Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Racionalização de denominadores

Matemática

PUBLICIDADE

 Racionalização de denominadores é a técnica utilizada quando uma fração tem um número irracional no denominador e se deseja encontrar uma segunda fração equivalente à primeira fração, mas que não tenha um número irracional em seu denominador. Para fazer isso, é necessário realizar operações matemáticas para reescrever a fração de forma que ela não tenha em seu denominador uma raiz não exata.

Leia também: Como resolver operações com frações?

Como fazer a racionalização de denominadores?

Começaremos pelo caso mais simples de racionalização de denominadores e seguiremos até o mais complexo, mas a técnica em si consiste em buscar uma fração equivalente multiplicando o numerador e o denominador por um número conveniente que permita eliminar a raiz do denominador da fração. Veja como fazer isso em diferentes situações a seguir.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Racionalização quando há uma raiz quadrada no denominador

Existem algumas frações que podem ser representadas com números irracionais nos denominadores. Veja alguns exemplos:

 

 

 

 

 

Quando o denominador da fração é irracional, utilizamos algumas técnicas para transformá-lo em um denominador racional, como a racionalização. Quando há uma raiz quadrada no denominador, podemos dividir em dois casos. O primeiro deles é quando a fração possui apenas uma raiz em seu radical.

Exemplo 1:

Para racionalizar esse denominador, vamos encontrar a fração equivalente a essa, mas que não tenha um denominador irracional. Para isso, vamos multiplicar o numerador e o denominador por um mesmo número — nesse caso, será exatamente o denominador da fração, ou seja, √3.

Na multiplicação de frações, multiplicamos reto. Sabemos que 1 · √3 = √3. Já no denominador, temos que √3 ·√3 = √9 = 3. Com isso, chegamos ao seguinte:

Logo, temos uma representação da fração cujo denominador não é um número irracional.

Exemplo 2:

O segundo caso é quando existe uma adição ou uma diferença entre uma raiz não exata.

Quando há no denominador uma diferença ou uma adição de termos, sendo um deles a raiz não exata, multiplicamos o numerador e o denominador pelo conjugado do denominador. Chamamos de conjugado de √2 – 1 o inverso do segundo número, isto é, √2 + 1.

Realizando a multiplicação no numerador, temos que:

3(√2 + 1) = 3√2 +3

Já o denominador é o produto notável conhecido como produto da soma pela diferença. O seu resultado sempre é o quadrado do primeiro termo menos o quadrado do segundo termo.

(√2 – 1)(√2 + 1) = √2² – 1²

(√2 – 1)(√2 + 1) = √4 – 1²

(√2 – 1)(√2 + 1) = 2 – 1

(√2 – 1)(√2 + 1) = 1

Então, racionalizando o denominador dessa fração, temos que:

Veja também: Três erros comuns na simplificação de fração algébrica

  • Racionalização quando há uma raiz de índice maior que 2

Agora veja alguns exemplos quando há no denominador uma raiz de índices maiores que 2.

 

 

 

 

Como o objetivo é eliminar o radical, vamos multiplicar o denominador, de forma que a raiz desse denominador possa ser cancelada.

Exemplo 1:

Nesse caso, para eliminar o expoente do radical, vamos multiplicar pela raiz cúbica de 2² no numerador e no denominador, para que apareça dentro do radical 2³ e, assim, seja possível cancelar a raiz cúbica.

Realizando a multiplicação, temos que:

Exemplo 2:

Utilizando o mesmo raciocínio, vamos multiplicar o denominador e o numerador por um número que faça com que a potência do denominador chegue até o índice, ou seja, vamos multiplicar por raiz quinta de 3 ao cubo para que seja possível cancelar o denominador.

Leia também: Como simplificar frações algébricas?

Exercícios resolvidos

Questão 1 – Racionalizando o denominador da fração a seguir, encontramos:

A) 1 + √3.
B) 2(1 + √3).
C) – 2(1+ √3).
D) √3.
E) √3 –1.

Resolução

Alternativa C.

Questão 2 – (IFCE 2017 — adaptada) Aproximando os valores de √5 e √3 até a segunda casa decimal, obtemos 2,23 e 1,73, respectivamente. Aproximadamente, o valor da expressão numérica a seguir até a segunda casa decimal é:

A) 1,98.
B) 0,96.
C) 3,96.
D) 0,48.
E) 0,25.

Resolução

Alternativa E.

 

 

Por Raul Rodrigues de Oliveira
Professor de Matemática

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

OLIVEIRA, Raul Rodrigues de. "Racionalização de denominadores"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/matematica/racionalizacao-denominadores.htm. Acesso em 28 de outubro de 2021.

Assista às nossas videoaulas
Artigos Relacionados
Clique para aprender a realizar a adição e a subtração de frações e acabe de uma vez com suas dúvidas!
Aprenda o passo a passo para realizar uma divisão de frações. Entenda o algoritmo da divisão e como interpretá-lo.
Conheça a fração geratriz de uma dízima periódica e o método prático para encontrá-la. Confira ainda exercícios resolvidos sobre o assunto.
Veja como encontrar frações equivalentes e entenda diferentes métodos para verificar se duas ou mais frações são equivalentes.
Aprenda a realizar multiplicação de fração algébrica e as operações necessárias para simplificar seus resultados.
Saiba como calcular o produto entre duas frações. Aprenda o algoritmo da multiplicação de frações e conheça o jogo de sinais para essa operação.
Entenda o que é um número misto. Reconheça as frações próprias, impróprias e aparentes. Aprenda a representar frações impróprias como um número misto e vice-versa.
Reconheça os números irracionais, entenda a diferença entre um número irracional e um número racional, realize as operações básicas entre números irracionais.
Conheça o conjunto dos números racionais, identifique a diferença entre um número irracional e um número racional, bem como aprenda suas propriedades.
Confira a definição de conjunto dos números reais, além de algumas propriedades básicas que o envolvem!