Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Bandeira do Uruguai

A bandeira do Uruguai é conhecida como Pavilhão Nacional. Nas cores branca e azul e com o símbolo do Sol de Maio, ela representa a história de independência do país.

Bandeira do Uruguai hasteada e céu azul ao fundo.
O Sol de Maio é um dos símbolos presentes na bandeira do Uruguai e representa a independência.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A bandeira do Uruguai é um símbolo que representa o país. Sua atual versão foi adotada no ano de 1830, sendo composta por nove faixas horizontais alternadamente brancas e azuis, que representam os departamentos que compunham o território uruguaio quando da sua formação, e pelo Sol de Maio no canto superior esquerdo. O Sol de Maio simboliza a independência e a liberdade, além de representar a herança cultural sul-americana proveniente dos incas, com sua feição humana feita em referência ao deus Sol inca, chamado Inti.

Leia também: Bandeira da Argentina — outro símbolo nacional que apresenta o Sol de Maio

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a bandeira do Uruguai

  • A bandeira do Uruguai, chamada também de Pavilhão Nacional, representa a história do país sul-americano.

  • É formada por nove listras horizontais, alternadamente brancas e azuis, que representam os nove departamentos que originalmente formavam o território do Uruguai.

  • No canto superior esquerdo, sobre um quadrado branco, está o Sol de Maio representado em amarelo. Esse símbolo representa a independência e a liberdade.

  • O rosto humano do Sol de Maio representa o deus Sol dos incas, chamado de Inti.

  • Em 1828, o Uruguai adotou uma bandeira com configuração parecida com a atual, porém com 19 listras horizontais.

  • A atual bandeira do Uruguai foi oficialmente adotada em 11 de julho de 1830.

  • O Uruguai possui outras duas bandeiras oficiais: a bandeira das Artigas e a bandeira dos 33.

Significado da bandeira do Uruguai

A bandeira do Uruguai é um dos símbolos que representam o país. Ela apresenta formato retangular, e é composta por nove listras horizontais alternadamente brancas e azuis. No canto superior esquerdo, próximo ao mastro, fica um quadrado branco dentro do qual está representado um Sol com feições humanas, mais conhecido como Sol de Maio. Chamada também de Pavilhão Nacional, a bandeira uruguaia representa a história da independência do país e a liberdade.

Bandeira do Uruguai
A bandeira do Uruguai representa a história de independência do país.
  • Significado das cores da bandeira do Uruguai

As cores que estão presentes na bandeira do Uruguai são a branca, a azul e a amarela.

O azul e o branco estão dispostos alternadamente em nove listras horizontais de mesma largura em um padrão que começa e termina, obrigatoriamente, com uma listra branca. O conjunto de listras da bandeira do Uruguai representa os nove departamentos originais que formavam o território do país. Embora não haja um significado oficial atribuído para as cores individualmente, o branco é tradicionalmente uma cor que representa a paz, enquanto o azul representa os céus e as águas oceânicas, além de justiça.

O amarelo é a cor do Sol de Maio, símbolo de grande importância para a bandeira uruguaia e que tem um significado particular, como veremos na sequência.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Significado dos símbolos da bandeira do Uruguai

O símbolo que aparece representado na bandeira do Uruguai é o Sol de Maio. Ele apresenta um rosto humano e, no pavilhão uruguaio, é representado por um total de 16 raios. Esses 16 raios são alternadamente retos e ondulados, e apresentam, cada um deles, uma divisão interna. Outra característica importante do Sol de Maio da bandeira do Uruguai é o contorno em preto, como é possível observar na imagem.

Sol de Maio na configuração da bandeira do Uruguai.
Sol de Maio na configuração da bandeira do Uruguai.

O Sol de Maio representa a independência das Províncias Unidas do Rio da Prata, que incluía territórios como o do Uruguai e da Argentina. Diz-se que em 25 de maio de 1810, o sol finalmente apareceu depois de dias de mau tempo. Essa aparição teria acontecido durante uma missa pública celebrada em apoio à independência do território platino, o que foi visto como um bom sinal, favorável para aqueles que desejavam se libertar da condição de colônia espanhola.

As feições humanas presentes no Sol de Maio, por sua vez, representam o deus inca Inti (ou Apu-punchau), que correspondia ao deus Sol dessa civilização pré-colombiana.

Leia também: Bandeira do Brasil — a história e significado desse símbolo nacional

História da bandeira do Uruguai

O atual território uruguaio correspondia à Banda Oriental das Províncias Unidas do Rio da Prata, que conquistaram a sua independência em 1816. Sua bandeira representava todo o território platino e era composta por três faixas horizontais de mesmas dimensões, sendo duas faixas azul-celeste com uma faixa branca no centro.

Diversas outras bandeiras representaram o Uruguai desde então, sendo uma delas a bandeira da Cisplatina, que vigorou entre 1821 e 1825, quando a nação conquistou a sua independência com relação ao Brasil. A nova bandeira uruguaia passou a ser composta, então, por listras horizontais em azul, branco e vermelho.

No ano de 1828, entretanto, o país adotou um pavilhão semelhante ao atual. Ele era então formado por 19 listras horizontais alternadamente brancas e azul-celeste, com dez listras brancas e nove azuis. Estas sozinhas representavam os distritos uruguaios. O Sol de Maio, já presente na bandeira, era formado somente por raios retilíneos, diferentemente da atual, que possui raios retos e ondulados. A atual configuração da bandeira do Uruguai foi oficialmente adotada em 11 de julho de 1830.

Principais características do Uruguai

O Uruguai, chamado também de República Oriental do Uruguai, é um país sul-americano localizado na região Sul do subcontinente. Sua capital é a cidade de Montevidéu. O território uruguaio é banhado a leste pelo oceano Atlântico, estabelecendo ainda fronteira terrestre com o Brasil e com a Argentina, respectivamente ao norte e a oeste.

A localização e a maritimidade conferem ao país um clima subtropical, com a definição das quatro estações do ano e chuvas recorrentes. O relevo uruguaio é modesto, formado por terrenos planos e suavemente ondulados, com seu ponto culminante, o monte Cerro Catedral, situado a 514 metros de altitude.

Vista da cidade de Montevidéu, capital do Uruguai.
Vista da cidade de Montevidéu, capital do Uruguai.

Com aproximadamente 3,5 milhões de habitantes, o Uruguai é um país pouco populoso e também pouco povoado, com densidade demográfica de apenas 19,8 hab./km². Enquanto representa um dos países menos populosos da América Latina, sua economia pode ser considerada uma das mais desenvolvidas do subcontinente. Ela tem como base o setor terciário, em que pesam o comércio exterior e o turismo.

A indústria do país é bastante diversificada, composta por ramos que vão desde o processamento de alimentos até a confecção de equipamentos elétricos. Destaca-se ainda o fato de o país apresentar um dos maiores IDH da América do Sul, que é de 0,809, ficando atrás somente do Chile e da Argentina.

Curiosidades sobre a bandeira do Uruguai

  • O Pavilhão Nacional não é a única bandeira oficial do Uruguai. Outras duas bandeiras são também utilizadas pelo país:

    • Bandeira de Artigas, formada por três faixas no padrão azul-branco-azul com uma faixa vermelha na diagonal sobre elas. Foi confeccionada por José Gervasio Artigas e é utilizada em sua homenagem, uma vez que o militar é considerado um herói uruguaio que lutou pela independência do país. A bandeira foi oficializada como símbolo nacional no ano de 1952.

    • Bandeira dos 33, formada por três faixas horizontais nas cores azul, branca e vermelha. Na faixa central branca se lêem os seguintes dizeres: “Libertad o Muerte”. Ela foi confeccionada durante a Cruzada Libertadora, que marcou a luta pela independência uruguaia com relação ao Brasil em 1825. Seu nome remete aos homens pertencentes ao movimento dos 33 Orientais, liderados por Juan Antonio Lavalleja.

  • As três bandeiras são içadas juntas durante festividades nacionais. Nessas ocasiões, o Pavilhão Nacional deve estar sempre ao centro, ficando a bandeira de Artigas obrigatoriamente à direita e a bandeira dos 33 à esquerda.

Créditos da imagem

[1] Galina Savina / Shutterstock

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Bandeira do Uruguai"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/bandeira-do-uruguai.htm. Acesso em 05 de março de 2024.

De estudante para estudante