Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Boa Vista

Geografia do Brasil

Boa Vista é a capital de Roraima. É uma cidade planejada com planta que se assemelha a um leque, sendo atualmente a mais populosa do estado, com quase 420 mil habitantes.
Bandeira de Boa Vista
Bandeira de Boa Vista
PUBLICIDADE

Boa Vista é um município brasileiro e capital do estado de Roraima. Trata-se da única sede estadual localizada no Hemisfério Norte, portanto, acima da Linha do Equador. A cidade integra o bioma Amazônia, dispondo de um clima Tropical úmido e relevo que varia entre plano e suavemente ondulado. É o principal centro econômico de Roraima, com PIB que representa três quartos da economia estadual.

Leia também: Quais são as capitais dos estados brasileiros?

Resumo sobre Boa Vista

  • Boa Vista é a capital do estado de Roraima, na região Norte do Brasil.

  • É uma cidade planejada cujo povoamento inicial surgiu de uma fazenda.

  • Trata-se da única capital brasileira no Hemisfério Norte.

  • Inserida no bioma amazônico, tem clima Tropical úmido e relevo que varia de plano a suavemente ondulado.

  • É a cidade mais populosa de Roraima, com 419.652 habitantes.

  • Destaca-se pela população indígena, que representa 3% dos seus habitantes, e pela grande presença de imigrantes venezuelanos.

  • O PIB de Boa Vista é de R$ 10 bilhões, o que a coloca na posição de maior e principal economia de Roraima.

  • O setor terciário é o principal gerador de divisa para o município.

  • Entre os pontos turísticos e de lazer de Boa Vista, está a Orla de Taumanan, às margens do rio Branco.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Boa Vista

  • Gentílico: boa-vistense

  • Localização

    • País: Brasil

    • Unidade federativa: Roraima

    • Região intermediária[1]: Boa Vista

    • Região imediata[1]: Boa Vista

    • Região metropolitana: Região Metropolitana de Boa Vista, formada pelos seguintes municípios: Boa Vista, Alto Alegre, Mucajaí, Bonfim, Cantá.

    • Municípios limítrofes: Alto Alegre, Mucajaí, Bonfim, Cantá, Amajari, Pacaraima, Normandia.

  • Geografia

    • Área total: 5687,037 km² (IBGE, 2020)

    • População total: 419.652 habitantes (IBGE, 2020)

    • Densidade: 49,99 hab./km² (IBGE, 2010)

    • Clima: Tropical úmido

    • Altitude: 85 metros

    • Fuso horário: GMT -4

  • Histórico

    • Fundação: 09 de julho de 1890

Veja também: Macapá – única capital brasileira dividida pela Linha do Equador

Geografia de Boa Vista

Boa Vista é um município brasileiro e capital do estado de Roraima, a mais setentrional unidade federativa do país. A cidade de Boa Vista é a única capital do Brasil situada no Hemisfério Norte, uma vez que a Linha do Equador, paralelo que divide a Terra em dois hemisférios, atravessa o sul de Roraima. Sua área é de aproximadamente 5687 km² ou 2,54% de toda a área roraimense. Faz divisa com outros sete municípios:

  • Pacaraima, ao norte

  • Normandia, a nordeste

  • Bonfim, a leste

  • Cantá, a sudeste

  • Mucajaí, a sudoeste

  • Alto Alegre, a oeste

  • Amajari, a noroeste

Desde 2007, a capital de Roraima forma a Região Metropolitana de Boa Vista, composta por um conjunto de cinco municípios. Vejamos abaixo as principais características fisiográficas da cidade de Boa Vista.

Parque do Rio Branco em Boa Vista (RR).
Parque do Rio Branco em Boa Vista (RR).
  • Clima de Boa Vista

O clima predominante em Boa Vista é o Tropical úmido, caracterizado pelas elevadas temperaturas ao longo do ano, com baixa amplitude térmica, bem como invernos chuvosos e verões secos. As chuvas se concentram entre os meses de abril/maio e agosto, e somam anualmente um volume que gira em torno de 1700 mm. As temperaturas variam entre 23 ºC e 34 ºC, com máximas que podem superar os 40 ºC.

  • Relevo de Boa Vista

Conforme a classificação de Aziz Ab’Sáber, Boa Vista se encontra no domínio do Planalto das Guianas. Situada a 85 metros acima do nível do mar, a capital roraimense é marcada por um terreno que varia de plano a suavemente ondulado. A cidade fica a 265 km do ponto mais elevado do estado, o monte Roraima.

  • Vegetação de Boa Vista

A cidade de Boa Vista está inserida no bioma Amazônia. Sua cobertura vegetal, no entanto, é composta predominantemente pelo lavrado, como é conhecida a savana ou campo roraimense, formação essa que se divide entre os territórios brasileiro, venezuelano e da Guiana.|1|

  • Hidrografia de Boa Vista

A cidade de Boa Vista está situada na margem direita do rio Branco, principal curso d’água que banha a capital roraimense. A rede hidrográfica da cidade é composta também por inúmeros lagos, lagoas e igarapés.

Mapa de Boa Vista

Mapa de Roraima.
Boa Vista está localizada na porção leste de Roraima.

Demografia de Boa Vista

Boa Vista possui 419.652 habitantes, de acordo com as informações do IBGE para o ano de 2020. Trata-se do maior contingente populacional do estado de Roraima, representando uma parcela de 66,48% de todos os que vivem nessa unidade da federação. Ainda assim, Boa Vista é a terceira capital menos populosa da região Norte, ficando atrás apenas de Palmas (TO) e Rio Branco (AC). No ranking populacional das capitais, a cidade fica na 24ª colocação.

A capital é mais densamente povoada do que o estado de Rondônia, que tem dois hab./km². Em Boa Vista, esse indicador é de 49,99 hab./km². O último Censo indicou, ainda, que 97,7% da população vivem em domicílios na zona urbana, ao passo que a zona rural era composta por 2,3% dos moradores de Boa Vista.

Com relação à composição populacional, Boa Vista se destaca entre as sedes estaduais pela proporção de pessoas que se autodeclaram indígenas, que, em 2010, eram de 3,01%. Os pardos representavam 64,37% dos moradores da cidade, brancos eram 24,75%, pretos, 6,23%, e os amarelos somavam 1,04%.

A capital de Roraima conta também com um contingente significativo de migrantes, sobretudo de venezuelanos que se dirigiram em massa ao Brasil a partir de 2015. Entre 2018 e 2019, a Unicef estimava que havia, pelo menos, 32 mil venezuelanos vivendo em Boa Vista.

Veja também: Causas e consequências da imigração venezuelana para o Brasil

Divisão geográfica de Boa Vista

A cidade de Boa Vista é composta por 56 bairros. Essas unidades se encontram divididas em quatro diferentes zonas urbanas, as quais foram nomeadas conforme a sua localização no espaço. São elas:

  • Zona Norte

  • Zona Sul

  • Zona Leste

  • Zona Oeste

Economia de Boa Vista

Boa Vista possui a principal e maior economia do estado de Roraima. De acordo com o IBGE, o Produto Interno Bruto (PIB) da capital é de R$ 10 bilhões, valor esse que representa quase 75% das riquezas do estado. Em escala nacional, Boa Vista aparece na posição de 103ª cidade mais rica do Brasil.

Seguindo um padrão observado na grande maioria dos municípios brasileiros, o setor terciário é o responsável pela maior parcela do PIB da capital roraimense. Esse segmento responde por 45,20% da riqueza gerada no município, valor que desconsidera a administração pública, que, no caso em questão, desempenha um papel central na composição da economia de Boa Vista. Assim, além, é claro, dos serviços públicos, o comércio e a prestação de serviços de um modo geral compõem o grupo de principais geradoras de receita para a capital de Roraima.

O setor secundário, composto pela atividade industrial, responde por uma parcela de 13,01%. A cidade abriga um distrito industrial, que concentra as principais empresas instaladas nela. A agropecuária, por sua vez, responde por apenas 1,02% do PIB, com destaque para a produção de arroz e soja, o extrativismo vegetal e a pesca.

Governo de Boa Vista

O governo do município de Boa Vista é do tipo democrático representativo. Sob esse sistema, os boa-vistenses têm o direito de eleger os seus representantes mediante as eleições municipais, realizadas a cada quatro anos. O prefeito é o chefe do Poder Executivo municipal. O Poder Legislativo é representado pela Câmara Municipal, a qual se compõe de 21 vereadores.

Boa Vista é a capital de Roraima e, por conseguinte, abriga a sede oficial do governo do estado. Esta fica no Palácio Senador Hélio Campos, localizado na Praça do Centro Cívico.

Infraestrutura de Boa Vista

A cidade de Boa Vista conta com o maior contingente de sua população vivendo em área urbanizada. Ainda assim, as informações do IBGE indicam alguns problemas estruturais na capital de Roraima. Um deles é o acesso ao esgotamento adequado, que abrange 54,1% dos domicílios boa-vistenses. As casas em vias públicas equipadas com pavimentação, calçada e bueiro somavam 4,3%. Estavam ligadas à rede de água muito mais casas do que vimos até aqui, totalizando 96%, e a energia elétrica chegava a 99,6% dos domicílios.

Não obstante a presença do rio Branco, seus trechos mais favoráveis à navegação não incluem diretamente a capital. Ocorre, no entanto, a navegação fluvial turística a partir da Orla de Taumanan e também com fins econômicos, como para a pesca. Muitas rodovias que atravessam o estado fazem a sua comunicação com os países vizinhos, que são a Guiana e a Venezuela, além, é claro, da ligação de Boa Vista com outras regiões do Brasil. A cidade abriga o principal aeroporto de Roraima, que é o Aeroporto Internacional de Boa Vista.

Cultura de Boa Vista

Sendo a capital mais setentrional do Brasil e parte da Amazônia, a capital de Roraima apresenta uma rica cultura com muitas influências culturais indígenas e dos migrantes de outras regiões brasileiras e de países vizinhos que ali vivem.

A cidade apresenta diversas áreas e estabelecimentos culturais que atraem visitantes, alguns deles recém-criados, como é o caso do Mirante Edileusa Lóz, inaugurado em 2020 e que se tornou um dos principais elementos paisagísticos de Boa Vista. Outro ponto turístico e local de encontro e lazer dos moradores é a Orla Taumanan, às margens do rio Branco. Próximo dela fica a praia Grande, uma das praias fluviais da capital roraimense.

Diversas edificações e monumentos recontam a história de Boa Vista. A casa mais antiga da cidade foi construída em 1888, e é hoje Patrimônio Histórico. Destacam-se também o prédio da Prelazia e da Matriz de Nossa Senhora do Carmo. A própria planta da cidade é um importante elemento paisagístico e histórico. Seu formato de leque foi inspirado no modelo urbanístico das cidades-jardim|2|, e seu traço se mantém até hoje.

Boa Vista tem um formato radial inspirado no conceito de cidade-jardim.[1]
Boa Vista tem um formato radial inspirado no conceito de cidade-jardim.[1]

Confira em nosso podcast: Cultura material e imaterial

História de Boa Vista

O núcleo que deu origem à cidade de Boa Vista era uma fazenda voltada à criação de gado, o que se diferencia em muito dos demais povoamentos da região Norte do Brasil, que surgiram em decorrência do avanço das atividades extrativas. Ao redor dessa fazenda se formou a freguesia de Nossa Senhora do Carmo, a qual foi elevada à condição de vila no ano de 1890, sob o nome de vila de Boa Vista do Rio Branco, por meio de um decreto. Quase três décadas mais tarde, Boa Vista se tornou oficialmente uma cidade.

No ano de 1943, foi criado o Território Federal do Rio Branco, que corresponde à Roraima. Nesse momento, Boa Vista passou a integrar a nova área e se torna a sua capital. A atividade pecuária entrou em declínio na região em meados do século XX, e o garimpo determinou um rápido processo de crescimento populacional de Rio Branco, entre as décadas de 1970 e 1980, principalmente por meio das correntes migratórias que se dirigiam para Roraima e outras regiões do Norte do país. Boa Vista possui hoje quase 420 mil habitantes, sendo a maior cidade do estado e seu principal centro econômico e político.

Notas

|1| NASCIMENTO, C. H.; LINS, J. W. R. Lavrado: a paisagem invisível. Revista Paisagens Híbridas – Amazônia, Cidades e Jardins, UFRJ, v. 1, n. 2, 2018, p. 136-155. Disponível aqui. Acesso em 21 jul. 2021.

|2| CORREIA, Luan Guilherme. Arquiteto desfaz mito de que Capital foi planejada com inspiração em Paris. Folha de Boa Vista, 07 dez. 2012. Disponível aqui.

Crédito da imagem

[1] SallesNeto BR / Commons

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Boa Vista"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/boa-vista.htm. Acesso em 17 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Leia nosso texto sobre Belém e conheça melhor a geografia da capital do estado do Pará. Ela integra o bioma Amazônia e possui quase 1,5 milhão de habitantes.
Conheça quais são as capitais do Brasil e seus respectivos estados. Saiba como essas capitais distribuem-se pelo Brasil e quais foram as capitais federais.
Aprenda sobre a cidade de Macapá com o nosso texto. Conheça as principais características de seu território e seus aspectos econômicos, demográficos e culturais.
Amplie seus conhecimentos sobre a cidade de Manaus, capital do estado do Amazonas. Saiba mais sobre seus aspectos geográficos, população, economia e história.
Leia nosso texto sobre Porto Velho e conheça um pouco da capital de Rondônia, na região Norte do Brasil. Entenda também como se deu seu o seu processo de formação.
Aprenda sobre a cidade de Rio Branco, capital do estado do Acre! Leia a respeito dos seus aspectos geográficos e conheça sua economia, população, cultura e história.