close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Uruguai

O Uruguai é o segundo menor país da América do Sul. Apesar disso, dispõe de elevada qualidade de vida e economia desenvolvida, voltada para a exportação e serviços em geral.

Bandeira do Uruguai
Bandeira do Uruguai
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

O Uruguai é um país localizado na América do Sul, fazendo fronteira com o Brasil e a Argentina. Tem como capital a cidade de Montevidéu, situada no litoral sul do país, onde se concentra quase a metade de toda a sua população.

Ao todo, vivem no Uruguai 3,4 milhões de pessoas. O país possui clima ameno e relevo suave. A pecuária se destaca como uma das suas principais atividades econômicas. Produtos como a carne lideram as exportações do Uruguai, que representam grande parte da sua economia. O país se destaca ainda pela elevada qualidade de vida.

Leia também: Quantos países fazem parte da América?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Uruguai

  • O Uruguai é um país da América do Sul que faz fronteira ao norte com o Brasil e a oeste com a Argentina.

  • Sua capital é a cidade de Montevidéu.

  • Trata-se do segundo menor país do subcontinente.

  • Por quatro anos (1821–1825), o Uruguai integrou o território brasileiro.

  • Apresenta clima subtropical, com temperaturas amenas e chuvas recorrentes.

  • Seu relevo varia de plano a suavemente ondulado, com vegetação caracterizada pelos pampas.

  • Possui 3.474.000 habitantes, sendo que mais de 1,7 milhão deles vive na capital.

  • A pecuária é uma importante atividade econômica, responsável pelos principais produtos de exportação do país (lã e carne).

  • O setor de serviços responde por 70% do PIB uruguaio.

  • Destaca-se pela qualidade de vida, elevado nível de eletrificação e matriz elétrica formada por mais de 70% de fontes renováveis.

Dados gerais do Uruguai

  • Nome oficial: República Oriental do Uruguai.

  • Gentílico: uruguaio.

  • Extensão territorial: 173.626 km².

  • Localização: América do Sul.

  • Capital: Montevidéu.

  • Clima: subtropical.

  • Governo: república presidencialista.

  • Divisão administrativa: 19 departamentos.

  • Idioma: espanhol.

  • Religiões:

    • catolicismo: 47,1%;

    • cristianismo (não católico): 11,1%;

    • judaísmo: 0,3%;

    • ateísmo e agnosticismo: 17,2%;

    • outros: 1,1%;

    • sem denominação: 23,2%.

  • População: 3.474.000 habitantes.

  • Densidade demográfica: 19,8 hab./km².

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,817.

  • Moeda: peso uruguaio.

  • Produto Interno Bruto (PIB): US$ 60,11 bilhões.

  • PIB per capita: US$ 16.970.

  • Gini: 0,397.

  • Fuso horário: GMT -3.

  • Relações exteriores:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História do Uruguai

O território que corresponde ao Uruguai era, previamente à chegada dos colonizadores europeus, habitado por diferentes grupos de população indígena. Os primeiros assentamentos estrangeiros foram construídos na região a partir do século XVII com os espanhóis, que estabeleceram a colônia de Soriano em 1624.

Por causa de sua localização estratégica e de acesso a outras terras importantes, logo os portugueses passaram a disputar aquele território, instalando a colônia de Sacramento. Isso ocorreu também no século XVII, algumas décadas depois da chegada dos espanhóis. Este grupo, no entanto, conseguiu a retirada dos portugueses da região.

A atual capital, Montevidéu, foi fundada pelos espanhóis no ano de 1726, tornando-se um importante posto comercial para o Uruguai. Não obstante as tentativas de independência em relação à Espanha, o território uruguaio se manteve sob domínio dos europeus até o século XIX.

Em 1821, o Uruguai foi incorporado ao Brasil e recebeu então o nome de Província Cisplatina. Quatro anos mais tarde, contudo, Juan Antonio Lavalleja, com o auxílio de tropas argentinas, expulsou os brasileiros do território, e o Uruguai conquistou a sua independência em 25 de agosto de 1825. Uma guerra civil eclodiu no Uruguai entre 1839 e 1851 e, pouco tempo depois, em 1865, o país ingressou, ao lado da Tríplice Aliança, na Guerra do Paraguai (1864–1870).

A primeira metade do século XX foi marcada pelo aumento da qualidade de vida no Uruguai e pela implantação de um novo sistema social. Entre os anos 1950 e 1966, o país foi governado por um Conselho de Administração em vez de um presidente. A retomada do presidencialismo, em 1967, foi logo marcada por um golpe militar, que ocorreu em 1973, e instauração de uma ditadura. O país voltou ao sistema democrático somente nos anos 1980. O país se destaca hoje pela qualidade de vida e pelo seu grau de desenvolvimento.

Leia também: Países com deficit demográfico — nações que apresentam taxas de mortalidade maiores que as de natalidade

Mapa do Uruguai

Mapa do Uruguai

Geografia do Uruguai

O Uruguai é um país localizado na porção meridional da América do Sul. Sua capital é a cidade de Montevidéu, que fica no litoral sul do país, banhado pelo Oceano Atlântico. O território uruguaio se estende por 173 mil km² e faz fronteira com outros dois países: Brasil, a norte e leste, e Argentina, a oeste.

  • Clima do Uruguai

Situado na zona temperada do planeta, o território uruguaio experimenta, em sua maior parte, um clima do tipo subtropical. As estações do ano são bem definidas, e as chuvas ocorrem regularmente, não havendo, assim, uma estação seca.

O volume pluviométrico anual é de 1000 mm, sendo mais elevado no litoral. No verão, os termômetros marcam, em média, 26 °C, enquanto no inverno os dias mais frios registram temperatura de 10 °C.

  • Relevo do Uruguai

O relevo uruguaio é caracterizado por elevações modestas e terrenos planos ou suavemente ondulados, compondo o domínio dos pampas. A paisagem litorânea se difere um pouco daquela do interior, sendo formada pela planície litorânea, alguns vales e faixas de dunas. O ponto mais elevado do Uruguai é o Cerro Cordilheira, a 514 metros de altitude.

Paisagem da Coxilha del Ombu, no norte do Uruguai.
Paisagem da Coxilha del Ombu, no norte do Uruguai.
  • Vegetação do Uruguai

O bioma dos pampas, característico do estado brasileiro do Rio Grande do Sul, se estende para o território uruguaio. Assim, a vegetação do país é caracterizada pelos campos de gramíneas e arbustivas, com árvores e outras plantas de maior porte localizadas preferencialmente ao longo de rios. Quase 90% das terras do Uruguai são agricultáveis. Dessas, atualmente, 76,9% foram transformadas em pastagens permanentes.

  • Hidrografia do Uruguai

O Uruguai é banhado por extensos rios e lagos, compartilhados com seus países vizinhos, como o rio Uruguai e o rio Paraná, que deságuam no Oceano Atlântico através de uma foz em estuário ao sul, denominada rio da Prata. O maior lago natural do país é a Lagoa Mirim, que fica na fronteira com o Brasil.

Demografia do Uruguai

Vista da cidade de Montevidéu, capital do Uruguai.
Montevidéu, capital do Uruguai, é a cidade mais populosa do país.

O Uruguai é um dos países menos populosos da América do Sul. Sua atual população, segundo dados das Nações Unidas, é de 3.474.000 habitantes. Trata-se de um território pouco povoado, cuja densidade demográfica é de 19,8 hab./km². A população uruguaia não se encontra homogeneamente distribuída pelo território e se concentra principalmente na região sul do país, ou seja, mais próximo do litoral.

Grande parte dos uruguaios vive nas cidades, totalizando 95,6% de toda a população do país. Montevidéu, capital do Uruguai, é a sua cidade mais populosa, com mais de 1,7 milhão de habitantes. Outras grandes cidades uruguaias são Salto, Paysandu, ambas próximo à fronteira com a Argentina, Las Piedras, na região sul, e Rivera, próximo da fronteira com o Brasil.

A população do Uruguai é uma das que crescem mais lentamente no mundo, com taxa anual de 0,26% ao ano. Tal fenômeno se deve à baixa taxa de natalidade e mortalidade elevada, condicionando baixo crescimento vegetativo.

Soma-se a isso o saldo migratório negativo, o que significa que o número de pessoas que sai do Uruguai é maior do que o de pessoas que ingressam no país. Destaca-se, ainda, o envelhecimento populacional e o aumento da expectativa de vida no país, que atualmente é de 78,19 anos.

Confira no nosso podcast: Envelhecimento populacional e economia

Economia do Uruguai

A economia do Uruguai é considerada uma das mais desenvolvidas da América do Sul. Com extensas terras agricultáveis e grandes áreas destinadas à pastagem, os produtos derivados da pecuária de corte e da agricultura são o carro-chefe das exportações do país e constituem um dos principais pilares da economia uruguaia.

O Uruguai comercializa carne bovina, lã, soja, leite e arroz. Seus maiores compradores são China, Brasil, Estados Unidos, Países Baixos e Argentina. Também apresenta importância na economia nacional a agricultura, que responde por 6,1% da economia do país e reúne 13% da mão de obra.

Ao todo, o setor de serviços (que inclui o comércio exterior) corresponde a quase 70% do valor do PIB do país, que corresponde a 60 bilhões de dólares. A indústria uruguaia, por sua vez, tem como foco o processamento de alimentos, a produção de bebidas, o refino de petróleo, a produção têxtil e de equipamentos elétricos e transporte. Grande parte da matéria-prima utilizada é derivada do exterior, oriunda de países como Brasil, China, Estados Unidos e Argentina. O setor secundário representa 24,1% do PIB do Uruguai.

Cultura do Uruguai

O Uruguai dispõe de uma rica cultura, que apresenta elementos tradicionais europeus e nativos da própria região. Incorporou-se na cultura, além disso, muito do modo de vida rural e dos costumes e tradições do campo, refletindo-se no vestuário e na gastronomia, principalmente.

O espanhol é a língua oficial do país, e mais de 87% da população se declara branca. A população negra é de 4,6%, e os indígenas somam 2,4%. Chama a atenção a grande parcela da população que se declara sem religião ou fé específica, que chega a quase um quarto.

No Uruguai, o Carnaval possui tanta importância quanto no Brasil. O mesmo acontece com o futebol. Além disso, o país apresenta forte tradição na música, nas artes plásticas e na literatura. Nessa última área, destacam-se grandes autores como Eduardo Galeano e Mário Benedetti.

Um dos mais importantes feriados nacionais é o Dia da Independência, celebrado em 25 de agosto. Das comidas típicas do país é possível listar o churrasco, o chivito — um sanduíche recheado com carne, ovo cozido, tomate, alface e outros ingredientes —, o alfajor e o mate, bebida bastante consumida também no sul do Brasil e na Argentina.

Infraestrutura do Uruguai

O Uruguai se destaca pela sua ampla rede de infraestrutura e qualidade de vida. Um dos principais pontos que fazem o país se sobressair, notadamente na América do Sul, diz respeito à parcela da população com acesso à eletricidade, que supera os 95%.

Levando em consideração as hidrelétricas, 71% da matriz elétrica uruguaia é formada por fontes renováveis, dos quais 29% corresponde à água. Os combustíveis fósseis compõem a parcela restante. Em escala global, o Uruguai é o 4º maior país em capacidade instalada de energia renovável. Já a rede de esgoto e água potável chegam a 94,6% da população urbana do país.

Não obstante seja um país de pequenas dimensões, o Uruguai possui uma densa rede de transportes, que conecta suas cidades internamente e também promove a sua ligação com outros países da região, especialmente Brasil e Argentina. O território é atravessado por 77 mil km de rodovias e 1,6 mil km de ferrovias. As hidrovias são importantes meios de deslocamento no Uruguai e contabilizam 1.600 km de extensão. O principal porto marítimo e aeroporto uruguaios ficam na capital, Montevidéu.

Governo do Uruguai

O Uruguai é uma república democrática presidencialista. No sistema implantado no país, tanto o presidente da república quanto o seu vice são eleitos por meio do voto popular para um mandato de cinco anos. Esse quadro compõe o Poder Executivo.

Já o Legislativo (ou parlamento) uruguaio é formado pela Assembleia Geral, um órgão bicameral composto pela Câmara de Senadores e pela Câmara dos Representantes, todos eles eleitos diretamente mediante voto. A sede do governo do Uruguai fica na cidade de Montevidéu.

Curiosidades sobre o Uruguai

  • O Uruguai tem o maior hino nacional do mundo em termos de duração (seis minutos).

  • A primeira Copa do Mundo foi realizada no Uruguai, no ano de 1930. O país foi também o primeiro a vencer o campeonato, conseguindo uma vitória de 4 x 2 sobre a Argentina.

  • O Uruguai foi o primeiro país do mundo a conceder gratuitamente um notebook com acesso à Internet para crianças em idade escolar.

  • É o país com a segunda maior taxa de alfabetização da América do Sul (98,8%), depois da Argentina (99%).

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Uruguai"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/uruguai.htm. Acesso em 19 de maio de 2022.

Tire suas dúvidas


como era a situaçao da cidade de berlin durantguerra e o periodo da guerra  fria

Por davi Abner
Responder
Ver respostas

Em 1947 os EUA estabelecem uma política com o objetivo de perseguir o socialismo e favorecer o capitalismo é a doutrina trumann. Controlando inclusive os países das Américas ,bem como suas políticas.de que maneira ela influência o Brasil?

Por Joice raquel nunes Nunes
Responder
Ver respostas

Estude agora


Kps: Constante do produto de solubilidade

Constante de produto de solubilidade, kps, refere-se ao produto das concentrações em quantidade de matéria presentes...

Regra de Chió

Com esta videoaula, você entenderá de vez a regra de Chió, a qual é utilizada para cálculos de determinantes de...