Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Girafa

Animais

PUBLICIDADE

As girafas são mamíferos nativos do continente africano. Algumas das características mais marcantes desses animais é a sua altura e o seu padrão de coloração, com manchas marrons características. São animais herbívoros (só se alimentam de vegetais) que apresentam como um de seus alimentos preferidos as plantas conhecidas como acácias. Geralmente as fêmeas dão à luz um único filhote.

Atualmente essa espécie é classificada como vulnerável pela Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN, e a tendência populacional é a redução do número de indivíduos. A perda de habitat e a caça ilegal são algumas das ameaças a esses animais.

Leia também: Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas

Nome científico da girafa

O nome científico da girafa é Giraffa camelopardalis. Veja no quadro a seguir as outras categorias taxonômicas em que a girafa está inserida:

Classificação taxonômica da girafa

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Cetartiodactyla

Família: Giraffidae

Gênero: Giraffa

Espécie: Giraffa camelopardalis


É importante deixar claro que, atualmente, nove subespécies de girafas são reconhecidas. Elas se diferenciam por sua distribuição geográfica e pelo padrão de manchas em seu corpo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características gerais da girafa

As girafas são animais grandes, possuindo um tamanho de cerca de 5,7 m de altura, e os machos são maiores que as fêmeas. O peso desses mamíferos varia entre 1180 kg e 1930 kg.

As girafas apresentam pernas longas, sendo as pernas dianteiras mais longas que as traseiras, e também um pescoço bastante comprido. Possuem uma cauda que pode apresentar cerca de 100 cm de comprimento. Os olhos desse animal são grandes e sua língua pode chegar a aproximadamente 45 cm de comprimento, sendo essa uma característica importante na captura do alimento.

Sua pelagem apresenta um padrão característico, sendo possível distinguir várias manchas em tons de marrom. Esse padrão de manchas funciona como nossas impressões digitais, sendo diferentes em cada indivíduo. A coloração das girafas é importante no processo de camuflagem. Vale destacar que, a depender do estado de saúde do animal e até mesmo da estação do ano, a cor da pelagem pode apresentar variações.

As girafas apresentam estruturas ósseas na cabeça denominadas de cornos.
As girafas apresentam estruturas ósseas na cabeça denominadas de cornos.

Na cabeça das girafas, é possível perceber a presença de duas estruturas ósseas cobertas de pele e pelo. Essas estruturas são cornos especiais denominados de ossicones, os quais são formados a partir de um osso que se funde com o osso frontal durante o desenvolvimento.

As girafas vivem em grupos que apresentam cerca de 10 a 20 indivíduos, mas grupos maiores podem existir, bem como indivíduos isolados na natureza. No grupo, há um macho dominante.

Seus principais predadores são os leões, mas leopardos, hienas e até mesmo crocodilos também podem se alimentar das girafas. Vale salientar que, normalmente, animais doentes, muito jovens ou idosos são os mais abatidos.

Leia também: Cornos e chifres – aprenda a diferença entre essas duas estruturas

Habitat das girafas

As girafas são animais encontrados apenas no continente africano. De acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), habitam 18 países africanos e foram reintroduzidas em outros 3. Elas vivem em savanas, pradarias e também em regiões de florestas abertas. São muito comuns em áreas ricas em acácias, uma das plantas que fazem parte de sua dieta. Um fato curioso é que, por não beberem água com frequência, podem ser encontradas em ambientes onde não há fonte de água.

As girafas são animais encontrados no continenteafricano.
As girafas são animais encontrados no continenteafricano.

Alimentação das girafas

As girafas são animais herbívoros, ou seja, alimentam-se exclusivamente de produtos de origem vegetal. Sua dieta inclui folhas, caules, flores e frutos. Apesar de se alimentar de várias espécies vegetais, algumas plantas são preferidas pelas girafas, como as acácias.

A acácia é uma planta com espinhos, mas a girafa é capaz de retirar as folhas com sua língua sem se machucar. Além disso, os dentes molares das girafas podem esmagar esses espinhos, e os lábios flexíveis ajudam a pegar o alimento.

Reprodução das girafas

As girafas fêmeas atingem sua maturidade sexual com 3 a 4 anos de idade, e os machos, com 4 a 5 anos. Apesar de atingir a maturidade nessa idade, o macho só começa a se reproduzir por volta dos 7 anos de idade.

A fêmea reproduz-se a cada 20 a 30 meses, e a gestação dura cerca de 460 dias. Geralmente, o nascimento de um único filhote. O nascimento dos filhotes ocorre na estação seca, entre maio e agosto. O desmame, por sua vez, ocorre entre 12 e 16 meses para as fêmeas e entre 12 e 14 meses para os machos. Esses animais podem demorar de 1 a 3 anos para ficarem independentes. As fêmeas tendem a ficar no grupo, enquanto o macho pode migrar em busca de outro grupo no qual possa se tornar o dominante.

Leia também: Elefante – confira as características desse incrível mamífero!

Curiosidades sobre as girafas

As girafas não bebem água todos os dias.
As girafas não bebem água todos os dias.

 

Curiosidades sobre as girafas

  • As girafas são os animais mais altos do mundo;

  • Esses animais não bebem água diariamente;

  • Uma girafa macho pode comer até 66 kg de alimento por dia;

  • São animais rápidos, com uma velocidade que varia entre 32 a 60 km/h;

  • As girafas dormem em pé, mas podem também se deitar;

  • As girafas dão à luz em pé ou andando, levando o filhote, ao nascer, a uma queda de cerca de dois metros;

  • No pescoço das girafas, observa-se a presença de sete vértebras alongadas;

  • As girafas podem viver cerca de 33 anos em cativeiro;

  • Em estado selvagem, as girafas vivem menos de 30 anos. Alguns autores afirmam que a expectativa de vida nesses ambientes é de, no máximo, 10 a 15 anos.

 


Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia 

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Girafa"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/animais/girafa.htm. Acesso em 22 de setembro de 2021.

Artigos Relacionados
Clique aqui e conheça mais sobre os animais herbívoros. Neste texto falaremos sobre as adaptações para a herbivoria e conheceremos exemplos desses animais.
Entenda as diferenças entre os cornos e os chifres.
Compreenda o que é a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN e sua importância para a criação de políticas de conservação.
Conheça as principais características dos mamíferos. Leia a respeito da sua reprodução. Descubra como esses animais podem ser classificados.
Clique aqui e conheça mais sobre os porcos-espinhos. Neste texto conheceremos mais sobre esses animais, sua alimentação e as ameças às suas espécies.
Que tal conhecer mais sobre os rinocerontes? Clique aqui, descubra as principais características desses animais, e conheça um pouco sobre suas cinco espécies existentes.