Topo
pesquisar

Hidrosfera

Geografia

Toda parte líquida do planeta Terra é denominada de hidrosfera, tendo como maior representante os oceanos.
A hidrosfera é a parte líquida da Terra
A hidrosfera é a parte líquida da Terra
PUBLICIDADE

A hidrosfera corresponde a toda parte líquida contida no planeta. Os oceanos são responsáveis por 97,2% de toda a água, isso significa que cerca de 2/3 da superfície do planeta são cobertos por oceanos. Já as águas continentais possuem um percentual bem inferior, sendo encontradas nos rios, lagos (estado líquido), nas geleiras (estado sólido, que por sinal é a maior reserva de água doce), os aquíferos e lençóis freáticos. Por fim, as águas contidas na atmosfera, que se apresentam em forma de vapor, dão origem às precipitações.

Distribuição de água na hidrosfera

Calotas de gelo e geleira 2,15%
Água na atmosfera 0,001%
Água no subsolo 0,62%
Águas superficiais (rios, lagos e biomassa) 0,029%
Oceanos 97,2%

A água surgiu a partir do resfriamento da Terra, decorrente dos vulcões que expeliam vários gases e do vapor de água que se evaporou, favorecendo a ocorrência de chuvas.

A água é fundamental à vida, independentemente do ser, até mesmo porque a vida surgiu na água, como as bactérias, os primeiros seres vivos (trilobitas) e os seres aquáticos, que saíram das águas e se transformaram em anfíbios depois em répteis e assim por diante.

A água é encontrada em estados físicos. Os estados físicos da água se apresentam em estado líquido, sólido e gasoso.

Rios e lagos

Os rios e os lagos são águas continentais por estarem presentes em áreas emersas. A formação deles se dá em decorrência do afloramento dos lençóis freáticos. Entretanto, essa não é a única maneira de formação de um rio, uma vez que ele pode se originar de derretimento de geleiras, como o Rio Amazonas.

Os rios sofrem variações quanto a sua velocidade e seu direcionamento, que é determinado por elementos do relevo. Diante disso, percebe-se que o relevo é o divisor de águas em nível geral e particular.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os lagos podem ser naturais. Sua origem é decorrente de nascentes de águas subterrâneas, ou mesmo artificiais (quando o homem, através de seus conhecimentos e suas técnicas, consegue materializar a produção de um lago).

Os rios variam quanto à quantidade de água, ou seja, sua vazante. Isso é pertinente às modificações climáticas transcorridas durante o ano que vão determinar as cheias (período chuvoso) e vazantes (período de estiagem). Além disso, os rios também podem ter seu regime reconhecido distintamente como sendo rios perenes, intenso e constante fluxo de água sem que ocorra seca (rio que não seca), ao contrário dos rios temporários que são caracterizados por sua presença sazonal, isso significa que se trata de rios que secam no período de seca ou estiagem.

As águas continentais são de suma importância para a sociedade, tendo em vista que essas são propícias ao consumo humano e de todos os seres vivos. No caso do consumo humano, as águas são utilizadas em múltiplas atividades que podem ser enumeradas em uso rural, urbano, turístico e etc. No campo, ela é utilizada na irrigação, para a criação de animais, entre outros; nas cidades seu uso é destinado às residências, indústrias, comércios, instituições, escolas; e no turismo é fonte de renda, explorando as belezas de rios e lagos.

Atualmente, uma importante reserva de água doce está armazenada nas geleiras em estado sólido, sua localização geográfica faz com que as temperaturas permaneçam sempre baixas, conservando-as intactas, salvo as alterações pertinentes às atividades humanas que modificam as condições naturais.

As sociedades do mundo contemporâneo, independente do continente ou país, provocam impactos nas águas que podem ser divididos em: poluição industrial, doméstica e rural.
 

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "Hidrosfera"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/geografia/hidrosfera.htm>. Acesso em 24 de janeiro de 2019.

Lista de Exercícios
Questão 1

Sobre a presença da água no sistema terrestre, julgue as afirmativas a seguir:

I. A disponibilidade de água no planeta é cada vez menor, o que vem gerando profundas preocupações para a humanidade.

II. A maior parte das águas no mundo concentra-se nos oceanos.

III. A água doce do mundo está em maior parte presente em seu estado sólido.

IV. Os rios sempre surgem da formação de nascentes do solo, que nada mais são do que afloramentos do lençol freático.

V. Graças ao ciclo da água, podemos dizer que as águas potáveis são um recurso natural renovável e de uso contínuo.

Estão corretas as afirmativas:

a) I e IV

b) II e III

c) I, II e IV

d) II, III e V

e) I, III, IV e V

Questão 2

 “A bacia Amazônica, considerada a maior bacia hidrográfica do mundo, irriga uma área superior à metade do território brasileiro (6,5 milhões de km²), abrangendo outros seis países sul-americanos. De toda a água fluvial lançada nos oceanos, 20% vêm da foz do rio Amazonas”.

(LUCCI, E. A. et. al. Território e sociedade no mundo globalizado: Geografia Geral e do Brasil. Ensino Médio. Editora Saraiva, 2005. p.547).

Conforme podemos notar na descrição acima da Bacia Amazônica, uma bacia hidrográfica é:

a) a área ocupada por um rio e suas margens, a exemplo da área acima citada referente ao rio Amazonas.

b) a área drenada por um rio e seus afluentes. No caso, a área da Bacia Amazônica é drenada pelo rio Amazonas e sua rede hidrográfica.

c) o conjunto de rios e afluentes, tal qual ocorre com o Rio Amazonas e os rios que o abastecem.

d) uma área onde as águas das chuvas são drenadas para um rio principal, tal qual o rio Amazonas que deságua no oceano Atlântico.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola