Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Elefantes

Animais

Elefantes são animais mamíferos encontrados na Ásia e África. Existem, atualmente, três espécies de elefantes, as quais fazem parte de dois gêneros distintos.
O elefante-africano-de-savana se destaca por ser o maior animal terrestre do mundo.
O elefante-africano-de-savana se destaca por ser o maior animal terrestre do mundo.
PUBLICIDADE

Elefantes são animais mamíferos que se destacam pelo seu grande porte, sendo considerados os maiores vertebrados terrestres existentes no mundo na atualidade. Algumas características que chamam a atenção são suas longas presas e uma tromba comprida.

Esses são animais herbívoros que, para terem todas as suas necessidades metabólicas supridas, precisam ingerir vários quilos de alimento todos os dias. Atualmente, os elefantes estão ameaçados de extinção por causa da perda/fragmentação de seu habitat e pela caça.

Leia também: Mamutes — mamíferos que tinham a aparência de elefantes

Resumo sobre elefantes

  • Elefantes são animais pertencentes à ordem Proboscidea e à família Elephantidae.

  • Os elefantes se destacam por apresentarem tromba comprida e duas longas presas.

  • Elefantes são mamíferos herbívoros que se alimentam de grande quantidade de vegetais.

  • Um elefante é capaz de destruir uma lavoura inteira em um curto espaço de tempo, o que pode fazer com que esses animais entrem em conflito com seres humanos.

  • Caçadores matam esses animais a fim de obter suas presas, que detêm grande valor econômico.

  • Atualmente, existem três espécies de elefantes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características gerais dos elefantes

Elefantes são animais pertencentes à ordem Proboscidea e à família Elephantidae. Atualmente, são descritas três espécies diferentes, as quais conheceremos mais adiante. Independentemente da espécie, os elefantes compartilham algumas características marcantes, como corpo grande, longa tromba e um grande par de presas.

A tromba dos elefantes funciona quase como um quinto membro. Ela é utilizada para manipular objetos, comunicar-se, levar água e comida até a boca, respirar e cheirar. As presas também apresentam grande importância, ajudando esses animais a marcarem árvores, se defenderem em lutas e levantarem objetos.

A caça para a obtenção desse item, no entanto, continua sendo um grande problema para esses animais, os quais são frequentemente mortos com a finalidade de se obter o marfim. O marfim é utilizado na fabricação de peças de arte, joias, cabos de facas, pentes, entre outros produtos.

Elefante asiático
Os elefantes usam sua tromba na alimentação e para ajudá-los a beber água. Na imagem, é possível observar um elefante asiático.

Os elefantes são animais enormes, podendo atingir mais de 7 toneladas. Para sustentar todo esse peso, eles contam com um esqueleto resistente e robusto. Os elefantes se destacam, ainda, por serem animais muito inteligentes e possuírem grandes cérebros. Eles são capazes de se comunicar por meio de uma variedade de sons, produzidos vocalmente ou por batidas no chão.

Esses animais vivem em grupos complexos, liderados por fêmeas, sendo, portanto, uma sociedade matriarcal. Nesses grupos, estão presentes a matriarca, outras fêmeas e seus filhotes. Os machos adultos podem ser observados sozinhos ou, ainda, em grupos menores.

A gestação dos elefantes é a mais longa entre os animais, apresentando um período de cerca de 22 meses. Os filhotes, logo após o nascimento, pesam aproximadamente 100 quilos. Geralmente, a mãe dá à luz apenas um único filhote, o qual ela amamenta pelos primeiros anos de vida. Além disso, os elefantes vivem em média de 60 a 70 anos.

Veja também: Rinocerontes — animais visados comercialmente

Habitat dos elefantes

Os elefantes podem ser encontrados na África e na Ásia, ocupando diferentes habitats de acordo com a espécie analisada. O elefante-asiático, por exemplo, pode ser observado em matagais, florestas e pastagens. Elefantes-africanos podem ser observados em savanas, florestas, áreas pantanosas e até desertos e praias.

Acesse também: Habitats — locais onde cada espécie vive

Alimentação dos elefantes

Os elefantes são herbívoros e requerem uma grande quantidade de comida para realizar suas atividades. Um único animal é capaz de comer mais de 100 kg de vegetais por dia.

Sua alimentação inclui diferentes vegetais, variando desde gramíneas e herbáceas até casca de árvores e frutas. Em algumas situações, os elefantes derrubam grandes árvores com a finalidade de se obter folhas. Vale salientar que os elefantes são capazes de destruir rapidamente plantações inteiras, o que faz com que esses animais entrem em conflito com seres humanos.

Além de se alimentarem em enorme quantidade, os elefantes necessitam igualmente de muita água para se manterem hidratados. Os elefantes-africanos-de-savana, por exemplo, consomem mais de 50 litros de água por dia.

Espécies de elefantes

Elefante-africano-de-floresta
O elefante-africano-de-floresta é menor que o elefante-africano-de-savana.

Existem três espécies de elefantes, as quais estão distribuídas em dois gêneros. O gênero Loxodonta inclui duas espécies: os elefantes-africanos-de-savana (Loxodonta africana) e os de-floresta (Loxodonta cyclotis). Já o gênero Elephas apresenta apenas uma espécie, o elefante-asiático (Elephas maximus).

  • Elefante-africano-de-savana

O elefante-africano-de-savana é o maior animal terrestre do planeta. De maneira geral, esses elefantes apresentam de 2,50 a 3,95 m de altura até os ombros e podem atingir 7 toneladas. Os machos são maiores e mais largos que as fêmeas.

Diferentemente dos elefantes-asiáticos, nessa espécie ambos os sexos possuem as famosas presas de marfim. As presas são curvas e podem medir cerca de 350 cm de comprimento. Suas trombas são grandes, bem como suas orelhas, as quais são usadas para mantê-los frescos em dias quentes. A pele dos elefantes-africanos é acinzentada e apresenta pelos que variam em comprimento e espessura ao longo do corpo.

A reprodução desses animais ocorre durante todo o ano, não sendo observadas diferenças sazonais. Geralmente, as fêmeas dão à luz um filhote, podendo ocorrer o nascimento de gêmeos. O período de gestação é influenciado por fatores ambientais, podendo ser inferior a 22 meses em condições ambientais favoráveis ao nascimento. O desmame ocorre aos quatro meses, mas a mãe pode oferecer leite ocasionalmente até os três anos.

  • Elefante-africano-de-floresta

Os elefantes-africanos-de-floresta são menores que os elefantes-africanos-de-savana, apresentando uma altura média entre 144 e 155 cm até os ombros, com uma variação de 69 a 216 cm. A massa corporal desses animais pode atingir 6 toneladas.

Outra diferença em relação aos elefantes-de-savana está em suas presas, as quais são mais finas e retas. Essas presas pendem mais verticalmente para ajudar esses animais a se movimentarem em áreas de vegetação densa.

No que se refere à reprodução dessa espécie, ainda há escassez de dados sobre o assunto.

  • Elefante-asiático

Os elefantes-asiáticos apresentam pele cinza e coberta por pelos, que são, geralmente, esparsos. Os machos são consideravelmente maiores que as fêmeas, atingindo cerca de 240 a 300 cm de altura. Sua massa corporal pode atingir 6 toneladas. As fêmeas possuem altura de cerca de 195 a 240 cm. Sua massa corporal pode atingir 3,5 toneladas.

Além de os machos serem maiores que as fêmeas, eles se diferenciam por apresentarem presas, que não podem ser encontradas nas fêmeas. Quando comparados aos elefantes-africanos, os elefantes-asiáticos se destacam por serem menores.

Esses animais podem acasalar durante todo o ano. Porém, em ambientes onde há chuva sazonal, observa-se maior procriação durante o período de precipitações, por causa da maior disponibilidade de alimento.

As fêmeas geralmente dão à luz um único filhote, que é desmamado por volta dos quatro anos. Elas oferecem um alto nível de cuidado parental, diferentemente dos machos, já que nenhum cuidado é observado por parte deles. Ademais, outras fêmeas podem ajudar na criação dos filhotes. O tempo médio para a independência de um indivíduo é de cinco anos.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia  

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Elefantes"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/animais/elefante.htm. Acesso em 28 de novembro de 2021.

Artigos Relacionados
Clique aqui e conheça mais sobre os animais herbívoros. Neste texto falaremos sobre as adaptações para a herbivoria e conheceremos exemplos desses animais.
Você sabe tudo sobre girafas? Clique aqui, aprenda um pouco mais sobre esse incrível animal e confira também algumas curiosidades!
Aprenda mais sobre o leão aqui! Conheça as características gerais dos leões, sua taxonomia, alimentação, habitat e reprodução.
Que tal conhecer mais sobre os mamutes? Clique aqui e aprenda mais sobre esse grupo de animais que se assemelhavam aos elefantes atuais.
Conheça as principais características dos mamíferos. Leia a respeito da sua reprodução. Descubra como esses animais podem ser classificados.