Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Hidrosfera

A hidrosfera é a camada de água do planeta Terra, constituída por 1,4 bilhão de km³ do recurso. Aproximadamente 97% de todo esse volume de água está armazenado nos oceanos.

Água no estado líquido, um dos estados físicos em que pode ser encontrada na hidrosfera.
A hidrosfera é o conjunto de águas do planeta Terra.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Hidrosfera é a camada de água do planeta Terra, contendo o recurso nos estados sólido, líquido e gasoso. A hidrosfera surgiu há bilhões de anos em decorrência do resfriamento do planeta, sendo formada por um volume fixo de água que é de aproximadamente 1,4 bilhão de km³. A maior parte dessa água está armazenada nos oceanos, e menos de 3% corresponde à água doce distribuída entre geleiras, rios, lagos e aquíferos.

É nessa camada que acontecem as etapas do ciclo da água, que se dá mediante a interação com as demais esferas (atmosfera, litosfera e biosfera). A hidrosfera é, portanto, fundamental para a existência e manutenção da vida no planeta Terra.

Leia também: Litosfera — a camada mais externa do planeta Terra

Tópicos deste artigo

Resumo sobre hidrosfera

  • A hidrosfera é composta por toda a água presente no planeta Terra nos seus três estados físicos: sólido, líquido e gasoso.

  • Formam a hidrosfera: geleiras, calotas polares, oceanos, mares, lagos, rios, aquíferos, umidade do ar.

  • A hidrosfera representa 70% da superfície terrestre.

  • O volume de água contido na hidrosfera é de 1.386.000.000 km³.

  • A água está distribuída de forma desigual pelos reservatórios que formam a hidrosfera.

  • A maior parte da água do planeta está armazenada nos mares e oceanos, que perfazem 97,5% do volume. Somente 2,5% corresponde a água doce.

  • A hidrosfera é essencial para a existência e manutenção da vida no planeta Terra.

  • A adoção de práticas sustentáveis é fundamental para a preservação da água, que, embora seja um recurso renovável, encontra-se distribuída de maneira desigual pelo planeta.

  • O resfriamento da Terra, há bilhões de anos, e o processo de desgaseificação explicam o surgimento da hidrosfera.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é hidrosfera?

A hidrosfera é uma das quatro camadas que constituem o planeta Terra, sendo composta por um recurso natural que é fundamental para o funcionamento dos ciclos biogeoquímicos e, por conseguinte, para a manutenção de todas as formas de vida no nosso planeta: a água, ou seja, é a camada de água do planeta. A palavra hidrosfera, de origem grega, significa “esfera de água”.

Características da hidrosfera

Como a hidrosfera é a camada de água do planeta, a água está presente na hidrosfera em todos os seus estados físicos:

  • Sólido: representado pelas geleiras e outras superfícies de água congelada permanentemente, como as calotas polares.

  • Líquido: representado pelas águas oceânicas, compreendendo os mares e oceanos, e pelas águas continentais de superfície e de subsuperfície, como rios, lagos, represas naturais, aquíferos, solos encharcados (como solos pantanosos).

  • Gasoso: representado pela umidade do ar, que corresponde ao vapor d’água em suspensão na atmosfera.

Como descrito, as águas da hidrosfera podem estar armazenadas tanto na superfície terrestre quanto em profundidade, nos reservatórios subterrâneos. As águas superficiais representam 70% de toda a superfície terrestre.

O volume de águas contido na hidrosfera é fixo, ou seja, não sofreu e não sofre alterações por se movimentar em um sistema fechado. Esse volume corresponde a 1.386.000.000 km³ de água. A forma como a água se movimenta no nosso planeta, alterando apenas de estado físico, é por meio dos processos que formam o ciclo hidrológico.

Distribuição da água na hidrosfera

Vista de uma geleira na Argentina, um exemplo de água no estado sólido presente na hidrosfera.
As geleiras concentram a maior parte da água doce do mundo.

A água se distribui de forma desigual pela hidrosfera. O maior volume das águas do planeta Terra corresponde à água salgada, armazenada nos mares e oceanos. Somente esses reservatórios contêm um volume de 1.370.000.000 km³ do recurso, cerca de 97,5% de toda a água do planeta. A água doce representa apenas 2,5% de toda a hidrosfera, e a sua distribuição por reservatórios está descrita na tabela a seguir.|1|

Reservatório de água doce

Volume relativo (em porcentagem)

Geleiras e áreas de gelo permanente

68,9%

Águas subterrâneas

30,8%

Rios, lagos, pântanos e outros reservatórios de superfície

0,3%

A atmosfera e a biosfera são igualmente reservatórios de água, sendo parte importante do ciclo de renovação desse recurso. A parcela de água correspondente a cada uma delas, considerando o volume total da hidrosfera, é menor do que 0,01%.|2|

Quais processos acontecem na hidrosfera?

Os processos que acontecem na hidrosfera são aqueles que compõem as diferentes etapas do ciclo hidrológico, também conhecido como ciclo da água. Por meio desse mecanismo é que a água circula por todas as demais esferas do nosso planeta, incluindo a biosfera (as plantas e os animais), e passa por um processo de reciclagem.

Por se tratar de um ciclo, não é possível determinarmos onde ele se inicia e onde ele termina. Ainda assim, destaca-se a importância que o calor proveniente do Sol possui na sucessão dessas etapas, sendo ele responsável pela evaporação das águas superficiais.

Em linhas gerais, os processos que acontecem na hidrosfera e, por conseguinte, no ciclo da água são:

  • Evaporação: o calor emanado do Sol faz com que a água em estado líquido presente nos mares, oceanos, lagos e rios se transforme em vapor d’água.

  • Transpiração: os processos biológicos naturais dos seres vivos, como a transpiração, são igualmente responsáveis pelo retorno da água à atmosfera na forma de vapor.

  • Condensação: acontece quando o vapor se eleva na atmosfera e há a mudança de estado físico da água, dando origem a pequenas gotículas de água líquida e gelo que constituem as nuvens.

  • Precipitação: em função de processos que acontecem no interior das nuvens, o retorno da água para a superfície terrestre (precipitação) pode se dar na forma líquida ou sólida, causando assim chuvas, no primeiro caso, e neve ou granizo, a depender das condições de tempo e do clima no local.

  • Infiltração: parte da água precipitada retorna para os solos, etapa na qual ocorre também a recarga dos aquíferos.

  • Escoamento superficial: a água não infiltrada no solo sofre escoamento superficial, deslocando-se das áreas de maior altitude até as regiões mais baixas, retornando assim para os rios, lagos e oceanos.

Veja também: Evapotranspiração — a evaporação da água do solo junto à transpiração das plantas

Importância da hidrosfera

A hidrosfera é essencial para a existência e manutenção da vida no planeta Terra. Sem a água, as formas de vida complexas que observamos hoje não seriam viáveis, tampouco a espécie humana, cujo organismo não sobrevive a um período maior do que 72 horas sem a ingestão de água. A hidrosfera é responsável pelas dinâmicas que produzem os diferentes tipos de clima, o que a torna importante para a distribuição de umidade no planeta, além de realizar a sua regulação térmica.

Preservação da água

A água é um recurso natural renovável, disponível infinitamente na natureza. Como vimos, porém, embora a quantidade de água no planeta não se altere, a sua distribuição por reservatórios não é homogênea, e a maior parte desse recurso ou não é própria para o consumo humano, por se tratar de água salgada marinha, ou se encontra solidificada nas geleiras.

A distribuição de água potável pelo mundo também não acontece de forma igual, concentrando-se principalmente no continente americano (45%), seguido da Ásia (28%), Europa (15,5%) e África (9%).

A escassez de água limpa e própria para o consumo no mundo é uma realidade em muitos países subdesenvolvidos e de clima árido e tem se tornado um problema crescente diante de questões como o desperdício, a poluição dos reservatórios naturais, as mudanças climáticas e o mau uso desse recurso.

Vista aproximada das mãos estendidas de uma pessoa esperando o gotejamento de água de uma torneira em região desértica.
A falta de acesso a fontes de água potável é realidade em muitos países.

Considerando isso, a preservação da água é uma realidade urgente. Preservar a água mediante a adoção de métodos sustentáveis de uso, além da efetivação de políticas de gestão e distribuição racional desse recurso, é medida urgente e indispensável para garantir a disponibilidade de água para aqueles privados desse recurso no presente, além de assegurar a sua existência para as gerações futuras.

Origem e história da hidrosfera

A hidrosfera terrestre surgiu no momento em que a água passou a fazer parte da superfície do nosso planeta, o que coincidiu com a origem da atmosfera.

Quando a Terra se formou, há aproximadamente 4,6 bilhões de anos, as suas temperaturas eram extremamente elevadas e a sua composição era essencialmente de gases e rochas. À medida que as temperaturas foram baixando e o planeta se resfriando, aconteceu o que se chama de desgaseificação.

A desgaseificação é caracterizada pela liberação de gases do interior do planeta. Com as temperaturas mais baixas no exterior, houve a condensação do vapor liberado e, consequentemente, o aparecimento da água em seu estado líquido.

Ainda há debates a respeito do volume de água presente na hidrosfera — se ele surgiu todo de uma vez ou se o seu aparecimento teria sido gradual. A hipótese mais aceita atualmente é a primeira, que sugere que toda a água presente na hidrosfera e na atmosfera terrestre (no estado gasoso) se originou durante o resfriamento do planeta, há bilhões de anos.|3|

Exercícios resolvidos sobre hidrosfera

Questão 1

(Enem) O Sol participa do ciclo da água, pois além de aquecer a superfície da Terra dando origem aos ventos, provoca a evaporação da água dos rios, lagos e mares. O vapor da água, ao se resfriar, condensa em minúsculas gotinhas, que se agrupam formando as nuvens, neblinas ou névoas úmidas. As nuvens podem ser levadas pelos ventos de uma região para outra. Com a condensação e, em seguida, a chuva, a água volta à superfície da Terra, caindo sobre o solo, rios, lagos e mares. Parte dessa água evapora retornando à atmosfera, outra parte escoa superficialmente ou se infiltra no solo, indo alimentar rios e lagos. Esse processo é chamado de ciclo da água.

Considere, então, as seguintes afirmativas:

I. A evaporação é maior nos continentes, uma vez que o aquecimento ali é maior do que nos oceanos.

II. A vegetação participa do ciclo hidrológico por meio da transpiração.

III. O ciclo hidrológico condiciona processos que ocorrem na litosfera, na atmosfera e na biosfera.

IV. A energia gravitacional movimenta a água dentro do seu ciclo.

V. O ciclo hidrológico é passível de sofrer interferência humana, podendo apresentar desequilíbrios.

A) Somente a afirmativa III está correta.

B) Somente as afirmativas III e IV estão corretas.

C) Somente as afirmativas I, II e V estão corretas.

D) Somente as afirmativas II, III, IV e V estão corretas.

E) Todas as afirmativas estão corretas.

Resolução:

Alternativa D

A única afirmação falsa é a número I, visto que a taxa de evaporação nos oceanos é mais elevada em função da maior superfície de água. Nota-se ainda que a incidência de calor sobre ambos é a mesma, embora haja um efeito de aquecimento diferencial, porque o continente perde calor mais rapidamente do que os oceanos.

Questão 2

(Uefs) A hidrosfera é a parte da superfície terrestre coberta pelas águas oceânicas e continentais. Ela engloba oceanos, mares, rios, lagos, lençóis subterrâneos, geleiras e neves eternas. A hidrosfera da Terra tem um volume aproximado de 1,4 bilhão de km³, e estima-se que 97,5% das águas sejam salgadas, pertencendo a mares e oceanos. (A HIDROSFERA... 2013. p. 192).

Com base no texto e nos conhecimentos sobre a água na Terra, pode-se afirmar:

A) O mar de Aral, localizado entre a Europa e a Ásia, é uma importante reserva de água doce, em razão dos volumosos deságues proporcionados pelos rios Amu Daria e Sir Daria.

B) As geleiras ou glaciares são fontes de água doce que se acumulam nas regiões polares e nas altas montanhas.

C) O oceano Atlântico, situado entre as terras da América, Europa, Ásia e África, é o maior e mais importante dos oceanos.

D) Os aquíferos freáticos caracterizam-se pelas águas armazenadas em profundidade, “presas” por camadas de rochas impermeáveis.

E) A corrente marítima Sul Equatorial se forma na altura do arquipélago de Cabo Verde, dividindo-se em duas, ao encontrar o extremo norte do Brasil.

Resolução:

Alternativa B

A maior parte da água doce disponível no planeta se encontra solidificada nas geleiras situadas nas regiões mais frias, como nos polos e nas elevadas altitudes.

Notas

|1| Dados retirados de: LUCCI, Elian Alabi. Território e sociedade no mundo globalizado, 1: ensino médio. São Paulo: Saraiva, 2016. 289p.

|2| e |3| KARMANN, Ivo. Água: ciclo e ação geológica. In: TEIXEIRA, Wilson.; FAIRCHILD, Thomas Rich.; TOLEDO, Maria Cristina Motta de; TAIOLI, Fabio. (Orgs.) Decifrando a Terra. São Paulo, SP: Companhia Editora Nacional, 2009, 2ª ed. P. 186-239.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Hidrosfera"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/hidrosfera.htm. Acesso em 20 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

Sobre a presença da água no sistema terrestre, julgue as afirmativas a seguir:

I. A disponibilidade de água no planeta é cada vez menor, o que vem gerando profundas preocupações para a humanidade.

II. A maior parte das águas no mundo concentra-se nos oceanos.

III. A água doce do mundo está em maior parte presente em seu estado sólido.

IV. Os rios sempre surgem da formação de nascentes do solo, que nada mais são do que afloramentos do lençol freático.

V. Graças ao ciclo da água, podemos dizer que as águas potáveis são um recurso natural renovável e de uso contínuo.

Estão corretas as afirmativas:

a) I e IV

b) II e III

c) I, II e IV

d) II, III e V

e) I, III, IV e V

Exercício 2

 “A bacia Amazônica, considerada a maior bacia hidrográfica do mundo, irriga uma área superior à metade do território brasileiro (6,5 milhões de km²), abrangendo outros seis países sul-americanos. De toda a água fluvial lançada nos oceanos, 20% vêm da foz do rio Amazonas”.

(LUCCI, E. A. et. al. Território e sociedade no mundo globalizado: Geografia Geral e do Brasil. Ensino Médio. Editora Saraiva, 2005. p.547).

Conforme podemos notar na descrição acima da Bacia Amazônica, uma bacia hidrográfica é:

a) a área ocupada por um rio e suas margens, a exemplo da área acima citada referente ao rio Amazonas.

b) a área drenada por um rio e seus afluentes. No caso, a área da Bacia Amazônica é drenada pelo rio Amazonas e sua rede hidrográfica.

c) o conjunto de rios e afluentes, tal qual ocorre com o Rio Amazonas e os rios que o abastecem.

d) uma área onde as águas das chuvas são drenadas para um rio principal, tal qual o rio Amazonas que deságua no oceano Atlântico.