadamente três anos.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Tigre"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/animais/tigre.htm. Acesso em 24 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Estude agora


Apartheid | África do Sul

Assista a nossa videoaula para entender o que foi o Apartheid na África do Sul (1948-1994). Confira também no...

Princípio responsabilidade, de Hans Jonas

O princípio responsabilidade é um conceito do filósofo contemporâneo Hans Jonas que representa uma ética normativa...