Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Palmas

Geografia do Brasil

Palmas é a capital e cidade mais populosa do Tocantins, na Região Norte. Criada no final dos anos 1980, a cidade surgiu com o objetivo de promover o desenvolvimento local.
Bandeira de Palmas
Bandeira de Palmas
PUBLICIDADE

Palmas é um município brasileiro e capital do estado do Tocantins, na Região Norte do Brasil. Banhada por um dos principais rios do estado, o Rio Tocantins, a cidade é a mais jovem capital brasileira, tendo sido fundada em 1989. Dispõe de clima tropical semiúmido e relevo que vai do plano a ondulado. É atualmente a maior cidade do Tocantins, com 306.296 habitantes, e a sua principal economia.

Leia também: Quais são as capitais dos estados brasileiros?

Resumo sobre Palmas

  • Palmas é a capital do estado do Tocantins, estado da Região Norte.

  • É a mais jovem dentre as capitais brasileiras, tendo sido fundada em 1989.

  • A cidade é banhada pelo Rio Tocantins, um dos mais importantes do estado.

  • Seu clima é o tropical semiúmido, e o relevo varia de plano a suavemente ondulado, com as maiores elevações situadas a leste.

  • Integra o bioma Cerrado.

  • O represamento das águas do Rio Tocantins deu origem à Ilha da Canela e a praias fluviais que são atrativos turísticos da capital.

  • Com 306.296 habitantes, é o município mais populoso do Tocantins.

  • Seu PIB é de R$ 9,42 bilhões, representando o maior valor do estado. O setor terciário é o segmento que mais gera receita para o município de Palmas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Palmas

  • Gentílico: palmense.

  • Localização de Palmas

    • País: Brasil.

    • Unidade federativa: Tocantins.

    • Região intermediária[1]: Palmas.

    • Região imediata[1]: Palmas.

    • Região metropolitana: Região Metropolitana de Palmas. Formada pelos seguintes municípios: Palmas, Aparecida do Rio Negro, Barrolândia, Brejinho de Nazaré, Fátima, Ipueiras, Lajeado, Iracema do Tocantins, Miranorte, Monte do Carvalho, Oliveira de Fátima, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Pugmil, Silvanópolis, Tocantínia.

    • Municípios limítrofes: Aparecida do Rio Negro, Lajeado, Miracema do Tocantins, Porto Nacional, Monte do Carmo, Novo Acordo, Santa Tereza do Tocantins.

  • Geografia de Palmas

    • Área total: 2.227,329 km² (IBGE, 2020).

    • População total: 306.296 habitantes (IBGE, 2020).

    • Densidade: 102,90 hab./km² (IBGE, 2010).

    • Clima: tropical semiúmido.

    • Altitude: 260 metros.

    • Fuso horário: GMT -3 horas.

  • Histórico

    • Fundação: 20 de maio de 1989.

Geografia de Palmas

Palmas é um município brasileiro e capital do estado do Tocantins, que pertence à Região Norte do país. A cidade está localizada na porção central do território tocantinense, estendendo-se por uma área de aproximadamente 2.227 km². Faz divisa com outras sete cidades, que são:

  • Lajeado e Aparecida do Rio Negro, ao norte;

  • Novo Acordo e Santa Tereza do Tocantins, a leste;

  • Monte do Carmo, a sudeste e sul;

  • Porto Nacional, ao sul e oeste;

  • Miracema do Tocantins, a noroeste.

A cidade de Palmas é a principal da Região Metropolitana de Palmas, composta pela capital tocantinense e mais 15 municípios do estado. Na sequência vamos conhecer as principais características físicas da capital do Tocantins.

Paisagem de Palmas, Tocantins.
Paisagem de Palmas, Tocantins.
  • Clima de Palmas

O clima predominante na cidade de Palmas é o tropical semiúmido. A principal característica desse tipo climático é a presença de duas estações: uma delas é quente e chuvosa, e a outra, amena e seca. A precipitação se concentra nos meses que vão de outubro a abril, somando de 1.600 a 2.000 mm anuais em média, sendo julho um dos meses mais secos. As temperaturas variam de 30 ºC ou mais no verão até 16 ºC no inverno, com médias que ficam em torno de 25 ºC.

  • Relevo de Palmas

Situada em um domínio planáltico, o oeste de Palmas é caracterizado por feições rebaixadas, notadamente planícies, em função da presença do Rio Tocantins. A maior parte do terreno onde se situa o município é plana ou suavemente ondulada, enquanto a leste é possível observar feições de maior altitude e mais acidentadas, como a Serra de Lajeado, a poucos quilômetros da capital.

  • Vegetação de Palmas

A cobertura vegetal de Palmas integra o bioma Cerrado, sendo composta por formações florestais e também campestres. Próximo dos cursos d’água se observa a presença de mata ciliar. Estima-se que quase 30% do Cerrado se mantenha preservado na região, o que inclui fauna e flora |1|. Ainda assim, as queimadas (naturais ou antrópicas) e a própria expansão urbana consistem em ameaças para esse bioma.

Leia também: Queimadas no Pantanal fenômenos que podem ser naturais ou antrópicos

  • Hidrografia de Palmas

O Rio Tocantins é o principal curso d’água que banha a cidade de Palmas. O chamado Lago de Palmas é formado pelas águas do Tocantins por meio do represamento das águas para a construção da Usina de Lajeado, dando origem assim à Ilha do Canela e a diversas praias fluviais, que se tornaram atrativos turísticos do município.

Mapa de Palmas

Mapa do Tocantins
Palmas está situada na porção central do estado do Tocantins.

Demografia de Palmas

A cidade de Palmas tem 306.296 habitantes, conforme as estimativas do IBGE para o ano de 2020. É assim o município mais populoso do estado do Tocantins, abrigando 19,2% de todos os tocantinenses. Trata-se ainda da menor capital da Região Norte e do Brasil, ficando na 92ª colocação na listagem dos municípios mais populosos do território nacional.

A densidade demográfica de Palmas é de 102,90 hab./km², bastante superior à do estado do Tocantins, que é de 4,98 hab./km². Uma parcela de 97,1% dos moradores de Palmas vivem na zona urbana do município, ao passo que a zona rural é formada por 2,87% dos seus moradores, conforme indica o último censo do IBGE, realizado em 2010.

Mais da metade da população de Palmas se autodeclara como parda, chegando a uma parcela de 55,41%. Os brancos são o segundo grupo com maior número de pessoas, correspondendo a 32,39% dos moradores da cidade. Os pretos somam 9,35%, amarelos são 2,63% e os indígenas perfazem apenas 0,22% da população da capital tocantinense.

Confira no nosso podcast: O que é preciso saber sobre teorias demográficas?

Divisão geográfica de Palmas

O atual Plano Diretor do município de Palmas indica formas de divisão territorial que atendem a propósitos diversos de planejamento, como por meio de zonas e macrozonas e também por meio dos distritos. Estes são atualmente em número de três:

  • Palmas, o maior deles, que abrange o oeste e parte do norte;

  • Buritirana, que também integra parte do norte e do oeste; e

  • Taquaruçu, na porção centro-sul de Palmas.

Economia de Palmas

A maior economia municipal de Tocantins é a da sua capital, Palmas. A cidade possui um Produto Interno Bruno (PIB) de R$ 9,42 bilhões ou 26,4% do PIB do estado. Considerando todo o conjunto de municípios do país, Palmas fica na 116ª colocação, além de ser a 7ª maior economia da Região Norte do Brasil.

O principal setor da economia, isto é, aquele que apresenta maior participação no valor adicionado ao PIB municipal, é o setor terciário. Este é caracterizado pelas atividades de comércio e também pelos mais variados tipos de serviços prestados. Desconsiderando os serviços públicos, em Palmas esse setor responde por 60,28% do PIB.

Com quatro distritos industriais, um deles em fase de implantação, temos que a indústria corresponde a uma fatia de 14,11% do PIB de Palmas. Nessas áreas destinadas exclusivamente à atividade empresarial, observa-se a presença de diversos ramos da produção, como de alimentos e bebidas, construção civil, metalurgia e siderurgia, materiais de plástico, fabricação de gesso, marmoraria e concessionária de veículos.

A atividade agropecuária, de grande importância para o Tocantins, responde por 0,63% do PIB da capital. Destacam-se a produção de soja e a pecuária bovina.

Governo de Palmas

Palmas possui um governo do tipo democrático representativo. Os governantes do município são escolhidos pela população por meio das eleições municipais, que são realizadas a cada quatro anos. O prefeito é o chefe do Poder Executivo e o principal cargo na hierarquia municipal. O Legislativo, por sua vez, é representado pela Câmara Municipal, composta por 19 vereadores.

A cidade é a capital do estado do Tocantins, o que significa que representa o seu centro político-administrativo. A sede do governo estadual, localizada, portanto, em Palmas, fica no Palácio Araguaia.

Infraestrutura de Palmas

Com a maior parcela dos seus domicílios instalados na área urbana do município, cerca de 31,3% das residências de Palmas se encontravam em áreas com vias urbanizadas, isto é, pavimentadas e equipadas com calçadas e bueiros, conforme mostra o IBGE (2010). O esgotamento sanitário adequado era uma realidade para 67,6% dos domicílios, enquanto a rede de abastecimento de água do município de Palmas e o acesso à energia elétrica abrangiam, respectivamente, 95,5% e 95,3% dos domicílios da capital tocantinense.

Além de ser o principal centro econômico e político de Tocantins, Palmas se localiza em uma região de intenso dinamismo econômico e comercial, conduzido pelas atividades agropecuárias e pelo agronegócio, pertencendo à região produtiva conhecida como MATOPIBA (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia). Dessa forma, as rodovias que atravessam a cidade são utilizadas tanto para o transporte de pessoas quanto de cargas, como commodities agrícolas.

Outro modal importante para esse tipo de serviço é o ferroviário, com destaque para o trecho da Ferrovia Norte-Sul entre Palmas e Anápolis (GO). O Rio Tocantins é utilizado também como via de transporte. Além disso, a cidade de Palmas abriga o Aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues, um dos principais do Tocantins.

Leia também: Qual a relação entre infraestrutura e desenvolvimento?

Cultura de Palmas

A cidade de Palmas é bastante jovem se comparada às outras capitais brasileiras e conta com uma ampla variedade de estabelecimentos culturais, onde é possível desfrutar e apreciar as riquezas culturais e naturais do Tocantins. A capital fica próximo de uma importante região turística do estado, o Jalapão, e da Cachoeira da Roncadeira. O represamento das águas do Rio Tocantins proporcionou a formação de ilhas e de paisagens como a da própria Ilha da Canela, que mencionamos anteriormente, da Praia da Graciosa e da Praia do Prata.

O principal teatro da cidade é o Theatro Fernanda Montenegro, contando também com o teatro do SESC, galeria de arte, bibliotecas, praça de artes e outros espaços culturais, como a Casa da Cultura Profa. Maria dos Reis e o Museu Casa Suçuapara.

Praia da Graciosa em Palmas (TO)
Praia da Graciosa em Palmas (TO)

História de Palmas

Palmas é a capital mais jovem do Brasil, criada no ano de 1989, um ano depois da criação do estado do Tocantins. A fundação da cidade data de 20 de maio, enquanto a sua instalação oficial ocorreu em 1º de janeiro de 1990, quando se deu a transferência da então capital provisória, que ficava na cidade de Miracema, a noroeste de Palmas.

A construção da cidade se deu sob o governo de Siqueira Campos, e seu principal objetivo era promover o desenvolvimento daquela região. Sua criação não ocorreu sem obstáculos, os quais iam desde normativos, como a necessidade de uma estrutura político-administrativa, até políticos, mas que logo foram superados. Com a nova cidade, muitos migrantes foram atraídos, e a capital tocantinense viu a sua população se expandir rapidamente. No ano de 1991, Palmas já possuía mais de 24 mil habitantes |2|. Situada em uma área de elevado dinamismo econômico, a capital é hoje a maior cidade do Tocantins, com 306 mil moradores, e seu principal centro político e econômico.

Notas

|1| REIS, Patrício. Aos 32 anos, Palmas conserva vegetação nativa e aproxima moradores de animais silvestres. G1, 20 maio 2021. Disponível aqui. Acesso em 23 jul. 2021.

|2| LIMA, Erica. História de Palmas resgata luta pela criação do Estado do TO. Agência Tocantinense de Notícias, 20 mai. 2013. Disponível aqui. Acesso em 23 jul. 2021.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Palmas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/palmas.htm. Acesso em 17 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Leia nosso texto sobre Belém e conheça melhor a geografia da capital do estado do Pará. Ela integra o bioma Amazônia e possui quase 1,5 milhão de habitantes.
Conheça quais são as capitais do Brasil e seus respectivos estados. Saiba como essas capitais distribuem-se pelo Brasil e quais foram as capitais federais.
Aprenda sobre a cidade de Macapá com o nosso texto. Conheça as principais características de seu território e seus aspectos econômicos, demográficos e culturais.
Amplie seus conhecimentos sobre a cidade de Manaus, capital do estado do Amazonas. Saiba mais sobre seus aspectos geográficos, população, economia e história.
Leia nosso texto sobre Porto Velho e conheça um pouco da capital de Rondônia, na região Norte do Brasil. Entenda também como se deu seu o seu processo de formação.
Aprenda sobre a cidade de Rio Branco, capital do estado do Acre! Leia a respeito dos seus aspectos geográficos e conheça sua economia, população, cultura e história.